Log In

Reviews

The Voice Brasil – Audições às Cegas V

Pin it

Série: The Voice Brasil
Episódio: Audições às Cegas V
Número do Episódio: 3×5
Exibição: 24/10/2014
Nota do Episódio: 7

No último dia de audições às cegas, ainda restavam 10 vagas. Claudinha e Lulu contavam com 10 candidatos e 2 vagas. Carlinhos e Daniel com 9 integrantes em seus times, e 3 vagas. Assim, era de se esperar muitas cadeiras sendo viradas nesse programa e muitas disputas entre os técnicos para as últimas vagas. E pela prévia da semana passada teríamos bons candidatos. Mas não foi bem o que se confirmou.

Com apenas alguns segundos da primeira apresentação da noite, Carlinhos virou a cadeira para Davi Lins, cantando Mais Fácil (Sorriso Maroto). Depois ele ainda conseguiu convencer a Claudinha a virar e, nos últimos segundos, o Daniel. Eu não teria virado, nem mesmo ao final. Mais um participante com o famoso sotaque ‘americanizado’, mas pior, pois dessa vez cantando samba. Ele até que tem um bom timbre e uma boa extensão vocal, se bem treinado pode melhorar. Pelo menos nisso acertou e escolheu a melhor treinadora para isso.

O número seguinte foi de Francieli Karen, ao som de She Wolf (Falling To Pieces), David Guetta ft. Sia. Adoro a música, e embora a apresentação tenha ficado um pouco abaixo do nível habitual, ficou acima do nível dessa edição. E eu teria virado só pela escolha da música. Fora que apenas 16 anos, merecia uma chance, que muitos mais velhos e piores tiveram. Não foi dessa vez. Não entendo, todos puxaram o saco, CL durante o número sinalizou que estava arrepiada e mesmo assim não houve nenhum feedback do porque não viraram. Bom, quem sabe na próxima.

Após vimos Dilauri, que é mais um que pro time dos retornantes que conseguiram vaga, cantando Exaltasamba (Tá Vendo Aquela Lua). E ele não apresentou nenhuma evolução pro ano passado (sim, revi a apresentação para poder afirmar isso de boca cheia). Acho que só pelo nível pior dos candidatos desse ano que ele conseguiu virar a cadeira de Claudinha, Carlinhos e Daniel. O melhor foi Lulu tentando arrancar uma palavra do Daniel para ele convencer o candidato e Daniel ‘não não…ele já sabe da minha história’. Ele acabou indo pro time do Carlinhos Brown. Daí pergunto, não viraram para menina para virar para esse cara? Não entendo.

E ainda me pergunto: o que o Daniel ainda faz no programa? Por favor, já que mudaram as regras no meio, no ano passado, podiam trocar o técnico no meio desse ano, não? Falem que o Batman finalmente tirou ele de circulação. Campanha: ‘Pede para sair Daniel’

Maria Alice

Na sequência o número que eu esperava desde a semana passada pela prévia. Maria Alice cantou You Oughta Know (Alanis). Amo a música, mas o número teve alguns momentos nos quais ela perdeu um pouco o fôlego e a concentração, em especial quando as cadeiras viraram. No final ela recuperou bem e acho que vai melhorar muito nas próximas fases.

Todos viraram para ela, menos Brown. Mas a melhor parte foi a briga de Daniel, como sempre. Com o direito a pérola “Eu nem falei nada…”. Claro, as vezes a gente acha que a edição corta ele, mas não, ele realmente não abre a boca. Assim a briga ficou entre CL e Lulu. Pelo passado de Axé da participante, temi que ela fosse para CL. Porém a escolha foi o “gostoso” (segundo a participante) Lulu Santos.

Na sequência vimos Ricardo Diniz cantando Espelhos D’Água (Patrícia Marx). Nos primeiros acordes ele virou 3 cadeiras: CB, CL e Daniel. Realmente baixou o Daniel na CL, que estava virando para todo mundo. E o candidato não me agradou. Estou muito chato ou o nível dessa edição está realmente fraco? Bom, como não me agradou muito e acho que por isso não me importei quando escolheu o Coringa brasileiro, Daniel.

