Log In

TeleRatings

Audiência nos EUA entre os dias 12 e 13 de fevereiro

Pin it

Jeff Probst em Survivor: TocantinsXii, A TeleRatings atrasou! Pra compensar, segue uma coluna dupla, com os números de audiência na quinta-feira, dia 12 e na sexta-feira, dia 13. Foram dias importantes, com acontecimentos marcantes: a estréia de Survivor: Tocantins, o encontro dos elencos de Grey’s Anatomy e Private Practice e a estréia nas noites de sexta-feira de Terminator e Dollhouse. Veja como foi!

Ranking por canal na quinta-feira

Emissora CBS ABC NBC Fox CW
Média
(em milhões)
14,21 12,22 7,25 4,23 2,19

Ranking por horário

Hora Programa (Canal) Milhões de
Telespectadores
20h Survivor: Tocantins (CBS) – estréia 13.80
Ugly Betty (ABC) 7.44
My Name is Earl (NBC) 6.31
40th NAACP Image Awards (Fox) 4.17
Smallville (CW) – reprise 2.40
20h30 Kath & Kim (NBC) 5.48
21h CSI (CBS) 17.78
Grey’s Anatomy (ABC) 15.70
The Office (NBC) 8.89
40th NAACP Image Awards (Fox) 4.28
Supernatural (CW) – reprise 1.98
21h30 30 Rock (NBC) 7.62
22h Private Practice (ABC) 14.15
Eleventh Hour (CBS) 11.04
ER (NBC) 7.25

A ABC manteve na quinta-feira a liderança por idade na amostra 18-49 anos (com 4,7 pontos, contra 4,1 da CBS). Mas não conseguiu segurar a vantagem na média de telespectadores, mesmo com o esperado crossover de Grey’s Anatomy e Private Practice – e a coroa voltou a ser da CBS.

A CBS iniciou a noite líder em audiência e nas amostragens 18-34 e 18-49 anos com a premiere de Survivor: Tocantins. A audiência em números absolutos foi quase 6% superior a da estréia de Survivor: Gabon no ano passado. Ou seja, a CBS segue firme aumentando sua audiência média diária em relação a temporada passada. É fantástica a performance do canal neste sentido, em uma época onde todo mundo culpa a Internet, os DVRs e os smartphones pela queda de audiência dos canais de TV.

Às 21h, a CBS manteve a liderança em número de telespectadores com CSI, mas entregou no demo 18-49 a liderança para Grey’s Anatomy. Grey’s fez 6 pontos, CSI fez 4,9 pontos. Correndo por fora, The Office se recuperou da fraca performance pós-Super Bowl. A audiência subiu para 8,89 milhões de telespectadores e 4,6 pontos.

Fechando a noite, novo recorde de audiência de Private Practice. Na carona da audiência de Grey’s Anatomy, a segunda parte do crossover teve audiência recorde de 14,15 milhões de telespectadores e 5,8 pontos no demo 18 a 49 anos. A audiência qualificada da série foi superior a das somas das humilhadas Eleventh Hour (2,7) e ER (2,6). Será que Private Practice vai manter parte destes números na próxima semana? É a hora dos fãs fazerem figa!

Pra encerrar, vale a tirar uma onda da CW. Uma reprise de Smallville teve 2,4 milhões de telespectadores – mais do que o episódio inédito de 90210 deu no dia anterior.

* * *

Ranking por canal na sexta-feira

Emissora CBS ABC Fox NBC CW
Média
(em milhões)
9,40 7,10 4,21 3,99 1,19

Ranking por horário

Hora Programa (Canal) Milhões de
Telespectadores
20h Ghost Whisperer (CBS) 10.35
Wife Swap (ABC) 4.27
Howie Do It (NBC) 3.93
Terminator: The Sarah Connor Chronicles (Fox) – novo horário 3.71
Everybody Hates Chris (CW) 1.36
20h30 The Game (CW) 1.53
21h Flashpoint (CBS) 8.86
Supernanny (ABC) 6.10
Dollhouse (Fox) – estréia 4.72
Friday Night Lights (NBC) 3.46
13: Fear is Real (CW) 0.95
22h 20/20 (ABC) 10.93
Numb3rs (CBS) 9.00
Dateline (NBC) 4.59

A esperança era de que a estreia de Dollhouse e de Terminator na Fox fosse mudar o quadro na noite de sexta-feira. Mas infelizmente pouca coisa mudou. A Fox seguiu terceira colocada na noite, atrás da CBS e da ABC.

