Log In

Notícias

The Prisoner estreia no próximo domingo na HBO

Pin it

The Prisoner

Fãs de ficção científica, animem-se! A HBO estreia no Brasil no próximo dia 28 de fevereiro a minissérie The Prisoner. A série é uma co-produção entre o canal norte-americano AMC e a emissora inglesa ITV, e é baseada na série britânica de mesmo nome que foi sucesso na década de 60 (e continha muitos dos elementos que hoje fazem sucesso em Lost).

Com um elenco formado por atores renomados, a série promete ser uma boa opção para as noites de domingo. The Prisoner se passa em um lugar misterioso, chamado “A Vila”, onde todos os moradores são identificados apenas por números. É aí que o protagonista Seis, interpretado por Jim Caviezel (O Conde de Monte Cristo e A Paixão de Cristo) acorda, inexplicavelmente, e passa a ser obrigado a viver. A minissérie mostra em seus seis episódios a busca de Seis por respostas e, principalmente, por uma maneira de voltar a Nova York. Quem está tentando impedi-lo de voltar para casa é Dois, a autoridade máxima de “A Vila”, interpretado pelo veterano Ian McKellen (O Senhor dos Anéis). Mas para a sorte de Seis ele não está sozinho, e em seu caminho irá encontrar outras pessoas que também acreditam que há uma outra realidade fora da Vila.

No release divulgado para a imprensa, Gustavo Grossman, vice-presidente e gerente geral da HBO Networks, comentou a estreia:

The Prisoner é uma produção de ficção científica que conta com atores de primeira linha e uma história interessante que vai surpreendendo o público à medida que os episódios se sucedem. Temos certeza de que os assinantes da América Latina ficarão presos a esta nova minissérie.

Nos anos 60, a série original foi um grande sucesso e é considerada um marco nas produções de ficção cientifica para a televisão, principalmente graças ao seu roteiro repleto de mistérios.

A cada domingo serão exibidos dois episódios, em sequencia, a partir das 21h15.

Séries citadas:

18 Comments

  1. Luiz Milagres

    Parece muito boa!!! Alguém aí já viu?
    Vou tentar conferir…

  2. Fernando dos Santos

    Foi uma boa idéia situarem esse remake no deserto, chegaram inclusive a filmar no Saara.Se situassem a história novamente numa ilha paradisíaca, muitos jovens pensariam equivocadamente ser apenas uma cópia de Lost.

    Alguém sabe como foi a repercussão deste novo The Prisioner nos EUA?Fez sucesso ou fracassou junto à crítica e público?

  3. Sidney

    A critica odiou o remake, das materias que eu li. Contudo, a minisserie obteve audiencia nos dois dias de exibicao. (Desculpe os erros, teclado sem acentos).

  4. Fernando dos Santos

    Obrigado,Sidney.
    Eu estava curioso pra saber do desempenho de Prisoner pois queria ver se o AMC tem cacife pra sair da sombra de Mad Men e Breaking Bad ou ficar refém do sucesso(merecido) destas duas séries.

    Se a audiência foi boa é capaz deles transformarem The Prisoner em série.

  5. Ana Cris

    Li a graphic novel a uns dez anos atrás (tinha coleção).
    Adorei.
    Espero que não avacalhem, como fizeram com V de Vendeta, que seria uma excelente minissérie, abrangendo todos os nuances dos personagense e que perdeu muito num longa-metragem.
    Lembrei-me tambem que o ator interpretava o número 6 na década de 60 faleceu a algum tempo, se não me engano.

  6. Ana Cris

    Não me enganei.
    foi em 13 de janeiro do ano passado e li no Teleséries.

  7. Raruiz

    A série é boa sim. Para quem gosta de sci-fi é uma excelente opção ainda mais em um domingo a noite.

    Não tenho como comparar com a original pois não assisti…

  8. Luciano Cavalcante

    Será que vão repetir o final, absolutamente louco, da série dos anos 60? “Here comes the judge”

  9. Fernando dos Santos

    Eu li faz alguns anos que o final da série dos anos 60 deixava muitas coisas sem explicação mas não por falha dos roteiristas.O criador do show teria optado por deixar lacunas na trama para preservar o clima de mistério que era a marca registrada da série.

  10. Luciano Cavalcante

    Será que os fãs de Lost aceitariam um final tão aberto – e bom – como o que fizeram para “The Prisoner” afinal, como na vida, nem todos os véus caem.

  11. Fernando dos Santos

    Eu acho que o final aberto do Prisoner original funcionou bem pelo fato da obra possuir um clima surreal,psicodélico,etc..
    Lost seguem uma linha mais racional portanto um final muito aberto não ficaria legal.Deixaria no espectador a sensação de haver sido enganado depois de passar seis anos acompanhando todos aqueles mistérios e enigmas.

  12. Eversmann

    FC é sempre bem vinda e o tema é interessante, mas estou esperando mesmo é O Pacifico.

    Sobre finais em aberto, eles dão um certo charme a série, coisas de 2001 Uma odisséia no espaço. BSG deixou algumas coisas sem respostas, algumas odiei, mas outras são até interessantes, pois são uma motivação extra pra rever os episódios.

    Acho a racionalidade de Lost muito estranha, (mais que a de BSG), divindades com ciência? viagens no tempo com deuses passeando junto é muito estranho.

  13. Fernando dos Santos

    Eu acho que no final vai se revelar que os deuses que aparecem na história na verdade eram humanos mesmo, porém dotados de alguma habilidade especial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account