Log In

Reviews Spoilers

The Vampire Diaries – The Descent

Pin it

The Vampire Diaries - The Descent
Série: The Vampire Diaries
Episódio: The Descent
Temporada:
Número do Episódio: 2×12
Data de Exibição nos EUA: 27/1/2011

Enfim, o recesso acabou e TVD voltou. E eu diria que voltou com altos e baixos. Por um lado, cenas que estávamos loucos para ver. Por outro, sem aquele “ritmo” emocionante, cheio de surpresas e suspense da primeira metade da temporada. Eu diria ainda que esse ritmo já desapareceu desde o episódio 11, que prometia grandes reviravoltas e no final das contas, nada muito interessante aconteceu. Nem mesmo a transformação do Tyler chamou a atenção. Mas vamos ao episódio 12.

Os altos

The Vampire Diaries - The Descent
Uma coisa que já vem acontecendo desde o começo da temporada e apenas se confirmou nesse episódio: Caroline definitivamente roubou a cena. Se antes o seriado se concentrava na vida amorosa de Elena (que no momento anda bastante estável), agora toda a atenção vai para Caroline e seus dois amores. Tyler finalmente criou coragem para mostrar o que sente. Pena que isso foi no mesmo dia em que Matt também resolveu tomar uma atitude. Dúvida cruel! Quem escolher? O ex-namorado que ela ama, mas com quem não pode compartilhar seus segredos e ainda pode machucá-lo? Ou seu novo amigo – que também mexe com os sentimentos dela – com quem a garota pode se abrir e se sentir à vontade, porém colocando a própria vida em risco? O que vocês acham?

Mas creio que a popularidade da personagem não se deve apenas a seus relacionamentos. Temos que admitir que Caroline é muito mais carismática que Elena (aliás, mais que todos os outros personagens). Nunca vai roubar seu lugar de protagonista, carregado de drama e responsabilidades, mas é a queridinha. Uma boa pessoa, porém mais alegre e bem humorada, mais forte e independente, o oposto da “donzela em perigo”.

Agora Rose. Foi triste ver a morte da personagem, ainda mais que todos gostavam dela (acho!). Uma mulher madura e inteligente, que soube ganhar seu espaço na vida de Damon. Mas pelo menos pra mim, tudo aconteceu da forma mais bonita possível. Depois de passar o dia todo ignorando o sofrimento de Rose (aliás, aqui a atuação de Lauren Cohan merece destaque), Damon entra em sua mente e implanta um sonho no qual os dois estavam em um campo ensolarado, com cavalos, Rose em um vestido do século XIV – ou algo assim – e cabelo comprido. A cena mais bucólica possível. Os dois conversam e Damon a conforta, preparando-a para a morte. Conta até três e enfia uma estaca em seu peito – no plano real. A bela vampira morre em seus braços, em paz e feliz.

E se Rose se foi, Jules, a responsável por sua morte, não vai embora tão cedo. Difícil saber por enquanto se devemos ou não gostar da personagem de Michaela McManus (já conhecida por seus trabalhos em One Tree Hill e Law & Order:SVU). Chegou como quem não quer nada e de repente matou uma vampira e fez uma carnificina em um acampamento. Será que Jules é uma nova vilã ou está apenas seguindo sua natureza de mulher-lobisomem (aliás, acho que devia ter uma palavra mais específica pra isso em português)? O fato é que Jules chegou trazendo confusão. E pelo jeito o que aconteceu até agora não é nada comparado ao que vai ser quando seus “amigos” chegarem a Mystic Falls.

Os baixos

The Vampire Diaries - The Descent
Eu particularmente já não tenho mais paciência para as crises de identidade do Damon. No começo achava ótimo essa personalidade ambígua e inconstante, mas agora está ficando repetitivo e previsível. Creio que está na hora do nosso anti-herói escolher um lado e ficar por ali, pelo menos por um bom tempo (mas, claro, mantendo seu humor sarcástico).

