Log In

Reviews

The Carrie Diaries – The Long and Winding Road Not Taken e Identity Crisis

Pin it
Série: The Carrie Diaries
Episódios: The Long and Winding Road Not Taken e Identity Crisis
Número dos episódios: 01x10 e 01x11
Exibição nos EUA: 18/03 e 25/03/2013
83
4.1
2

Sinceramente não gostei muito de The Long and Winding Road Not Taken. Achei o episódio mais fraco da temporada de The Carrie Diaries até aqui. Eu esperava mais do aniversário de Carrie Bradshaw. A dúvida dela entre Castlebury e Manhattan já é um plot repetido por demais e que só vale a pena de repetir se acontecer algo muito surpreendente que derive daí, o que definitivamente não foi o caso desse episódio. Não aconteceu nada de empolgante na festa a não ser o reencontro de Walt e Bennet e o Sebastian perdendo a linha na bebida. O que podia ter sido interessante que foi o contato da Carrie com um agente literário não teve seguimento até agora.

Nesse episódio cabe destacar a evolução da história da Dorrit. Embora eu ache tosco ela ter roubado de novo pelo menos as coisas acabaram de uma forma um pouco melhor pra ela. Foi fofo ela e o carinha da loja de discos, mas acho que alguém precisa dar um basta nas idiotices que a Dorrit faz.

Quando eu achei que ia rolar a primeira vez de Kydshaw a mala da mãe do Sebastian resolveu aparecer e conseguimos entender, nestes dois episódios, pelo menos um pouco das burradas que ele faz às vezes. Com uma mãe dessas como ser bem certo? Mas ele é totalmente fofo ainda assim.

A história da Mouse com a estudante de Harvard também não me desceu muito. Eu sei que no fim tudo isso só vai servir pra aproximá-la de West, mas ta me parecendo um pouco forçado. A propósito, pensei bastante no porque de Maggie e Mouse nunca irem a Manhattan com a Carrie e o Walt sim, mesmo ele sendo de uma família com hábitos mais tradicionais que as delas… Mouse até não faz muita questão, mas e Maggie? Enfim, não entendo. Deve ser porque naquela época havia ainda mais machismo do que hoje.

Em contrapartida gostei muito de Identity Crisis. Não dispersou muito, focou no que era mais importante e conseguiu fazer um episódio muito engraçado.

Carrie está se sentindo cada vez mais em casa em Manhattan e na Interview. Se eu não soubesse em quem Carrie Bradshaw iria se transformar anos mais tarde acho que meus palpites chegariam perto, pois a personagem está sendo bem construída e a AnnaSophia Robb ta dando muito bem conta do recado.

O plot do Walt ta sendo muito bem desenvolvido. Finalmente ele está se dando conta de que é gay mesmo e que não tem como fugir disso. Ele faz o possível para encontrar o Bennet e quando encontra fica claramente mexido. A conversa da Carrie com ele foi muito fofa e teve um tom bastante sutil, embora tenha demonstrado pelo que os gays passam.

Finalmente o Tom resolveu seguir a vida de vez. Quando vi ele discutindo com a Deb tinha certeza que isso ia acabar em pegação. Parece que dessa vez ele ta disposto a dar continuidade no caso, já que até pegou o telefone e estava disposto a ligar e continuar se encontrando com ela. Só estou achando que o fato de Maggie e Sebastian terem visto e escondido da Carrie ainda vai dar alguma coisa errado.

Achei que a história da Mouse deu uma melhorada nesse episódio e já deram indícios de que ela e o West não vão demorar muito pra ficar juntos. O plot do Sebastian de novo foi repetido com a história da família dele, mas pelo menos parece que agora fechou o ciclo já que a mãe dele foi embora de novo.

A observação mais importante desse episódio pra mim foi que mesmo quando a Larissa nem aparece no episódio ela consegue roubar a cena. Acho a personagem boa demais. Os momentos da Carrie correndo atrás do pacote do Andy Warhol foram impagáveis. Só isso já valeria o episódio! Muito bom!

 

Séries citadas:

Relações Públicas e Mestre em Comunicação Midiática pela UFSM. Não esconde sua paixão por reality shows, sendo fã especialmente de The Voice, Survivor e The Amazing Race. Suas séries preferidas são Friday Night Lights e The O.C, mas também nutre um profundo amor por Friends e Sex and the city. Atualmente assiste Orphan Black, Orange is The New Black, Broadchurch, Faking It, Girls e Nashville... Suas paixões mais recentes são The Affair, How to Get Away With Murder e Scandal (cujas 4 temporadas completas assistiu em apenas 20 dias).

Website: http://www.assmanncomunicaçãoestrategica.wordpress.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account