Log In

Programação EUA Reviews

Supernatural – Reading is Fundamental

Pin it

Série: Supernatural
Episódio: Reading is Fundamental
Temporada: 7ª
Número do Episódio: 7×21
Data de Exibição nos EUA: 04/05/2012

Episódios finais são sempre assim: tanta informação, respostas e surpresas que nem consigo assimilar tudo.

O episódio começa com aquela argila que Dean e Sam roubaram de Dick Roman na semana passada. Os irmãos resolvem quebrar a pedra para descobrir o que ela guarda e depois de algumas marteladas, descobrem que tem um pedaço de rocha com símbolos talhados. Mas como o negócio é muuuito antigo, eles não conseguem decifrar o que está escrito.

Só que ao tirar esse objeto da pedra, eles desencadearam fenômenos meteorológicos estranhos, nascimentos precoces, acordaram Castiel do coma e fez com que um raio caísse na cabeça do jovem Kevin Tran e ele se transformasse em um profeta.

Kevin Tran, o garoto da turma avançada. Ele só queria passar em Princeton, mas se tornou o profeta que poderia ler todos aqueles símbolos talhados na pedra. Nem ele sabe por que, mas segue sem saber direito pra onde, atrás de sua missão.

Cas acorda do coma bem no estilo “peladão da rave” como bem descreveu Meg. Cas sabe quem ele é, reconhece os Winchesters, mas não está batendo muito bem da cachola. Ele ficou meio sequelado por ter trocado de barreira com Sam e está instável, uma hora fala coisa com coisa, depois fica divagando sobre abelhas. Apesar de ser um episódio sério, com várias respostas para nossos questionamentos, Castiel consegue trazer vários momentos engraçados pra história. Quem não riu com o “Pull my finger”?

Cas explica que a pedra se trata de uma das “Palavras de Deus”. Ele confessa que não pode ler, já que ela foi escrita por um Metatron (e não um Megatron Transformer, apesar de visualmente parecidos). Metatron são escribas de Deus, uma espécie de Anjo Supremo que desvenda a palavra divina. No nosso caso, Kevin se torna um profeta que é capaz de traduzir a Palavra de Deus.

Enquanto Sam está explicando para Kevin que o que ele está lendo sobre os Leviatãs é real, aparecem Hester e Inias, dois anjos do antigo clã de Castiel. Eles querem levar Kevin para o deserto para que ele aprenda a palavra de deus longe dos homens. Até aí, tudo bem, eles estão apenas cumprindo o protocolo do céu! O que mais me chamou a atenção foi a atitude de Hester, para um anjo ela é muito vingativa e instável emocionalmente. A maioria dos anjos que apareceram em Supernatural ficam só com poker face, sem esboçar nenhuma emoção, fazem seu trabalho e vão embora. Inias é assim, mais centrado e pé no chão, mas Hester é meio descontrolada e fora do padrão dos anjos.

Enquanto Dean, Sam, Castiel e Kevin vão pra cabana do Rufus para ganhar um tempo. Eles precisam que Kevin decifre a Palavra de Deus, mas sabem que a dupla de anjos irá aparecer em pouco tempo. Já Meg cara de trakinas mostra uma atitude muito suspeita! Eu não acredito que ela esteja contra Crowley e totalmente do lado dos Winchesters e Castiel. Não é a primeira vez que ela trai Sam e Dean, e também porque ela iria querer ficar do lado de um anjo com uns pinos a menos?

Fiquei empolgada com essa história de que o Crowley está só esperando sua hora chegar para mostrar seus planos. Certeza que ele está morrendo de raiva de Cas por causa da traição, mas também não fez amizade com Dick Roman. Assim, independente de quem ele for apoiar, será uma surpresa. Crowley, aparece logo, seu lindo!

Uma cena que eu achei bacana no episódio foi quando Cas diz para Sam que foi positivo ele ter pegado suas dores, já que antes ele estava vazio e sem emoções. Acho que os roteiristas fizeram isso para tirar a culpa do Sam pelo fato de Castiel ter ficado meio pinel. O mais triste é que Cas pensa que está tudo bem, que ele não precisa ficar “melhor”.

Um ponto que ficou meio mal explicado: de onde Meg tirou aquela faca de matar anjos? Será que foi o Castiel que deu pra ela? Ainda estou com um pé atrás com essa mulher! Pelo menos ela serviu de alguma coisa, matou Hester que estava descendo a porrada em Castiel num ataque chiliquento de inconformismo.

Kevin traduz a Palavra que afirma que só há uma maneira de matar os Leviatãs: com um osso de um mortal justo banhado no sangue dos três caídos. Sendo que um deles, é o de um anjo caído. Tcharã, Cas é um anjo caído! Pronto, agora só falta o sangue de mais dois e o tal do osso do mortal justo. Até que não é tãããoo difícil assim!

Daí quando pensamos que tudo está bem. Inias leva Kevin para casa e lá tem o capanga de Dick Roman disfarçado de detetive. Fiquei chocada, não imaginava que os Leviatãs fossem mais fortes que anjos. Sério, se os anjos não são os mais importantes, quem seria o escudeiro mais poderoso de Deus?

Séries citadas:

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account