Log In

Reviews

Review: Life – Powerless

Pin it

Life - Powerless
Programa: Life
Episódio: Powerless
Temporada:
Número do Episódio: 6 (1×06)
Data de Exibição nos EUA: 31/10/2007
Data de Exibição no Brasil: 22/9/2008
Emissora no Brasil: Record

Engraçado quando um seriado surpreende a gente. E pode ser em algo simples, como, por exemplo, a fidelidade do antigo parceiro de Crews, Starks. Desde o primeiro episódio eu me preparei para odiá-lo. Preparei-me para descobrir que ele poderia ter traído Crews. Ele apenas se defendeu, em verdade tentou se manter fora da confusão, ele é apenas um homem fazendo seu trabalho, que, algumas vezes, exagera um pouco sua importância para se sentir um pouco menos impotente.

Mas esse foi um episódio de Dani. Que se saiu muito bem, diga-se de passagem. Ela conduz a trama principal de Powerless desde o início e, deste modo, mostra um pouco mais de si mesma. A partir daqui, também, a amizade dela e Crews ganha uma nova força.

Sem esquecermos do caso do cocô no jardim da velha maluca:

Nós juramos que prenderemos o seu cagão. E faremos antes do fim de semana.

Eu me diverti demais com as cenas de Crews e a tenente no carro. Quase vou com a cara dela agora, mas sei que, nesse caso, não devo estar tão errada assim e ela tem algo escondido sobre a prisão de Crews.

Entre a noite de vigília e a emboscada na casa de Dani, Crews percebe que o parceiro do qual se referiu Roman não era Stark, mas sim Dani.

Voltando a trama principal: Dani ouve um homem em sua reunião do AA, ele diz ter ferido uma mulher no passado enquanto estava bêbado. Dani sabe que ele ainda bebe, afinal, os dois se conheceram em um bar. Ela passa então a procurar uma forma de fazê-lo pagar pelo que fez.

Ela tenta conseguir que ele fale. Mas ele não fala. Ela vai em busca da mulher que ele feriu, mas é difícil trazer o passado de volta. Como nem toda história de justiça acaba bem, o rapaz, que conseguiu me deixar assustada quando a encara no bar após a segunda reunião no AA, sai da delegacia após Dani e Crews convencerem a vítima a novamente indiciá-lo.

Ele acha que Dani é quem fez a coisa errada, em verdade, sua mente está tão deturpada que ele realmente acha que a garota é a culpada pelo que ele fez. Ele acha que Dani não deveria tê-lo pego.

Life - PowerlessE ele vai até a casa de Dani para se vingar. O que rende uma das melhores cenas do seriado. Ele obriga Dani a beber, enquanto os dois têm uma conversa totalmente desconexa. Dani liga para Crews, que ouve percebe os sinais deixados por Dani, de maneira que ela consegue a confissão necessária e Crews consegue derrubá-lo.

Mais importante: ele consegue ser o suporte para que Dani volte a se levantar e encarar sua realidade. E isso muda o relacionamento de quaisquer parceiros.

Ainda teve Earley Warning, o livro que faz com que o tão pacato Ted saia do sério a ponto de encurralar seu ex-sócio mentiroso com um taco de beisebol. No final das contas todas estamos à procura de justiça, não é mesmo?

O ódio é uma prisão. Mas sabe de uma coisa, Rick? Prisão é uma prisão também!

Séries citadas:

5 Comments

  1. Carol

    Tava esperando o seu review, Simone! =D

    Eu tento fazer alguns comentários aqui mas, geralmente, eu me prolongo bastante. Sou meio detalhista. Então desisti pq senão vai virar um artigo acadêmico. xD

    Life é demais! A série realmente me conquistou…e foi no detalhe.

  2. Pingback: Destaques da quarta-feira, 8/10/2008 » TeleSéries

  3. Pingback: Life: Powerless (01×06) « Só Seriados de TV

  4. Andrea

    Passei a assistir Life por causa dos comentários favoráveis do Teleséries e até estou gostando do artista que interpreta Crews, de quem eu tinha uma PÈSSIMA lembrança do filme Apanhador de Sonhos. Ele me fez pensar que não sabia imitar inglês – sendo que ele É inglês! O nível de canastrice foi intolerável!

    Mas deste epi só tenho a reclamar daquele clichê mais batido que vitamina de banana: a mocinha vai pra casa sozinha mesmo sem certeza da prisão do agressor. Quando vi aquele ângulo de câmera à frente do sofá pensei logo ‘ah, ‘home alone’ e o bandido, se já não está escondido, vai arrombar e meter a mão nela’.

    Bom, uma pequena implicância que não tirou a qualidade do episódio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account