Log In

Especiais

Os injustiçados do Emmy: Vincent D’Onofrio

Pin it

Vincent D’Onofrio em Law & Order: Criminal Intent

Parece tolice torcer por um ator que faz o mesmo papel há anos e nunca foi lembrado. Mas eu realmente acreditava que poderia acontecer um milagre que colocasse Vincent D’Onofrio na lista dos indicados ao Emmy Awards de Melhor Ator em Drama. E D’Onofrio e seu detetive Robert Goren de Law & Order: Criminal Intent sequer entrou na pré-lista de 10 finalistas.

Na verdade eu não esperava um milagre. Eu esperava por uma nova boa surpresa, como foi aquela lista de indicados da Academia de 2006. Depois de sete anos ignorado, Chris Meloni, de Law & Order: Special Victims Unit recebeu uma histórica e merecida indicação a Melhor Ator Drama. Ninguém pôde reclamar – seu episódio submetido para a Academia era realmente excepcional.

E eu não esperava só por uma boa surpresa, mas também por um pouco de bom-senso. Afinal, o tal FYC (da sigla for your consideration, o episódio que o ator submete para os membros da Academia assistirem) de Vincent D’Onofrio era genial. Ele se candidatou ao Emmy com Untethered, para mim o melhor episódio de um seriado de TV do último ano.

Untethered é quase uma versão televisiva de Um Estranho no Ninho. E D’Onofrio entrega uma atuação do nível daquela que deu o Oscar a Jack Nicholson. E eu não consigo pensar em nenhum elogio maior do que este.

No episódio, Goren faz um sacrifício inimaginável pelo sobrinho que sequer conhece. Se infiltra em uma prisão fora de sua área de jurisdição para provar abusos e mal tratos pelos guardas e pela direção da cadeia. O episódio curiosamente lembra Undercover, o episódio de Law & Order: SVU que deve dar uma nova e merecida indicação ao Emmy para Mariska Hargitay. Mas foi ao ar um semestre antes. E é muito melhor.

D’Onofrio parece ter aproveitado a redução na jornada de trabalho – com a chegada de Chris Noth passou a trabalhar apenas 11 episódios por temporada e com a mudança da série para o USA acabou gravando apenas 10 (no ano que vem serão apenas oito) – e isto passou a resultar uma melhor atuação – ele até voltou a fazer cenas de ação, algo pouco provável para quem quase morreu no set há algumas temporadas atrás. Em Untethered, D’Onofrio faz um trabalho brilhante trabalhando até com elementos demais – a excêntricidade de Goren (que sofre de TOC), a irritabilidade adquirida após a morte da mãe, a dificuldade para manter uma segunda identidade, a confusão e ausência provocada pela forte medicação ingerida na prisão e por fim a tortura e o isolamento, com a fome, a desidratação, a ausência de sono e, por fim, a descompensação .

É importante lembrar que o episódio dividiu completamente os fãs do seriado. Quem gostou dá nota 10 com louvor. Mas um outro grande número de fãs torce o nariz cada vez que a vida de Goren invade a tela. Eles preferem ver o detetive fazendo seu trabalho de Sherlock, cheirando defuntos, conduzindo brilhantes entrevistas com suspeitos, colocando criminosos para dançar. Mas infelizmente, mesmo com excepcionais performances fazendo tanto uma coisa como outra, Vincent D’Onofrio segue longe dos olhos dos votantes da Academia.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

35 Comments

  1. Sofia

    De todos os atores em seriados que estão por ai ,Vincent D Onofrio é o meu favorito,seu detetive Goren chega a ser genial.Pena que a academia ainda(espero)não conseguiu enxergar isso, mas quem sabe? nessa vida tudo é possivel!!!!

  2. Fernando dos Santos

    O D’Onofrio é um ótimo intérprete e o Goren é um personagem único no universo das séries policiais da atualidade.O que eu não consigo entender é por que a audiência de Criminal Intent caiu tanto na NBC.A queda foi tão grande que a única maneira de evitar o cancelamento acabou sendo a transferência para o canal a cabo USA. Pelo menos foi isso que eu li pela internet afora.

  3. Patinha

    Eu o considero histriônico demais. Embora goste do personagem. O mesmo vale para o Chris Meloni. Ele não é histriônico como o D’onofrio, mas em alguns episódios é muito caricato.

