Log In

Reviews

Warehouse 13 – Trials

Pin it

Série: Warehouse 13
Episódio: Trials
Temporada:
Número do Episódio: 3×02
Data de exibição nos EUA: 18/07/2011

Olá, ‘Warehousers’! Bem, este último episódio de Warehouse 13 foi um tanto fraco. Não teve nada além de mais artefatos para recuperar; e a trama da vez, com aqueles vilões que foram apresentados no final do episódio passado, ficou totalmente fora deste.

Como comentei na última ‘review‘, ficaria estranho um outro agente além de Pete e Myka. Entretanto, o rumo da série me surpreendeu, já que eu pensei que trabalhariam os três juntos. Agora, além da dupla principal, Steve e Claudia começam a trabalhar juntos. Bem, já que temos duas duplas, então são duas encrencas diferentes, com dois artefatos diferentes.

Pete e Myka foram encarregados de um artefato que apaga as memórias das pessoas a ponto de elas irem regredindo na idade mental, enquanto Claudia e Steve ficaram responsáveis por uma faca de açougueiro que transfere doenças de uma pessoa para outra (um dos artefatos mais absurdos na minha opinião, não pela função, mas pelo objeto em si).

Recuperar a tal faca não foi uma aventura tão nostálgica, já que o portador do artefato queria somente usá-lo para transferir a doença do filho para si. Provavelmente a maior tensão que a dupla teve foi descobrir que Artie os estava perseguindo para conferir se estavam trabalhando direito. Para competir com essa tensão, talvez só o fato de Steve falar para Claudia que ele é gay (e eu pensando que ele daria em cima da Myka).

Com o artefato da memória, foi um pouco diferente, pois além de ser dividido em duas partes (uma parte apaga a memória, e a outra devolve), Pete foi mais uma vez atingido por ele. Ok, ele poderia ter morrido, mas cá entre nós… Ele ficou um fofo quando virou um crianção! Por ter seu parceiro afetado, Myka praticamente resolveu tudo sozinha desta vez (moral feminina em alta, oba!), recuperando as duas partes do artefato (um prendedor de gravata e uma abotoadura) e devolvendo a memória do bebê Pete, haha.

Depois de salvar o mundo sozinha dessa vez, Myka foi finalmente aceita de volta ao Depósito 13 (e eu pensando que era só ela falar que queria voltar e pronto), com direito a um discurso lindo sobre felicidade. De fato este episódio teve mais sentimentalismo do que aventuras.

P. S. [1]: Pete vira um crianção e fala mais do que deve. Depois disso, fica alguma dúvida de que ele esconde uma quedinha pela Myka?

P. S. [2]: Ainda não sei se prefiro a Claudia como uma ‘nerd’ gênia dos computadores ou como uma agente de campo. Mas de uma coisa tenho certeza: ela é mestre na “dancinha do eu”. Hahaha.

Séries citadas:

Cinéfila, louca por séries de televisão, leitora compulsiva e movida à música. Cineasta por formação e escritora por paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account