Log In

Reviews

The Following – Betrayal

Pin it
Série: The Following
Episódio: Betrayal
Número do Episódio: 2×12
Exibição nos EUA: 07/04/2014
100
5
1

Em Betrayal, The Following pega pesado com a religião, ou melhor, Joe Carroll pega pesado com a religião. Ateu, Joe carrega as mesmas iniciais de Jesus Cristo, J.C., mas confessa a Emma que só cometeu uma vez o erro de acreditar em um Deus.

Hoje, Joe tem um problema sério com religião e conseguiu um alvo bem interessante para juntar sua fome com a vontade de matar: o pastor sensacionalista Kingston Tanner. Em entrevista a Carrie, o pastor afirma que seu objetivo é derrotar o mal, quando claramente Carrie expõe os interesses financeiros paralelos. Joe acompanha o programa pela televisão e comenta, vibra e se irrita com cada fala da entrevista. Tanner escolheu Carroll para alavancar seu número de fiéis, mas subestimou o J.C. de Korban.  

Joe já estava muito irritado com o “hipócrita” do Tanner e não esperava um baque pior. Mas ele veio. Emma descobriu a fuga de Mandy e o seu destino: os braços de Lily Gray. Joe desafiou sua segurança e tentou ligar para Lily, mas ouviu o que mais temia: Mandy seria morta por sua fidelidade a ele. Nunca se viu até aqui na série um Joe tão derrotado. Mandy certamente ocupou um lugar em seu coração de uma forma que nenhuma outra pessoa conseguiu, muito menos Emma e, talvez, nem Claire.

The Following 2x12  Mandy

Carroll culpou Emma pela morte de Mandy e isso mostrou como o personagem ainda mantém a frieza e a sensatez em seus julgamentos. A culpa de Mandy não ter se sentido em casa em Korban foi especialmente de Emma e de seu ciúme de Joe. Foi então que o medo se juntou à inocência de Mandy e ela foi parar na cova dos leões, onde os Gray adoram um jantar em família. Carroll deve buscar vingança e deve ser em pouco tempo.

A parte mais triste de Betrayal foi a morte de Mandy. Além de frio e macabro, o seu assasinato acaba com a trajetória de uma personagem muito rica que ainda poderia render muito em The Following. A ligação dela com Carroll era muito intrigante e vai fazer falta. No entanto, a série mantém sua sina: qualquer personagem pode morrer em qualquer momento. Vale lembrar sempre que Ryan e Joe não seguem a regra, não importa o que a produção do seriado diga. Os dois só morrem em mortes falsas, algo que já está virando quase rotina na série.

The Following 2x12 Ryan e Carrie

Enquanto isso, Ryan tem seu reencontro com Claire. O retorno da personagem foi bastante emocionante para Ryan, mas Claire pareceu um tanto fria. Além disso, a ideia dela em querer ajudar o FBI não faz o menor sentido. Que adiantaria a Claire, um alvo ambulante, sair à caça de Joe e seus novos seguidores? O risco seria dela e conseguiu somente multiplicar os problemas e dificuldades encontrados até agora. Como se não bastasse, Claire vai se meter ainda na relação de Ryan e Carrie. Logo agora que o ex-agente do FBI tinha encontrado algo para voltar a sorrir, Claire parece disposta a bagunçar tudo. Max já entendeu o recado e não gostou nada do que viu. Mike e Max devem acabar apoiando Carrie ao invés de Claire. De morena para morena, quem vai sair em vantagem é a jornalista preferida de Carroll.

Outra morte de um personagem em potencial e que não pareceu nem um pouco fake foi a de Lucas, que perdeu a vida durante a ação no campus da Universidade de Northfield, na casa da fraternidade Alfa, Beta, Gama. Lucas era um personagem interessante, principalmente por sua relação com Tilda. Por outro lado, a nova seita de Joe já vem treinando novos assassinos. Nessa última missão quem fez sua estreia foi Angela. Foi um tanto engraçado ver o nervosismo da moça e a necessidade de fazer inúmeras perguntas.

The Following 2x12 Janta Gray

The Following segue para os últimos episódios da temporada. A Fox anunciou a season finale para o dia 28 de abril, assim nos restam apenas mais três episódios para o encerramento do segundo ano da série. Com Ryan no covil de Carroll só podíamos esperar um desfecho para logo. A season finale da primeira temporada foi impactante e apresentou até a morte (fake, é claro) de um dos personagens principais do seriado. Dessa forma, a expectativa é alta para os próximos episódios. O triângulo criminoso de Carroll X Ryan X Lily ainda tem muitas contas para acertar.

Frase do episódio: “She was mine” (ela era minha). Muito medo da cara do Joe para a Emma. #JCLive

PS: Quantos celulares Ryan já colocou fora nessa temporada?

Séries citadas:

é Jornalista, Publicitária, Gaúcha, Capricorniana de 84. Além de escrever no TeleSéries, trabalha como coordenadora de imprensa na Prefeitura de Taquari e assessora de imprensa no Campeonato Gaúcho de Rally 4x4. Fã de cinema, esportes, literatura, música e séries de televisão. Começou a assistir seriados com E.R. e Arquivo. X. Gostaria de ter estudado em Hogwarts, jogado quadribol e tomado cerveja amanteigada, mas se contenta com um gol do Grêmio e uma Heineken. Nunca ganhou um prêmio importante, mas já levou pra casa um Kikito de chocolate de Gramado/RS.

Website: http://www.alineben.blogspot.com

2 Comments

  1. Cinthia

    Verdade! Ryan teve vários celulares, rs!

    Achei que a Mandy ficaria um pouco mais nessa temporada… acho uma pena ela ter morrido. =/

  2. Pingback: Destaques na TV – sexta, 2/05

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account