    Gosto de ambos. Mas daí a merecerem concorrer a um Emmy vai uma grande distância.

  4. Simone Miletic

    Sem dúvida esta foi a melhor temporada de Criminal Intent. Como você mesmo disse, o fato de mudar de canal ajudou o seriado.

    E D’Onofrio está primoroso. Outra que anda dando show é Alexandra Eames, eu sempre adorei como elafaz contraponto às loucuras do colega.

  5. Rô Floripa

    Eu achava meio forçado o personagem Goren e a interpretação do D’Onofrio, talvez pq eu não assistia a série com regularidade. Mas comecei a assistir com mais freqüência nesta temporada com aquele episódio em que a Eames tem que lidar com um assassinato que remete a morte em serviço do marido dela. O episódio todo foi muito intenso e ela dá um banho. A partir daí comecei a olhar com mais cuidado a série e entendi o Goren. E o D’Onofrio o faz na medida certa. E este episódio aí que o Paulo cita é angustiante, ele está perfeito. Eu sofri com ele.

  6. Leonardo Toma

    Concordo completamente. Criminal Intent é uma das séries mais ignoradas pelo Emmy.

  7. Junior Maia

    Por favor, só não esqueça de mencionar Army Wives e a atriz Tichina Arnold (Rochelle de Everybody Hates Chris). São os mais injustiçados.

  8. Joana

    Sempre me perguntei por que Vicent D’Onofrio não aparecia na lista de indicados ao Emmy ou ao Globo de Ouro… Pelo vista a verdade ainda está lá fora…
    O episódio Untethered trouxe um Goren tão desiludido, cansado e ao mesmo tempo desesperado por ajudar o sobrinho a não trilhar os caminhos do seu irmão… Com certeza, nenhum outro episódio de seriado me deixou com tamanha angústia. Fiquei muito envolvida com toda a história da prisão e da tortura. A interpretação do D’Onofrio foi demais! Em alguns momentos eu cheguei a me perguntar se ele não estava mesmo ‘sedado’ de tão convincente que eram suas reações.
    Outra injustiçada é a Kathryn Erbe. Ela faz uma Eames perfeita e, ao contrário do que alguns dizem, ela não é a sombra de Goren, ela é seu equilíbrio, seu norte. Quando ela se ausentou em função da licença maternidade, o Goren ficou ‘perdidinho’… Achei ótimo isso!

  9. Silvia_05

    Vi pouquíssimos episódios, mas de todos Law & Order esse Criminal Intent foi o que mais gostei. Prefiro a análise dos perfis psicológicos dos meliantes.

    Mesmo sendo histriônico, D’Onofrio chega a ser hilário, sendo ele justamente um cara cheio de manias.

    Tentarei ver o episódio comentado, que parece ser bem bacana.

  10. Angelo

    Gente, eu não sei se é só comigo…

    Todos os episódios que eu assisti da série eu gostei muito do que vi, mas ela não consegue me fidelizar. Não sei o motivo. Talvez seja porque CI é uma série que não dá pra assistir relaxado ou desconcentrado: os episódios começam com cenas aleatórias, muitos nomes, muitas informações e a teia de acontecimentos geralmente é bastante complexa. Se bobear um instante, estraga o resto do episódio.

    Já Special Victims Unit é bem mais linear e apresenta os persongens mais carismáticos da franquia (Junto com e Ed Green da L&O matriz, que infelizmente deu adeus à série).

    Falando em SVU, pela primeira vez em 9 anos a série deu uma capengada em diversos episódios. Tô com medo do que pode acontecer depois da saída do Meloni e da Hargitay (o fim é melhor) e não gostei nem um pouco de perder a Casey Novak, pois substituir a Stephanie March foi quase uma missão impossível e, então a Diane Neal rouba a cena – só pra ser demitida daquele jeito (nem uma despedida com o Squad ela teve direito!). A Cabot saiu de maneira bem mais honrosa…

    P.S: Pena que o telséries não possui um review de SVU. Faz tanta falta comentar os episódios…

  11. Joana

    Ângelo,

    Foi justamente a complexidade das tramas que me fez fiel ao Law e Order Criminal Intent.Gosto muito da franquia toda, mas C.I me fascina.

  12. Angelo

    Também adoro a qualidade dos rotiros, Joana. Quis enfatizar que geralmente tem que se estar “no clima” pra desfrutar do episódio em toda a sua plenitude.

