Log In

Reviews

Review: CSI – For Warrick

Pin it

CSI - For WarrickSérie: CSI
Episódio: For Warrick
Temporada:
Número do Episódio: 183 (9×01)
Data de Exibição nos EUA: 9/10/2008
Data de Exibição no Brasil: 2/2/2008
Emissora no Brasil: AXN

Uma despedida digna. Mais que tudo, foi isso que For Warrick representou em CSI. Confesso que eu esperava um pouco mais, muitos diziam ter chorado muito assistindo ao episódio, eu me emocionei bastante quando Grisson conta para Sara como foi ter Warrick em seus braços em seus últimos momentos, ou quando eles assistiram à fita que Warrick gravou para o processo de custódia de seu filho, mas não cheguei a chorar.

Coincidentemente ou não, os dois momentos que me emocionaram foram momentos em que Grisson ficou emocionado, em que ele demonstrou a imensa tristeza que àquela perda representou para ele. Foi um episódio para Willian Petersen mostrar seu melhor.

Talvez eu não tenha me emocionado tanto pelo simples fato de que a morte de Warrick já era certa desde o último episódio da temporada anterior, talvez porque eu passei meses processando essa morte antes do desfecho do caso.

Para a investigação episódio policial eu não tenho críticas: foi um episódio de CSI a moda antiga, com as pistas iniciais indicando um caminho e a equipe tendo de trabalhar e pensar para descobrir a verdade.

Foi bom ver o retorno de Sara, ia ser estranho se ela não voltasse para se despedir do velho amigo. Foi bom vê-la voltando para isso, foi bom ver em seu rosto que, apesar de toda tristeza, ela está de bem consigo, ela parece ter encontrado certa paz. Foi bom ver a equipe reunida, aquela que era a única família que Warrick conhecia.

Foi um caso pessoal, como só poderia ser, e cada membro do time mostrou isso a seu modo: Nick pensando em vingança, Grisson desabafando com Sara, o legista (ai, que ódio quando eu esqueço um nome!) se afastando da investigação, Catherine tentando se manter racional, Brass sendo racional, relembrando seu passado.

CSI - For WarrickTambém foi coerente com toda a história de Warrick no seriado: o mais fechado, o mais problemático, o mais sozinho. Ninguém sabia de sua luta pela custódia do menino, assim como todo mundo só ficou sabendo de seu casamento depois, todo mundo só ficou sabendo de seu divórcio depois.

E foi prazeroso ver McKeen perdendo no final, sendo pego, e não sendo morto. Seria castigo pequeno para ele a morte, melhor mandá-lo agüentar um bom tempo de cadeia, tendo de conviver com a conseqüência de seus atos.

Um bom episódio, uma despedida honrada.

Texto publicado originalmente no weblog Só Seriados de TV

Nota do Editor: leia também a review de Paulo Antunes, Dor e perda em CSI.

Séries citadas:

13 Comments

  1. biamafra

    mas ainda sofro com o luto do warrick, ele nao poderia sair. o unico que eu torcia para fazer um casal, com a catherine. fica estranho assistir e nao torcer para nada… o estado deploravel do grissom, o desespero da catherine, a necessidade do greg tambem marcaram muito. e o nick… esse episodio com certeza eh um marco dentro do csi

  2. Ivonete

    Repito o comentário que já coloquei no blog da Simone:
    Gostei do episódio, mas uma crítica que muitos já fizeram, o caso foi solucionado muito rapidamente. Sei que todos os episódios de CSI são solucionados em 40 minutos de investigação, mas esta morte, por ser de um importante personagem da série, talvez devesse ter uma investigação mais minuciosa, se prolongando por alguns episódios. Ficou muito inverossímil o assassino achar que poderia enganá-los lançando um monte de pistas falsas que seriam facilmente descobertas pelos CSI, ainda mais empenhados por se tratar da morte de um amigo.

  3. Rodrigo Xavier

    Se a investigação da morte de Warrick durasse vários episódios seria transformar a série em um dramalhão e também não teria graça uma vez que o assassino já era conhecido.
    Esse episódio foi maravilhoso e um dos melhores da temporada.

    PS: O nome do legista é Albert Robbins.

  4. biamafra

    bem, concordo que esse episodio merecia pelo menos um duplo… so um outro agravante que me veio a cabeça… como comecei a assistir csi muito tarde, pode ser que eu esteja enganada. o grissom nao estava ficando surdo?????
    como eh que ele faz o teste para ver se o tal cara ouvia o tiro??? nao poderia perder essa prova no tribunal????

  5. Ivonete

    Uma investigação mais minuciosa e prolongada e, portanto, mais verossímil virar um dramalhão??
    não vejo o que isso tem a ver com drama

  6. Simone Miletic

    biamafra,

    Grisson tinha uma doença herdada de sua mãe e quase ficou surdo. Quando isso começou a prejudicar seu trabalho ele fez uma cirurgia, que o fez voltar ao normal.

  7. biamafra

    ah ta… eu nao lembro da cirurgia, devo ter perdido o episodio.

  8. Fernando dos Santos

    Eu também acho que não valeria a pena prolongar a investigação da morte de Warrick por muitos episódios pelo fato do assassino ser conhecido.Além disto, esta trama da rede de corrupção na policia de Las Vegas era o tema da temporada passada.
    Mas concordo que poderiam ter feito um episódio duplo.

  9. Célia lemos

    Achei otimo o episodio denso e dramatico mostrando o grande ator que William Petersen e ele vai fazer muita falta,mas o episodio poderia ter tido mais suspense,o assassino deu muito na cara.Como era de esperar Sara so se importando consigo mesma deu no pe e o Grissom que se foda nem mesmo Grissom falando que a distancia vira odio a deteve e ainda errou no julgamento com o marido que fez eutanasia na esposa.

  10. marcia valeria

    puxa, fiquei muito triste por não ter podido assistir ao primeiro capítulo, “For Warrick”, da nova temporada. Estava viajando…. Se alguém souber qua do irão reprisar, poderiam me avisar? muito obrigada.

  11. cissa castilho

    alguem sbe como posso assistir os cap de for warrick da nova temporada?se alguem souber onde reprizar me avise obrigada

  12. Thales

    Acho o seguinte: não poderiam prolongar a investigação do assinato de Warrick Brown pelo fato de ele ser um dos melhores CSI’s e sempre resolver seus casos rapidamente e meio que emocionalmente… Foi o que se foi visto neste episódio, digamos que foi um tributo a Warrick. O crime nem foi tão bem pensando e bem executado. A equipe estava emocionalmente envolvida, nesse caso, quanto mais rápido solucionar, mais rápido suas mentes se libertam. Nos episódios que mecheram com a equipe(Nick sendo espiado dentro de sua csa, Nick sequestrado e enterrado vivo, Sara embaixo do carro, até mesmo Catherine dopada e levada em um quarto de motel e no sequestro da filha d eCatherine, Warrick sempre foi rápido e emocional. Final digno para um personagem digno.

  13. Elenrah2o

    e emocionate mais…a cena do greg em (luta livre)onde greg e espacado so fala eu choro(eu amo ele)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account