Log In

Memória

Clássico moderno, série ‘The Sopranos’ completa 15 anos

Família. Como definir família? Muito mais do que um grupo de pessoas unidas por laços sanguíneos. Infinitamente mais. Família é porto seguro, aconchego, pra onde voltar. São histórias, legado. Está nos abraços gratuitos, no afago sincero, no compartilhar sorrisos e lágrimas, chegadas e partidas. Nosso berço, contexto e espelho. Porque não o melhor de nós?

É claro que família também tem seu peso. Supõe um compromisso, senso de responsabilidade e lealdade. Há hierarquia, cobranças, segredos e conflitos. Tem as ovelhas negras e os conselhos das vozes da experiência. Alguns momentos para serem esquecidos outros para serem guardados como aprendizagem. Se conviver em família não é fácil, imagina se ela pertencer à máfia? Quinze anos atrás, a série The Sopranos veio mostrar como seria. Relembremos!

Sopranos 1

Era uma vez…

Anthony Soprano (James Gandolfini), mais conhecido como Tony, poderia ser só mais um homem comum. Poderia, se ele não fosse o mais recente chefe da família DiMeo, a máfia de New Jersey. O “cargo”, um legado de família, por si só já tem suas tensões e pressões, por vezes, elevadas ao extremo. Seria o suficiente para deixar um homem à beira de um ataque de nervos?

Ainda há outras preocupações na vida desse homem. Tony é casado com Carmela Soprano (Edie Falco), com quem tem dois filhos adolescentes, Meadow (Jamie-Lynn Sigler) e Anthony Junior, conhecido como A.J. (Robert Iler). Acontece que seu casamento não está em sua melhor fase e a constante infidelidade de Tony não ajuda muito. Já Carmela tem que lidar com a busca por independência de Meadow e a irresponsabilidade de A.J. que mais parece uma cópia covarde de Tony.

Sopranos 4

A egoísta e ranzinza Livia (Nancy Marchand), mãe de Tony também não facilita as coisas para o filho e, ao contrário, o odeia por ele a ter internado em um asilo.

Pois é, não foi por qualquer coisa que Tony surtou e passou a ter ataques de pânico que o levaram a fazer terapia com a doutora Jennifer Melfi (Lorraine Bracco), relevando seus medos, conflitos pessoais e alguns segredos relacionados ao seu trabalho com o “lixo”. Mas num mundo como o de Tony ir ao psicólogo pode ser fatal.

sopranos 2

Nos negócios, Tony tem seu “círculo interno”. Ele conta com a ajuda e lealdade do intempestivo Christopher Moltisanti (Michael Imperioli), que trata quase como um filho. Já os conselheiros de Tony são Silvio Dante (Steven Van Zandt) e Paulie ‘Walnuts’ Gualtieri (Tony Sirico).

Mas como nem só de lealdade vive um homem… As conspirações e traições não tardam a aparecer. A primeira disputa pelo poder, Tony tem que travar com o próprio tio, Junior (Dominic Chianese). A ressentida Livia conta para Junior das visitas regulares de Tony à terapeuta. Informação essa que Junior tenta usar para eliminar Tony, mas por fim, Tony acaba assumindo de vez a liderança da máfia.

Sopranos 3

Outras famílias também estão sempre prontas a disputarem o poder, e aí, surgem nomes como Richie Aprile (David Proval), Ralph Cifaretto (Joe Pantoliano) e Johnny “Sack” Sacramoni (Vicent Curatola) entre outros. Eles causaram tensões que, por vezes, culminam em situações fatais, enquanto Tony se mantem como chefe.

Os problemas pessoais também não dão trégua. Há os dramas da irmã de Tony, Janice (Aida Turturro) que se casa com o calmo Bobby “Bacala” Baccalieri (Steve Schirripa); têm os problemas de Christopher com as drogas, e as situações complexas que “Tony B” (Steve Buscemi), primo de Tony causa.

Sopranos 6

Como lidar com a descoberta de um membro homossexual na máfia? E de espiões do FBI como Adriana La Cerva (Drea de Matteo) e “Big Pussy” (Vincent Pastore)?

Carmela e Tony se divorciam e depois se reconciliam. Tony fica em coma, entre a vida e a morte e depois retoma o poder.

Entre terapias e conflitos, entre crimes e paixões, traições e lições, entre a máfia e a família, o tempo passa. Chega a hora de mais um jantar da família Soprano…

Sopranos 5

… e então…

Aposta da HBO, The Sopranos estreou em 10 de janeiro de 1999 e deu muito certo. Foram 6 temporadas até que o seriado se despediu em 10 de junho de 2007. The Sopranos foi o primeiro grande sucesso do canal de TV paga, consolidando um nicho de mercado para dramas adultos na TV.

Durante o tempo em ficou no ar, a série conquistou grande audiência, ganhou os principais prêmios (entre eles o Emmy e o Globo de Ouro de Melhor Série Drama) e se tornou uma das séries favoritas da crítica.

Em junho de 2013, o show de David Chase foi considerado pelo Writers Guild of America, o sindicato dos roteiristas norte-americanos, como a série mais bem escrita da história da televisão.

Para retratar o cotidiano e os bastidores da família de mafiosos, a série contou com o carisma do ator James Gandolfini, que ficou eternizado como Tony Soprano. Gandolfini morreu de ataque cardíaco, em junho de 2013, aos 51 anos de idade, enquanto passava as férias com o filho na Itália.

No Brasil, o seriado ficou conhecido como Família Soprano e foi exibido em TV aberta pelo SBT. Atualmente, faz parte da grade da Band, indo ao ar todo domingo, às 3h50 da madrugada.

A série inteira está disponível em DVD no Brasil, pela Warner. A coleção completa reúne os 86 episódios produzidos em 28 DVDs.

Hoje, completando 15 anos de sua estreia, The Sopranos se tornou um clássico. E não à toa. Reciclando um tema que parecia esgotado pelo cinema, o seriado trouxe peculiaridades que vão além da temática da máfia ou da violência, de traições, vingança e medidas extremas. Abordando questões familiares e sessões de terapia, chega ao mais profundo do ser humano: nossos medos, cobranças, decepções e anseios.

The Sopranos comprova o que todos nós já sabemos, que podem trazer sobrenomes e costumes diferentes, ser grande ou pequena, formada por laços sanguíneos ou afetivos, não ser da máfia ou ser, mas a verdade é que família é algo muito poderoso, de valor inestimável e

…inigualável.

 

Séries citadas:

25 anos, Jornalista formada pela Unesp/Bauru. Responsável pela Coluna Memória. Adora um bom livro e não dispensa uma boa música. Mas, confessa que é viciada em séries desde que se conhece por gente. Friends, Angel, One Tree Hill... Game of Thrones, Hart of Dixie, Arrow, The Vampire Diaries, The Originals...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account