Log In

Spoilers

Spoiler: Lost, quinta temporada

Pin it
http://www.teleseries.com.br/wp-content/uploads/2009/01/lost501.jpg

Cena de Lost

Lost ainda é a mais superlativa das séries: entra temporada, sai temporada, e ainda é a mais comentada, a mais debatida, a mais pirateada. A série retornou nesta quarta-feira para seu quinto ano e, para analisar a premiere dupla, chamamos não só um, mas quatro colaboradores para comentar os episódios. Veja a seguir as opiniões de Bárbara Reis, Thais Afonso, Thiago Sampaio e Vinícius Silva.

Lost: Because You Left e The Lie (5×01 e 5×02)
Exibição: 21/1/2009

Opinião 1: Bárbara Reis
MVP: Matthew fox

Um ótimo começo de temporada. Simples assim. Viagens no tempo. Conspirações. Luta pela vida.

A temporada começou com a diferença de três anos da saída da ilha. Podemos acompanhar o que aconteceu e acontece com a ilha e a vida dos Oceanic 6. A luta desta temporada será voltar a ilha e não somente salvá-la, mas sim salvar as pessoas que ficaram para trás.

Jack e Ben formaram uma aliança com o objetivo de voltar a ilha a pedido de John. E eles contam com ajuda do lado de fora. Sun se aliou a Charles. Será que ela também voltará? E Hurley? O que acontecerá com ele agora que foi preso?

Desmond continua a ser a grande incógnita da série. Ele está voltando para Oxford. E agora só temos 70 horas para voltar para ilha. O novo rumo da série intriga mais os fãs e faz com que fiquemos na expectativa do próximo episódio.

Opinião 2: Thais Afonso
MVP: Jorge Garcia e Michael Emerson

Lendo os demais comentários, eu tenho a impressão de que gostei da estréia da quinta temporada de Lost muito menos que o resto do mundo. Sim, eu achei os episódios excelentes. Eles me abismaram, me confundiram, me agradaram. Introduziram muito bem a temporada, preparando o terreno para o que vem pela frente, e já deixando bem claro que o tema principal dessa quinta temporada será o tempo. Mas não foi um daqueles episódios de Lost que me deixam colada na poltrona de tanta fascinação, que me dão um frio na espinha, me deixam toda arrepiada. Todavia não foi, nem de longe, uma decepção.

Os Losties estão pulando no tempo! Só isso já seria o suficiente para deixar minha cabeça rodando, mas ainda teve uma aparição misteriosa de Richard dizendo a Locke que ele tem que morrer para salvar todo mundo, Hurley vendo Ana Lucia e depois sendo preso, Desmond sonhando com uma memória que Faraday acaba de criar, Sun reunindo-se com Widmore e Kate (estou muito intrigada com ela, acho que a coreana tem planos obscuros), que fugiu depois de advogados baterem em sua porta com um mandado para um exame de DNA e Ben e Miss Hawking (Fionnula Flanagan, a velinha misteriosa de Flashes Before Your Eyes) são cúmplices! Com frio na espinha ou não, essa estréia me deu certeza de que minha série favorita está de volta.

Cena de Lost

Opinião 3: Thiago Sampaio
MVP: Todos, exceto Matthew Fox

Lost voltou… E que viagem! A mente criativa dos produtores do seriado parece não cessar e apesar da história muito longa, da imersão pesada na ficção científica e do baixo retorno de audiência se comparado aos primeiros anos, Lost ainda tem sim algo que a diferencia do restante dos outros seriados.

Assistindo Beacause You Left, senti a mesma satisfação de quando vi pela primeira vez o sensacional The Constant, episódio em que a mente do brother Desmond viaja pra frente e pra trás no tempo. Claro, aquele continua insuperável, mas esta premiere com os sobreviventes do vôo da Oceanic indo e voltando no tempo, reencontrando funcionários Dharma e os Outros pela primeira vez… Fora poder acompanhar Locke testemunhando a queda do avião do irmão de Mr. Eko e que meses depois tiraria a vida de Boone? Sensacional!

Mais do que nunca, Lost agora virou uma série pra quem tem a mente aberta, não se importa em esperar seis anos para resoluções de mistérios (sem contar os que aparecem nesse meio-tempo) e aceitar numa boa as viagens no tempo. E como tenho mente aberta o suficiente, curto a viagem e me empolgo com Sayid matando como se fosse Jack Bauer, a presença de Locke, as tiradas de Sawyer… Até mesmo uma grata cena com Ana Lucia! Bem vinda de volta, Lost!

Opinião 4: Vinícius Silva
MVP: Michael Emerson

LOST está de volta! E, de antemão, o episódio já causa um espanto quando vemos o Dr. Chang (aquele mesmo que aparecia dando instruções nos vídeos das Instruções Dharma).

O mais impressionante, além de tudo isso neste episódio, é que temos sempre um formato de início de temporada: sempre a câmera esconde a identidade do personagem, depois o vemos colocando um vinil pra tocar. Só que, dessa vez, o disco estava arranhado. E é genial como este mero fato causou uma explicação muito importante de Daniel Faraday que, pro meu espanto também, participou do projeto de construção da Estação Orquídea, aquela mesma que controlava o tempo e o espaço e onde Ben Linus mudou a Ilha de lugar. Faraday compara um disco arranhado com os fatos que estão acontecendo na Ilha neste momento. E mais coisa estava por vir. Porque John Locke, em meio a este processo entre espaço/tempo, descobriu por meio de Richard que só existe uma maneira para aqueles que saíram possam retornar: ele se sacrificando.