Tivemos mais uma vez a bendita cortina. Dessa vez ao som de Far Away (Nickelback). Boa voz, só achei que faltou explosão. Mas era um bom candidato, boa voz e bom tecnicamente. Pelo nível do programa era justo eles virarem. E Lulu e CL resolveram virar, caindo a cortina e revelando Paulo Soares. E só para constar na sequência Daniel também virou, mas óbvio que não seria escolhido. Dessa vez nem para falar que não falou nada ele prestou. O participante fez a escolha óbvia e foi para o time Lulu.

E estou para falar, gosto do Carlinhos Brown, mas acho ridícula essa aparente implicância que ele tem com quem canta em inglês. Nessa edição acho que ele não virou para ótimos candidatos, ao que tudo indica, só porque cantavam em inglês (tive que voltar ao texto para dar meu braço a torcer, pois CB virou para dois candidatos cantando em inglês só hoje).

Assim Lulu Santos fechou o time. Para mim o melhor por boa distância. O pelotão dele é composto por Deena Love, Dudu Fileti, Lui Medeiros e Rose Oliver, seguidos de perto por Twyla, Gabriel Silva, Maria Alice, Isadora Morais e Paulo Soares. Fechando os prováveis eliminados na fase das batalhas temos Mariana Mira, Edmon Costa, Edu Camargo. A briga vai ser boa na próxima fase.

Na sequência Nono Lelis, de 16 anos, cantou Fighter (Christina Aguilera). Mitou na escolha da música, mas faltou explosão. Tia Xtina provavelmente não teria virado.

E eu, apesar de ter essa música como uma das prediletas, também não teria virado a cadeira. Acho que faltou imprimir personalidade e sentir a música. A música fala de um sofrimento tão impresso e a participante parecia uma menininha cantando uma canção feliz. A candidata ainda se enrolou na corrida do refrão e ficou lenta e me pareceu atrasada, mas tem gogó.

Mas gostei só porque, calando a minha boca, Carlinhos Brown virou e na sequência CL (seguindo sua pegada de virar para todos os números da noite) também apertou o botão. Evidente que entre os dois ela escolheu a técnica que mais pode lhe ajudar, Claudinha Leitte. Que fechou o time…ou não!

Aqui palmas para edição. Vimos o número de Gabi D’Paula, Num Corpo Só (Arlindo Cruz). Me agradou, mas ficou nítido que ninguém bateria pelos momentos um pouco atropelados. Claudinha depois falou que faltou respiração.

Enfim, quem estava mais perto era Claudinha, mas como ela tinha acabado de preencher o time (parabéns edição) ficou óbvio que não bateria. Ou não, como veremos a seguir! TVB tá pior que a extinta Casa dos Artistas, muda a toda hora.

Um aparte, se me permitem, minha esposa falou aqui que D’Paula a lembrava a Elis e eu concordei. Pelo menos o avulso do Daniel serviu para mencionar isso. Apesar disso, não chegou a ser um absurdo não ser selecionada.

Daí veio Milane Hora, berrando Something’s Got a Hold On Me/Satisfaction. Exageradíssima, como Xtina. Mas tem um vozeirão. Acho que é uma forte candidata.

Daí, mais uma palhaçada global. CB e Daniel bateram e depois disso, seguindo a lógica de virar para quase todos os números da noite, Claudinha bateu E a cadeira virou apesar do time estar cheio! Assim, apareceu a regra “nova”, que com certeza deve ter sido inventada na hora (apesar de já ter sido anunciada antes). O técnico pode ficar com 13 participantes, mas vai ter que fazer um número da batalha com 3 candidatos e eliminar 2! E apesar disso ela escolheu Claudinha.

Bom, adoro a Claudinha, mas ficou zoada essa “regra” nova. A mim me pareceu que foi inventada na hora e vai prejudicar quem escolheu o time dela previamente, pois agora podem sair 2.

Enfim, vida que segue. Ponto pro Boninho.

Assim o time Claudinha vem com um nível abaixo do Lulu, mas com um nível mais semelhante entre os candidatos. No pelotão de frente o Sam Alves da edição – Leandro Buenno, Kall Medrado, Luanna Fernandes, Nise Palhares, Milane Hora e Nathalie Alvim; seguidos por Priscila Brenner, Thiago Costa e Vinícius Zanin. Fechando o time os prováveis eliminados nas batalhas Davi Lins, Bruna Tatto, Karina Duque Estrada, Nono Lelis.

