Log In

Reviews

The Blacklist – Berlin Conclusion

Pin it
Série: The Blacklist
Episódio: Berlin Conclusion
Número do Episódio: 1x22
Exibição nos EUA: 12/05/2014
95.333333333333
4.7
3

Na review sobre The Kingmaker e Berlin, eu disse que esperava que a finale de The Blacklist fosse a cereja no topo do bolo. E eu não me decepcionei. Pelo contrário: o encerramento da 1ª temporada da série superou minhas expectativas.

Red foi preso no final de Berlin. Mas ele não ficou muito tempo em custódia do FBI, já que Alan ocupa um cargo elevado no Governo e mexeu os pauzinhos para que Red fosse transferido possibilitando, assim, uma fuga. E tão logo Reddington conseguiu fugir, ele avisou para “sua” força-tarefa que as vidas deles estavam em risco.

E não demorou muito para nós termos certeza de que Berlin não estava, mesmo, para brincadeira: a agente Malik acabou morrendo no melhor estilo Catelyn Stark. Morreu sem ser bem aproveitada no seriado, uma pena. Mas pelo menos os roteiristas escolheram a “pessoa certa” para sacrificar.

E quando Cooper, na sequência, foi estrangulado no carro eu fiquei em choque. Achei que até o final do episódio só Lizzie ficaria viva (porque vamos combinar que ela nunca morreria…). Mas quiseram os deuses – ainda bem – que eu estivesse enganada. Aram, Elizabeth e Ressler acabam o episódio bem vivos, obrigada. E Cooper deu mostras de que pode sobreviver também, no final das contas.

E eu fico contente com isso. Especialmente porque a equipe começou a se encontrar melhor nos últimos episódios, deixando pra lá aquela impressão de que o FBI é sempre burro. E nessa season finale, mais uma vez, o FBI conseguiu fazer um bom trabalho, mesmo com sua equipe caindo os pedaços. Só a história do “guarda” com a mão cortada foi esquisita, já que embora a frase tenha sido dúbia, eu interpretei ela como “Berlin cortou sua própria mão” desde o princípio.

O legal de Berlin estar vivo e à solta é o fato do FBI ter conversado com ele, mesmo que sem saber. Ou seja: a história absolutamente sanguinária do cara é verdadeira, e foi contada pelo próprio. E ele é um vilão de gabarito, daqueles que sempre são bem vindos nos seriados. Além do mais, a presença dele na série nos leva a pensar em qual o papel de Red no meio disso tudo. Porque tamanha obsessão?

Pois bem, como Red olha para a mesma foto que Berlin (acho que era, não? A da filha do Berlin?), eu creio que Reddington é o cara pelo qual a filha de Berlin se apaixonou. Assim, o criminoso pode estar atrás do seu ex-genro em razão de tudo que a filha sofreu depois. Talvez ele culpe Red pelo acontecido. É a única explicação que eu vislumbro, agora.

The-Blacklist-Season-Finale

Outra coisa que a finale, competentemente, deixou no ar é o laço entre Red e Lizzie. Os diálogos entre os dois foram (mais uma vez) geniais, especialmente os ligados à morte do Sam. Red demonstrou o quanto sofreu por matar o amigo, mesmo que ele estivesse sofrendo. E não escondeu de Elizabeth que fez isso para impedir que a identidade do seu pai fosse revelada.

Não é de hoje (é do piloto, aliás) que sabemos que o Red é o pai da Lizzie. Quer dizer, nós sabemos MESMO? Porque essa season finale me deixou com a nítida impressão que ele não é. Reddington foi bem enfático em dizer que a vida de Lizzie estaria em grande perigo se ela descobrisse a identidade do pai. E nós sabemos que todos os “caras maus” já ligaram Elizabeth ao Reddington. Aliás, foi assim que o Berlin chegou nela. Então porque Red não revelaria para Elizabeth que é seu pai, já que o risco existe?

