Log In

Reviews

The Voice – Live Show 1 e Resultados

Pin it
Série: The Voice
Episódios: Live Show 1 e Resultados
Número dos Episódios: 6x20 e 6x21
Exibição: 27/04 e 28/04/2014

E finalmente chegamos aos programas ao vivo. Infelizmente aqui no Brasil estamos uma semana atrasado, e inevitavelmente já assistimos o programa sabendo quem será eliminado. Isso por um lado é bom, já que não nos apegamos à apresentação. Mas por outro é ruim, pois se ela for muito boa, saberemos que será uma injustiça.

Dois pontos chamaram muito minha atenção, fazendo um paralelo a temporada passada: estou pegando uma implicância com a Shakira, o contrário aconteceu com a Christina Aguilera, que passei a respeitar como artista e principalmente como técnica. Talvez minha implicância tenha relação com uma falha técnica muito grave, com uma das participantes já previamente prejudicadas pela produção do programa.

Não assisti a primeira temporada da colombiana como técnica, mas nessa ela só tem tomado decisões erradas, tanto na escolha dos participantes como das músicas. Ela eliminou muita gente boa e tinha tudo para montar um super time. Mas saber cantar todos que estão ali sabem, e fazem muito bem. Porém tá faltando liga e conexão com o público de cada candidato. Tudo isso teve reflexo direto nos primeiros resultados do grande público, quando duas participantes do seu time ficaram na berlinda. Sem contar que pegou muito mal pra ela dublar seu mais novo single, Empire, que ela apresentou no programa de resultados. Errou feio, errou rude Shakira!

Shakira

Depois de tanto reclamar, finalmente consegui me despir da minha implicância contra Bria e Christina. Mas continuo achando que as duas estão dividindo o mesmo público. Outra coisa que me incomodou foi o figurino de quase todos os participantes, principalmente o da Sisuandra, da Audra e o dos técnicos.

Apresentações

Abrindo o programa tivemos Bria Kelly (Team Usher) cantando o uber sucesso de Adele, Rolling in the Deep. Uma música muito arriscada, já que é conhecida por todo mundo, e fiquei incomodado com isso, uma vez que a versão original é única. Mas, felizmente, Kelly me surpreendeu e apresentou uma versão original, com uma pegada rock’nroll, que nem de longe lembrava a entoada por Adele. Um risco que deu muito certo e com certeza ganhou muitos pontos com o público de casa. Minha única reclamação é sobre a insistência dela em levar aquela guitarra para o palco se ela não a toca! Diferentemente da semana passada, embarquei na música e deixei isso pra lá, porém espero que o Usher perceba isso e conserte pra próxima apresentação.

Na sequência tivemos DelvinChoice (Team Adam) cantando UnchainedMelody, do Alex North. Não reconheci a música até ele cantar os primeiros versos. Essa música é mundialmente conhecida por ter feito parte da trilha sonora do filme Ghost e pela versão da cantora country LeAnn Rimes. Sabemos que Delvin canta muito bem, mas achei ele meio desconectado da música. Sobrou talento, mas faltou emoção.

Just Give Me a Reason, da Pink, foi a música cantada por Dani Moz (Team Shakira). Como foi comentado pelos jurados, é uma música muito difícil, já que não deixa muito espaço para o cantor respirar. Gostei da apresentação de Moz, mas nessa altura do programa ainda estava pensando em Bria Kelly, o que não deve ser uma coisa muito boa…

AudraMcLaughlin (Team Blake) cantou, como o próprio Carlson falou, um clássico nunca antes apresentado no The Voice, Angel of the Morning, da Juice Newton. Ela é a que eu menos gosto do time do Blake, mas é uma questão de gosto pessoal. Sem contar que, como disse no início do texto, ela foi muito prejudicada pelo seu figurino, muito feio. Assim como o Delvin, muito talento, mas pouca emoção. A sorte de Audra, e de todos os outros participantes do estilo country, é que eles têm um apelo muito grande lá fora e são completamente diferentes um dos outros, logo não competem entre si. Com certeza vai longe na competição.

Audra

Depois de tantos clássicos, T.J. Wilkins (Team Usher) cantou Waitingonthe World to Change, do John Mayer. Ok, a música não é tão atual assim – é de 2006 – mas foi bom ver T.J se arriscando e colocando sua marca registrada nessa música. Você simplesmente esquece da versão original e embarca totalmente na sua performance. Presença de palco, afinação, tudo perfeito.

Quando descobri que Christina Grimmie (Team Adam) iria cantar Dark Horse, da Katy Perry, eu fiquei assustado. Essa música está bombando atualmente e acreditava que ela não teria como mostrar seu talento, já que Perry é uma excelente show woman, mas sabemos das suas dificuldades vocais. Mas, pela segunda vez em um curtíssimo espaço de tempo, fui surpreendido e esqueci que estava vendo um programa de talentos. O Adam definiu muito bem: parecia que estávamos vendo sua apresentação no VMA. A versão ficou SENSACIONAL, os vocais estavam ESPETACULARES. E ela só tem 20 anos – com uma carinha de 12!

