Log In

Reviews

The Newsroom – The Blackout: Tragedy Porn e Mock Debate

Pin it
Série: The Newsroom
Episodio: The Blackout: Tragedy Porn e Mock Debate
Nº do episódio: 1x08 e 1x09
Exibição nos EUA: 12 e 19/08/2012
79
3.9
1

Está cada vez mais difícil ignorar os problemas de The Newsroom. Geralmente quando um episódio duplo é anunciado, é natural que o telespectador espere um evento grandioso. O raciocínio é mais ou menos o seguinte: “a história é tão boa, que não cabe em um episódio só”. O primeiro problema veio do título: Blackout.

 O malfadado acidente não teve nenhum impacto na história. Seria interessante ver a equipe trabalhando no improviso, colocando em prática o plano de transmitir o programa na rua, mas a falta de energia durou apenas alguns minutos. “Qual o sentido então?” Na verdade essa pergunta vale pra quase tudo que aconteceu ali. A equipe acatou a ordem de noticiar os casos Casey Anthony Anthony Weiner para que pudesse produzir um debate que não chegou a acontecer.

A história dos grampos da TMI também não evoluiu, diante da falta de credibilidade da fonte. Qual foi o resultado disso tudo? Qual o impacto desses dois episódios para o andamento da série? O problema fica maior ao pensar que dois episódios dessa série abrange um período de meses no mundo real.

Na contra-mão disso tudo, a cobertura jornalística continua impecável. “É uma verdadeira aula para estudantes de jornalismo”. Essa frase, que pode ser lida em vários textos sobre a série, é a mais pura verdade. A escolha dos fatos a serem debatidos é sempre acertada. São sempre assuntos atemporais, que daqui há alguns anos continuarão a ter relevância. Outro ponto mérito da série é a forma com que mostra a dificuldade de trabalhar dentro de parâmetros éticos nos dias atuais. É triste perceber que uma equipe que tenta fazer o certo, trabalhando com o único intuito de informar e levantar questionamentos, sem ceder a interesses pessoais, organizacionais ou políticos, quase se torna inverossímil. No mundo real tal equipe dificilmente existiria.

Ainda na parte indesejável, vale citar as sempre ineficientes tentativas de inserção de alívio cômico. A cena em que o Will tropeça na calça foi deprimente. Fica difícil pensar numa sequencia de fatos que justifique o âncora chegar ao meio da redação semi-nu, caindo com as calças abaixadas. O pior é que  acontecimento veio logo depois de um diálogo tenso entre a MacKenzie e o seu ex-namorado. A vontade de levar o acidente ao ar era tão grande, que até gastaram uma cena anteriormente, quando o Will reclama que sempre acontece isso. O representante do partido deveria ter negado o debate só por ter sido obrigado a ver aquilo.

O que consola é saber que a parte política nunca vai decepcionar. Isso sem mencionar os imbróglios românticos que fazem dos personagens quase adolescentes. Desde que o telespectador não se preocupe com os personagens, ou com o rumo que a história pode tomar, The Newsroom continua sendo uma excelente opção, mais como material de estudo e menos como forma de entretenimento.

Séries citadas:

Analista de Sistemas, mas só porque assistir séries não dá dinheiro. Fã de Six Feet Under, Breaking Bad, comédias da NBC, Happy Endings e qualquer coisa que Aaron Sorkin escrever. Não tem vergonha de falar que gosta de Grey's Anatomy e Revenge.

4 Comments

  1. biancavani

    Nem fale! Will tropeçando nas calças foi grotesco e sem a menor graça. Vou fingir que não existiu.
    A passagem de Mackenzie discursando no escuro: um cursinho de interpretação na Escandinávia faria muito bem a ela. Um pouco mais de comedimento, pelo amor de Deus!Quanto a não continuidade da questão dos grampos, ela será desenvolvida mais adiante. Só pode ser.É fundamental na história: envolve a queda de braço entre Will/Charlie e a personagem da Jane Fonda e seu filho; tem a ver com as formas pelas quais ele vai conseguir não ser demitido, etc. Ademais, é tão atual; frequentemente vem a tona na sociedade americana.

    Bem, coisas melhores virão nos próximos epis. Claro que virão. Um filme pode ser sublime em seus 90 minutinhos, in totum, mas em uma série perfeita quase sempre há episódios não tão perfeitos…

  2. Tiago Oliva

    Eu já vi o último episódio e realmente a história do grampo evolui. Infelizmente de uma forma não satisfatória, mas isso é pra uma outra hora. Obrigado pelo comentário, Bianca!

  3. biancavani

    Nossa, T, acabei de ver o último. Uau, fiquei sem fôlego. Espero que você tenha gostado tanto quanto eu.
    =>eu é que agradeço as resenhas, que enriqueceram ainda mais a minha leitura da série. Conto com você na segunda temporada!

  4. Pingback: Destaques na TV – Sábado, 22/9 e Domingo, 23/9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account