Log In

Reviews

The Voice Brasil – Semifinal I

Pin it
Série: The Voice Brasil
Episódio: Semifinal I
Número do Episódio: 1x08
Exibição: 11/11/2012
85.6
4.2
5

O programa de hoje foi o primeiro programa ao vivo, com votação do público. Também foi o primeiro das semifinais. E Leifert foi logo avisando que a decisão final se dará em 16/12, e que o vencedor levará R$ 500 mil, mais um contrato com a Universal Music, gerenciamento de carreira e um Citröen C3.

E tudo começou com uma rápida retrospectiva, que logo deu espaço para uma apresentação de Lulu Santos com Erasmo Carlos. Os dois cantaram Minha fama de Mau (de Roberto e Erasmo Carlos). Musicalmente falando, foi tudo muito bom. Mas confesso que não gostei da forma de exibição das imagens, do corte e troca de câmeras. E após Leifert explicar as regras (3 competidores pra cada time, um salvo pelo público e outro pelo técnico), os embates começaram.

No Team Lulu Santos, Thais Moreira abriu os serviços com Humilde Residência, hit de Michel Teló. O áudio estava um pouco baixo, e a apresentação me pareceu mais curta que as demais. Os dançarinos meio hip hop, rap, a abertura da música e o encerramento meio sambinha deram um tom meio eclético pra apresentação. Na sequência Késia Estacio cantou Listen, da Beyoncé. Novamente o áudio foi bem baixo. Na introdução da música não dava nem pra compreender o que ela estava cantando. A música mostrou o potencial vocal de Késia, embora não tenha achado a escolha mais apropriada. Lulu chorou, falou da Késia, o que de certa forma indica um favoritismo pela menina, já que de Thais ninguém falou (a propósito, antes dos resultados, ninguém falou de ninguém. Só dela). Marquinho, OSócio cantou Gostava Tanto de Você, Tim Maia. Bem a praia do OSócio, que fez uma boa apresentação. E com todos no palco, Késia foi anunciada com 42% dos votos do público. Lulu escolheu Marquinho, e Thais se despediu do programa.

Depois do intervalo, o time que competiu foi o de Claudinha. Gustavo Fagundes começou os embates cantando Fast Car. Ele claramente se sente a vontade cantando em inglês. Mas eu acho que ele deveria apostar em músicas nacionais. Ainda assim, foi uma boa apresentação. Só não acho que ele seja o melhor candidato do programa, A VOZ. Ju Moraes cantou Samarina lindamente. A voz dela é uma delícia. Arrisco a dizer que foi a melhor apresentação do dia. Já Breno cantou I Have Nothing, da Whitney Houston. Foi a melhor apresentação dele no programa, mas passou longe de ser uma apresentação memorável. Escolheu mal a música, cantar Whitney realmente não é pra ele. E por isso o público escolheu a Ju Moraes, com 51%; e Claudinha, bastante comovida e enrolona, sob pressão de Leifert, escolheu Gustavo.

Na sequência, Brown cantou com Margareth Menezes. Foi muito interessante o dueto, mas Claudinha e Lulu roubaram a cena, dançando. Pelo Team Brown, Ellen Oléria cantou Um Móbile no Furacão, de Paulinho Moska. A voz dela é lindíssima, mas creio que a escolha musical não foi a ideal. Nessa fase, escolher alguma canção mais popular ajudaria com o público. Ainda mais numa disputa tripla tão acirrada. Só que a voz dela é tão linda e potente que isso não fez diferença nenhuma. Mira Callado escolheu Simples Desejo. E se o figurino da moça foi realmente pavoroso, o mesmo não se pode dizer da apresentação, embora eu ache que ela também tem potencial para mais. A última competidora do time, Karla da Silva, escolheu Los Hemanos, Samba a Dois. Ela fez uma apresentação realmente bacana, acho que foi a escolha musical mais apropriada das três competidoras do Team Carlinhos. E a apresentação teve a participação especialíssima de Carlinhos de Jesus. O público escolheu, acertadamente, Ellen Oléria, com 46%. E Brown escolheu Mira, outra grande voz. Fim de linha para Karlinha, que também canta muito. “Pena” que o time de Carlinhos é tão alto nível. No time de Daniel, por exemplo, ela teria lugar certo.

O último time foi o de Daniel (o mais fraco pra mim, sinceramente). Vinny Brito cantou Se eu Quiser Falar com Deus, de Gilberto Gil. A música mostrou o potencial vocal do candidato, em uma apresentação bem intimista. Mas passou longe de ser A apresentação. Junior Meirelles Todos Estão Surdos/Eu Estou Sempre na Minha. Foi uma apresentação pra cima, muito boa. Mas teve bastante instrumental, o que diminuiu o tempo de Junior cantando. O fato é que todo mundo sabe da competência do rapaz, então isso acabou não fazendo diferença. Danilo Dyba cantou Cor de Ouro. Uma pegada bem sertaneja, a praia do rapaz. E pro gênero, ele canta bem. O escolhido do público, com 43%, foi Meirelles. E Daniel escolheu, naturalmente, Danilo. Fim de programa pra Vinny, que realmente não canta tanto assim.

No geral, achei o programa bem corrido. As apresentações foram bem curtinhas, e a votação foi corrida mesmo. Tiago mesclou bons e maus momentos, com preponderância desses últimos. Não acho que ele seja essa Coca-Cola toda, como dizem por aí. E faltou um pouco de comando, já que as interações dele com os técnicos não foram muito bem sucedidas. As intervenções da Dani foram bacanas, mas tomaram um tempo desnecessário do programa. E serviram só pra incentivar o público a interagir com as redes sociais do programa, porque no quesito criar empatia com os competidores elas falharam miseravelmente. Gostei dos elementos cênicos colocados no palco, os cenários trocados rapidamente. E a banda do programa esteve muito bem. Contudo, eu esperava apresentações melhores. Muitos dos candidatos tinham potencial pra bem mais, então acabei o programa um pouquinho decepcionada.

Ju Moraes, com 51%, foi a favorita do público e chega forte nas finais. Ela merece, porque realmente canta muito. Mas tem muita gente que pode desbancá-la nos próximos domingos. Confesso que fiquei um tantinho chocada com as escolhas do público. Achei as 4 acertadas. Será que isso indica que finalmente os brasileiros estão dando mais valor à voz e à tecnica do que à história de vida e “ao rostinho bonito”? Torço para que sim.

No domingo que vem tem mais semifinal, com mais 12 candidatos se apresentando. Torço pra que as coisas só melhores.

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

2 Comments

  1. Mila Avila

    Dois pontos de melhorias: Quando a dani entra informando a votação do público pela internet influência na votação do público que ainda está votando (não deu pra entender o ponteiro do cronometro que estava monstrando come média a aceitação do publico pelo Gustavo e fração de segundos subiu para ótima ao vivo! 2º ponto os 3ºcandidatos a se apresentarem ficam com menos tempos para o publico votar neles.
    No mais muito boas as perfomances, me surpreendeu a apresentação do JR Meirelles a melhor do dia, sinto que ele éo o único que pode disputar de igual pra igual com a Ellen. Pisada de bola feia foi a Claudia, aliás bombam as críticas em relação a ela nas redes sociais, por escolher o Dr Gustavo pela BELEZA ainda que a platéia rogava pelo Breno, pois o DR não canta bem, o Breno, injustiçado, cantou o que ele sabe muito bem, alias tem uma voz grandiosa mas foi prejudicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account