Log In

Reviews

Warehouse 13 – The 40th Floor

Pin it

Série: Warehouse 13
Episódio: The 40th Floor
Temporada:
Número do Episódio: 3×08
Data de exibição nos EUA: 29/08/2011

Ei, ‘Warehousers’! Estou mega chocada com o episódio desta semana, fato. Foi tudo tão atípico, frenético e surpreendente que os 40 minutos de duração passaram voando. Claro que teve a parte meio emocional, como de praxe, mas não tão exagerada como no episódio anterior.

Finalmente os vilões começaram a agir mesmo. No episódio passado tivemos uma pequena amostra da ação deles, mas esta semana o foco foi todo na turma do mal. A atenção para os malvados foi tanta, que nem tivemos a caça aos artefatos propriamente dita, e sim uma caça a um cara mau que estava com um artefato. Sentiram a diferença?

Enfim, todos devem estar bem lembrados da Sally (a falsa agente do FBI). Então, a bandida agora se atreveu a sair torturando e matando os Regentes (aqueles agentes do Depósito que são os mais importantes, os chefões). E lembram daquela maçaneta estranha que a Sally roubou do Steve e da Claudia? Pois é, essa maçaneta queima a pessoa que a segura até o ponto de ela entrar em combustão espontânea. Então já deu para perceber qual artefato estava sendo usado para torturar os Regentes, né?

O importante é que a equipe do Depósito 13 conseguiu armar uma cilada para Sally e, com a ajuda de mais um dos artefatos de bolso do Artie, rastrearam toda a trajetória da moça nas últimas 12 horas. A trajetória os levou a um prédio com mais regentes juntos do que as normas de segurança aconselhariam. Então Artie e Myka vão explorar o prédio enquanto Claudia e Pete tentam improvisar e achar algo nas câmeras de segurança da rua.

Enquanto isso, Steve tenta conversar amigavelmente com Sally para conseguir informações. O papo estava muito bom até Sra. Frederic chegar e começar a afogar a moça à seco mesmo (com um artefato, lógico). A tortura até poderia resultar em algo, se Steve não tivesse dado a louca e defendido a bandida por estar com dó, o que deu chances para a garota se mandar dali. Claro que a Sra. Frederic ficou possessa e não quis nem saber: chutou o Steve para fora do Depósito 13.

De volta ao prédio, Artie e Myka tentam tirar os Regentes teimosos dali, mas estes cismam que estavam seguros até os dois agentes aparecerem. A discussãozinha boba teria até rendido, se não fosse o prédio começar a desmoronar por ter sido pichado por uma tinta altamente corrosiva. Antes de tudo desmoronar literalmente, Pete e Claudia saem correndo atrás do pichador e conseguem recuperar o spray do mal.

Artie consegue sair do prédio junto com um Regente, mas Myka continua presa lá com Jane, outra Regente (só restaram esses dois Regentes mesmo, já que o resto morreu no caminho). Sem ter outra alternativa, a única solução brilhante que Pete dá para a situação é pichar algo sobre a pichação que começou a loucura toda. Não foi muito criativo, mas Pete desenhou um símbolo de paz e amor no local e, apesar do desenho ser algo bem banal, acabou funcionando.

Problema resolvido, todo mundo são e salvo… Myka decide apresentar a Pete sua nova amiga Regente, a tal Jane. E, apesar de tudo o que aconteceu no episódio, essa parte foi a mais sensacional: Pete vai cumprimentar a mulher e quase tem um treco ao ver que a mulher é a mãe dele. Seria engraçado se não fosse tenso, mas admito que eu ri.

E a Sally? Bem, ela foi fazer o papel de dedo-duro e contar tudo o que aconteceu para o seu chefe, que ainda não teve o rosto revelado na série, mas dá para ver que ele usa uma cadeira de rodas (depois que percebi isso, comecei a ficar atenta a todos que aparecem de cadeira de rodas na série, admito). Apesar de ela ter contado tudo, o chefão fica decepcionado com a incompetência da garota e apaga de vez a dita cuja. Claro que já tem um provável substituto para ela, com uma cara de bem mais malvado do que a Sally. Veremos o que ele vai aprontar.

P. S. [1]: Só um comentário BEM inútil… A tinta daquele spray não acaba? E aproveitando o assunto do spray, eu pensei que Pete picharia uma carinha feliz no muro lá. Vão me dizer que ninguém pensou isso quando ele começou a fazer a bolinha? Hahaha.

P. S. [2]: Ok, eu falo mal do Steve, mas fiquei morrendo de dó quando ele foi demitido. Embora eu ainda ache que ele volte.

Séries citadas:

Cinéfila, louca por séries de televisão, leitora compulsiva e movida à música. Cineasta por formação e escritora por paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account