Muitos personagens não deram o ar de sua graça nesse episódio. Jeremy, Bonnie (ok, dela eu não senti falta), Luka, o pai de Luka, Elijah… E o problema foi que essa falta nos distanciou do foco da história nessa temporada, que é o mistério da pedra da lua, o sacrifício de Elena e tudo o mais. Nada que não possa ser recuperado a tempo, ainda bem.

Expectativas

Apesar de alguns baixos, acredito que episódios interessantíssimos estejam por vir. Muitos mistérios devem ser resolvidos ainda nessa temporada. John voltou. Para quê? Será que Isobel também vai aparecer? E Katherine, quando sairá da tumba? Pelo que Jules fala no final do episódio 12, podemos esperar uma guerra entre vampiros e lobisomens muito em breve. E eu ainda torço para que Klaus não seja esquecido para a terceira temporada, afinal estou curiosa para saber que ator vai interpretar o misterioso vampiro – a boa notícia é que o cara com certeza vai ser bonito, afinal, contra todas as leis naturais, em Mystic Falls não tem gente feia.

Séries citadas:

Terminando a graduação em jornalismo, tem 21 anos e um vício particular por seriados. Entre eles, The Vampire Diaries, True Blood, Grey's Anatomy, One Tree Hill, Prison Break, Lost, That '70s Show, Gilmore Girls… e por aí vai.

7 Comments

  1. Lara Lima

    Primeiro: Seja bem-vinda Laísa!

    Nossa, achei a transformação do Tyler um dos melhores momentos da série!! Pensei que eles fossem cortar a cena pra depois da transformação e facilitar tudo, mas foi bem real e muito bem feito. Michael Trevino deu um show a parte e Candice Accola nem se fala. Depois disso minha torcida é por este casal. Quando Tyler a confronta perguntando porque ela ficou com ele se corria risco de vida foi o suficiente pra ganhar a minha torcida. Achei sincero o que eles sentem um pelo outro. Eu gostava de Matt, mas acho que o momento dos dois passou.

    Sobre o episódio 12 confesso que fiquei triste, não queria que Rose tivesse morrido, principalmente porque ela traz à superfície o que Damon tem de melhor, porque também já perdi a paciência com essas crises de identidade dele.

    Devo dizer que Michaela McManus está bem no papel, eu a companhei em OTH e era terrível de ver, mas em TVD ela se sai bem. Fiquei preocupada com sua conversinha com o Tyler, será que ele vai ficar chateado com Caroline por esconder sobre os vampiros?? E os lobisomens que estão a caminho??

    Foi mais um excelente episódio, TVD não deixa a peteca cair e sempre surpreende e emociona.

  2. MicaRM

    A meu ver, o único ponto baixo do episódio foi ter que aguentar a cara do Stefan. E o que o faz pensar que Isobel sabe mais do que qualquer outra pessoa sobre vampiros? Só pq ela os pesquisava?
    Ao contrário de você, eu gostei da crise de identidade do Damon, porque ela foi muito sincera e real. Quero dizer, o cara sente, sabe que sente, mas só sofre sentindo, e quer enterrar todas essas emoções bem fundo e nada melhor do que virar um demônio para isso. Quero dizer, o Damon só se ferrou emocionalmente desde o início. Nunca, mas nunca mesmo ele teve um momento de felicidade real e que durasse mais do que alguns segundos. Rose podia não ser a mulher perfeita para ele, mas ela o aceitou como nenhuma outra pessoa, e o que sentiu por ele pode não ter sido a coisa mais forte do mundo, mas foi sincera e voltada a ele e não a engana-lo. Imagino o quanto deve ter doído para ele vê-la morrendo aos poucos e precisar acabar com ela com suas próprias mãos. Acho que foi a primeira vez que chorei com The Vampire Diaries.

    Você mencionou Luka…eu nem lembrava que o guri existia!!! Não gostei dele, simpatizei mais com o pai. Bonnie nunca faz falta, e Jeremy…sem comentários.