Assim que os “Oceanic Six” saíram da Ilha, eles definiram uma coisa: deixar tudo para trás e não mencionar que haviam sobreviventes. Ao contrário do que eles pensavam, Hurley se manteve contra mas também teve medo de contar a verdade e ninguém acreditar nele. Por isso, talvez, ele tenha sido levado novamente para o Hospital Psiquiátrico e se mostrado tão ríspido quando Jack o visitou ainda na temporada passada. Pois ainda mantendo o tempo de três anos separando as tramas, Lost iniciou o segundo episódio da noite com esta mentira e a razão de levá-los até este momento tão crucial. Oxford parece ser o local exato para encontrar as respostas, mas Desmond ainda está a caminho enquanto que Ben Linus, ao que parece, já chegou lá.

Enquanto isso, na Ilha, os sobreviventes ainda sofrem com as instabilidades físicas do lugar. Ao sofrer um ataque por pessoas ainda desconhecidas, vemos que John Locke reencontrou o seu antigo povo, pode-se dizer até que ele reencontrou o seu lar. Por mais que eu tente filosofar, não quero soar precipitado ao juntar as peças desse quebra-cabeça e teorizar sobre o que está acontecendo. Sei que Ben Linus parece estar no comando de tudo, mas as coisas se complicam quando Hurley é preso. E, na realidade, Benjamin não tem muito tempo. Ele tem apenas 72 horas para retornar à Ilha com os Oceanic Six, e já sabemos que eles conseguem. Mas nem isso tira o bilhantismo destes episódios e, principalmente, de Ben Linus. É impressionante como o Michael Emerson humaniza o seu personagem.

A review do Vinícius Silva foi editada. Leia a íntegra no weblog Sob a Minha Lente.

Cena de Lost

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

45 Comments

  1. Pingback: mr_biglia no diHITT

  2. Tiago Rimbuk

    Uma coisa que eu não vejo ninguém comentando: qual a explicação da ilha ter ‘sumido’ aos olhos de quem estava fora dela?

    Afinal, ela não foi a lugar nenhum.

  3. Rubens

    Peraí, “mais assistida” AONDE? Ela sequer é a maior audiência do horário na tv americana (ha muito tempo que perde para outras series exibidas no mesmo horario, caso sejam ineditas), nao entra na lista dos 10 programas mais assistidos do ano (e acho que sequer entra na lista dos 20 mais assistidos, mas esse nao tenho certeza agora), e, a cada ano que passa, a audiencia diminui. Essa estreia da 5a. temporada, por exemplo, foi a menor audiencia de estreia de temporada de Lost nas 5 temporadas da serie.

    Tem uma boa dose de exagero nessa afirmacao, a realidaded dos numeros do Nielsen desmentem isso… (e nao adianta vir com papo de TiVo, porque o TiVo grava os programas da concorrencia tambem, então não é o Tivo que vai fazer a serie ficar em primeiro ou entrar na lista dos shows mais assistidos do ano).

  4. Rubens

    Tiago, eu gosto de Lost, mas a partir do momento que voce aceita aquela babaquice de “girar uma roda de burro (feita de madeira) congelada, e a Ilha Pof! some no tempo e no espaço”… voce precisa passar a aceitar qualquer outra babaquice. Agora a ilha poderá voar, ter vida e vontade propria, raciocinar e o escambau, porque QUALQUER coisa estará valendo. Podem aparecer dragões voadores e fadinhas minúsculas com uma desculpa tôla qualquer e voce vai ter que aceitar. Virou pura fantasia.

  5. Paulo Antunes

    Pronto, atendendo as reclamações do Rubens, tirei do texto de abertura o “mais assistida”. Agora podemos voltar a discussão do episódio!

  6. Thiago Sampaio

    Eu sei, Rubens. Negócio que é por aí mesmo…
    A produção criou tanta coisa, a série teve uma duração tão longa, que a explicação para tudo não pode fugir do absurdo.

    O cientista dos vídeos Dharma até que tem cena falando sobre a roda de burro: uma rocha com grande poder magnético, encontrada durante uma escavação, com energia suficiente pra dobrar o espaço-tempo. Virou… fantasia mesmo. Viagem no tempo é perigoso, arriscado, e ninguém vai aceitar.

    Mas tô me divertindo. Teve uma cena de Hurley falando pra mãe sobre a ilha que…. Ó a transcrição:

    “Veja, nós caímos. mas numa ilha maluca. Esperamos por socorro, e não teve nenhum socorro. E tinha um monstro de fumaça, e outras pessoas na ilha. Chamamos eles de Outros, e começaram a nos atacar. Encontramos algumas escotilhas, um botão tinha que ser pressionado a cada 108 minutos ou… Bem, nunca tive muita certeza. Mas os Outros não tinham nada a ver com as escotilhas. Eram da Iniciativa da Dharma, que já estavam todos mortos. Os Outros os mataram, e estão tentando nos matar. E nos unimos aos Outros, pois pessoas ainda piores estavam vindo num cargueiro. O sogro do Desmond os mandou nos matar. Roubamos seu helicóptero, voamos até o navio, mas ele explodiu. Não podíamos voltar para a ilha, pois ela desapareceu. Caímos no oceano, ficamos lá até um bote vir nos pegar. Tinham 6 de nós. Essa parte é verdade. Mas o… Mas o resto das pessoas… Quem estava no avião… Ainda estão na ilha.”

    Vi a cena quase que chorando de rir. É tão ridículo que é mesmo uma fantasia pura, mas… É ficção científica. É um seriado. E um seriado arriscado, que tá indo cada vez mais na fantasia e perdendo muita gente que desistiu dos enigmas, mas… Garanto que quem ainda não largou a série, está se divertindo um bocado.