E quando a gente achou que não poderia ficar melhor, Sisaundra Lewis (Team Blake) toma o centro do palco e, contidamente, canta Don’t Let the Sun Go Down on Me, do Sir. Elton John. Pela primeira vez na competição ela mostrou vocais suaves, mas sem deixar de lado sua marca registrada. Foi simplesmente lindo, mesmo vestida com uma capa de sofá bem brega. Vamos combinar que ela estava muito mais bem produzida durante os ensaios. Estou gostando muito do rumo que Blake está dando para Sisaundra, eles estão fazendo uma dupla inesperadamente boa.

Sisuandra

Kristen Merlin (Team Shakira) definitivamente precisa de um pouco de sorte. Depois de ser esquecida pela produção nas batalhas e arrasar nos playoffs, no meio da sua apresentação o microfone parou de funcionar. Infelizmente ninguém vai lembra do que ela estava cantando – Stay, do Sugarland – e que estava muito bom. Vamos lembrar da sua coragem de continuar cantando, até um produtor programa aparecer e arrancar o microfone de sua mão e entregar outro (foi impressão minha ou ele foi extremamente grosseiro). É Merlin, tá fácil pra você não…

Kristen

E, mais uma vez, quando a gente achava que não podia ficar melhor, KatPerkins (Team Adam) chega com uma voadora e ARRASA com Magic Man, do Heart. Assim como Grimmie, achei que estava vendo um show exclusivo de Perkins. Foi muito bom ver a sua interação com a plateia, com os roqueiros que apareceram durante a apresentação. E que voz! Ela vem num crescente nessas últimas três semanas, impressionante! Fiquei com a música na cabeça, e isso definitivamente é uma coisa boa.

O último artista do time do Blake, JakeWorthington, se apresentou ao som de Anymore, do Travis Tritt. Um clássico da música country pouco conhecido da galera. Assim como Bria, qual foi a necessidade de Jake estar com aquele violão? Mas quem se importa, o cara manda muito, contagia a galera, impossível não gostar dele, mesmo não conhecendo pessoalmente. E dessa vez além da presença, seus vocais estavam impressionantes! Acho que o fato dele ter ficado parado a apresentação toda contribuiu para ter fôlego para continuar.

Tess Boyer (Team Shakira) foi a penúltima a subir no palco. A música escolhida foi I’ll Be There for You, do Bon Jovi. Acho que ela foi a única não trolada pelos figurinistas, pois estava linda. E ela canta muito bem, mas não curti muito a apresentação. Acho que depois de Bria, Christina, Sisaundra e Kat, fica difícil competir.

E por fim, Josh Kaufman (Team Usher) encerra pela segunda vez consecutiva o programa. Se o melhor sempre fica para o final, isso aconteceu de novo. A música escolhida foi a atual, porém desconhecida, Stay with Me, do britânico Sam Smith. O que dizer de Josh? E da produção? Sem palavras, foi tudo muito lindo e de bom gosto e sem falar na voz desse cara! Foi tudo incrível, mas tenho um pouco de medo de quem começa assim lá em cima, pois é difícil se manter no topo durante tanto tempo, vide Matthew Schuler, do time da Christina Aguilera, na temporada passada. Todos achando que ele estaria na final, representando seu time, mas acabou sendo eliminado e a até então desconhecida Jacquie Lee foi surpreendendo a todos, semana após semana, e chegou na final.

Josh

Resultados

O artista que tivesse uma música no top 10 do iTunes, ao final da votação, teria o número de downloads multiplicado por 5 e convertido em votos. Quem escolheu músicas mais atuais ou muito conhecidas, corre o risco do pessoal de casa não querer pagar para ter a mesma música em outra versão, a não ser que tenha sido muito boa. Isso pode prejudicar os candidatos, que mesmo tendo ido muito bem, ficam com menos votos por causa dessa regra.

Para começar o programa tivemos uma apresentação de Adam e seu time cantando Sledgehammer, do Peter Gabriel. Logo depois os primeiros resultados, com Josh contemplado pelo bônus do iTunes, e seguido por Kat.

Depois foi um festival do grupo entrar em sair do palco, intercalando com a apresentação de gosto duvidoso da Shakira e de Blake e seu time cantando a animada Put Some Drive In Your Country, do Travis Tritt (o Blake gosta mesmo desse cara, segunda música dele nessa semana). E aos poucos o top 10 foi sendo revelado: Kristen, Audra, Delvin, Jake, Bria, Christina e Sisuandra, deixando T.J, Dani e Tess como os menos votados.