A grande surpresa da noite não veio da Fox, mas da ABC. O canal venceu no demo 18-49 anos, com média de 2,4 pontos, contra 2,1 da CBS, graças a uma reportagem especial de Diane Sawyer sobre a pobreza na região do Apalaches. Num fenômeno raro nesta temporada, o 20/20 bateu Numb3rs no horário das 22h e deu ao canal a audiência que garantiu a vitória na média da noite.

Terminator: the Sarah Connor Chronicles voltou mal, com apenas 3,90 milhões de telespectadores, em quarto lugar de audiência. O desempenho merece preocupação por parte dos fãs.

Dollhouse ficou em terceiro em seu horário, com 4,72 milhões de telespectadores. No demo 18 a 49 anos, o canal dividiu a liderança na primeira meia hora com Supernanny (ambos com 2 pontos), mas na meia hora seguinte caiu para a segunda colocação (quando Supernanny saltou para 2,4 pontos). O desempenho inicial de Dollhouse foi bom. A própria Fox soltou nota comemorando o desempenho, que foi superior ao de outras atrações que o canal já exibiu neste horário ao longo da temporada. O próprio fato da série ter melhor desempenho que Flashpoint (média de 1,9) na amostragem por idade já é motivo de comemoração.

Mas eu realmente esperava mais da estreia Dollhouse. Até porque, pelo que a Mica descreveu do piloto na coluna a Semana Lá Fora (leia aqui), esta parece ser uma série de difícil fidelização da audiência, o que sugere que ela tende a cair e não a subir.

E a Fox comemorou que esta foi a melhor estreia do canal numa sexta-feira em quatro anos. Bom, a quatro anos atrás o canal estreou com melhor desempenho a série Jonny Zero. Alguém lembra de Jonny Zero? Basta dizer o seguinte: se vocês não lembram de Jonny Zero é porque Jonny Zero não foi longe. E este é o desafio para Dollhouse, não repetir Jonny Zero.

Amanhã eu volto com os números do domingo, dia 15, e da segunda, dia 16. Até lá.

Coluna editada a partir de número fornecidos pelo instituto Nielsen (dados de exibição ao vivo mais programas assistidos em DVR no mesmo dia) e com informações do site TV by the Numbers.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

26 Comments

  1. Junior

    a CW sempre teve uma audiência decadente e baixa assim ?
    Ou isso veio acontecendo ao passar dos tempos ?

  2. anderson

    Como eu disse na coluna “A semana la fora”, Dollhouse é mais uma série, a exemplo de Fringe, que poderia ter um desempenho melhor, porém está na FOX. E antes que soltem os cachorros aqui, isso é so uma observação simples, depois de um tempo q você assiste TV e entende as Redes americanas vc percebe que há séries que tem mais cara “CBS”, ou de Fox, e assim vai, Pra mim Dollhouse é o tipo de série com cara de NBC.

    Fico feliz por The Office!!A série merece.

  3. Rodrigo B.

    Na sexta, GW continuou mantendo seu desempenho sólido, mas Flashpoint não. Acho possível que os telespectadores estejam começando a perceber como a produção canadense é ruim…

    No mais, PrP se aproveitou bastante bem do crossover com Grey’s. Mas não sei se essa exposição servirá pra série ganhar telespectadores daqui pra frente. Eu achei a série simpática, mas não pretendo voltar a assisti-la daqui pra frente(muito em função de seus personagens terrivelmente não-carismáticos).

