Log In

Reviews

Supernatural – Man’s Best Friend With Benefits

Pin it
Série: Supernatural
Episódio: Man’s Best Friend With Benefits
Número do episódio: 8x15
Exibição nos EUA: 20/02/2013
Com bom humor, mas sem surpresas
76.75
3.8
4

Dessa vez tivemos um episódio bem diferente da semana anterior. Depois de tanta informação, referências mitológicas e tudo mais, nesta semana voltamos a um episódio bem morno, combatendo um “monstro do dia”. Apesar de ter sido bem previsível, com o clássico formato: problema, ajuda o mocinho, encontra o vilão clichê, leva umas porradas e mata o vilão; tivemos um Dean cheio de bom humor e o “fim” do impasse Sam-herói.

Apesar de Dean odiar bruxos e os Winchesters não terem um histórico muito agradável com eles, os irmãos tiveram que ajudar James, um policial que foi para o “lado negro” da força. (Fiquei pensando que já tinha visto este ator antes, mas dei uma pesquisada e ele só fez algumas aparições aleatórias em diversas séries como Law & Order, CSI: NY/Miami, NCIS e All My Children). Achei bem estranha aquela história de familiar! Do nada, o doberman vira uma mulher seduzente, de coleirinha vermelha, tentando ajudar seu dono/namorado/familiar.

Foi engraçado ver a reação de Dean com Portia, já que ele não gosta de cachorros e nem de bruxos. Os comentários foram divertidos, mas mesmo assim achei o plot meio sem sal. Estava mais do que na cara que Spencer e o gatchenho Philippe estavam envolvidos com as mortes de James. E também, só podia ser os dois, já que não tinha mais nenhum personagem bruxo além deles! (Ou alguém estava esperando que fosse coisa do policial cara quadrada?). E por falar em Spencer, o ator que interpretava este personagem, Curtis Caravaggio, já participou da série há muito tempo. Lá, no túnel do tempo, no 19º episódio da primeira temporada, em Provenance! Curtis era Mark Telesca, o cara que comprou o quadro assombrado da família esquisitona que matava todo mundo. Coitado, morreu na primeira e na oitava temporada. Por favor senhor, não volte mais a esta série!

E por falar na morte do Spencer, alguém me explica o que foi aquilo? Na hora que James tenta partir pra cima do amigo, o cara solta um hadouken! Que defeito especial foi aquele? Sinceramente, acho bem mais legal quando as pessoas apenas voam e batem na parede, sem nenhuma luz parecida com o Hadouken do Ryu do Street Fighter.

De um modo geral, Man’s Best Friends With Benefits foi um episódio para descontrairmos e Dean e Sam resolverem suas pendencias em relação a quem será o super herói da vez. Dean acabou aceitando que o irmão vai liderar a missão suicida. A única surpresa do episódio foi Sam ter se mostrado doente, cuspindo sangue nos minutos finais. Eu achava que com as provas ele ficaria mais forte e não mais fraco.

Observação 1: Achei bizarrézimo James e Portia fazerem sexo sendo que ela é sua familiar e não uma namorada. Mas a cara de Dean descobrindo isso foi uma das melhores partes do episódio.

Observação 2: Super desnecessária a menção à Crepúsculo na cena do confronto entre Spencer e James, sendo que Curtis participou do filme. E mesmo não sabendo da história do Crepúsculo, acho que a comparação não teve muito sentido, já que os vampirinhos tinham um casinho mimimi e James e Portia tinham uma relação de fidelidade e cumplicidade da comunidade dos bruxos.

Séries citadas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account