Log In

Memória

‘Arquivo X’ comemora 20 anos! Pode acreditar?!

O tempo é mesmo uma coisa curiosa. Há momentos em que o tempo parece parar, o relógio não anda, os minutos não passam, puro tédio. Em outros, no entanto, é como se o tempo voasse e tão depressa que nem percebemos o tanto que passou.

Certa agente do FBI diria que não há nada de curioso no tempo, ele é invariável universalmente. Já um outro agente do FBI diria que determinados fenômenos podem alterar nossa percepção de tudo isso. Seja com for, a verdade é que 20 anos já se passaram desde que tudo começou. Desde que os agentes Sculy e Mulder começaram a trabalhar juntos pela primeira vez. O episódio piloto do emblemático seriado dos anos 90, The X-Files ou Arquivo X como ficou conhecido aqui no Brasil, foi ao ar em 10 de setembro de 1993, nos Estados Unidos. Sim, há 20 anos!

Quando Arquivo X estreou, eu era só uma criança que nem sabia o que era seriado de TV. Em 98, quando a série ganhou seu primeiro filme, em minha pré-adolescência achava que ficção científica era algo muito chato. Quando a série chegou ao fim em 2002, eu já acompanhava Buffy, a caça vampiros e monstros escamosos já não me davam medo, ainda assim, pensava que era tarde demais para me aventurar a assistir uma série que estava com os dias contados. Somente dois anos depois, fui convencida por colegas de trabalho de uma repartição pública na qual estagiava a assistir o primeiro filme e tive que emprestar as fitas VHS de um deles que tinha gravado o seriado. Então, quando o segundo filme foi lançado em 2008, eu já pertencia ao universo de Arquivo X.

Pois é, fui cética e duvidei desse seriado antes de assisti-lo, porém, ele me provou ser muito bom.

Assim, 20 anos depois do começo, vamos relembrar Arquivo X.

Era uma vez…

O psicólogo Fox Mulder (David Duchovny) é um agente especial do FBI; apelidado pelos colegas de trabalho de Spooky por ser um cara esquisito que acredita na existência de alienígenas. Após passar por uma regressão, Mulder acredita ter presenciado sua irmã Samantha sendo abduzida, e então ele busca por ela e pela verdade. Nessa busca ele reabre os casos arquivados pelo FBI por não terem soluções chamados de Arquivo X.

A também agente especial do FBI, Dana Scully (Gillian Anderson) é médica e física Scully é uma mulher inteligente, adepta da lógica, da ciência e das explicações plausíveis. Exatamente por suas características, Scully recebe a missão de acompanhar e analisar o trabalho do agente Mulder com o Arquivo X.

Scully tenta provar que todos os casos têm explicações racionais, no entanto, ainda que relute em aceitar, ela acaba não encontrando todas as respostas na ciência. Já Mulder quer acreditar que não estamos sozinhos e que a verdade está lá fora. E ele não é o único a pensar assim, um homem conhecido como Garganta Profunda passa a ser informante de Mulder e lhe afirma que ‘eles’ já estão entre nós há muito tempo.

Ainda que com suas visões diferentes, Mulder e Scully passam a ser parceiros, seguem investigando casos sinistros e fazendo um bom trabalho juntos.

Os dois agentes são chefiados por Walter Skinner (Mitch Pileggi), um ex-marinheiro que se preocupa em manter seus agentes atuando dentro de um padrão de investigações. Skinner também tem seus segredos e por algum tempo é alvo da desconfiança de Mulder, da mesma maneira que nutre certa descrença sobre as teorias de Mulder até quando pode.

Cada vez mais cumplices, Scully e Mulder se deparam com monstros provenientes de experiências genéticas, pessoas com dons especiais como videntes e telepatas, vírus congelados há muito, muito tempo e outras coisinhas mais.

A cada caso a dupla fica mais perto da verdade, ao mesmo tempo que irrita pessoas poderosas que tentam manter tudo em segredo. Assim, eles encontram um homem conhecido como Canceroso que depois se descobre ser o pai de Mulder. Mas pelo caminho também surgem amigos que acreditam em Mulder e Scully, tais como Os Pistoleiros Solitários.

Quando os russos criam um campo de concentração onde pessoas são usadas como cobaias para a criação de uma vacina contra um vírus alienígena, Mulder é infectado, vacinado e sobrevive.

Scully é abduzida e devolvida com um implante alienígena. Ela retira o implante e passa a sofrer de câncer, tendo que implantar novamente.

Descobre-se sobre uma conspiração governamental que encobria uma invasão alienígena na Terra. Um acordo firmado entre o Sindicato, um grupo que reunia representantes de diversos locais do mundo com os alienígenas cedeu um familiar de cada membro do Sindicato para ser abduzido e passar por testes. Foi através desse acordo que a irmã de Mulder foi levada, já que o pai deles fazia parte do Sindicato. Samantha foi usada em uma experiência de clonagem e morreu.

Entre tudo isso Mulder e Scully se apaixonam. Mulder é abduzido e Scully descobre estar grávida.

O agente John Doggett (Robert Patrick) é designado para encontrar Mulder. Extremante cético, John não consegue acreditar nas situações bizarras que se mete depois de integrar a equipe de Scully e Mulder.

Mulder é expulso do FBI. E a nova integrante da equipe, a agente Monica Reyes (Annabeth Gish) ajuda Scully a ter seu bebê, num parto realizado diante de extraterrestres. William, o filho de Scully e Mulder é uma criança especial.