    Eu adoro Caroline. Adoro. “Uma coisa que já vem acontecendo desde o começo da temporada e apenas se confirmou nesse episódio: Caroline definitivamente roubou a cena”. Não poderia concordar mais. Ela é perfeita. Que mudança na personagem, não é?
    Eu gosto muito dela com o Matt, não queria que ela ficasse com o Tyler. Achei fantástica a amizade dela com o rapaz, mas não queria que passasse disso. Poxa, meninas e meninos também podem ser amigos.

  3. paullo kidmann

    O klaus vai apareçer sim, e o será no final da temporada ,eu vi uma entrevista com a Nina e ela falou que a produção já está procurando um ator para o papel. concordo total com a review, destaque para Caroline mesmo, adoorei a cena em que o Tyler a beija e ela diz: “todo mundo tem que parar de ficar me beijando.” hahahah mais ao mesmo tempo que ela faz um dos pontos altos da série ela me mata de raiva pq aquela cena dela no epi passado, com o Tyler foi uó. é bom que o Damon arraque as tripas daquela loba fora. odeio ela.
    Odiei a morte da Rose, adorava a personagem :(

  4. Laisa

    Lara, obrigada! Quanto à transformação do Tyler, também achei que o Michael Trevino mandou muito bem na atuação. Toda aquela dor que ele sentia e tal. O que me decepcionou foram os efeitos especiais. Na verdade, era o que eu esperava mesmo, pois efeitos não é o forte da CW. É que assisto seriados de outros canais, como a HBO, por exemplo, que são bem mais produzidos, aí quando vejo uma coisa dessas é meio brochante.
    E, claro, todos ficamos tristes com a morte da Rose, ela era demais. Mas era previsível que isso ia acontecer e eu gostei da forma como aconteceu. Foi lindo!
    Gente, essa review chegou meio atrasada, mas creio que esse fim de semana já dê pra postar a do episódio de ontem. Aguardem!!!

  5. Pingback: Tweets that mention The Vampire Diaries – The Descent -- Topsy.com

  6. Luisa

    Eu particularmente eu achei a morte da Rose muito bem trabalhada, muito bonita mesmo. E eu não acho que o damon tenha um monte de crise de indentidade pra mim ele só teve uma na festa dos fundadores que ele foi agradecer a elena e beijou a Katherine, da outra vez que ele pirou foi pq a elena e a katherine disseram que não queriam ele e não pq ele tava tendo uma crise de identidade. Eu acho as vezes o povo meio apressado sei lá, num dá pro personagem tah sempre lindo e maravilhoso fazendo piada sobre tudo, alias seria um personagem meio raso, unidimensional. Pra mim o Damon nunca foi totalmente ruim ou totalmente bom ele está neste meio termo desde o início da serie, ora ele é meio ruim mais naum totalmente, ora ele eh bom mais não totalmente, a diferença eh que ele tem se ferrado bastante, exemplo a morte da rose.. que era uma pessoa que via como ele era sem preconceito e gostava dele, e isso eh bastante se olharmos pra história dele com a katherine ou com a Elena, pois ele não não teve isso de nenhuma das duas…
    Ah legal que estão fazendo reviews de vd aqui no teleseries….bem bacana.

  7. sandra w

    Eu estou fazendo ‘maratona’ de TVP, e estou meio que no clima do seriado. Não achei este um dos melhores episódios, mas com certeza a morte de Rose emocionou. Por outro lado, estou achando o romance com o Stefan muito chato e estou torcendo para que Elena fique com o Damon. Por experiência de muitos anos de seriados, sei que quando um romance dá certo logo no começo há reviravoltas. O Stefan é bonitinho, certinho, mas chato, muito chato! Mas o Damon…. Ele é mau porque se força ser, porque desligou os sentimentos… será? Bem, apenas torcendo para ter uma ‘bolha’ de namoro entre a Elena e o Damon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account