  13. Ivonete

    Na contramão de muita gente, Criminal Intent é a minha série preferida da franquia.
    Como já disse a Joana, a complexidade dos roteiros é que mais me atrai, mas também ao contrário de muitos, preferia mais os primeiros anos da série, quando a vida particular dos personagens não era tão abordada, ou acho que não era nada abordada.
    A investigação, a forma como Goren consegue perceber as nuances do caso, como um Sherlock contemporâneo, as “armadilhas” que ele concebe para arrancar as confissões, como ele compreende a mente dos assassinos e acaba por descobrir o que os levou a cometerem os crimes, faz toda a diferença e enriquece a série.

  14. Joana

    Realmente, Ângelo. É preciso estar mesmo ‘no clima’,qualquer distração é o suficiente para perdemos o fio da meada! Por isso gravo os episódios e assisto com fones do ouvido quando estou bem sossegada.

    Abraços

  15. Giselle

    Acompanho Lei e Ordem CI desde a primeira temporada mas quando os episódios são com o Cris Noth vejo um ou outro. Pra mim a série sem o Goren não é a mesma coisa. Adoro ele. E no episódio Untethered o D’Onofrio deu um show.
    Ele estava ótimo. Realmente uma grande injustiça
    ele ser ignorado pelo Emmy.

  16. Paula

    Acho uma injustiça o Vincent e o Chris não estarem na lista do Emmy. Os dois são ótimos!

    Paulo, qual o episódio que o Chris Meloni enviou em 2006 pra concorrer ao Emmy? Sempre quis saber!

    Também concordo que poderia haver um review de SVU! Ah, espero que a Mariska e o Chris não deixem a série tão cedo!

  17. francisco koller

    Vincent D’onófrio está muito gordo e com aspecto de doente. Suas interpretações não tem mais as nuances de temporadas anteriores e esta última foi péssima em todos os sentidos. A melhor personagem é Eames. Equilibrada e sarcástica, tudo na medida certa.

  18. Valéria Fernandes Carvalho

    Sem sombra de dúvida, Vincent D´Onofrio é o melhor ator das Teleséries, e também, acho que a Academia TEM que abrir os olhos e ver o enorme talento de Vincent no cinema também. Adoro sua performace, e seu charme incontestável. Parabéns Vincent D´Onofrio. Amo voce.

  19. Célia Lemos

    È um ator de primeira qualidade, sua atuação me lembra umpersonagemda série Columbo que fazia um estilo semelhante. Vincente D’Onofrio merecia um prêmio.

  20. Lena

    Taí o injustiçado número 1! Adoro a interpretação do Vincent D’Onofrio e é realmente uma pena que seu nome não apareça nas premiações, nunca entendi isso. Neste episodio da prisão ele esteve fantástico, foi de tirar o fôlego!

    Francisco, dizer que ele está gordo e por isso sua interpretação fica prejudicada é muita sacanagem. Nunca vi gordura e aparência afetarem o talento de alguém.

    Paulo, pq vcs não fazem um review de Criminal Intent e tb de SVU???

  21. Sandra Souza

    Olá, sou Sandra, é a primeira vez que escrevo. Adoro o “Bob” de D’onofrio e gostaria de saber o que aconteceu com o ator que ele quase morreu.

  22. francisco koller

    Querida Lena.
    Explicar um comentário é o mesmo que explicar uma piada. Mas, vamos lá. Ser gordo não é muito saudável, mas, não faz mal há ninguém. Acho que os roteiros e diretores das primeiras temporadas permitiam uma melhor interpretação por parte D’Onófrio. Nas duas últimas, suas interpretações foram lineares e desinteressadas, com exceção desse capítulo que estamos comentando. A impressão que tenho é de que D’Onófrio está “cumprindo tabela” e seu trabalho em Law and order ci, não o desafia mais.
    Abraços gaúchos,
    Francisco Koller

  23. Sandra Souza

    Oi gente. O negócio é o seguinte: viram o último episódio de Law & Order? Achei demais! Fiquei sem fôlego quando a Eames e o Bob se “confrontam” com uma arma cara a cara, foi mto. legal!!

