Log In

Reviews

The Vampire Diaries – The Dinner Party e The House Guest

Pin it

Série: The Vampire Diaries
Episódios: The Dinner Party e The House Guest
Temporada:
Número dos Episódios: 2×15 e 2×16
Data de Exibição nos EUA: 17/2/2011 e 24/2/2011

Enquanto TVD não volta va do hiato, só nos restou discutir os últimos episódios e compartilhar nossas expectativas para o final da segunda temporada. E vamos pela ordem dos fatores.

Melhor que o jantar, só a sobremesa

Só quem assistiu ao episódio 15 (The Dinner Party) vai entender o porquê do título. Mas sem problemas. Começo com uma breve avaliação: o episódio não é fantástico, mas está entre os bons. Logo no começo, somos levados ao passado pelos diários de Johnatan Gilbert. E podemos ver, mais uma vez, que no início de tudo Stefan era o vilão de história, enquanto Damon tentava conter os impulsos do irmão. Eu gosto de ver essa inversão de papéis. Embora tenha ficado meio repetitivo, somos apresentados a um fato novo: Stefan tentou matar o antepassado de Elena (e só não conseguiu devido ao anel protetor).

E adorei o fato de que essas lembranças nos levaram a Lexi – pra quem não lembra, a melhor amiga de Stefan, que foi morta por Damon na primeira temporada. Uma pena ela não ter ficado mais na história. E só agora soubemos de sua real importância. Se não fosse por ela, Stefan nunca teria se tornado o mocinho. Outra coisa que eu pensei é que Stefan provavelmente gosta tanto de Caroline e se tornou amigo dela porque a garota tem um jeito muito parecido com o de Lexi (eu acho).

Enquanto Stefan e Elena conversam sobre os diários, Damon planeja a morte de Elijah. Agora que o vampiro original se aproximou de Jenna, bastou Andie, a nova namorada de Damon, sugerir a todos um jantar. Aliás, devo dizer que Andie me surpreendeu. Não combina tanto com Damon quanto Rose, mas eu me simpatizei com a moça. Enquanto Andie está feliz da vida porque Damon lhe conta tudo (e a hipnotiza para que ela não abra a boca depois), sua amiga Jenna está cada vez mais chateada porque Alaric não lhe conta nada. E o relacionamento dos dois vai caminhando para o fim.

Porém, antes disso, temos o jantar. Elena descobre, através dos diários, que só um humano pode matar um original. Se outro vampiro tentar, morre junto com a vítima. Então, Ric toma a adaga de Damon e mata Elijah pelas costas, para surpresa de todos. Não sem dar um sermão em Damon, dizendo algo como “eu sou o único amigo que você tem, não me esconda mais nada”. Mas não ia ser tão fácil assim. Ao matar um original, não se pode tirar a adaga do corpo dele, pois o vampiro volta à “vida” (é claro que ninguém sabia disso e só descobriram na última hora: tarde demais). E, assim, lá vai Elijah – ressuscitado – atrás de Elena.

E é aqui que eu digo: gosto cada vez mais de Elena. E quando as pessoas me falam que TVD é mais um Crepúsculo, eu tenho que elogiar a protagonista do seriado (nada a ver com a chata e medrosa Bella Swan). Nesse episódio, Elijah diz a Elena que o acordo entre os dois está desfeito. Ela diz que se estiver, ela se mata e se transforma em vampira com a ajuda de Stefan, acabando com o plano de Elijah. O homem duvida. E não é que ela arruma coragem pra enfiar uma faca no próprio estômago? É muito sangue frio! E isso não é tudo. Elijah diz para Elena beber o sangue dele para se recuperar. Ela finge que aceita e enfia a adaga em Elijah. Parabéns, Elena!

Para terminar, o lado bruxo entrou em conflito. Elijah, antes de morrer, foi atrás de Jonas (o Dr. Martin) para descobrir onde Elena estava. Este, juntou as peças do quebra-cabeça e foi até a casa de Bonnie – enquanto ela tinha um momento romântico com Jeremy – perguntar o que ela tinha feito com Luka. E já que não gostou da resposta, tirou todos os poderes da garota. Enquanto isso, Ric, muito contrariado, devolve o anel protetor a John, dizendo que agora ele vai precisar mais, já que tentou matar Damon (dando a ele a adaga, sem o manual de instrução). Elena faz Stefan e Damon prometerem que nunca mais esconderão nada dela. Em troca, ela diz que vai parar de tentar se sacrificar pelos outros. E antes tarde do que nunca, Katherine retorna. Agora que Elijah se foi, ela não tem mais que ficar na tumba. Então vai para a casa dos Salvatore. E mais uma vez nos perguntamos o que é que a megera tem em mente quando diz querer ajudar Damon.

