Log In

Preview

Preview: Private Practice

Pin it

Cena de Private PracticeUm semana antes da estréia oficial no canal ABC, o primeiro episódio de Private Practice já estava na internet. A prática ultimamente se tornou comum, em vista das diversas séries novas que estão na rede atualmente.

A exibição do piloto em maio deste ano em um episódio de Grey´s Anatomy visava uma renovação e ajudou a clarear as idéias da criadora Shonda Rhimes, permitindo que ela verificasse o que não deu certo e reestrear com uma outra essência. As críticas foram impiedosas, mas o público fez sua parte e os episódios alcançaram 20 milhões de telespectadores cada, ganhando inicialmente 13 novos episódios. Passado todo o negativismo em torno da nova série, Shonda Rhimes teve que repensar seus conceitos e decidir se queria fazer uma cópia adulta e apimentada da original ou uma versão mais leve, menos dramática e mais cômica.

Seu primeiro episódio é diferente, mas no bom sentido. Esqueçam o piloto exibido meses atrás e vamos nos concentrar apenas neste episódio. Shonda Rhimes é mestre em conciliar situações dramáticas com comédia e aqui funcionou direitinho, beneficiada pela leveza do episódio.

Em entrevista ao EW, Rhimes quis deixar bem claro que Private Practice seria o oposto da original. Mas o oposto em que sentido? Eu explico. Mais leve, tranquila, sem aquela loucura que é em Grey’s, com milhões de coisas acontecendo no mesmo tempo, e nem é sua intenção transformar a clínica num prostíbulo (ok, prostíbulo foi forte, mas vocês entenderam). Algo que você assista e percebe que não é uma Grey’s 2.0 e sim algo completamente novo.

Baseando apenas neste episódio é possível afirmar que eles conseguiram. Aqueles diálogos constrangedores não existem mais. A Addison está mais solta e sem bicos. Conversas com o elevador? Jamais. E a sede sexual dos personagem foi quase totalmente deixada de lado. Os quarenta e dois minutos do episódio passam num piscar de olhos.

Assim como vimos no episódio piloto e se repetiu aqui, o Cooper (Paul Adelstein) será o personagem com a maior liberdade cômica da série. Assumidamente um viciado em sexo, suas loucuras prometem render ótimos momentos, como nos minutos iniciais do episódio onde está amarrado aos quatro pés de sua cama e totalmente nu. Assim deixado certamente por outra maníaca da internet.

Cena de Private PracticeViolet (Amy Brenneman) já se destaca como a personagem favorita entre os fãs. Também pudera, pois Brenneman é só talento. Bem roteirizada ela tem total condições de deixar para trás o trio Katherine Heigl, Sandra Oh e Chandra Wilson. Esteve ótima no episódio.

Uma das coisas que me incomodou foi a Addison tendo que conquistar a aprovação dos colegas. Acontece que a Naomi contratou a amiga e não avisou os demais que ela viria. Lá eles possuem política nada convencional onde em qualquer admissão a ser realizada, todos os médicos precisam estar cientes e aprovarem tal atitude. Eles não a aceitaram até ela provar o quão boa é salvando mãe e filha em um caso raríssimo. Clichê dos grandes.

Private Practice não é aquela maravilha, mas está no caminho certo. Sua maior rival será ela mesma. Se os roteiros seguirem a linha desse episódio, em breve não mais será lembrada como o spin-off de Grey’s Anatomy.

* * *

Private Practice estréia no dia 26 de setembro nos Estados Unidos e ainda não tem data de estréia no Brasil.

Texto publicado originalmente no weblog Série Maníacos.

Séries citadas:

11 Comments

  1. Francisco

    Amy realmente é sensacional, e há algum tempo venho dizendo que, se PrP vier para ficar, ela vai ser uma na lista de Melhor Atriz Coadjuvante nas premiações. A história dela é ótima no episódio.

    Só discordo da “política nada convencional”. Todos ali tem uma porcentagem da clínica, e tem direito a voto nas decisões importantes. A contratação da Addie realmente foi uma decisão unilateral, e Naomi deveria ter consultado os outros associados.

    É um episódio leve, um pouco mais cômico que Grey’s, mas com um elenco maravilhoso e com potencial grande. Vale lembrar que séries como Brothers & Sisters e Grey’s Anatomy começaram devagar para aos poucos conquistar o público e a crítica.

    Falando em crítica, Eric, você leu o que o Ausiello disse sobre o episódio? Ele diz que é pior que o piloto de maio… O que vc acha desse comentário?

  2. Eric Fernandes

    Não sabia dessa. Mas vindo do Ausiello não é nenhuma surpresa. Ele é um desses fãs chiliquentos que só assistem as coisas para criticar. Esse episódio é visivelmente superior. Tanto no roteiro quanto nas atuações. A Amy Brenneman disse na entrevista ao Jimmy Kimmel que esse spin-off poderia ser ótimo ou uma porcaria. Acho que hoje ela está no meio termo. Acontece que Private Practice foi a felizarda da temporada a ser massacrada. Pode esperar ataques constantes ao longo da temporada. E nem sempre serão justas. Como eu disse, sua maior inimiga é ela mesma. A crítica que se f*da.

  3. Rafaelly

    Boam saber q as coisas estão correndo bem pra Kate então.Mas vou sentir falta dos bicos…Mó figura…hehehe

    E o Cooper era o mais legal mesmo!!!Adorei ele!!!

  4. Rafael

    Eu gostei muito dessa idéia de um spin-off pra Addison, porque ela ficava totalmente perdida em Grey’s Anatomy. Só vou sentir falta das conversas com o elevador, rsrs.

  5. Ricardo

    PERGUNTA: porque mudo a atriz que interpreta a Naomi? Antes era a Francis de Alias, agora nem sei.

  6. Francisco

    Ricardo,
    mudou a atriz porque a Shonda gostou mais da Audra McDonald. Isso sempre acontece em séries… no piloto de Brothers & Sisters, a Nora não foi interpretada por Sally Field, por exemplo.

    O piloto serve para se analisar o que tem de certo e errado, pra depois mudar.

  7. Victor Pacheco

    Não vou me dar o trabalho de baixar, mas se por acaso vier pra cá dou uma assistida, pois sempre dou uma chance a qualquer série nova que apareça(a menos que até lá tenha sido cancelada, senão sem chance).

    Ademais, estou curioso pra descobrir como uma série pode ser mais cômica que Grey’s Monotony.

  8. Pingback: Luto. » TeleSéries

  9. Pedro Paulo

    eu também estranhei quando eu vi os episódios 3×22 e 3×23 de grays atrasado, depois de assistir private e dei de cara com outra naomi… mas esta é mais bonita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account