Log In

Opinião

O retrato das gangues em Sons of Anarchy

Pin it

Sons of Anarchy

A FX tem investido cada vez mais nas séries, principalmente depois do sucesso de Damages na temporada passada. O canal agora, seguindo com a tendências de tramas inteligentes e bem formuladas, lançou Sons of Anarchy, que retrata os negócios e as vidas familiares de uma gangue de motoqueiros de mesmo nome. Além disso, a série tem um enfoque ainda maior nas relações entre os integrantes dessa irmandade, na vida dupla que cada um deles leva e a maneira com a qual eles comumente se consideram como uma segunda família, onde todos devem ajudar o outro no que for preciso.

No primeiro episódio somos apresentados, mesmo de maneira rápida, aos motoqueiros da família Sons of Anarchy, e também a Jax. Foi o pai dele quem fundou a irmandade, que deveria ser apenas uma espécie de clube de motoqueiros mas que, com a sua morte, acabou se transformando em uma coisa completamente diferente daquilo que ele havia imaginado.

Tráfico de armas, assassinatos e uma luta constante pelo poder e por espaço. Assim, a grande preocupação da mãe de Jax é fazer com que o seu filho, depos de ter descoberto o diário do seu pai, não queira mudar o propósito que o clube tem hoje, já que ela também faz parte dele ao manter um relacionamento o atual Chefe, Clay Morrow. No caso de Jax, ele acha que o Sons of Anarchy deve respeitar as idéias que foram configuradas pelo seu pai quando este resolveu criar toda essa família que eles chamam hoje.

A série não procura discorrer apenas sobre o clube de motoqueiros. A vida pessoal deles também entra na jogada, como a vida dupla: de manhã eles são motoqueiros que se juntam em um armazém para discutir planos para o grupo, enquanto que no resto do dia eles tentam ser pessoas normais e preocupadas em viver. Dessa maneira, logo vemos a ex-mulher de Jax grávida, uma drogada impulsiva que, nos últimos meses de gravidez, ainda continua injetando substâncias ilícitas em seu sangue. O resultado: problemas, tanto para ela quanto para o bebê, que nasce prematuro e com insuficiência respiratória. Isso quer dizer que, além de se preocupar com os negócios do clube, Jax também precisa resolver a sua vida pessoal para que ela não influencie naquilo que ele deve fazer como um dos membros do conselho.

Tatuagens pelo corpo e que contam a história de vida de cada um deles, cigarros, bebidas, coletes com a ínsignia do clube e tantos outros elementos característicos que ajudam a definir a série, e uma pessoa, que faz parte de algum desses clubes de motoqueiros. Não se deve ver isso como algo negativo, como se ela estivesse apenas reinventando estereótipos, porque não é esta a intenção. Tudo isso que foi citado faz parte de uma irmandade e de uma cultura que mostra a raíz de qualquer motoqueiro que esteja ligado à Sons of Anarchy, mas também a diversos outros grupos.

Sons of Anarchy

Para isso, os produtores da série requisitaram motoqueiros reais para trabalharem como assessores, mesmo que indiretamente. A intenção é fazer com que a história seja a mais realista possível, principalmente porque nos Estados Unidos, em grande parte dos Estados, fazer parte de uma “gangue” de motoqueiros funciona como uma religião, onde todos seguem uma tradição, regras de conduta e princípios forjados dentro de cada grupo.

Com Sons of Anarchy, a FX tem tudo para repetir o sucesso que fez com Damages. São séries bem distintas, até porque aqui não existe a pretensão de criar mistérios, enquanto que Damages é cheia de idas e vindas, com um roteiro que exige muita atenção de quem está assistindo. No entanto, Sons of Anarchy tem bons ingredientes para conquistar o seu público: motoqueiros foras-da-lei, ação, drama e bons diálogos que conseguem manter o excelente ritmo da série.

O drama é uma criação de Kurt Sutter (um dos roteiristas de The Shield), que confessou se espelhar em Família Soprano e na peça Hamlet para criar esta nova produção. É verdade que será difícil que Sons of Anarchy alcance a qualidade das referências do seu mentor, mas é uma série que tem tudo para se tornar uma das melhores dessa temporada.

Texto publicado originalmente no weblog Sob a Minha Lente.

Séries citadas:

16 Comments

  1. Diego

    Valeu pela indicação, Vinicius. Com certeza, agora terei que conferir a série também.

  2. Cristina

    Achei que só eu estivesse acompanhando essa série… hehehe

    Como ela está indo na audiência?

  3. Lucas "Gandalf" Leal

    adorei o piloto o segundo já não achei tão bom mas ainda gostei mto!
    vou ver o terceiro episódio…mas a série até agora promete ser uma grata surpresa

  4. Fernando dos Santos

    Eu li no RevistaTvSéries que Son of Anarchy vem obtendo a ótima média(para o canal) de 5 milhões de espectadores e já garantiu uma segunda temporada.Agora fiquei interessado em assistir esta série.

  5. Pingback: FX renova Sons of Anarchy » TeleSéries

  6. Marco Portugal

    como motard, para mim é uma das melhores series de tv. até que enfim que fazem algo para nos, ja vi todos os episodios, tou a espera da segunda temporada. saudações motards

  7. LUCIANO ERVILHA

    FANTÁSTICA A SÉRIE… ESTOU ANSIOSO PELA SEGUNDA TEMPORADA.

  8. Mauricio

    Já assisti até a o episódio 5 da segunda temporada. Assim como The Shield essa série é sensacional, já baixei o sexto episódio da segunda e agora to esperando a legenda em português para poder assisití-lo.

  9. Marco

    Eu estou viciádio na série!!! Ja estou assistindo a segunda tenporada e continjuo gostando muito!!!

  10. Lourdes

    Estou atrasada.Só agora (2010) tive contato com a série.É uma das melhores que já vi.Aguardo ansiosamente pela 3ª Temporada.

  11. Simone

    Incríiiiiiiiiiiiiiivel… Série mt boa! Diferente de todas que já vi. Como foi dito ela tem um pouquinho de cada coisa, fala sobre lealdade acima de tudoa o clube, além da importância da família e é claro repleta de tensão, tiros, pancadarias, motos, motos, motos… Assisti as duas primeiras temporadas em uma semana. E esta 3ª tá d . O interessante é q n dá p se imaginar o q vem a seguir. Ou seja, pra quem gosta de séries inteligentes de mt ação, esta é “A” série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account