    Não é perfeita, mas, pra mim, é das melhores da atualidade

  7. Marcelle

    Opinião 3: Thiago Sampaio
    MVP: Todos, exceto Matthew Fox

    Evangeline Lilly melhor que Matthew Fox?! Sacaneou, hahaha

  8. Mica

    Eu diria ‘todos, menos a Evangeline Lilly e o Matthew Fox’. São os piores personages e piores atores da série.

    Mas gostei dos 4 reviews. Engraçado como cada um teve um visão levemente diferente, ninguém falou a mesma coisa ^_^.
    Eu adorei os dois episódios. Quando acabou cada um deles eu fiquei com cara de pastel, pensando “mas já?”.
    Não lembro da velha de Flashes Before Your Eyes (cá entre nós, nem lembro qual episódio é esse), então fiquei pensando ‘quem raios é essa senhora?’.
    A Sun me assusta. Ela tem um potencial para vilã que é uma coisa de louco. Filha de mafioso, traía o marido na cara dura e agora se uniu ao Widmore e está disposta a tudo para destruir Ben. Eu olho para ela e lembro da moça doce da ilha e fico realmente assustada.
    Como será que eles farão para juntar todo mundo para voltar para a ilha?
    E coitado do Locke, saber que tem que morrer para salvar o povo.
    E alguém pode me lembrar qual é a história da ruivinha? Ela era da ilha quando pequena, né? Ou eu sonhei isso e estou confundindo tudo?

    Uma pena que o Sawyer colocou uma camisa :-(

  9. anderson

    Bem, de longe é a série mais relevante da temporada. A trama é inteligente e envolvente. E pessoal, no primeiro episídio da série tivemos aquele “barulho” do monstro na selva. Todos pensavam que era dinossauro e sei la o q. Portanto,não venham dizer que a série foi pro caminho da fantasia agora. Desde de o príncipio ela tinha essa veio sci-fi. Acontece que a história é mais complexa (inteligente) do que esperávamos e exige que o telespectador tenha paciência e inteligencia (sem querer ser presunçoso).
    E o grande mérito de Lost é a sua forma narrativa. É algo pioneiro isso. se a série fosse contada linearmente, sem flashbacks e essas coisas na certa ja teria sido cancelada.

  10. Leo

    Ate o episodio dessa semana de 24 Horas foi mais vistas que essa premiere de Lost. Mais vista o escambau.

  11. Mel

    Concordo com a Mica…
    Uma pena que o Sawyer colocou uma camisa..hehehehe

    Cada vez que eu começo a pensar nesse retorno de Lost fico com dor de cabeça…é muita informacao pra processar e tem um hematoma no meu queixo de tanto que ele bateu no chao.

  12. Rodrigo Xavier

    Acho um absurdo haver 4 pessoas pra comentar Lost enquanto muitas séries são muito pouco comentadas. Dá a impressão que Lost é algo acima de todas, algo que decididamente não é.

  13. Fernando dos Santos

    Eu acho que o formato ideal para Lost seriam cinco temporadas com 13 episódios cada, isso teria evitado todas estas enrolações que aconteceram e ainda acontecem uma vez ou outra na série.
    As três primeiras temporadas cada uma com seus 22 episódios afastaram o grande público que se cansou de tanta embromação.Eu como sou um fã fiel da série continuo acompanhando, mas compreendo os que desistiram.
    Porém, mesmo aceitando o fato de que é ficção científica ainda assim muita coisa fica inverossímil dentro da proposta da série.Por exemplo, na temporada passada quando o Desmond estava num quartel no Reino Unido em 1996 e foi arremessado para 2004 no Oceano Pacífico.Faria mais sentido ocorrer o contrário diante das circunstâncias.

    Gostei da idéia de fazerem quatro reviews, cada um feito por um autor diferente.

  14. anderson

    Rodrigo.
    Lost é com certeza acima de todas.
    Faça a experiencia. Va no google e digite Lost. Depois digite qq outra série.
    Faça a mesma coisa no orkut. Procure comunidades de lost, e depois de outras séries.
    Você terá uma idéia do impacto que Lost causa.

  15. Rodrigo B.

    Eu também vou discordar do meu xará ali em cima. “Lost” é uma das séries mais relevantes da atualidade, seja pela singularidade de sua trama, pela capacidade de unir diversos gêneros em uma única série, pelo impacto que causa, pelas discussões que gera, por toda a influência que causou na tv na última década.

    O fato é que, querendo ou não, gostando ou não, “Lost” é uma série única, destinada a marcar época e a ser lembrada ainda por muito tempo.

  16. Rodrigo Xavier

    Lost só pode estar acima das outras no quesito mídia, porque em qualidade não está. Gosto da série, assisto desde a primeira temporada, mas ela não é tudo isso pra essa atenção toda.

  17. Daniel

    Acho um absurdo haver 4 pessoas pra comentar Lost enquanto muitas séries são muito pouco comentadas (2)

    É impressionante a babação de ovo por Lost. O primeiro episodio foi legal sim, mas o segundo foi horrivel. Pior premiere da historia da serie e isso refletiu na audiencia. Passou o tempo que eu esperava ansiosamente pelo proximo episodio. Pra mim é só mais uma serie, abaixo de muitas que eu vejo.

  18. Eduardo

    Quanto a queda de público vale a pena lembrar que o sistema de pesquisa Nielsen é tão arcaico quanto o ibope brasileiro. Eles não levam em conta a audiência digital, o número de pessoas que assistem online ou via celular. O conceito de um número limitado de pessoas que possuem um aparelho medidor ligado na tv já não reflete a realidade atual.

    Na verdade, acho que os números de Lost são bem maiores que os divulgados pelo Nielsen, se levar fatores pós-modernos em conta. E isso não inclui espectadores internacionais como nós mesmos.

    Quanto aos dois episódios em si, foi exatamente o que eu esperava. Lost engatou a quinta marcha em sua trama e disparou sem olhar pra trás. Os saltos temporais constantes foram 100% naturais pra qualquer espectador que tenha assistido religiosamente as 4 temporadas anteriores.

