Log In

Especiais Ficção (séries virtuais) Notícias

TeleSéries irá exibir seriados virtuais

Pin it
Conheça as três séries virtuais que farão parte da programação do TeleSéries.
0
0

Enquanto a Fall Season começa cheia novidades, mais três séries esperam a data de entrar no ar. Já ouviram falar em Destination Anywhere, no drama sci-fi Outsiders e na série policial She/He? Provavelmente não. Tratam-se de séries virtuais, escritas por roteiristas aspirantes e apaixonados por seriados. O TeleSéries vai exibí-las a partir do dia 01 de outubro, mas antes de escolher qual série você vai “ler”, que tal conferir uma a uma?

Sem grandes campanhas publicitárias ou entrevistas em programas de auditórios, os criadores das séries virtuais aguardam ansiosos para a estreia, e no caso de duas delas, para a re-estreia.

Destination Anywhere é um drama adolescente que gira em torno da amizade de Anna e Matt, interrompida bruscamente durante a infância dos dois. A história se passa em Tulsa – Oklahoma, e mostra cenários reais, como a Escola Secundária Will Rogers.

A série foi escrita em 2004/2005 pelas irmãs Maria Clara Lima e Sarah Lima. “Meu foco era desfazer os esteriótipos adolescentes dos dramas americanos e mostrar que há realmente um ser humano por trás de cada tipo”, diz Maria Clara. A primeira temporada gira em torno do reencontro de Anna e Matt e as consequências disso em suas vidas. A série tem tramas pessoais que se desenvolvem ao longo da temporada e um mistério central, que acaba servindo como pano de fundo para as histórias.

O elenco (sim, o elenco) foi escolhido imaginando-se o que seria viável financeiramente e quais atores aceitariam trabalhar em uma série real com uma emissora e uma produtora de porte médio. Mesmo assim, a série traz um elenco de primeira com Natalie Portman, Joseph Gordon-Lewitt, Lindsay Lohan e Mena Suvari. “Isso jamais aconteceria na realidade”, confessa.

Quando perguntada sobre suas expectativas em relação à exibição no TeleSéries, Maria Clara diz: “É um teste. Quero saber se a história que foi escrita há tanto tempo atrás ainda funciona. Acredito que hoje as pessoas conheçam mais as séries e assistam mais também, e pode gerar um ótimo debate”. Ela acredita que se fosse reescrever “D.A.” faria tudo bem diferente, mas não era a hora de rescrever a história, e espera que as pessoas façam críticas construtivas. Do que ela mais sente falta, Maria Clara afirma categoricamente: “a trilha sonora era perfeita e já começa com a música da abertura”.

Já a turma de Outsiders não ver a hora de testar o seriado mais uma vez. O drama sci-fi escrito por Luciana Santos, Samir Zoqh e Marcos Damata também foi exibido pela primeira vez em meados de 2005, e conta a história de um grupo de adolescentes com habilidades especiais. Eles vivem na cidade fictícia de Naranda, onde tentam conciliar suas vidas cotidianas com a busca por respostas sobre suas origens. A primeira temporada fala sobre o treinamento e domínio de habilidades pelos quais os personagens principais passam, aliados aos conflitos de suas vidas pessoais.

“A escolha de elenco foi um processo lento e bem colaborativo. Tivemos envolvimento direto de vários amigos próximos, como a Clara, a quem devemos a escolha de Keira Knightley para a protagonista Cathleen.”, diz Luciana Santos, uma das criadoras de Outsiders. Ela também diz que o critério para a escolha do elenco era pegar atores que não eram tão rodados (Keira foi escolhida antes de Piratas do Caribe). Completando o elenco, temos Neve Campbell no papel de Sarah, Paul Wesley (quando ainda era Paul Wasilevski) no papel de Zack, J Mack Slaugther fazendo Ehlios, Riley Smith interpretando Joey, Alona Tal no papel de Kennedy, e, fechando, Bonnie Somerville fazendo Julia.