  24. Pingback: Review: Law & Order: Criminal Intent - Purgatory » TeleSéries

  25. Pingback: Review: Law & Order: Criminal Intent - Purgatory » TeleSéries

  26. carina lebon

    não pude deixar de mandar minha opinião perante á esse epispódio em que vincent dá um show e pra mim,ator que consegue fazer vc se sentir dentro da trama e se passar pelo personagem é um absurdo de bom e mereçe tbém ficar de joelhos diante dele,pois além de fã sei que vincent é um dos melhores se não for o único grande ator da atualidade,que pode e deve se vanglorificar de ser bom em suas atuações,seja ela qual for,e vincent numa série como law e order tem que ser assistida sempre,e colecionada,pq se um dia ele não fizer parte mais do entretenimento tem que ser visto e revisto milhares de vezes.eu já passei todas as premiações rezando pra que em uma delas ele fosse pelo menos indicado,mas eu desisti de ver já que ele nunca foi,justiça seja feita!!

  27. valeria Fernandes Carvalho

    Para mim, Vincent D”onofrio foi mais uma vez injustiçado. Acho que ele atuou bem como ator drama. Mas confesso que ele atua muito melhor como o Sherlock, Junto com a Eimes que também é fantástica. E mais, Vincent deveria fazer comédia. Quando ele está atuando em Law & Order-Criminal Intent,minha série favorita, ele super engraçado. Adoro ver ele atuando juntamente com a Eimes. Vincent não fique triste, voce é o melhor. Continue com Law & Order=Criminal Intent. Voce é Fantástico.

  28. Nana

    Concordo basicamente com o que todos disseram. Adoro CI, acho na minha mais modesta opinião a melhor série da franquia; em CI o detetive Goren cria toda uma situação em que o culpado acaba se entregando, isso graças ao aspecto psicológico que está sempre presente e que pode ser decisivo para se obter uma confissão, ao passo que nas outras séries L&O, que também gosto bastante, detetives e promotores mesmo com evidências que desmonstram que o indivíduo é o culpado, sofrem muito para conseguir uma condenação, quando conseguem,mas também sei, ninguém ganha sempre. É apenas a minha opinião, gosto mais de CI. Ah, Christopher Meloni é a cara de SVU, mas não gosto das atuações dele, o acho muito canastrão, pra mim ele imita as emoções, sei lá acho forçado, pelo menos pra mim. Bjs a todos que amam Law & Order!

  29. carina

    vincent em méio á seriados que estão por aí,não precisa ser conheçido como o melhor ator,escolher os melhores personagens,ele é o cara,ele é o ator no ator,ele é o espetáculo no espetáculo.
    ator como tão bom qto vincent,não achei até agora,se alguém me mostrar quem sabe ele possa ser superado um dia?concordam comigo?.

  30. Soraya

    Não gostei da nova temporada com o ator Jeff Goldblum, ele não combina com a série. Parei de assistir exatamente por isso. Vicent D’Onofrio (Goren)e é claro sua parceira Eames são imprescindíveis na série. Os dois são fantásticos!!! Espero que eles voltem , e logo.

  31. Francisco Garcia Neto

    Vicent D’Onofrio é um grande ator e seu personagem em “Criminal Intent” foi claramente inspirado no personagem “Columbo” interpretado pelo magnifico ator Peter Falk. O próprio Vicent já confessou sua admiração pelo trabalho de Falk como Columbo e claramente usou de forma muito criativa o que viu nas performances do legendário ator. Sempre achei que a série Columbo seria insuperável, mas com Law&Order Criminal Intent, finalmente temos um seriado com detetive de verdade e roteiros de qualidade.

  32. viviane bonilha

    Bobby Goren é um dos muitos excelentes papéis vividos pelo fantástico Vincent Donofrio ao longo de sua carreira. Um ator versátil como poucos mas que por algum motivo nunca é lembrado para uma premiação. É uma injustiça que espero seja reparada enquanto é tempo.Ele merece sim ser reconhecido pelo seu desempenho brilhante na tv e também no cinema. Torço por ele.

  33. Tania de Araújo P A Nunes

    Apesar de gostar de Jeff Goldblum, nada se compara a Vincent. A troca foi desastrosa. Espero que os produtores percebam. Tania 26 03 2010

  34. Princeza de Sousa Barra

    Lamentavel, muito lamentavel, totalmente desastrosa a troca do ator Vincent d’onofrio, pelo ator Jeff Goldblum, por mais que o segundo se esforçe será muito dificil chegar aos pés de Vincent, detetive Goren. Seria bom que a produção do seriado, verificassem o óbivio. Princeza Barra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account