Log In

Reviews

The Walking Dead – What Lies Ahead

Pin it

The Walking Dead - What Lies Ahead
Série: The Walking Dead
Episódio: What Lies Ahead
Temporada:
Número do Episódio: 02 x 01
Datas de Exibição nos EUA: 16/10/2011

A nova temporada de The Walking Dead finalmente estreou. E voltou dividindo opiniões. Além de toda a polêmica nos bastidores, era hora de conferir se a empolgação, ao contrário dos zumbis, ainda estava viva.

Devo dizer que fui assistir extremamente empolgado, pois gosto muito da temática, achei a temporada passada muito boa (apesar do final um tanto morno) e, enquanto esperava, devorei as HQs de onde a série foi baseada. No entanto, devo confessar que fiquei um tanto decepcionado.

O episódio começa até bem, com o grupo liderado por Rick Grimes deparando-se com uma estrada bloqueada por carros, situação piorada por um defeito no trailer de Dale. Já que era preciso abrir caminho e consertar o carro, todos aproveitam para conseguir todo tipo de mantimento, sem esperar que um enorme bando de zumbis se aproximava. A cena tem alguns erros, como o da imagem abaixo:

The Walking Dead

Sério que Dale precisou de um binóculo para perceber uma multidão dessas, que nem tão longe dele estava? Bem, descontando isso, a cena em si foi extremamente bem construída, com todos escondidos embaixo dos carros, aqueles pés passando lentamente e a tensão só aumentando.

A coisa desandou quando a garotinha Sophia começa a ser perseguida por uma dupla de zumbis. Ela é salva por Rick, mas não consegue voltar sozinha para a estrada e se perde no mato. A partir daí o episódio tornou-se extremamente arrastado, concentrando-se apenas na busca pela garota até o final e que, para piorar, ainda não se resolve.

Teve seus momentos, como Rick matando os zumbis com pedras e sua esposa Lori defendendo o marido perante os outros, mas não chegou a salvar. Outra cena absurda é quando ouvem um barulho de sinos, encontrando uma igreja com três zumbis sentados.

The Walking Dead

Primeiro que com aquele barulho tocando tantas vezes, já que era um alarme com timer, aquele lugar estaria cheio de zumbis e todos estariam mais agitados. Digo isso baseado na própria série, pois quando um alarme de carro toca perto da casa de Morgan, na season premiere anterior, a rua ficou apinhada de zumbis. Fora que zumbis “rezando” não dá, né?!

No final tivemos um cliffhanger impactante, nos fazendo questionar de onde veio aquele tiro e quem o disparou.

The Walking Dead

Acho que o maior problema desse episódio foi seu tamanho, teve muito tempo para poucos acontecimentos, deixando a narrativa cansativa. Dava para ter resolvido tudo em 40 minutos e temo que ainda ficaria um tanto arrastado. Espero sinceramente que a série se encontre nos doze episódios que tem pela frente, já que potencial para isso existe. Infelizmente muitas séries já provaram que potencial não segura ninguém no ar.

Séries citadas:

Edvando Tertuliano, o Eddie, é bancário e ator de teatro e assiste mais séries do que o tempo permite, mas consegue dar conta de todas. Sua série do coração é Friends, mas também é fã de dezenas de outras, incluindo Fringe, Dexter, Breaking Bad e The Big Bang Theory, e está sempre em busca de novidades...e de coisas antigas também (Arquivo X, por exemplo).

7 Comments

  1. Paulo Serpa Antunes

    Eu não entendi as críticas das pessoas quanto ao episódio. Pra mim o episódio foi muito bom, muito tenso.

    Achei curioso reparar como o bando do Rick está mais inteligente, como eles aprenderam a lidar com as ameaças.

    Concordo com você que o Dale meio que chupou bala ao não perceber a chegada dos zumbis. Mas quanto ao alto-falante da igreja eu discordo. Aquele som de sino está tocando há meses. Acredito que tenha atraído centenas de zumbis que aprenderam que ali não tem comida e foram embora. Os três zumbis religiosos pra mim apenas dão um toque de humor a cena. Mas se você pensar bem, talvez exista um pouco da personalidade humana neles – eles ficaram ali porque são mais religiosos, ou algo assim…

    A cena nojenta do episódio pra mim foi a “autópsia” do estômago do zumbi”. Aquilo foi duro.

    Grande cliffhanger, bom retorno.

  2. Mariela Assmann

    Assim como o Paulo, gostei muito do retorno. Episódio bom, tenso mesmo. Adorei a cena da igreja, acho que a intenção foi bem mostrar uma certa parcela de “humanidade” naqueles zumbis. Como se, ainda que semi mortos, eles mantivessem antigos e arraigados hábitos. E o final foi de matar. Totalmente surpreendente, pra mim. Enfim, adorei o retorno de TWD.

  3. Adriana

    Concordo com os dois comentários e acrescento: acho que a cena da igreja veio para justificar e aumentar as dúvidas (principalmente de Rick) sobre a humanidade (ou ausência dela) nos zumbis. Desde a bela cena da primeira temporada, quando ele já fardado volta ao parque para matar a a ciclista-zumbi, ficou claro para mim que ele tem plena consciência de que os zumbis merecem o mínimo de dignidade (ainda que aparentem estar despidos de todo e qualquer resquício de humanidade).

    Belo episódio. Espero que seja um boa temporada.

  4. WampaOne

    Ouvi dizer que a FOX HD aqui em BSB cortou algumas coisas em realação ao episódio que passou nos EUA…aé verdade?

  5. WampaOne

    Paulo,
    Me falaram no trabalho, depois me passaram o link
    http://paprica.org/2011/10/the-walking-dead-fox-brasileira-trata-telespectadores-como-zumbis/
    O cara faz contas com o tempo do episódio aqui e nos EUA, mas não é citada nenhuma cena. Francamente, to com preguiça de baixar e comparar. Mas as resenhas americanas que eu li (procurei umas 3) não mencionaram nada que eu não tenha visto. De qualquer maneira, fiquei encucado. Se eu tenho Fox HD, em ingles e com legenda (ao contrário do mencionado nesse blog – eu vi pela Fox HD, Sky, de Brasilia), apenas um ou dois dias depois dos EUA, não faço questão nenhuma de baixar, colocar no disco, plugar o disco no WD HD etc, mas se eles estiverem cortando cenas…

  6. Danni-lopes

    Até pode ter alguns defeitos,mas a serie é tão boa ke nei dá vontade de andar a tentar apanhar defeitos…muito boa,para mim a melhor de todos os tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account