Log In

Reviews

Review: Life – What They Saw

Pin it

Life - What They Saw
Programa: Life
Episódio: O Que Eles Viram (What They Saw)
Temporada:
Número do Episódio: 4 (1×04)
Data de Exibição nos EUA: 17/10/2007
Data de Exibição no Brasil: 1/9/2008
Emissora no Brasil: Record

Engraçado que semana passada eu disse que teria que parar de colocar os diálogos de Crews que eu mais gostasse no começo dos reviews, já que eu acabava escrevendo demais, pois bem, apesar de achar este um ótimo episódio, não consigo lembrar agora de nenhum diálogo marcante. Esse foi um episódio em que as situações marcaram mais.

Um homem, em sua casa em Hollywood Hills, é assassinado em sua cama, a investigação cabe a Crews e Dani. Enquanto Dani segue os protocolos normais de investigação, Crews sai da casa ao ver um morador de rua (não é bem rua pois ele está morando praticamente no quintal do homem morto e seu namorado).

O nome do estranho vizinho é Easley (não preciso nem dizer que ele e Crews acabam tendo uma relação meio estranha ao longo do caminho) e ele está em cima de uma árvore. Crews tenta fazê-lo descer da árvore, quando não consegue é ele que sobe na árvore. Dani acaba empurrando Easley em uma árvore. Em seu bolso ela encontra a aliança de compromisso de Len, a vítima, que está sumida.

Numa das casas da vizinhança mora o casal Drew e Stephanie, que ouviram o grito de Len e ligaram para a polícia. Stephanie acaba dizendo para Crews e Dani que ela acha que seu marido matou Len porque estava apaixonado por ele. Diz, ainda, que viu o marido saindo da casa depois de ouvir o grito.

Na delegacia Easley conta de maneira bem simples que viu James jogar o anel fora depois de ter atirado em Len. Crews acredita nele, mas Dani não. Acho que vai demorar ainda para a parceira de Crews ter um pouco mais de confiança no instinto de nosso policial preferido.

Quando Crews e Dani mostram as coisas que estavam com Easley ele as reconhece como deles, mas afirma que outras coisas desapareceram, todas especiais para Len. Isso significa que a pessoa responsável pela morte conhecia bem a vítima, e mais uma vez Drew parece o suspeito perfeito.

Mas faltam provas. Além disso, enquanto Drew não tem motivo para matar, já que é rico, James ficará rico com todo dinheiro da vítima. Easley continua falando que o culpado é James. O problema é que Easley não é uma testemunha confiável, se ele ficar parado muito tempo no mesmo lugar é capaz de nascer um pé de cana.

Dani desiste de usá-lo e decide mandá-lo para a prisão, onde ele acha que não conseguirá sobreviver e nada como uma boa pressão para fazer com que o cérebro funcione. Ele conta mais detalhes do crime, que viu James usando luvas, por exemplo, o bastante para que até Dani acredite nele.

Dani aponta que Easley é um alcoólatra funcional, que funciona melhor com um pouco de bebida, isso depois de um almoço hilário com Ted: Easley agora chama Crews de “chefe” e Ted está louco para abrir um bar com a licença de comercialização de bebidas devolvida após a absolvição de Crews. Sério, se Crews fosse um cara normal ele já teria pirado!

Como se a vida não fosse complicada por si só, o DNA de Easley foi encontrado dentro da casa de Len, ele tendo dito que nunca tinha entrado lá. Enquanto Dani tem a reação mais passional, perto de querer matar Easley, é a briga de Ted por Easley ter usado sua escova de dente que acaba fazendo as coisas se encaixarem na cabeça de Crews.

Easley acaba dizendo à dupla onde enterrou as demais coisas de Len, contando que, após matar Len, James jogou tudo perto da casa de Drew. Em meio aos itens já mencionados por James, várias cartas de amor escritas pro Drew. Ele não nega ter escrito as cartas, mas diz tê-las escrito para sua esposa.

Com Easley desacreditado e com tantas provas contra Drew resta muito pouco aos detetives, que sabem que ele não é o culpado. Crews tem a idéia de conversar com James e Stephanie separadamente, mas com um sabendo do outro, e esperar que pelo menos um confesse a armação.

Quem acaba resistindo menos é Stephanie, mas o interrogatório mais interessante é o de James, quem sabe por ser Crews quem o faz.

Life - What They SawAmes, o responsável pela investigação do crime de Crews, chega a sua casa. Crews, a despeito dos pedidos de sua advogada para deixar isso de lado, está sentado na poltrona da sala. Crews confronta o policial, dizendo que sabe que Rachel assistiu ao crime. O policial toma uma dose de bebida e nada fala.

No quarto de Crews suas paredes parecem ter cada dia mais gente pendurada em meio ao complicado gráfico dos contatos e influências. Crews resolve ler a pasta de Rachel, da qual constam os resultados do tratamento psicológico.

Ela pode não ter dito nada ao médico. Mas seus desenhos confirmam as desconfianças de Crews de que ela viu tudo.

Texto publicado originalmente no weblog Só Seriados de TV.

Séries citadas:

13 Comments

  1. Dan Artimos (Episódios Comentados)

    esse episódio foi bom mesmo… e acho que o interrogatório de Charlie foi mais interessante por ele ser mais ilusório… enquanto Dani é muito mais fria e direta…

    a série vem me agradando, enquanto flashpoint parece começar a cair em mesmice…

  2. Pedro Luiz

    Simone,
    como anda o horario de exibição da serie na record, a semana passada eu programei para gravar e começou com meia hora de atraso..

  3. Tatiane

    Sabe que eu não dava nada por Life? Passando na Record, dublado, pá e tals…
    Li a review e como estou de folga hoje, deu curiosidade de ver, baixei esse epi e amei, achei ótimo, to baixando os anteriores para ficar em dia com a exibição.

    TeleSéries: regenerando preconceituosos desde 2002.

  4. Manu

    A Record teve seu mérito: estreou Life antes da TV fechada. mas já vacilou: atrasos constantes.

  5. Simone Miletic

    Pedro e Manu,

    O problema da Record é que tudo depende, o horário dos canais abertos parecem ainda ser guiados pelos horários da Globo, por mais que esta não seja mais a líder de audiência que um dia foi.

    Eu vou começar a assistir de novo essa semana na AXN.

  6. Lucas "Gandalf" Leal

    esse episódio é um dos melhores…o mendigo é engraçadissimo!
    acho q esse só perde pro Farthingale e pros episódios finais q mexem com a trama central do Crews!

  7. Walber

    Eu acompanhei pela Recopia essa serie pela primeira vez nesta segunda, sobre o horario é assim mesmo, ela é a menos pontual das emissoras da tv aberta na minha opinão, mas geralmente dia de segunda as series começa entre 00:10 e 00:35 por aí.
    Sobre a serie, achei mais ou menos, nada assim fodona, mas vou acompanhar para ver se me empolgo mais
    Achei estranho e legal da serie que quase todas as cenas estão lá os protagonistas, ele devem aparecer em 90% das cenas
    E só queria tirar uma duvida se a guria que mostrou nos flash é atualmente a detetive que trabalha com ele? Se for é interessante,hehe

  8. Pingback: Destaques da quarta-feira, 24/9/2008 » TeleSéries

  9. Pingback: LIFE: What They Saw (01×04) « Só Seriados de TV

  10. Antonio Mosterio

    Você sabe me dizer, qual a música que toca neste episodio no inicio, na serie dublada é uma música diferente e muito legal, mas não sei quem é…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account