Log In

Reviews

Review: CSI – Cockroaches e Lying Down with Dogs

Pin it

CSI - Cockroaches
Série: CSI
Episódio: Cockroaches e Lying Down with Dogs
Temporada:
Número do Episódio: 174 e 175 (8×09 e 8×10)
Data de Exibição nos EUA: 6 e 13/12/2007
Data de Exibição no Brasil: 7 e 14/4/2008
Emissora no Brasil: AXN

Está cada vez mais difícil fazer as reviews de CSI. Por milhões de motivos, alguns dos quais eu já expus, mas principalmente, porquê CSI está cansado e está cansando. Ao ver o sumido Warrick Brown passeando pela minha tela, parecendo exausto e um tanto perdido, eu não pude deixar de notar que por várias vezes nessa temporada o show me deixou com essa mesma impressão, que para uma fã como eu, é amarga. A isso, soma-se agora a notícia de que Gary Dourdan estaria se retirando do show. E eu tive que me perguntar: está CSI se esgotando?

Ironicamente, na temporada passada todos comentávamos que o show nunca havia estado melhor, que havia conseguido se renovar e que isso era um bom prospecto para o futuro. Para os fãs, CSI tinha demonstrado que tinha o poder para sobreviver apesar do peso de muitos anos no ar em suas costas. Mas agora, apesar de alguns excelentes episódios que tivemos, a sétima temporada do show está começando a parecer um último suspiro de vida.

A palavra Cockroaches em inglês significa baratas (sim, os nojentos animaizinhos) e Lying Down with Dogs é uma expressão que tem como significado algo como ser baixo, imoral. Títulos que dão o contexto apropriado para dois episódios que abordam uma ráfia que não se extingue, que não se vence. Como baratas, eles sempre reaparecem, sempre sobrevivem de alguma forma, não importando o quão desprezíveis os consideremos. Já o segundo, além de fazer referência a trama principal, também pode referir-se a toda a trama de corrupção que parece estar ocorrendo na polícia de Las Vegas, com a descoberta de que os mafiosos parecem ter um informante lá e ainda sobre a certa resignação de alguns. Se a maneira como Warrick queria levar as coisas certamente não é funcional, alguns parecem estar muito confortáveis em não mexer em ninho de cobra. Além do medo de serem picados, a verdade é que às vezes, mesmo para aqueles que deveriam servir e proteger, é preferível fazer o mais fácil, mesmo que o mais fácil seja equivalente a sequer agir.

Esses dois episódios me lembraram daquelas histórias antigas, dos mitos em que os heróis tinham que ir ao inferno e voltar (algumas vezes literalmente) para aprenderem lições preciosas, fortalecerem o caráter, etc. Warrick está passando por tempos turbulentos em sua vida (e se eu não me engano, Dourdan também estava e por isso seu desaparecimento). Seu casamento que foi repentino e causou certa comoção entre os fãs por vir junto com a declaração de Catherine, fortalecendo a torcida dos shippers que achavam que os dois deveriam ficar juntos. Sua esposa apareceu pouquíssimo, e com a opinião popular já reticente com relação a ela justamente por sua oposição a uma das protagonistas do show como par para Brown, não conseguiu conquistar o público. O divórcio, tão repentino quanto o casamento, já veio tarde na opinião de muita gente. Obviamente está sendo mais que problemático para Warrick separar-se da esposa, que ainda por cima parece estar grávida de outro, e ele tem se afundado em drogas (calmantes e estimulantes) e agora aparece comportando de maneira errática.

Se não fosse a notícia de que Gary está deixando a franquia, eu poderia até pensar que ele, o herói, estaria passando por suas provações para poder merecer Catherine, a dama (não é sempre assim nos contos medievais, e em suas recorrências com roupagem moderna?). Mas agora eu acho que servirá como desculpa para sua despedida, assim como a questão do trauma de Sara serviu como pretexto dramático para a atriz Jorja Fox retirar-se do show. Uma pena, pois Gary está melhor do que nunca em sua atuação e a série ficará desfalcada. A trama não perde apenas mais um CSI, perde o protegido do Grissom, o homem com quem Catherine fantasia, o melhor amigo e confidente de Nick. Este último, aliás, que esteve maravilhoso na cena em que briga com Warrick. A amizade dos dois sempre foi importante no show, e é sempre bom vê-la abordada.

