Log In

Reviews

Veep – Catherine

Pin it

Série: Veep
Episódio: Catherine
Temporada: 1ª
Número do Episódio: 1×03
Data da Exibição nos EUA: 06/05/2012

Veep conseguiu, mais uma vez, criar um episódio hilário do começo ao fim. Estamos quase no meio do caminho desta primeira temporada, que terá oito episódios, e Veep ainda não perdeu o fôlego. A história continua nos eixos, dando continuidade ao tema central que tem guiado a série, e abrindo espaço para novos assuntos que geram piadas ainda mais engraçadas. Tudo bem, é muito mais fácil manter o interesse por uma série com poucos episódios, mas ainda assim é bom ver esta sequência de acertos.

No episódio desta semana, Catherine, vemos Selina e sua equipe lidando mais uma vez com sua comissão de trabalhos limpos. O problema é o seguinte. Como vimos no segundo episódio, o senador Doyle pediu que ela não colocasse ninguém da indústria do petróleo em sua comissão, mas ela precisa deles. Com isso eles decidiram dar o cargo para alguém que foi do petróleo, que está fora agora, mas que ainda tem seus contatos e que deve agradar os dois lados. O que ela estava enganada. Mas como a vida de uma vice-presidente não é fácil, os problemas não param por ai. Selina ainda precisa enfrentar as fofocas de jornais e paparazzis de que teria uma rixa com a primeira-dama dos EUA, enquanto sua equipe procura o cachorro perfeito para ela adotar e, além de se reaproximar de sua filha Catherine, ainda ganhar uns pontos com os eleitores. Tudo isso sem contar que ela vem sendo chamada de diva pela imprensa e as comemorações de seus 20 anos em Washington estão se aproximando.

Ufa! Problemas e mais problemas para Selina e risadas e mais risadas para nós. Todo o contexto que contei acima, que parece muito para uma comédia de meia hora, nos é apresentado nos primeiros minutos do episódio e o restante dele é todo usado para o desenvolvimento da história. E é nesta velocidade que Veep se destaca, principalmente por conseguir aliar a isto seu humor rápido e certeiro, suas piadas sem medo de serem ofensivas e seu sarcasmo constante. E Veep também consegue ser sutil e brilhante em certos momentos, como na cena em que Selina está discutindo com sua filha sobre seu egocentrismo em um armário repleto de fotos suas. E por ela não notar seu estrelismo e seus ataques de diva, tudo fica ainda melhor. Ela não acha, nenhum pouco, que mudar o nome de um furacão que se chamaria Selina pelo seu bem com os eleitores seja uma atitude egoísta de uma diva.

No meio deste turbilhão de acontecimentos ainda temos tempo de conhecer melhor Mike, que tem um cachorro inventado apenas para fugir do trabalho, Dan comprova ser sem qualquer escrúpulo no que diz respeito a sua carreira, Jonah está ficando cada vez mais chato e Gary continua impagável nas suas tentativas de agradas Selina. E, além de tudo, mesmo com o humor, Veep ainda consegue trazer para o roteiro as constantes manipulações feitas na política para que as pessoas consigam o que quiserem. E desde que elas pensem que a ideia foi delas, tudo está bem. Brilhante! Sério, não me canso de ver e elogiar Veep e se você ainda não assiste, deveria começar.

Séries citadas:

Jornalista apaixonado por cinema, música e televisão. Buffy the Vampire Slayer foi o primeiro grande vício, mas antes já acompanhava Friends e Barrados no Baile. Ama Desperate Housewives, True Blood, Community, Game of Thrones, Glee, Happy Endings, Revenge, Shameless e The Good Wife, entre tantas outras. Não resiste a uma comédia, mas também não dispensa um bom drama.

Website: http://behindthescenes-takes.blogspot.com.br/

1 Comment

  1. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 6 a 12/8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account