Log In

Reviews

The Walking Dead – Too Far Gone

Pin it
Série: The Walking Dead
Episódio: Too Far Gone
Número dos Episódio: 4×08
Exibição nos EUA: 01/12/2013
95.833333333333
4.7
6

A batalha que estávamos esperando desde quando conhecemos o prepotente Governador e a sua próspera Woodbury, lá no início da terceira temporada, finalmente aconteceu. Too Far Gone foi emocionante, tenso e com a presença de todos aqueles elementos pelos quais nós nos apaixonamos por The Walking Dead. Mas se avaliarmos única e exclusivamente esse episódio, já que essa primeira metade da temporada deixou muito a desejar.

Liderança, o poder da palavra e mitomania.

O cara não recebeu o título de Governador à toa! Com um espirito de liderança nato, ele consegue mobilizar a todos em sua volta. E com o grupo nas mãos, ele pinta, borda e os envolve nas mais absurdas mentiras. No fundo acho que ele realmente acredita que as histórias que inventou são verdadeiras. Afinal de contas, isso é uma doença, a mitomania.

Na verdade o Governador nunca bateu muito bem da cabeça. Sua gestão pelos grupos que passou sempre foi excelente, mas algumas atitudes contraditórias. Quando Michonne finalizou sua filha e Woodbury foi invadida, ele chegou ao auge da perturbação. Ficou sumido por um tempo e ao retornar estava completamente diferente. Por um momento, curto eu confesso, pensei que ele fosse mudar, mas logo o nosso querido, velho e perturbado Governador estava de volta. Um personagem complexo e muito bem defendido por David Morrissey. Vai fazer falta.

Motivacional

Prisão

Se entende o que é ter uma filha, como pode ameaçar a matar as filhas dos outros?

Porque elas não são minhas…

Completamente obcecado pela prisão, Governador sequestra Michonne e Hershel, para os utilizar como moeda de troca. E depois de uma palestra motivacional (que deixou as de muitas empresas no chinelo), o grupo começa a se organizar para invasão. Lilly e Meghan ficam no acampamento, que está instalado próximo de um rio, já que os walkers não sabem nadar.

Já a galera da prisão – nem imaginando o perigo iminente – segue sua vida. Glenn sonhando com férias na companhia de Maggie, Rick finalmente fala pra Daryl que expulsou Carol e eles seguem para contar a Tyreese. Quando o encontram, eles se deparam com um objeto estranho (confesso a vocês que não consegui identificar o que era), mas nem tem muito tempo para conversar, já que são surpreendidos com uma explosão.

ONI

Batalha

Apesar de todo seu esforço para tentar evitar um confronto, Rick acaba cedendo ao Governador (temendo a vida de Hershel e Michonnne) Contudo, também não quer abri mão de seu “lar”. Por isso, paralelo a negociação, o grupo da prisão se prepara para o embate. Como não estava para brincadeiras e nem um pouco disposto a negociar, o Governador saca a espada e acaba com a vida de Hershel, começando assim a guerra.

Depois disso aconteceu tanta coisa junto que fica difícil falar de tudo. Então vou falar das três coisas que me chamaram mais atenção – e acredito que de vocês também: Daryl quase foi mordido, Lizzie matou friamente Alisha a queima roupa (Carol ensinou essa galera direitinho), o embate entre Governador x Rick e o clímax com a morte do primeiro.

Rick e Governador

Especulando sobre o futuro…

Esse mid-season finale deixou muitas questões em aberto e vou compartilhar com vocês o que acho que aconteceu/vai acontecer:

– Acho que a Carol estava acompanhando o grupo de longe e quando viu a invasão e que Judith estava em perigo, salvou o bebezinho. Seria uma ótima forma de trazê-la de volta.

– Finalmente Rick e Carl vão ter o seu momento pai e filho. Acho que agora eles vão estreitar ainda mais seus laços e Rick vai enfim se convencer que seu filho não é mais uma criança.

– Depois de um acampamento, algumas casas, fazenda e uma prisão, onde será que o nosso grupo vai se instalar? No tal do Santuário, que foi mencionado na mensagem que Daryl, Tyreese, Michonne e Bob ouviram no carro a caminho da faculdade de veterinária?

