Log In

Notícias

Universitários podem alterar índices da audiência americana

Pin it

Logo do instituto NielsenSe nas próximas edições da nossa coluna TeleRatings alguma série teen disparar em audiência não será por acaso. O instituto Nielsen Media Research, que faz a medição de audiência da TV americana, vai passar a contabilizar a audiência dos estudantes universitários – que assistem televisão nos dormitórios das universidades. Até então este público não participava da medição de audiência.

Segundo o jornal The New York Times, a mudança deve vitaminar a audiência de canais como a ESPN, a Fox e a CW e pode incrementar a audiência de atrações como o reality show America´s Next Top Model e o desenho animado Uma Família da Pesada. Os executivos do Cartoon Network, por exemplo, esperam que o bloco de desenhos adultos Adult Swim tenha um crescimento de até 35% com a mudança.

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

38 Comments

  1. Apollo

    Vocês tem a data em que essa contabilidade irá começar a valer?

  2. Thiago

    Muito interessante isso… Não seria curioso se algumas semanas antes de acabar, The O.C. começasse a ter uma audiência enorme graças a esse “novo” público?!

  3. George

    Legal sempre achei que a FOX e a CW mereciam uma audiencia maior para suas séries!

  4. Apollo

    Eu sinceramente não sei se vai fazer uma grande diferença, eu li que serão inicialmente 130 universidades cadastradas.

  5. viní


    em algumas faculdades o povo se reune pra assistir GG, vai ser ótimo!

  6. Maurício

    Interessante! Acho bacana que se aumente a medição de audiência. Assim nos aproximamos cada vez mais da realidade em cada análise.

    No Brasil, na minha opinião, a medição ao vivo do IBOPE deveria ser não só de Sampa. Mas de várias praças somadas: SP + RJ + Recife (ou qualquer capital do nordeste) + BH + Brasília + (Mais uma capital do sul). De modo que a audiência vista ao vivo pelas emissoras fosse dada de maneira geral, sem diferenciar praças. Assim acabaria com a ditadura de programas voltados só para São Paulo em cadeia nacional.

    Mas….isso que falei deve ser utópico….não é?

  7. Rafaposh

    Interessante… quem sabe isso ajude algumas séries da CW… tipo ANTM apesar de ter a maior audiência do canal merecia bem mais… Gilmore Gilrs… Smallville…etc…

  8. Kravis

    pena que essa mudança vem tarde demais para The OC, que possivelmente se beneficiaria dessa medição quando isso fosse ampliado…

  9. Maria Eugênia

    Para quem gosta de séries teen isso é um excelente notícia!

  10. Cesar

    Gostaria de saber qua o tamanho do universo de estudantes universitários nos EUA, pois parece gerar mudança sensível na audiência. Não imaginava que poderia gerar impacto tão grande.

  11. Apollo

    Eu já me informei e aprendi que a contabilização começou ontem, segunda, mas como segunda não tem uma programação teen, acho que se vermos mudanças, serão a partir de hoje, terça, onde varios shows teens vão ao ar, como Gilmore Girls e Veronica Mars.
    Heroes é considerado teen? Porque a audiencia ao inves de aumentar, ontem caiu em relação a semana passada.

  12. Marcio

    Tem IBOPE no Rio, também. A namorada de um primo meu participava e tinha o aparelho na casa dela. Mas imagino que a participação do Rio seja irrisória frente a de São Paulo.

  13. Su

    Sim, porque o ibope do Rio e de São Paulo certamente tem uma relação profunda com a audiência das séries AMERICANAS.

  14. Kravis

    Su, o Márcio não estava comentando a notícia, e sim sobre o que o Maurício comentou mais acima…

  15. Maurício

    Marcio

    O rio de Janeiro tem medição de IBOPE sim. Ele não tem a medição ao vivo. Os resultados, assim como do resto do Brasil vêm depois. SP tem medição ao vivo, minuto a minuto. Por isso os canais fazem sua programação exclusivamente voltada para lá. Pois o IBOPE por eles registrados naquele momento é só de sampa. Entendeu?

    Além disso o RJ não é nenhum pouco desprezível. O Estado tem um PIB igual ao do Chile, grande população e imenso mercado publicitário. É a segunda grande capital do país. Não considero desprezível. Pode ser menor que SP. Mas nunca desprezível.

    Isso tudo foi Off Topic Gente!

  16. Cesar

    O Maurício está corretíssimo! O mercado do Rio não é desprezível, e tanto as redes como o mercado publicitário olha o RJ com atenção.

    Obviamente, há maior concentração de renda que em SP, por exemplo, o que divide o mercado em dois grandes blocos: alta renda e baixa renda. A classe média fica meio esquecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account