Em relação ao fato de Outsiders ser uma reprise, Luciana tem uma resposta diferente da criadora de Destination Anywhere. “O piloto está intacto e na íntegra, como foi ao ar seis anos atrás. Pretendo tentar repaginar alguns episódios, tirar um pouco a voz pueril da série, mas sem que ela perca o tom leve que a primeira temporada deve ter, afinal, eles são jovens.” Ela também diz que tem centenas (sim, centenas) de páginas de rascunhos e mitologias criadas na época, episódios que nunca foram ao ar, personagens que nunca foram apresentados e ideias que ainda não foram para o papel. “Vamos ver para onde o vento sopra”.

Luciana revela  que espera somente se divertir relendo os antigos ‘devaneios’ – dela e dos outros criadores. ‘Outsiders é fruto da colaboração com pessoas que conheci na época [ 2005] e que hoje são parte integral da minha vida. Então devo à série muitas risadas e amizades feitas. Também quero matar a saudade desses personagens que são tão paupáveis para mim e que me trouxeram tanta diversão e escape criativo durante minha adolescência”, completa.

As duas séries reprisadas serão exibidas com a abertura original feita em 2005. Destination era embalada pela música Promise da banda canadense Lillix, já Outsiders começava com a música Late Great Planet Earth do Plumb.

A novidade das séries virtuais fica por conta do drama policial She/He, que será exibido pela primeira vez e foi especialmente criado para o TeleSéries. A história conta as aventuras da jornalista Kimberly Lewis e do seu amigo policial Gregory McQuaid, enquanto tentam ascender em suas carreiras e solucionar alguns casos na cidade de Boston, nos Estados Unidos.

Thales Brandi, roteirista do projeto e administrador do site Guia de Seriados, explica que a trama principal gira em torno do fato de três fatos principais: Gregory tentando conciliar seu noivado com a carreira policial, a busca de Kimberly por reconhecimento em sua profissão e na conveniência encontrada pelos dois em trabalhar juntos – e morar juntos.

Em She/He, a escolha do elenco ainda não foi finalizada, já que a série será exibida a partir de dezembro. Thales Brandi adiantou alguns nomes como a escolha de Emily VanCamp para o papel principal. “Eu adoro o trabalho da atriz. E para interpretar o policial McQuaid, eu sugeri o Lee Pace de Pushing Daisies, que é um excelente ator e acredito que pode fazer uma boa dupla com a Emily”.

Thales também diz que o momento de escrever é crítico, e que no agora conta com a ajuda da amiga e co-roteirista Maria Clara Lima. “Escrever à quatro mãos é o maior desafio, ainda estamos nos encontrando. A melhor parte pra mim está sendo montar os casos, e a parte emocional da série”.

Em relação às exibições das séries no site, Thales diz que isso vai ser muito bom para todo o mundo das Séries Virtuais. “Acho que é uma oportunidade única a que o TeleSéries está dando para os escritores, porque será uma ótima forma de divulgação”. Ele também diz que será uma honra ter a sua série exibida ao lado de Destination Anywhere e Outsiders, pois foram as primeiras séries virtuais que ele leu e foram também as que o inspiraram a escrever She/He. “A história é legal e os atores são ótimos. Acredito e espero que os leitores se apaixonem pela série como nós estamos apaixonados”.

Confira o trailer promocional produzido por Marcelo Nor.

5 Comments

  1. Mariela Assmann

    Quero ler logo!!! Uma ótima iniciativa do TeleSéries, que mais uma vez inova! =)

  2. Paulo Victor

    Parabéns Teleseries pela iniciativa! Já pensei em exibir séries virtuais uma vez em meu site, mas desisti, pensando em não ter retorno da audiência. Parabenizo pela coragem e pela aposta, com certeza será um grande sucesso! Já li alguns capítulos de Outsiders e só tenho a dizer que é otima!! Quero ver Destination Anywhere e aguardando loucamente dezembro pra ler She/He :)

  3. Cristina Ravela

    Ameeeeei isso, gente, parabéns msm pela iniciativa de ser o primeiro site sobre seriados de TV a divulgar seriados virtuais – q eu saiba -.
    Já é matéria no Blog da Zih o/
    blogdazih.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account