Reyes e Doggett descobrem um programa sobre supersoldados, enquanto Mulder se mantem escondido e Scully tenta proteger seu filho.

E, finalmente, Mulder encontra a verdade.

… e então…

Arquivo X estreou na TV americana em 10 de setembro de 1993. Depois de nove temporadas, a produção da Fox exibiu o último episódio no dia 19 de maio de 2002.

Entre a quinta e a sexta temporada, em 1998, o seriado foi para as telonas com o filme Arquivo X: O filme (The X-files:Fight the future). Seis anos após o fim da série, os saudosos fãs de Mulder e Scully puderam reencontrá-los no cinema com o filme Arquivo X: Eu quero Acreditar (The X-files: I want to believe), de 2008.

O seriado de Chris Carter conquistou fãs e a crítica, se tornou um clássico e inspirou o surgimento de outras tantas séries. No período em que esteve no ar Arquivo X teve diversas nomeações a importantes prêmios e entre os quais ganhou estão 5 Globos de Ouro.

A série era complexa com sua mitologia, alienígenas, experiências genéticas; some-se a isso uma base de acontecimentos históricos e conclusões que levavam a conspirações governamentais. Arquivo X questionava se o que sabemos é a verdade ou aquilo que querem que pensemos ser a verdade; o que eles sabem e escondem de nós?

Entre os motivos que fizeram com que me rendesse a Arquivo X, sem dúvida, estão roteiro inteligente, humor característico, mistério embalado por uma trilha sonora original e incrível química entre o casal de protagonistas.

No Brasil, o seriado foi exibido em TV aberta pela Rede Record, e pelo canal fechado Fox. Atualmente, é possível acompanhar a reprise do seriado pelo canal pago TCM, das 11h às 13h, aos sábados e domingos.

O seriado teve todas as suas temporadas disponibilizadas em DVDs, pela Fox Film. A coleção completa contém 53 discos. O Netflix também é uma opção para quem deseja rever os nove anos da consagrada série.

Na Comic Con 2013 aconteceu um painel em homenagem aos 20 anos de Arquivo X. O evento contou com a participação dos atores David Duchovny e Gillian Anderson, do criador Chris Carter e dos roteiristas e produtores da série Glen e Darin Morgan, David Amann, James Wong, John Shaban, Howard Gordon e Vince Gilligan.

Em San Diego, os antigos membros de Arquivo X falaram sobre cenas marcantes, sobre os melhores vilões e até sobre a HQ inspirada no seriado. E para a alegria dos eXcers, como são conhecidos os fãs de Arquivo X , há esperanças para um terceiro filme. Isso porque, Gillian disse que não voltaria para uma temporada regular da série, mas “um filme seria ótimo”.  Já Carter enfatizou que fazer um novo filme seria algo muito trabalhoso e ao mesmo tempo emocionante, e que a presença de tantas pessoas na Comic-Con o havia animado. Na mesma linha Duchovny disse acreditar que Arquivo X era um seriado muito flexível capaz de unir ideias e sempre achou que eles poderiam voltar. “Poderíamos fazê-lo para sempre”, finalizou o ator.

Diante disso, só há algo a dizer: Eu quero

 

…acreditar!

Séries citadas:

25 anos, Jornalista formada pela Unesp/Bauru. Responsável pela Coluna Memória. Adora um bom livro e não dispensa uma boa música. Mas, confessa que é viciada em séries desde que se conhece por gente. Friends, Angel, One Tree Hill... Game of Thrones, Hart of Dixie, Arrow, The Vampire Diaries, The Originals...

5 Comments

  1. Thayná Pompeu.

    AI QUE SAUDADEEEEEEEE! :'(
    Os pistoleiros solitários, cara… adorava! Nossa! 20 anos já! :'(
    Eu lembro que o ator que fazia o Langly participou de um epi de Bones e eu fiquei “OOOOOOOOOMG! OOOOOG!! O Langly! O Langly!” Muita da minha saudade de X-files, eu mato assistindo Bones! Tipo, o Duchovny já dirigiu um episódio de Bones, o Hart Hason é fã do CC, a química de Scully e Mulder (Gillian & David) é bem parecida com a de B&B (Emily & David)! Sem contar que eu queria MUITO q o CC tivesse feito com Mulder e Scully o que o Hanson fez com B&B! Tipo MUITO! :'( Mas….
    Arquivo X will be forever in my heart! *_*

  2. Patricia Emy

    Arquivo X… desde então acompanhei diversas séries, algumas também já terminaram, mas nenhuma foi como essa. Seu texto foi como uma verdadeira viagem no tempo, me fez relembrar o dia em que por acaso, mudando de canal, acabei assistindo a um episódio na Record… era Terror no Gelo (Ice) e o resto é história. Foram bons tempos, em que fiz amizades que perduram até hoje.

  3. Mirele Ribeiro

    Oi, Paty! Fico tão feliz quando alcançamos as memórias das pessoas, valeu :)

  4. Mirele Ribeiro

    Wow Que declaração Thayná, Arquivo X merece mesmo, e Bones é Bones, né? hahaha

  5. Ulisses Pereira

    E pensar que eu pedia p/ um amigo gravar em vhs,pois na record eles estavam avacalhando no horário…gente que loucura! Estava ainda na FACU e era um tormento….
    Ficava parado só curtindo a Gilian…rs…e achava o máximo aqueles vhs…rs
    E hoje hem que transformação total na web..temos tudo!
    Bons tempos….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account