Log In

Reviews

The Crazy Ones – She’s So European

Pin it
Série: The Crazy Ones
Episódio: She's So European
Número do Episódio: 1x05
Exibição nos EUA: 24/10/2013

“Vá arranjar uma garotinha, Simon.” – Sydney

Sexo. Este foi o tema dominante do quinto episódio de The Crazy Ones. As referências sexuais não são exatamente uma novidade na série, muito pelo contrário. Até agora, vimos uma infinidade delas sendo exploradas – sem muito sucesso, é verdade, e com direito a alguns momentos meio “vergonha alheia” –, mas esta certamente foi a primeira vez que um episódio foi praticamente dominado pelo tema. E, ao contrário de seus antecessores, neste caso elas até que funcionaram bem.

Mais uma vez, o episódio foi dividido em dois arcos bem diferentes: o primeiro deles – e também o principal – envolvia Simon, Sydney e Zach desdobrando-se para desenvolver um novo site de encontro para idosos (genial!) para sua cliente/amiga/amante (não necessariamente nessa ordem!) Helena, uma britânica bem saidinha, ousada e tão, mas tão… Europeia! O outro arco foi todo de Andrew, que – com a ajuda sempre inestimável de Lauren – tentava sair da sombra de Simon ao assumir o comando de uma campanha de perfume masculino. Pena que, para isso, ele precisava domar um locutor estrela e seu ego monstruoso.

“Adoro ouvir o meu pai falando sobre sua vida sexual. O que seria desconfortável nisso?” – Sydney.

Eis que logo nos primeiros minutos somos apresentados à Helena, uma amiga/cliente de Sydney a quem ela admira com um entusiasmo bastante exagerado. Numa tentativa de ser mais como a amiga, Sydney faz de tudo para parecer mais cool e fugir do estereótipo de “americana pudica” – nas palavras de Helena – para se tornar tudo aquilo que não é: mais liberal e… Europeia. O problema é tentar ser totalmente cool quando o assunto em questão é a vida sexual de seu pai. Pobre, Sydney!

Sean Connery foi o melhor 007 com quem já transei.” – Helena

“Você escolhe seus amantes como eu escolho meus M&Ms.” – Sydney

Sem saber o que fazer com suas noites livres em Chicago, Helena escolhe Zach – e quem mais poderia ser? – para ser seu amante, e em seguida vemos a moça fazer uma detalhada descrição para Sydney sobre a sex face aparentemente “charmosa” e “sonhadora” de seu colega de trabalho. Zach, entretanto, não foi suficiente para apagar o fogo de Helena – o furacão europeu –, e a próxima vítima da moça foi ninguém menos que Simon. Por si só, a situação já seria bastante embaraçosa, não fosse o flagra – que nenhum filho gostaria de dar em seus pais – que Sydney deu nos dois. E, segundo Helena, ao contrário de Zach, Simon é um “gemedor”. Meu Deus! Será que Helena – e a Inglaterra – nunca ouviu falar em “too much information”?

O auge do episódio aconteceu exatamente na disputa entre Zach e Simon por Helena (arruinando, no caminho, todos os filmes favoritos da infância de Sydney). Simon com ódio mortal da “experiência transcendental” de Zach com a moça foi impagável. Na verdade, essa disputa só perdeu para aquela pelo pote de maionese, com direito a show de Robin Williams e James Wolk interpretando suas sex faces. Aliás, a cena (e os erros de gravação!) de Lauren relembrando a antiga sex face de Zach merece uma menção honrosa. Ah Lauren, sempre você!

Com o profissionalismo há muito jogado pela janela, o desconforto tomou conta da agência, e quando Simon, Sydney e Zach resolvem se concentrar apenas no trabalho, vemos o nada discreto incômodo de Sydney com o tal site de encontros para idosos – para o qual Simon sugeriu o elegante nome “Grisalho Lá Embaixo”. Ri alto com as reações dela às sugestões para campanha.

“Estamos assistindo ‘The Walking Dead’?” – Sydney

E falando em Lauren, o outro arco do episódio mostrou Andrew e a assistente precisando tomar a liderança de uma campanha, já que Simon estava envolvido – e como! – com a campanha de Helena. Para isso, Andrew teve que lidar com o Sr. Fred Melamed, um locutor de currículo invejável, cujo ego gigantesco manda lembranças para a mais arrogante das pessoas. E como foi difícil! Andrew – ou seria Mandrew? –, com seu jeito doce, bonzinho, teve enorme dificuldade em se impor diante desse gênio difícil, que fez dele gato e sapato. A primeira experiência com Melamed foi tão traumática que, ao saber que teria uma segunda chance com o locutor, sua reação foi sair pela tangente.

“Serei jurado neste dia. E também terei diarreia.” – Andrew

Mas no fim tudo deu certo, vimos Andrew se impor – com voz grossa e tudo! –, conquistar o respeito de Fred Melamed, e conseguir tirar dele a locução perfeita para a campanha de Musk.

“Eu estava abraçando um menino, e solto agora um homem.” – Fred Melamed

Como não rir dessa cena? Andrew, aos poucos, também vem ganhando seu merecido espaço na série, e acho que a dobradinha com Lauren é receita certa para o sucesso. Espero ansiosamente por mais cenas desses dois!

E, para fechar com chave de ouro esse episódio “sexy”, Melamed e Helena se encontram na saída da Roberts & Roberts e, claro, se tornam amantes quase que instantaneamente. Afinal, quem aí seria capaz de resistir àquela cantada/texto publicitário nonsense na voz arrasadora do locutor? Essa é a pergunta que não quer calar.

Até a semana que vem!

Séries citadas:

é Analista de Relações Internacionais, graduada em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba e em Letras pela UFPR. Apaixonada por livros, música e séries de tv, será eternamente uma "Garota Gilmore", mas também assiste The Good Wife, Castle, Orphan Black, Grey's Anatomy, Hart of Dixie, Nashville, Parenthood - entre um milhão de outras - e jura amar todas.

3 Comments

  1. Pingback: Destaques na TV – domingo, 2/03

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account