    Não assisti a Dollhouse ainda(mas as criticas que tenho lido, com exceção dessa da Mica, são as piores possíveis). Não duvido que a audiência seguirá caindo. Acho que não chega nem ao 13º episódio.

  4. Edson

    A CW é a fusão de dois canais menores à partir de 2006: UPN e WB. A UPN pertencia à CBS (que tinha adquirido o canal da Paramount/Viacom) e tinha séries como Veronica Mars, Everybody Hates Chris e o reality America’s Next Top Model. Com a joint venture, o CW era a “esperança” de que essa união aumentasse a audiência e o faturamento da CBS e da Warner, o que não aconteceu. Os canais UPN e WB eram deficitários e a união deles continua sendo.

  5. Gilberto Guerra

    Que droga! Eu tava curtindo essa temporada de TTSCC, se ela chegar ao fim da 2º temporada com certeza não haverá uma terceira. O pior é que da pra dizer isso de boa parte das séries da FOX, esse canal só tem audiência de verdade em dia de American Idol.

  6. Leandro

    Dollhouse tem a cara da FOX mesmo , série de ação, coitada se fosse exibida na NBC , teria esses mesmos 4,72 numa segunda-feira por exemplo. Eu acho que melhora , vamos ver no que vai dar.

  7. anderson

    …FOX, esse canal só tem audiência de verdade em dia de American Idol.(2)
    disse tudo Gilberto.

  8. Amanda

    House tem média de 14 milhões . 24 tem média de 11 milhões. Fringe de 10 milhões , Bones de 10 milhões, Lie To Me de 12 milhões e vcs acham a FOX ruim? o que dizer da NBC e CW então?

  9. anderson

    House perde pra sitcons da CBS, 24 ta quase apanhando na amostragem por idade.
    Lie to me, fringe recebem 25 a 30 milhoes de American idol e caem a menos da metade.
    Sei la, não é ruim, mas tira American idol e a fox nao lidera uma noite sequer.
    E sério CW nao é comparação a ninguem neh??perde ate pra Univision.

  10. Bruno

    House tem média de 14 milhões . 24 tem média de 11 milhões. Fringe de 10 milhões , Bones de 10 milhões, Lie To Me de 12 milhões e vcs acham a FOX ruim? o que dizer da NBC e CW então? [2]

    E House e 24 não passam em dia de American Idol, assim como Os Simpsons, que tem uma boa audiência no demo 18-49 anos.

  11. Rodrigo B.

    Só corrigindo aí o Anderson: House não perde pras sitcoms da CBS nem na audiência geral e nem no 18-49.

    A FOX tem demonstrado força as segundas. Em três semanas com a dupla House/24 foram três vitórias no demo 18-49 e por duas vezes a FOX terminou como a emissora mais assistida da noite.

  12. anderson

    me dá um F, me dá um O, me dá um XX
    o que é?? FOXXXXXX
    viva as cherrleaders da foxxxxxx

  13. Amanda

    o anderson geralmente não tem argumentos então parte pro deboche.

  14. Eduardo

    Jonny Zero. Divertida série, e construída de uma forma que poderia ter subtituído Third Watch. Com direção de Mimi Leder, e produção de John Wells e R. Scott Gemmill, não havia muito o que dar errado. É o tipo de série que não merecia ter acabado como acabou. Pelo menos parte da equipe de produção encontrou refúgio em ER nos anos seguintes.

  15. anderson

    Amanda, eu só falei que Dollhouse tinha cara de NBC, e de repente o papo direcionou pra números de audiência. E no meu ponto de vista argumentativo, receber quase trinta milhoes de audiência e ficar só com 10 ou 11 não é bom, é uma lógica isso.
    Todas séries crescem no time slot após American Idol, isso é fato. Só a Fox cai, e não é uma quedinha de 10 ou 20 %, que até seria normal e aceitável. É uma queda demais de 50%. Amanda isso não é argumento?