    O foco em personagens como Locke, Hurley e Ben foram bem executados por Damon Lindelof e Carlton Cuse. Conseguiram manter o drama dos personagens dentro da persepective da série apesar da narrativa estar dominando a própria caracterização deles.

    A única coisa que me incomodou foi a ausência de Drew Goddard dentre os produtores. Eu sei que ele assumiu a direção de um filme de terror com Joss Whedon, mas acho que Lost sobrevive sem ele. Tendo Brian K Vaughan como produtor já me assegura.

    Por outro lado não gostei nem um pouco de Edward Kitsis e Adam Horowitz tornarem-se produtores executivos. Essa dupla roteirizou alguns dos piores episódios nas quatro temporadas anteriores. Só espero que isso não mude nada nessa temporada, tanto que o roteiro do segundo episódio deles até foi bem executado, apesar do primeiro ainda ser melhor (ninguém supera Cuse e Lindelof).

  19. Rodrigo B.

    Ah, eu discordo um pouco do Eduardo sobre a dupla Edward Kitsis e Adam Horowitz. Digo, há alguns episódios realmente fracos dos dois como Dave, Everybody hates Hugo, o pavoroso Fire+water, mas acho que a dupla acertou a mão em vários episódios nas duas últimas temporadas como em Every man for himself, o divertido “Tricia Tanaka is dead”, o ótimo pré-season-finale da terceira temporada “The greatest hits” e “The economist” da quarta temporada. No fim das contas, acho que são escritores que foram melhorando ao longo do show(embora eu não tenha curtido muito esse “The lie”).

  20. Celso

    Eles estão se perdendo igual ao Heroes.

    Se desde o início aconteciam coisas estranhas, agora ficou tudo sem pé nem cabeça e virou o samba do criolo doido.

    Não gostei dos episódios 1 e 2 e poderia terminar nesta temporada, não precisando alongar o sofrimento da audiencia por mais uma temporada.

  21. Tati Leite

    Eu gostei muito do episódio. Só que assim como a Thata, não tanto quanto o resto do mundo.

    Vou pontuar algumas coisas.

    Ponto 1: Jack continua me irritando só por respirar. Não achei necessária nenhuma cena dele. Então fiz o que sempre faço. Concentro na beleza do Matthew Fox e sigo.

    Ponto 2: Essa coisa de – Kate se sente ameaça + Kate abre o armário + Kate pega dinheiro e arma + Kate foge. Não consigo ter piedade por ela.

    Ponto 3: Adorei a Sun. Ela esté misteriosa, mais fria. E eu não acreditei muito que ela perdôo a Kate.

    Ponto 4: Mal começou e já estou gostando da dobradinha Sawyer e Juliet. E, concordo, pra quê a camisa?!? Falando sério. O que mais gosto no Sawyer é que ele tem atitudes heróicas e as pessoas só lembram dele como o problemático. O nome Tom Sawyer cada vez mais se encaixa nele (quem leu As Aventuras de Tom Sawyer sabe do que estou falando).

    Ponto 5: Estava com saudades de ver Sayd dando porrada em todo mundo. Espero que tenham mais cenas com ele.

    Ponto 6: Desmond. Eu simplesmente adoro a aura de mistério da personagem.

    Ponto 7: Ben continua me aterrorizando. Não consigo confiar nele. E, ao mesmo tempo, é isso que adoro nele. E ele continua sendo parte muito importante por eu continuar assistindo a série.

    Ponto 8: Hurley. Adorei ele correndo e se entregando a polícia. Eu bem acreditei que ele iria com o Ben. Afinal, o Ben citou o Jack. Agora, como não passou pela cabeça dele cortar os cabelos?!?

    Ponto 9: Que Lost não seja igual Alias, ou seja, no final, fique devendo.

  22. alessandra

    tem que ter muita paciencia e ser muito fã da série, igual 99% dos que escreveram aqui porque senão essas viagens no tempo enchem o saco.. nao gostei dessa ideia de viajar no tempo.. quando a ilha sumiu na finale passada já achei um chute..
    a primeira coisa que pensei com essas voltas foi, eles poderão salvar os que morreram em vão? nao, faraday ja disse que nao. q pena.

  23. malakarun

    acho que os ex-losties(jack, etc) vao demorar pra reaparecer na ilha.. ou se voltarem, vao ter muitos flashbacks.. pois, querendo ou nao, sawyer, juliet, etc, ficaram na ilha durante 3 anos…

    soh se alguma viagem do tempo levar eles pra quando os outros losties voltarem

  24. Thais Afonso

    Tati, vou assinar embaixo do seu comentário e ficar por isso mesmo. Porquê simplesmente concordo com tudo, absolutamente tudo. Só acho que você esqueceu de mencionar Locke. Adorei ele matando os caras da Dharma só com uma faca e depois aparecendo todo calmo e dizendo “James. Juliet. É bom vê-los novamente.” Acho que ele está voltando a ser o Locke de antes.

    Rodrigo e Daniel, agente tenta variar o máximo possível com os textos da coluna “Semana Lá Fora”. Mas tem duas questões em relação a fazer um texto sobre uma série: alguém da equipe ver a série e estar disponível para fazer o texto, e depois da review publicada, haver retorno dos leitores. Lost é “especial” porquê praticamente todo mundo da equipe vê e o retorno é sempre grande. Bom, pelo menos é assim que eu vejo. Não falo por toda a equipe.

  25. Vinicius Silva

    @Celso:
    “Eles estão se perdendo igual ao Heroes.”

    Não, absolutamente não. Heroes se perdeu, LOST não. Sinto lhe informar, mas não fala uma coisa dessa.