Ainda falando de Nick, o ator George Eads esteve sensacional também no décimo episódio, no qual Stokes conduz a investigação sobre uma socialite assassinada, que posteriormente descobre-se, está envolvida em brigas de cachorros. Pelo quê eu li, foi um episódio bastante perturbador para algumas pessoas, especialmente aquelas apaixonadas por animais. Até eu, que não sou muito fã de cachorros, senti um certo incômodo.

CSI - Cockroaches
A maneira como Elizabeth Rodriguez morreu foi terrível, mas ao mesmo tempo teve um quê de justiça poética. O garoto, Tommy Halpert (perfeitamente interpretado por Mark L. Young), revelado como assassino, ganhou a minha simpatia, como a de Nick e eu sinceramente torci para que ele não fosse punido. Não vou me esticar, porquê já falei sobre impunidade há algum tempo atrás (review de The Case of the Cross-Dressing Carp, aqui), apenas vou dizer que o tema se retifica: o ponto de vista e a subjetividade contam muito na hora de condenar ou absolver alguém moralmente, e de considerarmos que uma punição judicial é adequada.

Séries citadas:

É estudante de comunicação. Não vive sem The Good Wife, Parks and Recreation e 30 Rock. Ah, e Gossip Girl, que apesar do bom senso, ainda nao conseguiu largar.

14 Comments

  1. Rubens

    Pra mim CSI é Grissom, Sara e Warrick não irao fazer a menor falta no seriado. Ainda mais esses dois, sempre antipáticos, mal humorados e com cara de quem comeu limão. Tomara que sejam substituídos por 2 personagens mais simpáticos, mais bem humorados e que pelo menos façam algumas piadinhas de vez em quando. E que um deles seja uma mulher pelo menos bonitinha, porque a Jorja Fox era feia pra cacilda.

  2. Paulo Antunes

    Espero que ninguém se chateie com a foto do cachorrinho, fui eu que escolhi…

    Olha, foram dois bons episódios… mas eu te entendo perfeitamente Thais. A série está em fase de transformação e os produtores não estão com o domínio da situação. Eles estão tentando repetir algumas coisas que deram certo no passado e desta vez não estão sendo bem sucedidos – o segundo ep dos Lab Rats não chegou aos pés do primeiro e este drama do Warrick não chega aos pés dos dramas que o Nick e a Sara e mesmo o Greg passaram.

    Ah, mas tem uma coisa que precisamos dizer. O que foi o show do Albert no segundo episódio? Foi demais!

  3. Marcos Almeida

    Concordo contigo, Thaís…eu até me empolguei com o começo da temporada, mas esses últimos episódios foram muito fracos. Não tiveram aquela magia.
    Fico receoso pelo que virá…

  4. Eu ainda não me cansei de CSI, mas confesso que não espero com a mesma ansiedade pelos eps semanais, mas de verdade, ascho que está precisando haver renovação em CSI, portanto não acredito que a saída de Warrick irá causar tanto mal… mas precisa renovar… eles disseram que a garota nova iria substituir a Jorja, mas não foi o que aconteceu, as duas sumiram…

    Pra mim está precisando de um novo persongem… mais leve e engraçado.

  5. John Herbert

    Eu não aguento mais assistir CSI. Period.

    P.S.: Meu Deus! Coitado do cachorrinho! :(

  6. vitor

    eu tamb~em ainda não me cansei de CSI, sempre achei CSI uma série de altos e baixos, a 7ª temporada foi um momento “alto” e a atual “baixo”, na próxima temporada nada impede de ter outro momento “alto”, assim espero

  7. Simone Miletic

    Thatha,

    A questão não é você não ter lido meu site antes, risos, foi que somos as duas fãs do seriado e nos dói ter esse gosto amargo depois de um episódio.

