Log In

Reviews Spoilers

The Amazing Race – There’s A Lot of Nuts and Bullets

Pin it

The Amazing Race -  There's A Lot of Nuts and Bullets
Reality Show: The Amazing Race
Episódio: There’s A Lot of Nuts and Bullets
Temporada: 17ª
Número do Episódio: 17×09
Data de Exibição nos EUA: 21/11/2010
MVP: Jill e Thomas
LVP: Nick e Vicki

O episódio 9 me deixou bastante aliviado, porque o TAR17 aparentemente voltou à sua boa forma, continuando a ser uma temporada divertidíssima! Digo “aparentemente” porque, apesar do episódio ter sido excelente, as provas ainda deixaram a desejar. Como isso aconteceu em duas etapas seguidas, não deixa de ser um motivo de preocupação.

Mas vamos falar de coisa boa. O motivo do episódio ter sido tão bom foi o Double U-Turn, uma versão modificada do U-Turn que permite o retorno de dois times ao Desvio ao invés de um só. Está mais do que óbvio porque a produção criou essa versão “3.0” (a 2.0 foi o Blind U-Turn, que só deu as caras no TAR14, mesmo sendo uma mudança interessante): quando o U-Turn era simples, TODOS os times que tinham que cumprí-lo acabavam eliminados. Ou seja, retornar dois times parecia a solução, já que assim o eliminado não seria tão óbvio (e realmente não foi). Mas, ainda assim, não achei o Double U-Turn tão necessário assim.

Explico. O fato de todo time retornado ser retornado se limita a versão estadunidense. Em nada mais, nada menos que QUATRO edições internacionais (China Rush, The Amazing Race no Discovery Channel, HaMerotz LaMillion e The Amazing Race Asia) já tivemos exemplos de equipes que completaram a outra opção do Desvio e não saíram. Por isso, não era preciso modificar o U-Turn só para impedir eliminações previsíveis. Bom, mas isso é só uma observação de um fã ardoroso do programa. Para qualquer espectador comum, o Double U-Turn funcionou que é uma beleza.

Como era esperado, ambos os U-Turns foram usados, em Brook e Claire e em Chad e Stephanie, e as duas duplas brigaram para ficar na corrida até o último minuto, criando um clima de tensão que há algum tempo já não se via no TAR. Foi a dinâmica do Double U-Turn que fez o episódio render, porque se fôssemos depender das tarefas…

Par esse trecho, os times voaram para Bangladesh, um país inédito para o reality. O Desvio era extremamente fácil: as opções consistiam em levar marmitas para funcionários de um navio ou carregar tijolos do ponto A ao ponto B. Francamente, produção, por ser um país nunca antes visitado pelo programa, as provas poderiam ser mais criativas, não? E o pior é que a desculpa de facilitar as duas escolhas por causa do U-Turn não cola: agora, duas equipes iriam sofrer o mesmo mal, o que as colocaria em pé de igualdade. Já o Bloqueio se mostrou interessante: um integrante da dupla deveria montar um riquixá, uma forma de transporte comum em vários países da Ásia, consistindo de uma bicicleta e uma carroça. Foi no mínimo curioso vê-los serem montados aos poucos, depois de assistir a tantos episódios em que eram usados pelos times para se deslocarem dentro das cidades… O único problema é que a prova, apesar de demorada, não era tão difícil assim de se fazer, tanto que nenhum time teve nenhum problema sério para completá-la. Bom, fica para a próxima uma etapa com provas mais complicadas (e é bom serem mesmo, pois no próximo trecho não haverá Double U-Turn para salvar o episódio).

Por último, falta falar sobre o MVP e LVP (Most e Least Valuable Player, respectivamente). Apesar de ser uma equipe detestável, devo admitir que Jill e Thomas mereceram a vitória da etapa porque foram os únicos que insistiram em arranjar um vôo melhor para Bangladesh (e bota “melhor” nisso – a vantagem deles foi de sete horas!). Já Nick e Vicki correram bem hoje (surpresa!), mas me irritaram com seus comentários preconceituosos sobre o país. Nick reclamou do mau cheiro, mas Vicki pisou feio no tomate ao falar DO LADO DE UM NATIVO que a comida deles cheira a cocô. Mais respeito com o país dos outros né, gente? Mas já devia ter aprendido a não esperar muita coisa desses dois…

Eliminados:
The Amazing Race -  There's A Lot of Nuts and Bullets

Séries citadas:

Cinéfilo assumido, também tem como uma de suas paixões os seriados de TV. É fanático por reality shows de competição, sendo o seu preferido The Amazing Race e suas diversas edições pelo mundo. Também adora Survivor, Hell's Kitchen e America's Next Top Model. Depois de entrar para o TeleSéries, passou a apreciar séries de ficção, como Being Erica, The Big Bang Theory, Glee, Dexter e principalmente, Breaking Bad.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account