Log In

Reviews

White Collar – Vested Interest

Pin it
Série: White Collar
Episódio: Vested Interest
Número do episódio: 4×10 (Summer Finale)
Exibição nos EUA: 18/09/2012
100
5
1

O que mais marcou o episódio anterior de White Collar, Gloves Off, foi a briga entre Peter e Neal e eu realmente achei que a coisa era séria. No entanto, os dois não conseguem ficar muito tempo bravos um com o outro. Na realidade Neal ficou de cara com Peter por uma coisa que o agente fez para ajudá-lo e esse tipo de situação é fácil de ser perdoada entre amigos, principalmente quando o motivo de tanto aborrecimento resolve aparecer em seguida: Sam.

E notícia ruim deste episódio ficou por conta justamente de Sam. Além de desapontar minhas expectativas sobre o desenrolar da sua história, Sam decepcionou também a Neal. Peter novamente foi fundamental e descobriu que o pai de Neal estava se passando por Sam e enganando o filho. Eu temia esse tipo de desenvolvimento porque é solução um tanto óbvia e já vinha sendo especulada, mas talvez a série consiga dar um andamento bom para essa situação. Afinal, White Collar é mestre em trabalhar assuntos que parecem comuns, mas que acabam tomando direções interessantes.

Ainda tento manter a fé em White Collar, mas cheguei a ficar com medo que o episódio acabasse antes de Peter desvendar quem era a pessoa que estava se fazendo passar por Sam. Ainda bem que isso não aconteceu, pois o olhar de Neal para Sam ao descobrir a verdade valeu o episódio inteiro e se encarregou de deixar os fãs se roendo de curiosidade para a volta do seriado. Como será que Neal vai reagir? Como você reagia no lugar dele? Dá vontade de abraçar o coração de Neal, mais forte que o super power colete à prova de balas TGV-6, do dr. Drugov.

Quem não decepciona e sempre merece um destaque é Mozzie e ele estava hilário ameaçando Sam com um saca-rolhas, mas quem ganhou a cena dessa vez foi seu rato Percy – lembrei do Percy do Harry Potter, irmão do Roni que era dono do ratinho Perebas. Com a ajuda de Percy, o rato, Neal conseguiu enganar Peter e usar o FBI para descobrir quem está atrás de Sam. Gostei da edição e do ritmo das cenas mostrando o planejamento e a ação do “golpe” de Neal em Peter. Mas melhor ainda foi a atuação de Percy deixando Jones aterrorizado, não é a toa que seu dono é Mozzie.

Apesar de termos um rato nas participações especiais as melhores cenas foram da birra de Neal com Peter. Sim, porque a briga virou uma birra. A cena inicial da máquina de café foi ótima, Neal fez questão de recusar o café de Peter, mas depois ele compra café na rua. Mais tarde, Neal ainda tenta se servir de café no FBI sem Peter perceber. Duas crianças. Peter precisa de muita paciência para lidar com Neal, e ninguém consegue fazer isso tão bem quanto ele. A birra toda foi para o espaço quando o agente assumiu que aceitou o acordo inicial de parceria com Neal por gostar dele e por perceber que o que fascinava Neal nos golpes não era o dinheiro e sim o desafio.

As brigas e birras constantes de Neal e Peter nesta temporada não preocupam tanto. No entanto, ao contrário das primeiras temporadas de White Collar, os casos deste quarto ano têm deixado a desejar, muito pelo tempo que demanda a trama secundária da série, que trata do passado de Neal. Neste episódio não foi diferente, apesar da ótima cena de Neal salvando Peter no meio do tiroteio a resolução do caso foi mais rápida e simples do que os casos iniciais da série.

Me lembro de episódios em que ficava angustiada porque terminavam rápido demais, os cerca de 40 minutos passavam voando. Tenho saudade dessa sensação ao assistir White Collar. Apesar da série estar ainda em um bom nível, estou com saudade daqueles episódios arrasadores. Talvez se os casos começarem a se cruzar mais com o desenvolvimento da trama de Neal a série consiga mais ritmo. Parodiando um pouco o que Peter disse sobre Neal, talvez eu não tenha sempre confiança em White Collar, mas sempre terei fé.

White Collar volta com o episódio 11 da quarta temporada só em janeiro de 2013. Até lá os fãs da série podem comemorar a recente renovação do seriado para uma quinta temporada de 16 episódios. Mesmo o atual ano de White Collar não sendo do mesmo nível dos anteriores o canal USA continua apostando no drama de Jeff Eastin. Os fãs de Tim DeKay também podem comemorar, o ator está confirmado em uma participação no seriado Body of Proof. Matt Bomer também não ficou para trás, rumores afirmam que o ator está sendo sondado para interpretar o personagem Christian Grey no filme baseado no recente sucesso literário 50 Tons de Cinza.

Boas notícias rondam White Collar durante esse hiato da série. Espero que em janeiro Peter e Neal voltem com tudo para os últimos episódios da temporada e façam o que normalmente a série consegue fazer muito bem, uma season finale do c#@%&*.

Séries citadas:

é Jornalista, Publicitária, Gaúcha, Capricorniana de 84. Além de escrever no TeleSéries, trabalha como coordenadora de imprensa na Prefeitura de Taquari e assessora de imprensa no Campeonato Gaúcho de Rally 4x4. Fã de cinema, esportes, literatura, música e séries de televisão. Começou a assistir seriados com E.R. e Arquivo. X. Gostaria de ter estudado em Hogwarts, jogado quadribol e tomado cerveja amanteigada, mas se contenta com um gol do Grêmio e uma Heineken. Nunca ganhou um prêmio importante, mas já levou pra casa um Kikito de chocolate de Gramado/RS.

Website: http://www.alineben.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account