No número seguinte tivemos uma dupla, Flavinha e Léo, cantando Just a Fool (Christina Aguilera). Essa era noite da ex-futura-técnica do The Voice EUA. Amo Xtina, mas não gostei deles. Daniel virou no meio do número. Fiquei me perguntado “Ué, a Claudinha não vai virar de novo?’. Não, hoje não. Apenas Daniel que completou seu péssimo time. Aqui Daniel acertou em cheio no depoimento: “vai dar o que falar”! Mas não vão falar coisas boas.

paula_marchesini-0927

Na sequência Kadu Viana cantou Amor de Índio (Beto Guedes). Apesar do choro de Claudinha, dessa vez, surpreendentemente, ela não virou! Uau!

Bom, apenas Brown ainda tinha vaga, mas já que baixou Daniel na Claudinha a noite toda, dessa vez baixou o axé de Milk em Daniel e, mesmo com o time cheio, ele virou a cadeira. Zona!

Enfim, gostei do candidato, até ele escolher o Daniel. Daí ficou claro que a nova “regra” foi nas coxas. Thiago entrou para falar “como a gente abriu exceção para Claudia, vai abrir para você também, Daniel”. Oras, o Lulu poderia ter decidido virar para Milaine e não virou! Enfim, mais um ponto pro Boninho. Boninho 2 x 0 Público. CL já tinha se favorecido no ano passado com essas “mudanças”, e esse ano de novo.

Assim, vamos ao time do Coringa sertanejo. O pelotão de frente tem alguns poucos bons nomes: Rafaela Melo, Danilo Reis e Rafael, Vitor e Vanutti. Logo atrás Kadu Viana, Nanda Garcia, Kim Lírio, Kiko e Jeanne, Vitor e Vanutti. Finalizando, os prováveis eliminados Carla Casarim, Jésus, Livia Itaborahy, Ricardo Diniz e Thiago Soaes. O único nome que torço é Rafaela Melo, o resto já podiam eliminar agora.

Fechando o programa e, pelo tempo que restava, era óbvio que seria a última candidata do time CB, Paula Marchesini. Amei por cantar um mega hit, Simply The Best (Tina Turner). Outra música que amo, que foi o que salvou a minha irritação com o programa de hoje e com as mudanças súbitas de regra. Amei também pela coragem de CB de pegar outra cantora que interpretou uma música em inglês.

Assim o time de Carlinhos fecha bem pior que nas temporadas anteriores. O pelotão de frente conta com Joey Mattos, Hellen Liu e Vanessa Borges, seguidos por Amarildo Fire, Paula Marchesini, Débora Coutinho, Princess La Tremenda. Os prováveis eliminados serãoDilauro, Kynnie Williams, Letícia Pedroza, Ricardo e Ronael e Romeiro Ribero.

Bom, nada muito diferente das últimas edições. Lulu com o melhor time, disparado (o qual ele deve estragar na próxima fase das batalhas), seguido por Claudia Leitte (que deve emergir com o melhor time após o Lulu estragar o seu e com bons usos de “peguei”). Logo atrás, podendo surpreender, como na primeira temporada, (Helen e Maria Cristina) e na segunda temporada (Lucy e Lessa), vem Carlinhos Brown, que sempre tem um ou dois bons nomes que brigam e só deve emergir na disputa depois do “tira-teima”. E seguindo avulso, para fazer uns números aí e tenta conseguir mais uns fãs, vem Daniel, o pior time por longe, como nas últimas temporadas. Se tem alguma chance esse ano é por pelo menos ter boas duplas sertanejas e pelo nível do time do Brown ter ficado mais próximo do dele que nas últimas edições.

Agora é aguardar novas mudanças de regras e eliminações bizarras nas próximas semanas! Até lá.

Séries citadas:

Viciado em séries desde 1998, quando gravava os episódios em fitas cassetes para assistir depois (estou ficando velho). Minhas séries prediletas são: Battlestar Galactica, Boston Legal, Ally Mcbeal, Quantum Leap, Dexter, X-Files, GoT, TWD, Seinfeld, dentre outras! Atualmente sigo buscando séries que forneçam algo mais do que um passatempo de qualidade, ainda que para tanto precise recorrer a séries antigas que não vi.

