Log In

Reviews

True Blood – Save Yourself (Season Finale)

Pin it
55.428571428571
2.7
14
Série: True Blood
Episódio: Save Yourself
Número episódio: 5x12 (Season Finale)
Exibição EUA: 26/08/2012

Banho de sangue.

Não há outra forma de descrever o que foi o final de temporada de True Blood. Banho de sangue, exagero, fechamento, enfim, foi a True Blood típica: tentando fechar seus plots, mas deixando vários outros para indagar a audiência. Nessa temporada, a série cumpriu menos do que prometeu, mas eu deveria saber que ao pedir MAIS de True Blood, eu estaria sendo um tolo em achar que algo que realmente iria acontecer.

Essa foi uma temporada instável. Isso é fato, não dá para relutar. A partir do momento que os roteiristas, principalmente tio Bolão (Allan Ball), deixam claro que não sabem o que fazer com seus personagens e o pior, ficam adicionando plots secundários sendo que nem tem plots primários de qualidade (!!!) existem, é porque está na hora de ir embora.

Por isso, vejo que a sexta temporada ou pode dar muito certo (sem Bolão) ou dar muito errado. Vai ser 8 ou 80 mesmo, pois convenhamos, coerência em uma série de fantasia é uma das únicas coisas que posso pedir, ou seja, devia acontecer, sempre.

Não vou tirar o mérito de Bolão no final da temporada. Como é de praxe, True Blood conseguiu fechar quase todos os plots, ou pelo menos conseguir MATAR todos os plots. Isso é um dos pontos altos da série: sempre adicionam milhões de plots, mas acabando dando um encerramento, que mesmo as vezes parecendo duvidoso, é o máximo que vamos conseguir.

Estava na cara que não sabiam mais o que fazer com Russell, portanto, uma morte logo nos primeiros minutos do vampirão mais fodão de todos os tempos é aceitável, na cabeça deles.

Deixaram Warlow para a próxima temporada. Tudo bem. A importância do episódio foi, de uma vez por todas, desmistificar Bill Compton, ao passar de um simples vampiro, para Bill-ith, ou melhor, Bill Menstruação.

Já perdi toda a fé em Bill depois desse episódio. Seria mais fácil se Bill aparecesse logo e falasse que na verdade, só queria acabar com toda a autoridade e não que realmente virou um fanático religioso, mas ele virou um fanático religioso mesmo. Devia ter suspeitado que ele estava deixando as coisas acontecerem muito fáceis para Salome, mas Bill finalmente matou a louca que só ficava enchendo o saco com as conversas macumbeiras sobre Lilith.

Sookie, que obviamente é a mais afetada pelos vampiros, continua arrumando desculpas para as criaturas. Até Jason (o JASON!) é mais sensato e decide que está na hora de aniquilar certas pessoas, tipo o Bill. Estava na hora dele morrer mesmo, mas devia ter IDO embora e não voltado, para a alegria dos fãs.

O episódio teve uma atmosfera tensa, com o maior número de mortes em um só episódio. Bato palmas para a cena em que (sa)fada declara que a “luz estourou” (morri) e começa a ser penetrada ao inverso, já que estava quase atingindo o orgasmo com o nascimento dos filhos. O mais legal é descobrir é que Andy é potente, já que engravidou a safada e teve quatro filhos. Quem perdeu nessa história toda foi Holly, que devia ter dado mais valor para o seu macho.

Durante toda a cena, porém, Holly era a única que estava ajudando, enquanto Lafayette e Arlene e a velha safada ficavam só bebendo e observando. Foi lindo como adicionaram o momento cômico de Lafayette, Holly e Arlene bebendo margueritas e sensualizando por meio da dança no meio de toda aquela tensão que estava o episódio. Foi provavelmente a cena que mais agradou.

Uma coisa legal nessa temporada foi Sookie e Jason, que passaram quase todos os episódios juntos, principalmente os últimos. Pois é, tio Bolão, irmãos geralmente passam tempo juntos, que bom que você finalmente percebeu. No mais, perceba que no final, tudo volta à Sookie, mesmo que ela não tenha feito quase nada no episódio, além de presenciar sua BFF Tara fazendo uma pegação lésbica na cadeia. Se nem Sookie conseguiu colocar juízo na cabeça de Bill, é porque o mundo realmente está perdido.