E diferente da temporada passada, os menos votados tiveram a oportunidade de cantar mais uma vez, lutando pela possibilidade de continuar no programa por causa do InstantSave (via Twitter). T.J cantou, I’ll Be, do Edwin McCain. Dani foi de Adele, com Turning Tables. E Tess cantou Dark Side, da Kelly Clarkson, e acabou sendo salva pelo público.

Top 3

Achei injusta a eliminação do T.J: ele realmente era muito bom. Dani teve um grande momento – no playoff­– mas depois se perdeu novamente. Achei muito estranho ela cantar a música da Adele com um sorriso nos lábios, quando na verdade a música é extremamente triste. E Tess só confirmou que tem um grande apelo popular. E não que ela seja ruim, mas vocalmente preferia o T.J.

Não gostei dessa “novidade”, deles terem que cantar para continuar no programa e senti falta de uma apresentação de todos do top 12. E o engraçado é que os únicos técnicos a se apresentarem com seus times foram os que mantiveram todo os seus candidatos: Blake e Adam. Usher perdeu um grande cantor, mas ainda tem dois muito fortes e um possível ganhador, Josh. E Shakira tem que apostar todas as suas fichas em Kristen, que a é única que pode mantê-la no programa.

Agora não tem jeito, estamos nas mãos dos americanos. E como saem dois por semana e todos são muito bons, algum seu favorito vai acabar deixando o programa. O que nos resta é torcer, silenciosamente. Até semana que vem!

Ps1: Pelas minhas andanças pela internet, descobri que T.J esteve em um programa chamado High School Musical: Get in the Picture, onde o vencedor gravaria a música dos créditos do filme High School Musical 3: SeniorYear. Achei esse prêmio justo, #SQN! Então, T.J ficou em sexto lugar. Mas o mais engraçado é que James Wolpert – do time do Adam na temporada passada – também esteve nesse programa (o que eu não consigo imaginar) e terminou em quinto! Olha imagem dos dois aí em baixo.

HighSchoolMusical-GetInThePic27

Ps2: Shakira estava impossível nos comentários, prolixa e interrompendo e cortando todo mundo. Sem contar que falou sem ser chamada. Achei que o Adam ficou meio revoltado com ela em um determinado momento.

Séries citadas:

Carioca, formado em Atuária e Estatística pela UERJ. Deixa os números de lado quando se trata de séries. Sem nenhuma experiência no mundo jornalístico, chegou ao TeleSéries com muita vontade de aprender e hoje faz parte do time de colaboradores de notícias e resenhas. Acompanha: Scandal, How to Get Away with Murder, Homeland, The Walking Dead, The Americans, Nashville, Parks and Recriation, Modern Family, Orphan Black, Devious Maids e atualmente está alucinado com The Good Wife. Já sonhou morar em Everwood, trabalhar na redação do News Night with Will Mcavoy, ser um bombeiro em Third Watch e ter como vizinhas às garotas Gilmore.

4 Comments

  1. Edu

    Desculpe Felipe porém penso que em alguns momentos seus comentários em relação a Shakira são implicâncias pessoal. Realmente ela não é a melhor das técnicas, porém os seus comentários são sempre negativos. Quando ela acerta você não fala.

  2. Felipe Ameno

    Então Edu, eu sempre gostei da Shakira como cantora e suas músicas, mas confesso que estou muito decepcionado com ela técnica. Tinha uma visão completamente diferente. Isso também aconteceu na temporada passada com a Christina e me surpreendi ela como técnica, mas para o lado bom e passei a admirar ainda mais.
    Acho que ela não tomou muitas decisões corretas ao longo da temporada e particularmente nesse live isso se refletiu na votação, com 2 artista do time dela como as menos votadas. Gosto muito da Kristen e da Tess, espero que elas continuem no programa e que a Shakira acorde depois desses resultados.
    Vlw pelo comentário!

  3. Caroline®

    Justiça seja feita: Shakira tem acertado com a Kristen, e todos os técnicos fizeram escolhas de música cagadas. Mas ela errou feio ao fazer playback – mal feito, aliás – num programa chamado THE VOICE. E foi de uma grosseria extrema na hora dos comentários, falando demais, cortando os outros e dando uma dura inexplicável no Adam na crítica da Dani. No dia seguinte, todo mundo viu o que aconteceu…. Logo ela, que é sempre tão gentil.

  4. Felipe Ameno

    Oi Caroline! Acho que ela tem acertado com a Kristen sim, mas tb não tem como errar com ela. É uma artista pronta e tem um mercado infinito esperando por ela. Diferente da Bria e Christina que competem pelo mesmo público, Audra, Jake e Kristen, por mais que sejam country, em estilos bem diferentes e um público muito atuante nesse tipo de programa. Mas ela pecou muito ao dublar e estava sem freio nos comentários. Fiquei sem graça pelo Adam e pelo chato do Carlson! Kkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account