E vocês, que acham? Esqueci de alguma coisa? Comentem e compartilhem suas teorias nos comentários!

Balanço da Temporada

Como disse no início do texto, esse episódio foi muito bom, mas achei ele completamente desconectado dessa metade temporada como um todo. Metade de temporada essa que foi segmentada em várias histórias que pouco conversavam entre si: a doença na prisão, a expulsão da Carol, a volta do Governador e a batalha. Faltou liga, conexão.

Não sei se a estratégia de mostrar as histórias em blocos foi a melhor, eu preferia ter visto tudo misturado. Assim você não teria episódios muito arrastados e outros muito tensos, criaria um equilíbrio e na média ficaria bom (olha meu lado estatístico falando mais alto). Sem contar que daria tempo para mostrar coisas que realmente importam.

A expulsão da Carol, por exemplo, foi pouquíssimo explorada. Queria ter visto a reação da galera e principalmente do “conselho” sobre a decisão do Rick. A doença também ficou sem definição. Claro que eles não têm tecnologia suficiente para encontra a cura, mas foi um plot que começou promissor e agora vai ficar meio esquecido. Só serviu para matarmos a saudade do Greg (Todo Mundo Odeia o Chris). Depois dos acontecimentos de Too Far Gone vocês acham que alguém vai pensar nisso, com coisas muito mais importantes para pensar? Acho difícil…

Agora falando especificamente do oitavo episódio, onde foi tudo muito rápido e nem tive tempo de ficar triste com as mortes de Hershel e Meghan ou saborear a morte do Governador. Não curti que ele foi finalizado por Lilly, queria que a Michonne tivesse dado o golpe de misericórdia.

Lilly

Enfim, vejo muita gente reclamando da série, mas a audiência é inversamente proporcional e cresce a cada semana. Mas mesmo com todos os “problemas”, teremos um longo verão pela frente e fevereiro nunca pareceu tão distante. Ainda tenho fé que The Walking Dead vai encontra o seu eixo de novo. Até a volta!

Considerações Finais:

– Impressão minha ou a Sasha estava jogando todo o seu charme moribundo pra cima do Bob?

– Gostei da Tara e da Lilly. Tomara que elas sejam incorporadas ao grupo.

– Depois de um tempo sumida, Beth finalmente apareceu!

TWD Tecnicamente é uma das séries mais bem feitas da atualidade. Elenco, direção, produção, trilha sonora, tudo muito bom.

– Queria pedir desculpas pela demora no texto, tive uma semana complicada. Na volta do hiato, pretendo voltar a subir os textos no dia seguinte à exibição do episódio.

– Deixo um agradecimento especial a Mariela, por ter confiado no meu texto; ao Toledando, pela ajuda nessas últimas semanas; e aos que sempre comentam e fazem as reviews de The Walking Dead bombarem. Muito Obrigado!

Séries citadas:

Carioca, formado em Atuária e Estatística pela UERJ. Deixa os números de lado quando se trata de séries. Sem nenhuma experiência no mundo jornalístico, chegou ao TeleSéries com muita vontade de aprender e hoje faz parte do time de colaboradores de notícias e resenhas. Acompanha: Scandal, How to Get Away with Murder, Homeland, The Walking Dead, The Americans, Nashville, Parks and Recriation, Modern Family, Orphan Black, Devious Maids e atualmente está alucinado com The Good Wife. Já sonhou morar em Everwood, trabalhar na redação do News Night with Will Mcavoy, ser um bombeiro em Third Watch e ter como vizinhas às garotas Gilmore.

11 Comments

  1. Jorge P.

    Felipe, concordo. Desde a 3ª temporada têm aparecido episódios arrastados e de puro embromation. Era melhor terem ficado em 12 episódios por ano e não 16 como fazem agora. Também achei que este episódio foi muito rápido, jogaram tudo de uma vez.

  2. alinecrisnunes

    Adorei o episodio Felipe.
    Torci como uma louca parecia que estava vendo um jogo de futebol.
    fiquei triste pelo Hershel, mas as cenas com Michonne, Governando e Rick foram demais.
    Daryl é mto foda ñ tem outro adjetivo para ele.

