Log In

Reviews

Two and a Half Men – The Squat and the Hover

Pin it

Série: Two And A Half Men
Episódio: The Squat and the Hover
Temporada:
Número do Episódio: 9×06
Data de Exibição nos EUA: 24/10/2011

Pelo visto, o corpinho nu de Kutcher é algo que nossos olhos já se acostumaram nessa série! Colocam este moço pelado em todo santo episódio, sem propósito nenhum. Alguém me diz pra quê?

Quando o episódio começou fiquei momentaneamente feliz com a presença de Jake, mas como já dizia minha Vó: alegria de pobre dura pouco. Jake apareceu só para nos lembrar de sua existência e mais uma vez foi dispensado do episódio. Gente, cadê a história de largar a escola e chantagear Judith?

Segurando um pouco as críticas, posso dizer que este episódio me surpreendeu e rendeu boas risadas. Walden recebe os papéis do divórcio, fica muito deprimido e resolve se livrar de todas as coisas que lembram Bridget. Ele pensa em se mudar para Nova Iorque e a idéia deixa Alan em pânico. Alan tenta convencer Walden de que ele está em depressão e que deveria se consultar com uma psiquiatra.

Fiquei feliz com a volta de Jane Lynch à série. Adoro o papel de psiquiatra indiferente e charlatona que ela interpreta (e o faz muito bem). Gostava das conversas dela com Charlie e parece que com Walden não vai ser muito diferente. No fim das contas, Walden descobre sozinho que o problema de seu relacionamento é que ele tratava Bridget como uma substituta de sua mãe e não como esposa.

Walden resolve ir ao cinema com Alan e lá encontra Bridget com um cara, Alex, interpretado pelo lindíssimo Joe Manganiello (True Blood). Alex é um cirurgião plástico que ajuda crianças carentes. Walden fica muito abalado pelo fato de Bridget tê-lo trocado por um cara mais bonito e inteligente, então resolve afogar suas mágoas com Alan num bar. Lá ele encontra uma moça muito parecida com Bridget.

Acho que ninguém estava esperando ver a cena de Walden beijando Alan. Fiquei boquiaberta com a atitude de Walden para impressionar o casal de lésbicas e fingir que ele e Alan eram um casal. Alan sempre parece suspeito com seu jeito afeminado e todo frescurento e pareceu não se importar tanto com o beijo do amigo. Como ele mesmo disse “se um homem for me beijar, prefiro que ele se pareça com Jesus”.

Danny, a versão lésbica de Bridget, começa a fazer muitas perguntas a Walden sobre sua homossexualidade e finalmente ele acaba confessando que está fingindo ser gay apenas para se aproximar dela. Já Alan tenta dar em cima de Kikky, a namorada de Danny, que quando vê os dois se beijando enche a cara de Alan de porrada. Tadinho, fiquei com dó de Alan!

Acho que a série pode tomar novos rumos a partir dos próximos episódios. Bridget provavelmente sairá da série, por isso estão tentando com que Walden desencane dela. Este episódio fez com que a audiência da série saísse daquela tendência decrescente e voltasse a atingir bons números. Como Walden mora na casa que era de Charlie, convive com as mesmas pessoas e até freqüenta a mesma psiquiatra, será que não seria uma boa dar a ele algumas características do nosso querido falecido?

Séries citadas:

1 Comment

  1. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 5 a 11/12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account