Aleatório, porém foi vovó Loba aparecendo do nada com a ex-peguete do Alcide, já que ela não tem mais função na série, uma vez que Emma estava presa; Também voltaram com o plot dos lobisomens do nada, mas como bem estava na cara, Alcidão voltou para colocar ordem. Alcide deveria oficializar logo essa profissão de assassino de líderes de matilha e padrinho no SA (Sanguistas anônimos) para ganhar mais cachê na série.

Legal foi ver Eric tomando as rédeas da situação em Bon Temps e em New Orleans. Já chegou até protegendo a neta Tara da própria irmã e deixando claro para Nora que Sookie é SÓ uma garçonete. Lembro de quando o personagem era só para o fator sexual (ainda é) da série e claro, era cheio das maldades, mas Sookie fez ele ficar tão bom que obviamente ganha em disparado de todos os outros vampiros da série, mas uma coisa é certa: nunca ficamos bem sem ver um Eric nu por temporada.

Achei que Luna, Sam e Emminha não iam conseguir sair vivos da Autoridade HQ, uma vez que Luna não sabe fingir nada. Porém, foi linda a cena de Sam crescendo dentro do corpo da Dilma-vampira. Foi provavelmente a única vez que fiquei tão feliz com ele.

Sempre digo que (principalmente desde o final da terceira temporada) a próxima temporada provavelmente não irá cometer os mesmos erros da passada. Quase sempre estou errado, mas continuo assistindo essa série porque obviamente gosto de sadomasoquismo.

Na realidade, eu gosto de True Blood como é: corajosa, bizarra, praticamente uma viagem se você já tomou Ecstasy. A única coisa que peço, porém, é: coerência e parar com essa ideia de que a série é casa de italiano, onde sempre há espaço para mais um. O ideal seria desenvolver direito todos os plots, mesmo que sejam chatos, para que no final, não fique naquela correria de sempre, que é marca registrada de True Blood, depois da bunda do Sam, claro.

P.S: Luna morrendo de novo, que novidade.

P.S: Bill gastou bastante tempo para conseguir capturar Sam. Claramente ele ainda guarda ressentimento desde a primeira temporada, quando a bunda de Sam ficava tentando dar em cima de Sookie.

P.S: Bill Menstruação ou Bill-ith ou foi a melhor ideia ou a pior ideia de todas. Quem acha que isso vai vingar, por favor, explique como.

E para terminar…

Até a próxima!

@marcoacpontes

Séries citadas:

Cinéfilo e viciado em séries. É também um podcaster, blogueiro e estudante de Letras e Jornalismo. Acompanha mais de 60 séries, sem contar as milhares que já passaram. Gosta de todo tipo de série, não discrimina. Usa o sarcasmo, a ironia e a acidez para lidar com as situações ordinárias. Pode ser encontrado no twitter pelo user @marcoacpontes.

Website: http://www.mundodaseries.com

8 Comments

  1. mebemarco

    haha amei o episódio e rachei pakas com o ”para que no final, não fique naquela correria de sempre, que é marca registrada de True Blood, depois da bunda do Sam, claro.” rsrrs,agora resta esperar a 6 temporada que pra mim promete ser das boas

  2. kellenbaesso

    Excelente review.
    Nossa eu até comemorei quando o Bill morreu, mesmo sabendo que ele deveria voltar daquela gosma sangrenta. Hunf.
    A (sa)fada dizendo que a luz estourou foi demais para mim, hahahaha. Pobre Holly, se bobear vai ter que ajudar o Andy a criar a filharada!

  3. Anderson Luiz

    Achei razoável essa finale. Tbm não consiguia mais ver o Russel pra mais uma temporada. Foi bom q tenha morrido, só queria uma morte mais épica.
    Foi muito WTF o Bill surgir daquela poça de sangue.
    Ri demais na cena do parto!! Doidona aquela (sa)fada. Lala, Holly e Arlene dançando foi demais!!!

  4. Thiago FLS

    É impressionante como esses vampiros poderosíssimos com milênios de existência morrem com a maior facilidade quando os roteiristas resolvem se livrar deles.

  5. Junior

    Comemorei a morte de Bill,nunca fiquei tão feliz com a série,porém passou rapido.
    A cena do parto foi a melhor,foi muito hilaria,não dá pra levar a sério as fadas,é fada striper,fada locona que gosta da Kesha e agora fada tendo orgasmo ao dar de fato a “luz”,hahaha
    Sookie e Eric ainda torço pelos dois,e espero mais de Sookie na proxima temporada que não terá mais a desculpa da Anna Paquin estar gravida.
    Então até a proxima com essa droga viciante que é True Blood.Espero que seja melhor que essa temporada e por favor menos bunda do Sam,OBRIGADO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account