Log In

Reviews

‘The Flash’, um balanço do primeiro ano da série

Pin it

A adaptação televisiva do herói mais rápido do mundo chegou em outubro do ano passado às telinhas sem grandes expectativas, mesmo com o peso do super-herói e da DC Comics por trás. Tanta desconfiança vinha até por conta da sua série co-irmã, Arrow, que mesmo em 3 temporadas, ainda não conseguiu acertar o ponto.

Mas para a grande surpresa dos fãs e passando por cima das poucas expectativas, The Flash surpreendeu em sua estreia e manteve o alto nível ao longo dos 22 episódios do seu primeiro ano.

The Flash começou a ser introduzida durante a 2ª temporada Arrow, quando apresentou o cientista forense de Central City Barry Allen, e, alguns episódios depois, mostrou o acidente com o acelerador de partículas que deu vida ao velocista escarlate.

A série independente começou então nove meses a partir desses acontecimentos, com Barry ainda em coma devido ao acidente. The Flash foi muito bem dividida, tanto para os fãs mais antigos, quanto para os mais novos, que puderam acompanhar o crescimento do super-herói e de todos os personagens.

No início, tanto Barry quanto a sua equipe, formado pelo Dr. Wells, Cisco, Caitlin e Joe, estão se adaptando a essa nova realidade com superpoderes e combatendo meta-humanos, que são as outras pessoas que também foram afetadas pela explosão do acelerador de partículas do Laboratório Star. Por outro lado, Allen investiga os próprios crimes provocados pelos meta-humanos, enquanto perito.

Ao chegar a sua segunda metade, The Flash passa a se focar nos dramas pessoais de Barry Allen, o assassinato da mãe, a prisão indevida de seu pai e também o seu amor por Iris West. E em meio a essas questões, é introduzido no show um elemento clássico das histórias em quadrinho: a viagem no tempo. Foram vários episódios abordando e explicando coerentemente o tema até a grande volta no tempo no último episódio da temporada.

Por ter como personagens jovens cientistas, a.k.a nerds, The Flash também foi muito feliz em suas referências à cultura pop, como The Adventure Time, Jurassic Park, The Walking Dead, Doctor Who e O Guia do Mochileiro das Galáxias. Essas referências foram responsáveis também por contextualizar e colocar o público em sintonia com os personagens. Elas vinham principalmente por meio de Cisco, personagem que mais cresceu e se tornou de grande importância para a trama, depois do próprio Barry.

Outro grande marco de The Flash foram as excelentes parcerias e diálogos com Arrow, casando as duas histórias de forma natural e sem sobrecarga de informação. O destaque fica para The Flash vs. Arrow, o crossover no oitavo episódio, um dos melhores da TV.

02607~0

Antes da estreia, enquanto saíam trailers, teasers e imagens, The Flash era criticada pelo visual e efeitos especiais, o que poderia ser justificado pelo seu baixo orçamento. Mas quando pudemos ver o resultado final, percebemos que a série foi imageticamente impecável, desde a luta entre o Flash e o Flash Reverso no primeiro episódio até a aparição do gorila Grodd, em forma de animação. Aliás, maiores efeitos visuais já foram prometidos pelos produtores da série Greg Berlanti e Andrew Keinsberg, para a 2ª temporada de The Flash, prevista para estrear no dia 6 de outubro de 2015.

Para a 2ª temporada, eu espero ver os personagens mais maduros, tendo que lidar com as consequências do último episódio e também aprendendo a seguir com os aprimoramentos da ciência sem o Dr. Wells para ajudá-los. E também maior desenvolvimento de Iris, que foi o personagem mais parado neste primeiro ano. Ronnie Raymond e Dr. Martin Stein, pelo final da 1ª temporada, devem ter mais espaço e importância no segundo ano.

The Flash fez sua segunda passagem na TV de forma majestosa e tendo todo o mérito da audiência que conquistou, trabalhando delicadamente cada gancho da série, sem deixar pontas soltas na sua primeira temporada e não se deixou tornar mais um produto de super-heróis no mercado.

Séries citadas:

2 Comments

  1. Carlos Loures

    Parabéns pelo q foi dito e concordo plenamente com o q vc disse .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account