2 Comments

  1. Alex

    Olha, vc falou tudo, o programa entrou no piloto automático até, Lulu com um ótimo time (um pouco monocromático até, muito roqueiros e R&B) mas pressinto o pior como sempre, ele fazendo pareamentos completamente equivocados e descartando bons candidatos ao invés de outros (como vc bem disse, candidatos esses que vão reforçar os outros times)

    Meus palpites de pareamento:

    Time LS
    – Mariana Mira x Isadora Morais (pra eliminar Mariana, ctza)
    – Maria Alice x Twyla (Pra eliminar Twyla gritadeira)
    – Gabriel Silva x Lui Medeiros (Dois front runners, seria um pareamento equivocado)
    – Dudu Fileti x Paulo Soares (Pra eliminar Paulo, quem sabe)
    – Deena Love x Rose Oliver (Duas front runners do time dele, seria outro pareamento equivocado)
    – Edmon Costa x Edu Camargo (Não gostei de nenhum dos dois, na moral, seria outro pareamento equivocado, pq colocando Edmon vs Rose ele rodava, e Deena vs Edu, a Andrea Begley rodava tbm)

    Time CL:
    – Leandro Buenno x Vinícius Zanin (acho que ela tem predileção pelo Leandro)
    – Priscila Brenner x Nono Lelis (Esse pareamento tá tão óbvio, tal qual ela fez com Julie Gasolina e Carina, duas cantoras teens, aqui ela tbm prefere a Priscila que era uma das favoritas nas enquetes por aí)
    – Thiago Costa x Davi Lins (deve preferir o Thiago)
    – Nise Palhares x Karina Duque Estrada x Luanna Fernandes (pra passar a Nise)
    – Kall Medrado x Milane Hora (um pareamento equivocado talvez?)
    – Nathalie Alvim x Bruna Tatto (eliminar Bruna)

    Esses pareamentos são totalmente aleatórios, mais difíceis de prever, maior parte são boas cantoras, não sei como CL vai montar os fights e agir

    Time Bráun:

    Dilauri x Romerio Ribero (pra eliminar Romerio, já que o Dilauri é segunda chance, foi mais pimpado)
    Vanessa Borges x Leticia Pedroza (não sei quem ele escolheria)
    Amarildo Fire x Joey Mattos (Joey foi mais pimpado, predileção do CB deve ser por ele)
    Ricardo e Ronael x Princess La Tremenda (Pra despachar a Princess, seria um pareamento bem WTF)
    Débora Coutinho x Hellen Liu (timbre sem muita explosão, ficam na cota indie)
    Kynnie Williams x Paula Marchesini (despachar a Kynnie)

    Como o time CB tá fraco esse ano eihn, talvez fique mais forte se ele eliminar os mais fracos e pegar alguns fortes que forem eliminados dos times LS e CL

    Time Daniel
    Danilo Reis e Rafael x Vitor e Vanutti (meio óbvio a batalha entre as duplas, Danilo Reis e Rafael já venceram eu acho)
    Kiko e Jeanne x Flavinha e Léo (outro pareamento super óbvio, batalha de casais, embora eu ache os dois casais super fracos)
    Ricardo Diniz x Kim Lírio (batalha de bonitões, mas o Ricardo parece ser melhor, tá até hj no programa da Fátima, é óbvio que ele tá sendo mais pimpado)
    Rafaela Melo x Nanda Garcia (Pra limar a Nanda)
    Carla Casarim x Livia Itaborahy (duas boas cantoras mas sem apelo nenhum, são as novas Ana Lonardi x Luiza Lara, PQP, como o Daniel é previsível, zzzzzz)
    Thiago Soaes x Jésus x Kadu Viana (Kadu bem melhor que os outros dois, mas o Jésus tbm é bom)

    Como sempre Daniel com bons/medianos cantores, mais um time sem muito impacto e apelo com o público, como esse homem é inútil pro programa, Meu Deus, o Lulu mandando ele falar alguma coisa e ele dizendo que o candidato já conhecia a história dele (oi??????), chuta esse homem daí Boninho, pelamor de Jeová

  2. Ayssa Morango Balabanian

    Concordo com quase tudo que Você falou! mas esse ano ta duro de assistir credo muita gente ruim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account