Just a little help from Katherine

E não é que Katherine deu uma mãozinha mesmo? Mas antes de chegar nessa parte, muita coisa aconteceu. Começando por ela mesma tentando convencer os Salvatore e Elena a aceitarem sua ajuda e sua companhia – sim, afinal o nome do episódio 16, The House Guest, se refere ao fato de que Katherine pretende se hospedar com seus ex-amantes, para o desgosto de Elena. Seu argumento: ninguém além dela sabe como é a aparência de Klaus. E a vampira o quer morto, assim como todos eles.

Mas é claro que Katherine já chegou pisando no coração de Damon novamente, para não perder o hábito. Disse que sabia que se ele usasse a adaga, iria morrer. Mas que ela não se importava com quem morreria, desde que pudesse sair da tumba. E que tudo isso foi um plano. John lhe disse que se ela ficasse para ajudar a achar Klaus, ele pouparia a vida de um dos irmãos. E adivinha só quem foi que Katherine escolheu? Stefan. Ai! E é claro, também, que mesmo depois desse tapa na cara, ela apareceu no meio dos lençóis de Damon para relembrar os velhos tempos – o que não ocorreu como ela planejou.

O objetivo nesse episódio é encontrar o local onde centenas de bruxas foram massacradas em Mystic Falls. Elijah estava procurando por isso, pois acreditava que se uma bruxa pudesse canalizar a energia liberada séculos atrás no lugar, não precisariam de arma para matar Klaus. Então, Stefan e Bonnie vão até os bruxos Martin para oferecer ajuda. Mas Jonas não engole a história e diz a Luka que eles devem trabalhar sozinhos e não confiar em ninguém. O plano, é claro, dá errado. E como!

Dr. Martin, com seus poderes transporta a “alma” (ou algo do tipo) de Luka até a casa dos Salvatore. Lá, o menino vai até o corpo de Elijah para tirar a adaga. Katherine vê e coloca a adaga de volta. Mas Luka, ao pegar uma estaca para matá-la, acaba fazendo barulho. Damon chega, então, e bota fogo no local onde o bruxo está. E o corpo verdadeiro de Luka, em sua casa, pega fogo. Jonas tenta apagar, mas é tarde demais. O garoto se foi. E até pra mim, que nunca gostei do Luka, achei meio cruel essa morte. Ele era chato, mas quem merece morrer queimado? Agora, depois de perder o filho, e sentindo-se culpado, Dr. Martin quer vingança.

Enquanto isso, Elena, Bonnie e Caroline resolvem fazer uma noite das garotas para compartilhar seus problemas. Jenna chega e desabafa também. As quatro, então, resolvem que é hora de sair para dançar e se divertir e vão até o Grill (onde Matt trabalha). Lá, Bonnie finalmente conta a Elena que está saindo com Jeremy e a amiga não só aprova, como fica muito feliz. Jenna encontra Ric e o troca pelo “Señor Tequila”, nas palavras dela. Mas é Caroline quem chama a atenção.

Depois que Matt a colocou na parede, dizendo “decida-se ou me deixe em paz”, ela resolve subir no palco, pegar o microfone do cantor, hipnotizar a banda para tocarem sua música, enquanto ela se declarava cantando para Matt. E foi uma gracinha quando ela disse que não é porque ela fala demais que ela sempre sabe o que está falando. E melhor ainda quando começou a cantar. Eu não sabia que a Candice Accola cantava bem. Alguém sabia? E o final, é claro, foi um conto de fadas: Matt sobe no palco e beija Caroline ao som de aplausos. Exceto que esse não foi o fim.

Quando tudo parecia perfeito, Jonas vai até o Grill atrás de Elena e bota fogo no lugar todo. Para que Stefan tire Elena de lá, Caroline tenta distrair o bruxo. Mas ele usa seus poderes contra ela, e quando Matt vem ajudar, ele enfia um pedaço de vidro no pescoço do garoto, que fica à beira da morte. Caroline não tem outra escolha senão dar seu sangue para Matt beber, antes que seja tarde. Assim, ela acaba contando ao namorado que é uma vampira, mas que eles vão ficar bem apesar disso. Matt lembra de sua irmã, Vicky (que morreu na primeira temporada) dizendo que vampiros existiam, e pensa que foi Caroline quem a matou.

