Log In

Reviews

White Collar – The Original

Pin it
Série: White Collar
Episódio: The Original
Número do Episódio: 4×15
Exibição nos EUA: 26/02/2013
100
5
1

Um episódio de White Collar que começa com uma cena de Mozzie tentando vender sorvete (com licença) para um turista do Kansas em plena New York tem grandes probabilidades de ser um ótimo episódio. The Original foi uma ótima exibição da série da USA, mas ainda um pouco distante dos grandes momentos de White Collar. Agora o seriado parte para a sua season finale e deixa todas as expectativas para seu encerramento. Com uma quinta temporada confirmada, Neal e Peter precisam garantir a fidelidade de seus fãs depois de um ano em que a série deixou a desejar, em comparação com as três primeiras temporadas.

Para agitar a divisão de crimes do colarinho branco do FBI, a série conta com a chegada da nova diretora do núcleo, Amanda Callaway (Emily Procter, a Calleigh de CSI Miami). E a moça agitou bastante as mentes de Peter e Neal, a famosa van da divisão e também as informações para o senador Pratt. Nada de pior poderia acontecer com Neal e Peter do que Pratt infiltrar alguém de sua confiança no comando da divisão de crimes do colarinho branco. Para disfarçar as desconfianças da dupla, Callaway foi esperta e fingiu ser uma chefe chata que quer de resultados impactantes e rápidos.

O que pode parecer ruim para nossos heróis é ótimo para quem segurou firme e acompanhou toda a quarta temporada da série. Considerando as situações que devem ser resolvidas e trabalhadas na season finale e que a série tem histórico de produzir finais excepcionais para as suas temporadas, White Collar tem grande chance de fechar com chave de ouro um ano fraco para a série.

The Original honrou o nome do episódio e construiu sua própria marca única. Nunca. Jamais. Em nenhum outro seriado da televisão você deve acompanhar novamente a teoria dos “sexers” de galinhas. Melhor que o nome da teoria é a explicação de que ela é uma base científica para explicar o funcionamento do instinto.

A teoria também deve, de alguma forma, servir para explicar como Neal pode ser altamente competente em diversas atividades diferentes. James teve uma participação muito boa ao questionar o filho sobre o porquê de Neal não investir em trabalhos próprios, tanto em pintura como escultura. O trabalho nessa área não teria a adrenalina que Caffrey necessita para viver, mas com certeza ele seria um grande artista e o destaque disso, por James, foi muito interessante para o contexto do personagem de Neal. O rebote de Caffrey dizendo que para ser um artista a pessoa deve saber quem é, e Neal precisou usar três nomes diferentes durante a sua vida, foi um ótimo fechamento da situação.

Falando em James, um dos grandes méritos de The Original foi ter sido o melhor episódio da temporada até agora em mesclar o plot que envolve o mistério do pai de Neal com o caso em questão do episódio. Além da solução do caso estar diretamente ligada a descoberta da caixa de Ellen, as duas histórias não ficaram nem longas demais e também nenhuma das duas linhas do episódio passou muito rápido ou foi mal explicada. Pela primeira fez na quarta temporada White Collar dosou na medida certa.

O deslize do episódio está na resolução do caso de Neal e Mozzie. Sempre é uma realidade que o mundo conspira a favor dos dois e eles se aproximam do MacGyver, na questão de conseguir desarmar um alarme com um cartão de crédito e um chiclete, mas a organização dos fatores do plano deles para scannear o piso do Empire State Building foi de uma precisão cirúrgica e sorte mágica. Licença poética de White Collar.

A quarta temporada foi relativamente fraca perto do nível da série, mas preciso afirmar que The Original me ensinou que devo confiar nas galinhas sexys e me lembrou que ainda existe o “juramento do dedinho”. As falas do episódio renderam tanto que viraram diversas imagens e montagens de quadros, tipo quadrinhos de histórias, divulgados na página oficial do Facebook da série. Tudo para segurar os fãs até a season finale, que deve fechar bem a quarta temporada de White Collar. No entanto, depois de uma temporada devagar, os fãs devem guardar suas esperanças para o quinto ano da série, que ele venha para reviver o nível das três primeiras temporadas.

Séries citadas:

é Jornalista, Publicitária, Gaúcha, Capricorniana de 84. Além de escrever no TeleSéries, trabalha como coordenadora de imprensa na Prefeitura de Taquari e assessora de imprensa no Campeonato Gaúcho de Rally 4x4. Fã de cinema, esportes, literatura, música e séries de televisão. Começou a assistir seriados com E.R. e Arquivo. X. Gostaria de ter estudado em Hogwarts, jogado quadribol e tomado cerveja amanteigada, mas se contenta com um gol do Grêmio e uma Heineken. Nunca ganhou um prêmio importante, mas já levou pra casa um Kikito de chocolate de Gramado/RS.

Website: http://www.alineben.blogspot.com

1 Comment

  1. Pingback: Destaques na TV – sábado, 23/11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account