Log In

Reviews

The Fosters – Clean

Pin it
Série: The Fosters
Episódio: Clean
Número do Episódio: 1×08
Exibição nos EUA: 22/07/2013
92
4.6
1

Sem sombra de dúvidas, foi o melhor episódio até agora. Apesar da falta de Jude, foi um episódio excelente.

Tudo começa em uma mesa de jantar. Pausa aqui para elogiar a introdução dos episódios, sempre muito bem feita em um momento familiar. As mães comentam sobre a visita de Gretchen – ex de Lena – e Mariana recebe um telefonema inesperado. Quem vocês acham que é? Obviamente, a birth mom stalker dos gêmeos. Jesus a segue e Mariana conta ao irmão sobre o pedido de Ana – lembram que no último episódio ela pediu para a Mariana roubar algo de casa? – e os dois decidem acabar com esse parasitismo de vez, o que me deixou MUITO feliz.

Callie, na escola, tenta reconquistar a atenção de Wyatt, mas leva um balde de gelo. De qualquer jeito, as coisas começam a se acertar quando a moça o convida para ir ao cinema – diga-se de passagem, foi charmoso o convite, imitando o dele para ir à praia no dia da quiceañera – e ele aparecer no meio do filme quer dizer que, apesar de tudo, está de quatro. Pela primeira vez, Callie teve uma storyline simples e curtinha, o que me agradou muito porque estava ficando meio maçante todo o foco dado a ela. Fora isso, a questão Liam parece ter sido resolvida: Lena diz a Callie que Sarah foi trocada de lar adotivo e de grupo de apoio. Já estava na hora, né?

Brandon foi outro que teve uma storyline curta no episódio: Na escola, Talya entrega a ele ingressos para o show de sua banda favorita – presente de aniversário de namoro comprado com antecedência – e ele não aceita. Depois, acaba indo ao show acompanhado da ex e a coloca a par das novidades – principalmente sobre seu novo professor de piano. Fora isso, suas cenas se resumem a uma aula com o bambambam, que o critica, e ao início do episódio, na mesa do jantar.

O grande foco do episódio está nos gêmeos e nas mães, para a minha felicidade completa.

Mariana e Jesus vão à casa de Ana e o garoto fica chocado com a realidade da mãe: uma casa pobre, tudo faltando, um marido drogado. Ana, novamente, pede ajuda aos filhos, que se recusam a dar dinheiro. Esse choque acaba afetando um pouco sua relação com Lexi – que anda muito preocupada com todo o seu problema da imigração, etc -, mas a mocinha compreende os motivos do namorado. De volta ao lar, o garoto procura uma forma de ajudar a mulher que o abandonou e tem a feliz ideia de encaminhá-la para uma casa de mulheres – concordo 100% com Jesus nesse aspecto. Não quer dar o dinheiro? Beleza. Mas deixar sua própria genitora, mesmo que ela tenha te abandonado, em uma situação como aquela acho fora de questão. Mariana resiste à ideia e esse é o início do problema.

Quanto a Stef e Lena, bom, as duas saem para jantar com Gretchen, a ex da stylish mom e, por incrível que pareça, Stef e Gretchen se dão muito bem. Aqui devo ressaltar o trabalho de Necar Zadegan como Gretchen – não que a ex de Lena seja uma personagem difícil, mas foi bem feita. Foi bom matar as saudades da Dra. Bandhari. Voltando ao plot, Lena se sente desconfortável com as conversas de Stef e Gretchen e quase bate na partner quando a mesma convida sua ex para jantar em casa na noite seguinte. No fim das contas, tudo se acerta e quando a socialite, se é que a podemos chamar disso, chega ao lar dos Foster, Mariana fica encantada com a mesma e o casal está em sintonia até surgir o assunto casamento. Gretchen comenta que, enquanto namoraram, Lena sonhava com um casamento grandioso, sendo que Stef não sabia de nada. O casal começa a brigar e Gretchen acaba indo embora.

Enquanto isso, Mariana tenta saber o paradeiro de Jesus. O moço sai de casa com a desculpa de ir visitar a namorada, o que se prova mentira quando Lexi liga para Mariana convidando-a para sair. A gêmea começa a ficar preocupada quando o irmão não responde às suas mensagens nem retorna as ligações. No meio da discussão de Stef e Lena, Mariana entra na sala e conta às mães sobre sua preocupação, discorrendo rapidamente sobre ter conhecido a mãe biológica e sobre o que aconteceu. Stef imediatamente para de brigar com Lena e as duas sobem para o quarto. Foi um incrivelmente emocionante ver a Stef se preparando para ir salvar o filho. “Não deveríamos chamar a polícia?”, pergunta Lena; “Eu sou a polícia.”, responde Stef. *o*

Stef sai sozinha, e ao chegar ao endereço informado por Mariana, recebe back-up de Mike – que foi afastado da polícia nesse mesmo episódio por estar bebendo para conseguir trabalhar mais e pagar as aulas de piano de Brandon. Os dois entram na casa, temos tiros, vários tiros, e o episódio acaba.

Gente, meu coração não aguenta. Eu estou tão ansiosa pelo próximo episódio que quase não consegui escrever a review. Estão TODOS de parabéns, elenco, roteiristas, equipe técnica: Clean foi uma obra prima, acho difícil fazerem um melhor que esse, sinceramente.

Séries citadas:

Futura jornalista. Medrosa e sonhadora que só. Escritora de margem de caderno, adora os Beatles, filmes e livros em geral. Fácil de agradar. Sitcoms são o melhor acompanhamento para as refeições e o resto das séries, para qualquer horário livre. Doida de pedra e antissocial, nerd até à medula. Apaixonada pelas culturas britânica, hindu e hippie. Sintam-se à vontade pra me amar.

Website: http://tempoedimensoesrelativasempalavras.wordpress.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account