  26. Mica

    Também não acho que LOST esteja se perdendo igual a Heroes. LOST pode não agradar a todos, mas eles sabem exatamente para onde estão caminhando e, acredito eu, nem todo mundo vai gostar do desfecho. Já Heroes está assumidamente perdido e estão tentando desesperadoramente reencontrar seus passos (eu continuo gostando, mas não posso seja logo.

    E…quantas temporadas mais tem de LOST? Serão 7 né? Não lembro.

  27. Thiago Sampaio

    De jeito nenhum que Lost está tão perdido quanto Heroes. Até agora, não vi nenhuma vez a produção de Lost pedindo desculpas de quatro, como fez o Tim Kring.

    Heroes tá com produtores novos pq outros foram contratados… Acredito que não se perderam com Lost não. E apesar dos pesares, tô achando tudo coerente com o início da série.

    E Mica… termina na 6ª =T

  28. Lucas "Gandalf" Leal

    adorei pq apareceu a Ana Lulu =D
    no mais, to com a Thais, foi um ótimo retorno, mas sinto q gostei bem menos q os demais!

    no mais nenhum absurdo em comentar Lost com 4 pessoas…como falaram basta ver o borburinho q Lost gera no orkut e afins, é uma das séries q tem legenda feita mais rapida, as vigilias bombam, teve momentos com mais de uma equipe fazendo legenda (não sei se ainda tem)
    enfim…a série é ‘pop’, podem achar ela boa, ruim ou qq outra coisa…
    e digo mais, até quem odeia contribui com a fama de Lost!pq eu odeio Heroes, mas simplesmente ignoro…quem odeia Lost vai posta, grita, xinga…ou seja a série (além de mexer com o imaginário) mexe com os animos das pessoas
    e to com a Tati, não aguento mais Kate fugindo…já deu! tá na hora dela ficar e ‘lutar’…
    e Jack morre logo Jack, por favor!
    e a Sun, SEMPRE foi minha predileta…uma das personagens mais ‘cinza’ da série, os outros são enigmáticos e etc, ou preto no branco; ela não…ela consegue ter ótimas atitudes e péssimas ao mesmo tempo! genial, e a interpretação (não lembro o nome da atriz) é perfeita!

    ps Heroes NÃO se perdeu, a série NUNCA teve rumo, nós, ingenuos, que achavamos q a série ia dar em algum lugar!
    ps2 Lost não se perdeu, eles tem tudo certinho ai, claro vai aparecer alguns episódios mais ‘enche linguiça’ ou divertidos mas a linha, os mistérios e etc eles tem tudo tramado desde o momento 1, e por mais q eu tenha duvidado disso um dia, hj eu tenho ctz absoluta, eles sabem onde querem chegar!(se vc não gosta do rumo, ok, mas eles sabem BEM onde querem chegar!)

  29. Pingback: A Semana lá fora: as estréias de Lie to Me e United States of Tara, os retornos de Amor Imenso e Burn Notice e o 100º episódio de Desperate Housewives » TeleSéries

  30. Jorge P.

    Minha opinião é de que é muito perigoso mexer tanto com viagem no tempo. Lost vai perder ainda mais audiência. Ficou massante e os dois episódios em vários momentos perderam o pique, com explicações e muito blá, blá, blá.

    Nenhuma série conseguiu manter a tensão e o ritmo como The Shield. Manteve do primeiro até o último episódio.

    Lost, na 3ª temporada, eu só vi os últimos 6 episódios até hoje e não me fez falta alguma na compreensão da trama. Prova de que aquela foi a pior temporada mesmo.
    Tomara que não cometam o mesmo erro agora.

  31. Paulo Honfi

    Por favor, permitam-me dar minha opnião sobre a série. Assisti todos os episódios desde a primeira temporada e concordo com o Eduardo (comentário 18) quando diz que “isso não inclui espectadores internacionais como nós mesmos”, eu por exemplo não assisti nenhum na televisão, apesar de ter tv a cabo. Acredito que a idéia de Lost é perfeita e muito inteligente, no entanto eles atrapalharam um pouco a série por causa de uma coisa: Ganância… A série seria perfeita se eles não tivesse esticado tanto. A série poderia muito bem ser apresentada em 3 temporadas, talvés até menos. Concordo com Fernando dos Santos (comentário 13), quando diz que a audiência “cansou de tanta embromação”. Confesso que teve vários epsódios, principalmente na terceira temporada, que só assisti por curiosidade e por esperança de encontrar algo útil que ajudasse a juntar as peças desse imenso quebra-cabeça… Como disse alessandra (comentário 22)realmente precisa ter muita “paciencia e ser muito fã da série”.
    Bem, sobre o comentário do Rúbens (comentário 4), creio que ele exagerou bastante na critica, sei que aquele desfeixo foi forçado… Mas é importante lembrar que a idéia de Lost está baseada em corentes filosóficas (de todos os sentidos e lados) e em ficção científica, isso fica claro em todas as temporadas… podemos ver também nos personagens, tais como nomes, e também comportamentos, o Locke (filosofia e crenças) e o Jack (Ciência e razão). O próprio logotipo da Iniciativa Dharma foi baseado num design octogonal, concebido a partir do conceito Chinês de Ba Gua, ou Pa Kua, que é a representação de um conceito filosófico fundamental da antiga China, literalmente significa oito trigramas ou oito mutações, essas 8 são: Terra, montanha, água, vento, trovão, fogo, lago e céu. No sentido religioso, Dharma pode ser traduzido como “Caminho para a Verdade Superior. O darma é a base das filosofias, crenças e práticas que se originaram na Índia”. Viver “em harmonia com o darma alcançam mais rapidamente o mocsa, o Dharma Yukam, o nirvana ou libertação da roda das samsaras, ou ciclo de reencarnações”. Só encerrando esse trecho a “roda das samsaras” nas filosofias da índia, nada mais é que o ciclo de renascimento e morte (que os espíritas acreditam), no Budismo Tibetano quem não precisa passar pela roda de samsaras “são considerados lamas, iluminados (ou budas, em sânscrito)”. Se lembrarmos o Ben disse que ele deveria mover a ilha, pois a ilha o queria fora (morte)… e agora ele quer voltar (renascimento). E o Locke sempre foi visto como um guia, alguém acima da média. (os termos em aspas foram pesquisados e retirados do site wikipedia).
    Agora, algo que eu achei extremamente inexplicável acontece no episódio 9 da 4 temp, quando matam a filha de Ben, ele diz : “Ele mudou as regras” entra em um quarto secreto e depois sai… depois de um tempo aparece a fumaça negra em um volume e tamanho (digamos assim) jamais visto em toda a série, mas ainda assim aqueles fuzileiros sobrevivem… achei uma falha muito grande. Me pareceu que eles não sabiam como terminar o episódio sem os fuzileiros, e se não sabiam, porque todo aquele show com a fumaça negra??? Acho que nisso eles perderam pontos, pois enfraqueceram algo que era objetos de curiosidade de milhares de pessoas!
    Bem, espero ter acrescentado alguma coisa ao debate. Estou aberto a refutações inteligentes e livres de preconceitos. E espero que meu comentário seja aceito também ;-P
    Fiquem com Deus, e aproveitem o que pode ser aproveitado… heheh!
    Obs: Concordo também que Heroes se perdeu, e perdeu feio… Não sabem quem é vilão, quem é bandido, quem é poderoso, quem é fraco, quem morre ou quem vive! hehehe! Fui!!!

