Log In

Reviews

The Vampire Diaries – The Rager

Pin it
Série: The Vampire Diaries
Episódio: The Rager
Número do episódio: 4x03
Exibição nos EUA: 25/10/2012
89.333333333333
4.4
3

Estava demorando a ter uma festa em Mystic Falls. Não foi uma das melhores, até porque Rebekah somente ofereceu a tal festa para tentar aumentar sua popularidade quase inexistente e toda a população jovem da cidade compareceu só por causa da bebida grátis. Bem, como se já não bastasse a festinha de Rebekah ser bem forçada, a loira ainda teve que aguentar brigar com a Elena o tempo todo – e depois ser humilhada pela performance vampírica-acrobata da garota – e de quebra ter toda a bebida batizada com veneno de lobisomem por Connor.

Connor roubou o tal veneno do Tyler que, após sofrer o terceiro ataque do caçador (o primeiro na própria casa e o segundo na igreja), fez com que Klaus voltasse à cidade e lhe colocasse à disposição dois guarda-costas também híbridos porque segundo ele os híbridos estão em extinção e precisam ser protegidos. Mas, uma coisa não dá para entender… Colocar mais híbridos para proteger um é a mesma coisa que arriscar uma quantidade maior da espécie. Fora que o Tyler namora a Caroline, então seria muito mais vantajoso que acontecesse algo com o garoto e assim o coração da vampirinha ficasse livre. Klaus, use a cabeça, por favor. Se bem que depois da chegada da tal Hayley – vulgo: suposta amante do Tyler – o rapaz não vai precisar morrer pra Klaus ter uma chance com a Caroline.

Embora as coisas estejam acontecendo todas ao redor da Elena, da sua transformação, adaptação e tudo mais, Connor também vem ocupando um lugar importante na trama. Após Jeremy ver a tatuagem do caçador, ele resolveu adotar o irmão de Elena como seu pupilo/aprendiz porque a tal tatuagem mágica só pode ser vista por caçadores em potencial. Jeremy aceita a oferta – milagrosamente sem chorar pelos cantos e tendo alguma utilidade –, dá uma de agente duplo e conta tudo para Damon enquanto finge ser amiguinho do caçador.

De fato, o Damon é o único que anda fazendo coisas úteis na série, por mais impulsivas e sem pensar que suas atitudes sejam. Tudo bem que a Elena está passando por uma fase difícil e Stefan quer estar lá para ajudar, mas deixar a moça ir para a escola e ficar rodeada por vários pescocinhos humanos em potencial enquanto está morrendo de fome não é um tratamento muito adequado. Fora que o certo seria dizer que Damon faz todo o trabalho enquanto Stefan dá uns pegas na Elena, isso sim. O problema é que, como já foi mencionado, as atitudes de Damon são impulsivas e a prova desta vez foi a parceria do vampiro com Klaus.

Já é de conhecimento geral da nação que Klaus precisa colocar a mãozinha na consciência e começar a unir forças com os Salvatores & Cia. para acabar com todos os problemas que rondam Mystic Falls. E quando dá pra pensar que chegou o dia desse milagre acontecer, o Original/Híbrido Badass trai a confiança do Damon e ao invés de matar o Connor, salva o sujeito porque fica sabendo da tal tatuagem e diz que o caçador é “um dos cinco”. O que é essa coisa dos cinco? Ninguém sabe ainda. Se o padre suicida do primeiro episódio for um deles também, já dá para perceber depois do incidente com Connor no hospital que esses cinco têm uma forte tendência ao suicídio. Levando em conta isso, estou quase achando que é melhor deixa-los se matarem sozinhos a gastar energia para acabar com eles.

Mas e a Elena, meu povo? Pois é, Stefan teve fracassada sua tentativa de sexo vampírico com a moça no segundo episódio consecutivo, dessa vez porque ela teve alucinações com o Damon na hora H. Ela pode colocar a culpa em ter ingerido veneno do Tyler na cerveja batizada, mas isso não muda o fato de ela ter alucinações com o Damon porque sente alguma coisa por ele, assim como não há desculpa para o Damon ter alucinações com a Katherine lá na segunda temporada, quando também foi envenenado. Esse veneno de lobisomem se não fosse tão mortal daria uma boa poção da verdade… Anotado, Bonnie? Pode começar a destilar.

Aparentemente foram afetadas pela cerveja modificada somente Elena e Rebekah. A única cura existente é o sangue de Klaus, que prontamente curou Elena alegando uma suposta utilidade para a garota no futuro. Considerando que ele não pode mais usá-la para fazer híbridos porque ela não é mais humana, provavelmente ele está aprontando alguma. Já Rebekah não sabe muito bem o que está acontecendo consigo mesma e ficou deitada esperando o mal estar passar até ser surpreendida por April e finalmente fazer uma amizade. Precisou aparecer uma personagem nova e completamente desavisada para Rebekah ganhar uma amiga… A moça precisa rever seu plano de popularidade.

Agora é saber se Klaus – que está brigado com a irmã – vai aceitar curar Rebekah tão de bom grado como fez com Elena e o que ele fará com Connor (que todo mundo pensa estar morto). E o pior (ou talvez melhor, dependendo do ponto de vista): esperar como serão as tais lições de vampirismo que Damon dará para Elena, já que ele decidiu assumir mesmo a postura de “responsável pelas crianças” após a sessão de terapia com o fantasma de Alaric.

P. S. [1]: Parece que pelo menos por enquanto a função de Matt é ser a bolsa de sangue particular da Elena. Tudo bem que a menina está sofrendo por virar vampira e tudo mais – já que esse tal sofrimento parece justificar todas as ações dela –, mas ela sabe que o Matt só está se oferecendo por culpa e mesmo assim se aproveita do rapaz. Isso chega a ser egoísmo.

P. S. [2]: Já repararam que só tem aula de História nessa escola de Mystic Falls? Desde o começo da série, a primeira aula que aparece é de História. Aí depois chega um professor novo na cidade (Alaric) para ensinar História. E agora que Elena volta à escola ela já começa tendo aula de… HISTÓRIA!

P. S. [3]: Foi um momento romântico, cheio de amor e tudo mais… Mas só eu que fiquei esperando a Elena cair quando ficou praticamente surfando em cima da moto daquele jeito? #AcabandoComORomantismo

P. S. [4]: Klaus pisou na bola e tudo o mais, mas ficou evidente que ele e Damon fariam uma parceria e tanto. Quando interrogavam Connor, os dois tinham uma cumplicidade inesperada que deu gosto em ver!

P. S. [5]: Damon perdeu mais uma parceira de bar em potencial (Meredith). #ForeverAlone

Séries citadas:

Cinéfila, louca por séries de televisão, leitora compulsiva e movida à música. Cineasta por formação e escritora por paixão.

1 Comment

  1. Liv

    Klaus é o melhor personagem da série. Inteligente, carismático… Seria ótimo ver uma parceria de com Damon e um namoro com Caroline!
    Elena não para de ser donzela em perigo nem depois de vampira, aff…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account