    Tome por exemplo a CBS, todos os dias da semana a audiência é constante, as outras redes revezam dias específicos que vão bem, e em outros dias sao desatres, A CBS vai bem todos os dia da semana.
    E quando nao tem American Idol a Fox não é ameaça de liderança as terças e quartas. Isso também não é argumento?
    Por favor tente enxergar como um todo. Não olhe só o fato de fringe ter 11 milhões de audiência, por exemplo. Veja onde isso esta inserido.
    Se fringe tivesse 11 milhões de audiência na CBS, seria só mais uma, se tivesse 11 milhões de audiência na NBC ou ABC, nos dias atuais seria sucesso, se fosse na CW seria milagre.
    Mas Na Fox, após receber de American idol 25 milhoes, pq sera que a maioria tem sensaçao de “fracasso”???

    Se isso não for argumento, sei la, por favor me diga o que é.

  16. Bruno

    American Idol, parece-me, tem uma audiência à parte, que só aparece para assistir ao reality show e depois vai embora. Portanto, a perda de audiência de Fringe e Lie to me é normal, até porque recebem a audiência de um reality show.

    É muito mais estranho o que acontece com a CBS às terças. Without a trace recebe uma audiência de 18/19 milhôes de The mentalist e a deixa cair para 12/13. Como as séries têm a mesma temática, parece sim um fracasso. Infelizmente, já que WaT é muito melhor que The mentalist.

    Além disso, é comum ver House entre as maiores audiências no demo 18-49 anos. E a série não está mais depois de American Idol.

  17. Rodrigo B.

    American Idol, parece-me, tem uma audiência à parte, que só aparece para assistir ao reality show e depois vai embora. Portanto, a perda de audiência de Fringe e Lie to me é normal, até porque recebem a audiência de um reality show.[2]

    Just the way I think.

  18. Edson

    Só por exibir “Family Guy” (Uma Família da Pesada) e House, eu já acho a Fox sensacional. Bom, pra dizer a verdade eu não ligo pra canal nenhum. Eles são corporações e tomam decisões “não artísticas”. Quem cuida de cada série são seus estúdios de produção, que nem sempre são os mesmos aos quais estão vinculados os canais. Um exemplo é House, que é produzido pelo estúdio Universal e exibido pela Fox. Outro exemplo é Scrubs, que sempre foi produzido pela ABC Studios, e exibido pela NBC. Quando a NBC não quis renovar Scrubs, a ABC Studios se propos a continuar, colocando a série no canal ABC.

  19. anderson

    E pensar q tudo começou somente pq eu achei q Dollhouse tem cara de NBC.
    Mas enfim.
    Concordo com o argumento de que WaT fracassa em reter audiencia de The mentalist. se bem que tem a questão de ser as 22:00 q é normalmente menos assistido, mas fracassa.
    Porém quem me conhece sabe q nao sou defensor de House, mas essa foi a unica série q segurava audiência de American Idol. Compare com Fringe e Lie to me agora.

  20. Juninho

    Não importa do que Dollhouse tem cara,mas assim como o Paulo Antunes,esperava bem mais da série,mas também logo sexta a fox vai por a série,e pior colocou Terminator direto na forca,que cagada,agora é torcer pra série não ser cancelada,o que me parece dificil,mas se isso acontecer será mais uma perda lamentavel.

  21. Fernando dos Santos

    Eu achei que Dollhouse tem cara de FOX mesmo,a Raposa atualmente é a emissora com mais séries de ação em sua grade.
    Não tenho grandes expectativas em relação a série, mas confio no Joss Whedon para fazer um trabalho que seja ao menos assistivel.

    Ainda bem que The Office se recuperou.

    Outro dia eu li que a Lena Hedley assinou contrato para protagonizar e dirigir um filme, isto pode ser um indício de que Terminator esteja com os dias contados.

  22. Juan

    Eu lembro de Johnny Zero…não vamos generalizar. Johhny Zero passou bastante no SBT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account