Log In

Reviews

The Killing – Openings e Keylela

Pin it


Série: The Killing
Episódios: 
Openings e Keylela
Temporada: 

Número dos Episódios: 
2×06 e 2×07
Data de Exibição nos EUA: 28/04/2012 e 06/05/2012

Em The Killing às vezes eu me sinto assistindo duas séries diferentes. Uma é do episódio da semana passada, com muitas coisas acontecendo, novos suspeitos e ao mesmo tempo nada. Porque a gente sabe que o suspeito da vez não é culpado, ainda é muito cedo para isso. Mas por favor, não estou reclamando da ausência da revelação do mistério final. Eu só peço que a série continue as investigações da maneira mais realística possível e continue focando nas dificuldades dos personagens. Como aconteceu em Keylela.

Openings, apesar de ter bons momentos como Gwen decidindo voltar e a (sempre boa) dinâmica entre os dois investigadores, acabou dando mais destaque para os novos rumos da investigação. Eu sei que sou minoria, mas eu ainda prefiro ver uma conversa como a de Richmond com Stan. Ou a amiga visitando o pai de Rose. É nesses pequenos momentos que mais sinto satisfação em ver The Killing.

Além disso, há todo o clima de medo na mente de Linden. Será exagero? Bom, ela lidera uma investigação de assassinato que envolve pessoas muito poderosas na cidade, não tem um lugar fixo para morar, acredita que invadiram sua casa e ainda tem o medo de perder a guarda do seu filho. Parece plausível. Em uma discussão no carro, Holder diz “pelo menos eu domino o meu vício”. Seria vício essa obsessão dela em desvendar o caso? Eu sei que faz parte da natureza de Linden querer fazer justiça e no olhar dela podemos perceber a dor em deixar seu filho sozinho, distante e com ódio dela. A pessoa que invadiu sua casa provavelmente é a mesma que estava bancando a paparazzi fotografando todos os seus passos no começo da temporada.

Richmond, com sua equipe de volta, reestrutura sua campanha e dá espaço para Stan desabafar. Stan, que havia encontrado mais uma decepção ao saber da verdade sobre sua cunhada. A impressão que temos aqui é que pouco aconteceu, mas uma preparação de terreno começou em ambas as histórias.

Enquanto isso, a investigação volta para o cassino, história iniciada na primeira temporada. Os dois continuam sendo tão bem aceitos lá quanto antes, mas agora uma camareira esquisita aparece do nada com mais pistas. Vamos torcer para que Holder esteja bem.

Séries citadas:

Jornalista e pessimista. Começou assistindo My So-called Life. Gosta de Doctor Who, Happy Endings, The Good Wife e Homeland, entre outras. Fã de Tina Fey e das comédias da NBC (mas não vê a hora de Arrested Development voltar). Ama Studio 60, The West Wing e sonha em viver numa série do Aaron Sorkin.

5 Comments

  1. biancavani

    Para mim, a maior virtude de uma série é a de conseguir manter o mistério, surpreender sempre, fugir do esqueminha manjado (o qual é sempre usado porque historicamente dá audiência e evita o trabalho de pensar – para os roteiristas e para quem assiste). E The Killing tem essa virtude de sobra.

    Oh, como eu estava precisando ver Richmond e Larson começarem a ter algum ganho – mesmo que ainda iniciais! São as personagens que mais despertam compaixão, dentre todas as coitadas da série.

    Uau, será que Holden vai morrer? Quando a série é assim tão incomum, tudo pode acontecer: até a morte de um protagonista. (Nunca me esqueço da morte de Lorde Stark, de Game of Thrones: caí do sofá!)

    Gwen bem que podia entregar o filho (um folgado reclamão e ingrato. E chato!) para o pai cuidar um pouco.Esse menino é um atraso de vida. E Gwen, verdade seja dita, não tá podendo…

  2. Keila

    Nenhum comentário sobre a melhor parte do episódio que foi Holder cozinhando e ficando uam delicia de avental.

  3. Keila

    Vc fez o melhor mostrou a melhor cena. Acho o Joel Kinaman tão lindo.

  4. Dierli M Santos

    A Bianca Mafra um dia comentou aqui que torcia para os dois ficarem juntos. Até então, eu nunca tinha cogitado essa ideia,mas nesse episódio lembrei dela com os dois ali…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account