Dr. Martin vai até a casa de Elena para procurá-la, já que a perdeu de vista. Chegando lá, encontra Katherine, que se passa por Elena para depois matar o doutor com uma mordida. Mas só para dar um susto, ele acorda de repente, agarra a cabeça de Bonnie e “morre de novo”. Isso tudo para devolver à bruxa seus poderes. E não só! Jonas também disse à Bonnie que é ela quem deve matar Klaus e ainda disse como – embora a gente ainda não saiba. Por essa eu não esperava.

Com toda a confusão da noite, Ric vai levar Jenna em casa, mas nada muda entre eles. Ele diz que a ama e que Isobel está morta, mas que há coisas que ele não pode contar. E só porque ele acabou de dizer que a ex está morta, Isobel aparece na porta de Jenna minutos depois, dizendo “oi, eu sou a mãe de Elena”.

E agora?

Há um tempão que eu queria que Isobel voltasse. Em parte porque gosto da Mia Kirshner, mas principalmente porque pra mim, ela é a personagem mais misteriosa da série. Eu não tenho nem pistas de quais são as intenções dessa mulher. Nunca entendi nem ao menos porque ela resolveu virar vampira. Me pergunto se vai acontecer alguma coisa entre ela e John (devido ao seu passado) ou entre ela e Damon (que também já se conheceram muito tempo atrás) ou ainda se ela vai dar em cima de Alaric.

E Jenna? Agora ela não escapa. Vai ter que saber de tudo e não tem jeito. Imagino que ela vai ficar maluca por um tempo, se sentir enganada por todos, já que literalmente ela é a única que ainda vive no escuro. Me pergunto como vai ser a conversa entre ela e Isobel – e acho que podemos esperar boas cenas. E quanto tempo ela vai levar para perdoar Ric?

No episódio 16, parece que Damon e Stefan descobriram o local do massacre, mas estão escondendo o lugar de Katherine a qualquer custo. Juntando isso com o fato de que Bonnie sabe como matar Klaus, qual será o próximo passo?

E Caroline e Matt? Será que o garoto vai entender depois que ela conseguir se explicar? E mesmo que entenda, será que as coisas podem voltar a ser as mesmas entre eles? Algo me diz que Matt vai precisar de um tempo maior que Jenna para absorver a informação. Afinal, ele nem ao menos sabia que a irmã estava morta. Apenas que estava desaparecida. Acho que ele vai acabar indo atrás daquela mãe louca dele para dar as más notícias e sumir por alguns episódios. E quem ela não volta com o filho para Mystic Falls? Até porque não acho que a atriz Melinda Clarke apareceu na primeira temporada à toa. Acho até que ela vai virar vampira também.

Muitas perguntas. Mas o que eu sei é que quero que Tyler volte, e logo! Está na hora de os lobisomens voltarem à cena. Com certeza eles vão acabar, por algum motivo, tendo que se unir aos vampiros por uma causa maior. Ou nem teriam aparecido no seriado. Por isso, acho que quando for a hora de Tyler voltar, podemos esperar personagens novos em sua companhia. E apesar do que ele fez com Caroline antes de ir embora, ainda torço para que os dois fiquem juntos no final.

Detesto quando acaba uma temporada, pois temos que esperar uma eternidade até a próxima chegar. Mas confesso que estou louca para ver o fim dessa temporada de TVD, pois acredito que Klaus só vai aparecer no último episódio e eu não me agüento mais de curiosidade: tanto pra saber quem vai ser o ator, quanto pra saber como vai ser esse personagem. Embora saibamos algumas coisas sobre Klaus, quase nada foi revelado sobre sua personalidade; um enigma! Mas tenho mais um palpite sobre esse final (ou quem sabe fica para a próxima temporada?): Katherine vai dar um jeito de trair todo mundo e acabar ficando ao lado do todo-poderoso-Klaus. Ou não seria Katherine. O que vocês acham? A sorte é que não temos que esperar muito para descobrir. Dia sete está chegando, e com ele o novo episódio. Vamos ver quem acerta mais nas previsões?

Séries citadas:

Terminando a graduação em jornalismo, tem 21 anos e um vício particular por seriados. Entre eles, The Vampire Diaries, True Blood, Grey's Anatomy, One Tree Hill, Prison Break, Lost, That '70s Show, Gilmore Girls… e por aí vai.

2 Comments

  1. Carina

    Também não entendo a comparação com Crepúsculo, já que Elena não é frágil como a Bella Swan. E TVD está cada vez melhor! Cada episódio é repleto de acontecimentos, ação e descobertas, o que aumenta a expectativa para o próximo episódio e para a season finale, que tem tudo para ser incrível!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account