Log In

Colunas e Seções Gastronomia

Um ‘Tempero de Família’ nas suas festas de final de ano

Pin it

O GNT é um dos canais por assinatura mais populares no Brasil quando o assunto é a boa mesa. Famoso por aproximar os brasileiros a cozinheiros internacionalmente conhecidos – como Jamie Oliver, Gordon Ramsey e Nigella Lawson –, o canal toca com empenho, nos últimos anos, produções nacionais, com uma série de atrações que refletem a diversidade da culinária brasileira. Tempero de Família, apresentado por Rodrigo Hilbert, é um dos grandes sucessos atuais do canal – e é dele que vem a dica para as festas de final de ano que o Teleséries garimpou para a última coluna de Gastronomia de 2014.

Com estreia em 2013, Tempero de Família já acumula quatro temporadas. Movido por uma energia essencialmente familiar, o programa é um convite a quem deseja descobrir as delícias da cozinha caseira. Em meia hora por semana, o ator Rodrigo Hilbert, mais conhecido pelas passarelas e por muitas novelas e comerciais, revela um lado apaixonado pela cozinha, inspirado pelos seus aprendizados culinários com a mãe e a avó.

TemperodeFamília3

Com a crença de que, na cozinha, não se deve existir obrigação com a perfeição, mas sim com a alegria de cozinhar e o prazer de comer, Rodrigo leva o programa com uma pegada rústica e despojada e com apresentação baseada na simplicidade. Quando surgiu na telinha, Tempero de Família trouxe uma série de ricos e saborosos pratos caseiros que marcaram a vida do ator. Compondo o cenário, além dos ingredientes bem brasileiros e variados, o programa mostrou o seu tom com participações de familiares de Rodrigo – inclusive, da apresentadora Fernanda Lima, esposa do ator, que estrelou ao lado dele um episódio com um toque especial de cozinha romântica.

Após as primeiras temporadas, o programa passou por uma modificação de formato em 2014. Mantendo o ideal da comida caseira, Tempero de Família tirou Rodrigo da própria cozinha e o levou a conhecer a casa de outras famílias para descobrir os seus segredos e, então, aprender receitas apreciadas nos lares de muitos brasileiros. Em agosto de 2014, o programa ganhou uma extensão com o lançamento do livro As Deliciosas Receitas do Tempero de Família. Com a compilação de 49 receitas, a obra é leve, com a mesma pegada que garantiu o sucesso da cozinha de Rodrigo na televisão.


Logo no início da primeira temporada do programa, Tempero de Família apresentou uma receita que Rodrigo chama de ‘fatia dourada’. O prato, conhecido como rabanada, além de ser uma ótima dica para o dia a dia, é um clássico das ceias de Natal. Uma mistura de ingredientes simples, mas cheios de sabor – ovo, pão, leite, açúcar e canela –, a rabanada é um prato que salva na hora do aperto e que bate qualquer sobremesa suntuosa de final de ano com seu jeitinho de comida cheia de amor e sabor.

TemperodeFamília2

Fatia Dourada (rabanada) de ‘Tempero de Família’

Ingredientes:

2 ovos
2 pães amanhecidos (pães dormidos)
2 colheres (sopa) de açúcar
Canela em pó a gosto
Óleo para fritar
Um copo de leite

Modo de fazer:

1. Coloque um pouco de óleo para esquentar em uma frigideira.
2. Enquanto o óleo esquenta, prepare uma mistura com os ovos, o açúcar e o leite. Reserve.
3. Corte os pães em pedaços de mais ou menos um dedo de espessura. Na sequência, molhe cada um na mistura feita anteriormente.
4. Leve os pães já umedecidos à frigideira e frite-os no óleo até dourarem bem dos dois lados.
5. Passe os pães em um prato com fundo de canela e um pouco de açúcar.
6. Decore a gosto e sirva quentinho.

rabanada1

O resultado desta receita é um pãozinho doce bem úmido, crocante por fora e tenro por dentro – um pouco semelhante à textura de um doughnut. O melhor é prová-lo ainda quentinho, mas a rabanada também é muito saborosa quando mais fria. Antes de finalizar o doce, não se esqueça de escorrer o óleo – um prato forrado com papel toalha é um ótimo aliado para frituras.

O melhor pão para a rabanada é o francês, mas você pode testar com outros tipos. Independente da sua escolha, o ideal é que o pão não seja muito novo para que não se despedace ao ser passado no molho doce ou na hora da fritura. Ainda, além de o ‘pão dormido’ ser ideal para a receita, utilizá-lo é uma ótima forma para evitar desperdício de pãezinhos que passam um pouco do ponto (ou seja, estão mais endurecidos). Se você quiser incrementar um pouco mais, dá para adicionar recheios ou coberturas cremosas, como ganache, geleia de frutas vermelhas, doce de leite e creme de ovos – todas essas opções combinam muito bem!

E aí, o que você acha de levar um “tempero de família” para a sua festa de final de ano? Se você ainda precisa de mais um empurrãozinho, a gente ajuda:

Rabanada: crocante por fora e super macia por dentro.

Rabanada: crocante por fora e super macia por dentro.

Boas festas, a gente se vê de novo com muito mais delícias em 2015 :)

Séries citadas:

formada em jornalismo, trabalha como revisora e, sempre que tem oportunidade, adora falar, escrever e estudar sobre comida. Nas horas vagas, também gosta de exercitar os talheres e os copos. Compartilha suas receitinhas caseiras no blog Panela de Pau. Saudosa irreparável de Friends e Barrados no Baile, atualmente acompanha Homeland, Suits e House of Cards.

Website: http://paneladepau.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account