Além do mais, quando Red e Lizzie falam da noite do incêndio que, supostamente, vitimou o pai dela, Red fala que alguém a levou até o Sam. Obviamente, se o pai dela estiver mesmo morto, não teria sido ele próprio. Nesse caso, as cicatrizes de Red se justificam: ele seria a pessoa que tirou a pequena Elizabeth do incêndio e a levou até Sam. Mas quem seria Red, nesse cenário? Será que o pai de Lizzie era um grande amigo seu? Ou seria que Red seria o responsável pela morte do pai biológico da moça?

Confesso que não sei o que pensar. Embora cada vez me pareça mais óbvio que Red ama Lizzie como uma filha e os indícios sigam apontando para o parentesco entre eles, não consigo deixar de achar que Reddington está falando a verdade e o verdadeiro pai dela está morto. Infelizmente esperarei longos meses por mais elementos para minha teoria.

O caso todo da finale foi muito bem construído. Sempre que descobríamos algo, tínhamos nossas ideias preconcebidas destruídas. Quando achamos que Berlin estava morto, descobrimos que ele não era o Berlin. Quando achamos que Elizabeth destruiria com a cara do Tom, ela deixa ele vivo, para fugir. O que até que foi uma coisa legal, já que Berlin e Tom farão uma duplinha bem incomodativa na segunda temporada.

Temporada que deve ter, mais ou menos, a mesma dinâmica que a primeira. Mas dessa vez as coisas tem tudo para ser mais eletrizantes, já que o inimigo de Red está livre e terá mais recursos. E Ressler não joga mais pelas regras, o que significa que ele e Elizabeth farão uma dupla mais revoltadinha. Só vi vantagens.

Ah, e o “mais importante”: Ressler e Lizzie estão solteiros. UMA TEMPORADA TODINHA PRO MEU SHIP ZARPAR SE APROXIMA! Yay!

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

9 Comments

  1. pedroluiz02

    Mariela, quando Red diz que foi ‘seu’ pai quem a salvou do incendio e, depois ou um pouco antes, afirma que não ‘ERA eu’ … …soou uma ambiguidade; não era por ser uma pessoa diferente , outra personalidade; depois que se tornou RED, assumiu o lado negro da força ? e o ,Cooper, o ator tem na voz um dos pontos fortes , que será dele com a garganta esmigalhada? Belo texto. , parabens

  2. Mariela Assmann

    Então Pepe, acho que o Red é mesmo o pai dela. Que ele fala que o pai dela morreu porque o homem que ele era morreu no incêndio. Mas continuo achando que isso não ficou fechado. Podemos ter alguma surpresa. Eu acho.

  3. pedroluiz02

    Mariela, exatamente o que eu penso. Como tem a mesma foto, no maximo, ou é o genro ou o irmão do Berlin.

  4. Gustavo

    Eu acredito que muitas surpresas nos esperam. Red ser pai de Liz me soa um tanto quanto… Obvio. Acredito que ele nao é pai de Liz, mas que estava junto ao incendio isso ele estava. São muitas teorias! HAHHHHAH

  5. Mariela Assmann

    Eu também acho que seria óbvio demais. Quero dizer, tudo caminha pra isso. Mas ainda acho que seremos surpreendidos!

  6. Mariela Assmann

    Se ele for mesmo pai da Lizzie e genro do Berlin, sim. Aí eu pergunto: se Berlin soubesse que a Elizabeth é neta dele, não seria melhor deixar essa informação vir à tona? Pelo menos ela não seria caçada por ele. Enfim, teremos que esperar até setembro, pelo menos!

  7. biancavani

    Red não sabia quem era Berlin nem a razão da fúria deste contra ele. Se Red for mesmo o pai de Lizzie, colecionou muitos inimigos, e seria melhor que ninguém soubesse desse parentesco; mesmo Lizzie não gostaria da ideia de ter um pai-criminoso-number-one. Além disso, o pai dela também poderia ter sido um amigo (muito amigo, ao qual R. fez uma promessa de cuidar de L.), ou então irmão do Red….
    Mas você tem razão, M., só em setembro…

  8. Sarah

    Alguem sabe me dizer o nome da atriz que fez o papel da filha de berlin na segunda temporada?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account