  3. Felipe Ameno

    Bem pontuado Jorge. 12 episódios seriam suficiente! Queria tanto ter curtido o conflito da expulsão da Carol e principalmente a morte do Governador… Enfim, vamos ver o que nos espera na volta em fevereiro! Vlw pelo comentário e boas festas!

  4. Felipe Ameno

    Aline, demorei um pouco pra postar né… Vida corrida! Gostei muito do episódio tb, mas achei corrido demais. Fiquei triste por todas as perdas, mas se tem uma coisa que aprendi com TWD é não se apegar aos personagens! Kkkkkkkkkkkkkk
    Daryl é demais mesmo! Pena que está apagadinho essa temporada!
    Obrigado pelos comentários, boas festas e até fevereiro!

  5. Ana Bia Nunes

    Foi, sem dúvida, o melhor episódio! Apesar de tudo muito corrido, sofri a morte do Hershel! =( E estou “preocupada” com a possível morte da Judith… ouvi dizer que o Tyreese a teria pego da cadeirinha e sujado pq estava ferido… TOMARA! Em fevereiro espero ver mais ação na série… e surpresas boas com os encontros do grupo já que o mesmo ficou bem dividido. Uma salva de palmas e meu respeito ao Deryl que mais uma vez foi sensacional!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. Arthur de Melo

    Felipe eu fiquei vidrado no episódio do começo ao fim, foi excelente um dos melhores da série até agora. Mas, como você mesmo disse, aconteceu rápido demais, os produtores deveriam ter dividido ele em dois, mas tá bom mesmo assim.

    Coitado do Hershel ein? Pelo menos o Governador também morreu, mas foi sem graça a sua morte, ele nem sofreu muito, deveria ter sido angustiante e demorado…
    Adorei também as meninas pequenas atirando, foi muito engraçado kkkkkk Elas aprenderam muito bem com a Tia Carol!

    Será pra onde ela foi ein? Gostei da sua ideia para ela voltar ano que vem, vai ser bem interessante! Por fim, eu gostaria que eles pudessem já começar a dar pistas da razão desse mundo zumbi, já enrolaram bastante com isso. Não quero que seja revelado tudo, mas só sinais de que eles podem melhorar de vida….

    Excelente review como sempre! Abraços! =)

  7. pedroluiz02

    O governador ter escapado depois daquela horda de walkers indo em sua direção, depois de literalmente trespaçado pela katana da Michone deixou o tiro até sem necessidade….O Glen poderia ter dado uns pípocos tambem antes de fugir alias, a cena da fuga do onibus me lembrou a Mad Max , qual será o novo lider enquanto o Rick vagueia com o Carl ? Pode ser que sobre para o japonezinho. apesar dos episodios mornos, esse foi nota 10.

  8. Felipe Ameno

    O Daryl é o cara! Mas como disse, ele ta apagadinho…
    Nem tive tempo de sofrer a morte do Hershel, mas ele vai fazer falta. Estou doido pra ver o Rick ficar meio maluco, igual ao Shane na 2ª temporada. Ia ser maneiro! Acho que a Judith vai ficar bem, o Tyreese ia ser uma boa saída também. Quero que a Carol volte logo! Nunca pensei que fosse sentir falta dela, mas sinto! #ProntoFalei! Até fevereiro Aninha! :)

  9. Felipe Ameno

    Oi Arthur! Pois é, nunca pensei que fosse sentir tanta falta da Carol. Pra mim ela foi um dos personagens que mais cresceram ao longo da série. Não julgo o que ela fez, até pq todo mundo fica meio louco nesse novo mundo.

    Hershel vai fazer falta, mas pelo menos a Beth vai ganhar destaque ou morrer! Kkkkkkkkkk

    Vlw por sempre comentar. Até fevereiro! Abs

  10. Felipe Ameno

    Pedro,de longe esse episódio foi o melhor em muuuuito tempo.
    Se a Maggie conseguir encontrar a galera do bus, ela seria uma boa líder.
    E o Glenn tem que ficar bom logo e fazer alguma coisa ou morrer. Apesar de gostar muito do personagem, está muito apagado.
    Vlw pelo comentário, até fevereiro e boas festas! Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account