    Adoro Grissom, mas não acho que CSI seja ele, pensava isso antes de me apaixonar por CSI NY, porque todo mundo da equipe, hoje, tem muita importância nas tramas.

    Beijos

  8. Tatiana

    O último que sair apague a luz, daqui a pouco o Grissom vai falar isso!!!!!……puxa…..a cada dia está mais dificl de assistir CSI….estes dois últimos episodios até que foram bons….mais mesmo assim….faltou um “Q” a mais, uma pena :(

  9. Giselle

    Pra mim CSI não cansou. E na minha opinião a Sarah faz falta e o Warrick vai fazer também.
    Gostei dos dois episódios apesar do último ter me dado um nó na garganta vendo o que aquela bitch fazia com os cachorrinhos. Bem feito pra ela!

  10. Fernando dos Santos

    Sem dúvida essa temporada está inferior à anterior, mas não acho que a série esteja decadente.Prova disso é o fato de CSI ter derrotado Grey’s Anatomy nos índices de audiência dos EUA ao longo desta temporada 2007-2008.
    O programa já mostrou até que tem fôlego para sobreviver sem o Grissom como vimos nos episódios em que ele esteve ausente no sétimo ano.

  11. Bianca Mafra

    Acho que sou a unica, mas gostei da trama do Warrick (Ele só nao pode sair, o que eu faria da minha vida sem aqueles olhos????), o que eu achei ruim foi que esta dando um intervalo muito grande na resolução do caso da prostituta assassinada, o último episódio não deu a menor pinta da investigação estar continuando.
    Uma falha na psicologia do CSI, a Catherine se envolve em todos os casos pessoais, onde amigos dela estão sendo envolvidos, sendo elogiada até por aquele irritante da manhã. Cadê ela agora, quando Warrick precisa dela??? Nào condiz com a personalidade da Willows, eu não me conformo com ela sentada esperando o desfecho!!!!

  12. Célia L emos

    É mesmo uma pena a saída Warrick, ele vai fazer falta,apesar de ser um tanto problemático. Csi ainda vai longe e está melhorando. É isso aí Rubens, até que enfim alguém concorda comigo,Jorja Fox é mesmo feia e a sua personagen extremamente antipática, pernótica e aquela torcida saragil esgotou a paciencia.Achei ótimos o dois últimos episódios, apesar de não gostar de torturas com animais.Grissom é a alma de CSI, enquantoele permanecer, CSI viverá.

  13. Bianca Mafra

    Acho, célia, também que a sarah ja foi tarde. mas warrick, catherine e grisson não podem sair. o grissom por motivos óbvios, a Cathy eh a alma do CSI, eh a única que trabalha direito mesmo movida pela paixão, mostrando que nem tudo é ciência, além de ser também inspirada num personagem real, assim como Grissom. e o Warrick eh como alguém já disse, um elo, ele eh o único que se relaciona bem com todos, eh o preferido do grissom. sei lá, acho que csi morre um pouco com a saida de algum deles também. mas ele ainda pode assinar o contrato!!!! (esperança eh a última que morre e com 10 tiros no peito e ainda dá um último suspiro!)
    Apesar de que já tinha ouvido falar que ele e ator de nick não se dão bem nos sets. (será um review de Charmed?)

  14. soraya

    Gente o que aconteceu, não podiam bolar uma saida melhor para Warrick,morrer não, o Grisson tem que descobrir o assasino urgente para me tranquilizar, e por favor não tirem essas séries elas são ótimas, mas reprisar direto também enjoa, né!
    CSI Miame
    CSI
    CSI New York
    Criminal Minds
    NCIS

    São excelentes e devem continuar, muitos aqui e sei que muitos outros assistem.
    Obrigado
    Soraya

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account