Log In

Reviews

The Glee Project – Pairability

Pin it

Série: The Glee Project
Episódio: Pair Ability
Temporada:
Número do Episódio: 1 x 05
Datas de Exibição nos EUA: 17/07/2011

A quinta semana no campus do Glee Project foi desafiadora e encantadora. Afinal de contas, não há nada mais bonito de se ouvir do que um bom dueto, onde duas vozes se tornam uma, como já dizia Will Schuester. Need You Now foi o dever de casa da vez e os oito candidatos já estavam separados em pares: Hannah e Damian, Marissa e Cameron, Lindsay e Samuel e Alex e Matheus. O brasileiro se sentiu muito desconfortável por cantar uma canção romântica com outro menino, mas sua apresentação agradou Darren Criss, que estava lá mais uma vez para ser o mentor da semana.

Porém, ninguém foi capaz de ofuscar o brilho de Marissa, que ganhou o dever de casa. Mas nessa semana, as coisas foram diferentes: Marissa não ganharia destaque no videoclipe em grupo, pois cada par teria um dueto e Marissa pode escolher seu par. Quem pensou que ela escolheu Cameron, se enganou. A jovem hesitou em escolher Samuel e seus dreads para cantar Don’t You Want Me? do grupo Human League e ter as orientações de Darren, que também cantou essa música com Lea Michele em Glee. Nowadays, do musical Chicago ficou com Alex e Hannah, Baby, It’s Cold Outside foi a canção de Lindsay e Cameron e Lady Is A Tramp, com Damian e Matheus.

Nas gravações, Marissa fez sua participação especial no clipe de Damian e Matheus, que deram muito humor à música numa praça em pleno outono, até atrevendo-se nuns passos de dança.

Na vez de Hannah e Alex, o videoclipe precisava de alguns passos de dança, o que deixou Hannah preocupada, pois ela não se acha sexy o suficiente para dançar um jazz como Gwyneth Paltrow fez em The Substitute. Já Alex estava super seguro. Tão seguro que aceitou viver uma mulher em sua performance.

Mas a coisa começou realmente a esquentar nas filmagens de Marissa e Samuel. Erik propôs uma intensidade maior para o clipe com um beijo. Beijo que surpreendeu toda a casa e principalmente Samuel, que não fazia ideia do que lhe esperava.

Com o beijo, todos os holofotes ficaram em cima de Marissa, que já estava sob eles desde o dever de casa. Lindsay, que é a mais esperta da casa, não perdeu tempo e também beijou Cameron durante as gravações de seu vídeo. O grande problema é que Cameron tem uma moral religiosa muito forte, além de ter uma namorada. E ele sabe que esse é um dever do ator, mas mesmo assim, ele se sentiu um traidor. E suas lágrimas no telefone com sua mãe renderam pano pra manga.

Quando o momento do anúncio dos três piores chegou, ninguém esperava que a proposta dos duetos fosse levada até as apresentações para Ryan Murphy. Marissa e Samuel se livraram e os três duetos que não agradaram os jurados foram revelados: Hannah e Alex, que cantaram Valerie (The Zutons), Damian e Matheus, que apresentaram These Boots Are Made For Walking (Nancy Sinatra) e Lindsay e Cameron, que mostraram sua versão de River Deep, Mountain High (Tina e Ike Turner).

Dos seis, Ryan escolheu Cameron, por não ter superado as expectativas e por seu desperaro como ator; Matheus, por não desabrochar e pela terceira vez, não mostrar tudo o que tem para mostrar; e Alex, por torcer contra seus adversários, colocando-os para baixo. Agora convenhamos: uma competição, uma vaga e nenhuma rixa? Reflitam!

Pois bem, a divulgação dos três piores gerou muito chororô e muita discussão: Alex estava sentindo que as palavras de Matheus para Ryan, falando que Alex sempre o colocava para baixo e sempre queria ser o melhor de todos, tinha prejudicado sua imagem no jogo e estava com medo de sair. O brasileiro chorou, pois não queria ser o culpado da possível eliminação de Alex. Ledo engano. O Keep Holding On da semana foi do pequeno Matheus, que saiu da casa carregando muitas experiências. Agora convenhamos, mais uma vez: Matheus já nem merecia o destaque na terceira semana.  Ter vencido dois deveres de casa inflou o ego do brasileiro de tal forma, que ele começou a se perder no jogo. Ele não é um bom cantor, fato. Ele não dança bem, fato. Ele não atua, fato. Mas ele tinha tudo o que faltava em Glee: um brasileiro, com menos de um metro e meio, feio, que podia se destacar. Ele deveria ter sido eliminado no lugar de McKynleigh.

Enfim, a sexta semana está chegando. E com muitas raspadinhas.

Séries citadas:

Arthur Ferreira, 18 anos, estudante de jornalismo, apaixonado por música, louco por Glee, palhação da turma, espera ser famoso e tendência no mundo todo. @arthuurferreira

1 Comment

  1. Jéssika Elizandra

    Também comecei a ficar com raiva do Mateus e achei que foi tarde. Mas uó mesmo foi o Cameron ligar chorando pra mãe e ainda falar que se sentia traindo-a. Ah, pelo amor de Deus! O cara tá tentando uma vaga como ator! Ele vai ter que beijar uma ou outra de vez em quando! Se ele não consegue fazer isso, tá na hora de sair também. Marissa está ganhando minha simpatia desde o 4º episódio onde ela tava rebolando super descontraída. Acho que ela é minha nova favorita ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account