  32. Paulo Honfi

    Sim, esqueci de comentar… Qual é a resposta para a pergunta de Tiago Rimbuk (comentário 2)??? Porque pela quinta temporada a única coisa que é falada é que eles se movem no tempo somente!!! Será que as placas tectónicas em que a ilha se encontra se movem tão rápido assim??!?!?! kkkkkkkkkkk!

  33. Amanda

    “Sempre a câmera esconde a identidade do personagem, depois o vemos colocando um vinil pra tocar. Só que, dessa vez, o disco estava arranhado. E é genial como este mero fato causou uma explicação muito importante de Daniel Faraday.” Vinícius Silva.

    Eu achei isso genial, desde a segunda temporada, eles usam essa simbologia do vinil e agora teve uma explicação. Afinal, qual o início de um círculo? Gostei bastante do início da quinta temporada, ao contrário de Heroes que já me cansou, Lost ainda me empolga bastante. Essa loucura de viagem no tempo pode parecer ruim, mas eu comprei a idéia. E o fato de Widmore ser um dos Outros foi bem interessante.

    Quanto a ilha sumir (pergunta do Thiago) é realmente esquisito já que Richard disse que ele não foi a lugar nenhum, Locke é que foi. Espero que venha alguma explicação plausível por aí.

    Quanto a camisa de Sawyer, ah gente, presta atenção nas outras temporadas, ele deu uma boa engordada e diminuiu os músculos. hehehe. Mas, gostei dele com Juliet, bem mais interessante do que aquelas brigas com a “Sardenta”.

  34. Margarida

    Lost chegou ao fundo do poço no quinto episódio da quinta temporada, e já esta decaindo faz tempo. Tudo bem que é ficção, e muita coisa é tolerada, como um urso polar em uma ilha tropical. Mas a criatividade dos roteiristas já foi embora faz tempo, muitos personagens que entraram fizeram papel ridículo, não por culpa deles, mas por culpa dos roteiristas. Por exemplo eu não sou fã do Rodrigo Santoro, mas o personagem que deram para ele era ruim e nem deveria ter existido, para corrigir o erro o enterraram vivo. Depois disso vários outros personagens se tornaram chatos, a Kate, o Jin, a Sun o Jack, todos os que entraram na quarta temporada também poderiam ser enterrados que não fariam falta. Esta idéia de mover a ilha no tempo com uma roda de cavalo também força a barra, e toda a hora aquela luz para salva eles. No quinto episódio aquela luz aparece tantas vezes para salvar que chega a ser totalmente entendiante, dá vontade de ver qualquer coisa menos aquilo. Lost não tem mais conserto, e meu conselho é ver outras séries, ou qualquer outra coisa.

  35. PH

    eee pessoas… LOST ainda é mito…foi uma das poucas que onseguiu chegar quase a audiencia de friends…concordo quando dizem que não está mais aquelas coisas, mas fala sério…por tudo que essa série já mostrou, vai ficar pra historia…ainda tem uma das maiores audiencias…e outra lost é a serie mais baixada da internet e por isso perdeu audiencia..q vem caindo beleza mais ainda tem mais fãs que 24 horas, supernatural, preason break (que acho demais tbem)…a média de público é de 16 milhões cara..não é pra qualquer um…e outra teve gente que falou q lost perde na audiencia para várias no horário..queria saber qual é essas várias…pq pra mim a única que passa é CSI que tbem já encheu os pacová…mesmos crimes de sempre..sem comentarios…LOST É LOST

  36. Flávio

    Lost está ficando com uma historia complicada…são muitas perguntas e poucas resposta…até agora temos perguntas para quase tudo…a que mais me intriga é a do richard (o cara que não envelhece) e o que é aquela fumaça preta…as novas perguntas que surgem são mais intrigante porém mais confusas…as pessoas que não estão gostando não tem bom raciocinio…a trama está complicando, está mais dificil de enterder as coisas…mas por favor não comparem lost com heroes ou smallville ou preason break ou qualquer outra pq é sem cabimento…

  37. Paulão

    TOP 10: as séries campeãs de downloads (02 a 08/02)
    Segundo o site Torrentfreak.com, as séries campeãs de downloads entre os dias 02 e 08 de fevereiro foram:
    1.Lost (1,640,000)milhões
    2.Heroes (1,560,000)
    3.House (1,560,000)
    4.24Horas (720,000)
    5.Smallville (445,000)
    6.BattlestarGalactica (410,000)
    7.Fringe (390,000)
    8.HowIMetYourMother (385,000)
    9.TheBigBangTheory (375,000)
    10. Gossip Girl (360,000)

    TOP 10: as séries campeãs de downloads (09 a 15/02)
    Segundo o site Torrentfreak.com, as séries campeãs de downloads, entre os dias 09 e 15 de fevereiro, foram (estimativa):

    1. Heroes (1,595,000 milhões de downloads)
    2. Lost (1,570,000)
    3. 24 Horas (720,000)
    4. Desperate Housewives (555,000)
    5. Battlestar Galactica (515,000)
    6. The Big Bang Theory (500,000)
    7. Fringe (490,000)
    8. Grey’s Anatomy (455,000)
    9. Terminator: The Sarah Connor Chronicles (410,000)
    10. Dollhouse (375,000)

    Lost está entre as melhores ainda…
    Para termos um parâmetro, a primeira temporada de Lost teve em média 18,38 milhões de telespectadores, a segunda 18,91 milhões , a terceira 13,7 milhões e a quarta 14,5 milhões . Sem dúvida, a 5ª temporada teve a pior estréia, quando falamos em números de telespectadores que assistiram pela TV. Por outro lado, Lost é a série mais gravada e a campeã de downloads, os episódios podem ser assistidos online diretamente no site da ABC, além de ser exibida em diversos países, sendo um do produtos mais vendidos e de maior sucesso da emissora. Um outro dado importante é que Lost ficou em primeiro lugar entre o público-alvo da série, adultos entre 18 e 49 anos, segundo a medição da audiência.

    O site legendas.tv no brasil, registrou no quinto episódio da quinta temporada até as 14:00 da quinta feira, mais de 70 mil downloads de legendas do episódio…sem contar o resto do dia…então sem comentarios

  38. Elton

    Tá muito engraçado esse “debate” aqui…rsrs

    Permita-me entrar na conversa, eu li tudo o que escreveram, alguns comentários muito interessantes, com observações até que ue desconhecia, mas cada um comentário lamentável também.

    Lost está entre as melhores , é lógico que nunca vai existir algo que agrade à todos, e uma série faz sucesso pelo smples fato ser uma polêmica.

    Na minha opnião não teria como a série ter menos que 6 temporadas, eles abriram várias questões, vários mistérios a ser resolvidos, e no decorrer ainda vão aparecem mais, não teria como ser 3 temporadas, eu sou bem crítico referente à filmes e séries, e na minha opnião não teve um episódio até hoje que foi desnecessário. A série tinha um alvo e alcançou, ou vocês acham que a ilha foi movida sem intenção de causar espanto? LOst não tá virando uma fantasia, sempre foi uma ficção, desde a primeira temporada.

    Na minha opnião LOst conseguiu superar todas no gênero, melhor do que o super herói que só pode ser parado pela Kriptonita, melhor do que os Heróis que tem que salvar o mundo, melhor do que o agente que tem um dia cabuloso, melhor do qu os caras que ficam presos toda vida… Tenho certeza que os produtores de Lost já sabem de tudo que está pra acontecer, já sabem até do final, a série tem história, tem refências geograficas e mitologicas, Tudo está tendo sentido (sentido meio louco, mas tem…rsrs) E pra você que não gosta de Lost, duvido se não está doido pra saber o que é o Monstro de Fumaça, garanto que vão assitir o último episódio, e na moral, tá achando que é muita fantasia? Vai ver uma novela.

    Abraço para todos!!!

  39. Paulo Honfi

    Elton, concordo plenamente quando diz que os roteiristas tem até o último episódio em mente. Uma prova disso é que agora na quinta temporada, episódio 8, aparece, ainda que muito rápido uma enorme estátua de costas, e se olharmos na segunda temporada, episódio 23 “Live Together, Die Alone”, Sayid, Sun e Jin veem um enorme pé de uma estátua. Só nesse fato já vemos que todo o roteiro de lost já está pronto, não significando que eles não possam alterar alguma coisa.

    Bem, não sei quando aos outros, mas quando eu falei que lost poderia ser passado em até três temporadas, ou menos, falei por ter a opnião que alguns episódios, ao meu ver, foram meio alongados desnecessariamente e também por ter tido conhecimento (muito embora não sei quando a veracidade da fonte) que a idéia inicial para Lost é que ela fosse uma minisérie, com apenas alguns capítulos. E fora que existe um fator que todos conhecem: não deu audiência, eles cortam a série (como no caso da série de Joy, de Friends, que eu gostava por sinal); deu audiência, eles alongam a série, foi por isso que falei que foi por ganância! Estou escrevendo isso só para deixar mais claro o meu pensamento a quem interessar!!

    Algo interessante do episódio 8, é a estátua que aparece (visivelmente egípcia) e o amuleto na mão da mãe que tem um filho na ilha (que até então não acontecia). No site lostpedia encontrei algo sobre esse amuleto: “O hieróglifo egípcio é um símbolo de vida eterna e fertilidade. Os deuses egípcios são frequentemente retratados portando um Ankh no pescoço ou sustentando um em cada mão, com os braços cruzados sobre o peito. A estátua gigante aparece segurando um em cada mão. O colar de Paul era um ankh, que Amy pega para si depois que ele morre. Amy, mais tarde, consegue dar à luz na Ilha.”. É curioso lembrar que Juliet vai a ilha, a convite de Ben, justamente por não conseguirem ter filhos na ilha. E Ben fazia parte da equipe de Richard Alpert, que no episódio 8 (e em toda a série), se mostra inimigo dos membros da iniciativa Dharma! Então eu pergunto, quem são esse grupo ao qual Ben liderava, o do Richard e que o Charles Widmore fazia parte (que segundo ele, quando Locke sai da ilha, ele os liderava antes de Ben ter dado uma “rasteira” nele), como eles foram parar na ilha? Richard, é tão misterioso, tá igual em todos os tempos, mas não sabe do passado da ilha? Do deus da fertilidade? Porque a estátua foi destruída? Houve guerras no passado pelo domínio da ilha (como o de Ben e de Charles)? Realmente são muitas perguntas que ainda serão respondidas! E eu, particulamente, acho esse espaço aqui no site válido para nós, que gostamos da série, trocarmos informações, conhecimentos e idéias…

    Como falei no meu outro comentário, Lost tem muito de filosifia e crenças assim como ciência e razão! Até citei ulgumas crenças orientais… Bem, agora com essa dica da estátua egípicia e do seu amuleto (dado pela série), talves se buscarmos estudar um pouco da cultura e crenças egípcias, poderemos encontrar algumas respostas!! Fica a idéia aí, para quem tem conhecimento na área, querendo compartilhar será muito interessante.

    Como por exemplo, algo que li e achei muito interessante, pois não tinha ligado uma coisa com a outra! O Eko teve dois encontros com a fumaça negra, nos primeiro “ela” olha para ele, passa flashs da vida dele e vai embora, já no segundo ela o mata, porquê? Bem, segundo o site lostpedia, vemos dois motivos, primeiro cito o comentário do produtor Damon Lindelof, que oficialmente diz “que redenção é o tema de Lost.”, e em segundo vem um fato interessante que eu não prestei atenção na época e provavelmente responde o fato da fumaça ter matado o Eko: “Eko se recusa a sentir culpa por seu passado, mesmo tendo a visão de Yemi pedido a ele para confessar. Em seguida ele foi morto pelo ‘Monstro’.”. Se olharmos para todos os personagem, todos realmente tiveram na ilha uma chance de se redimirem na ilha, e os que não se ridimiram, morreram! Bem, já vimos na série Fumaça negra, a Estátua gigante e o templo estão ligados. Como no caso da equipe da francesa que entram no templo e saem de lá vivos e completamente diferentes!

    Falou, um grande abraço! fiquem com Deus!

  40. Renato

    Com certeza nos EUA, Lost deve estar perdendo audiência, mas duvido que ainda não continua em primeiro lugar na audiência mundial. Americano gosta de coisa fácil de assistir e entender. Por causa do sucesso de lost, cada vez mais se produz séries de tvs e isso divide muito o público, principalmente quando o canal que exibe lost valoriza tanto a série ao ponto de liberar episódeos pingados com espaço de tempo muito grande de uma temporada para outra. Isso dá uma canceira, eu mesmo desanimei. Acho um fenomeno os caras chegarem na quinta temporada sem perder a criatividade. Heroes, por exemplo, se perdeu, arquivo x também. Não acho nada absurdo, numa história que já começou absurda, é ficção, é tudo de mentirinha, não dá pra cobrar como se fosse um filme baseado em fatos reais. A série continua boa, só está dando mais trabalho pra entender porque os espaços entre as temporadas são muito grandes e tem muita informação que fica esquecida em nossas memórias.

  41. Perla

    Acho que um personagem importante de Lost nas proximas temporadas pode ser Sarah, a ex-esposa do Jack. Lembro que quando o Jack a conheceu, ela estava com o coluna esmagada, ele fez a cirugia e acreditou que nao tinha conseguido cura-la, misteriosamente ele percebe que pode mover as pernas e o agradece. Esta recupera’cao misteriosa, tem alguma relacao com a ilha. Nao so porque o pai do Jack tem ligacao com ilha e ele estava no hospital na epoca da cirugia da Sarah. Eu acredito que Sarah pode ser ou ter liga’cao com aquela menininha amiga do Ben, acho que ela se chama Annie(a menininha).Na terceira temporada, quando o Ben trouxe o Jack e quis que ele se interessasse por Juliette, Ben alegou que a medica se parecia Sarah. Posteriormente, na quarta temporada vimos que o proprio Ben cortejou a Juliette logo que ela chegou ‘a ilha. Em um dos episodios a terapeuta( esposa do Makail, acho q ‘e Harper o nome dela) fala pra Juliette que o Ben se interressa por ela porque causa de sua semelhan’ca com “ela”( e nao fala o nome da misteriosa “ela”). Acho que tudo isso pode ser revelador, pois se o proprio Ben fala que Juiliete se parece com Sara e posteriormente outro personagem fala da semelhan’ca entre Juliete e “ela”, eu tenho a impressao que “ela” seria Sarah.
    DESCULPEM AS FALTAS DE ACENTOS, O MEU TECLADO EST’A DESCONFIGURADO

  42. juliette

    concordo com a mica e com a mel:uma pena que o sawyer botou uma camisa :(
    eu não entendo o porque de tanta reclamação,se lost desde da primeira temporada ja era “sem sentido”,se a serie tivesse mudado de rumo vocês estariam reclamando,dizendo que a serie não é mais a mesma.
    eu estou amando a quinta temporada,a unica coisa que eu não gostei é porque essa temporada está um pouco parada,nas outras tinha mais ação.mas mesmo assim lost continua sendo meu seriado preferido.
    PS:queria tanto que o charlie ressucitasse,ele e a claire formavam um casal perfeito :(

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account