Log In

Spoilers

Spoiler Zone: Battlestar Galactica, ano 3

Pin it
Battlestar Galactica

Battlestar Galactica é muito mais que uma simples sci-fi. Preciso repetir? Muito mais. Um dos maiores (e únicos) erros da série talvez seja seu nome: se por um lado foi uma escolha acertada usar uma marca já conhecida, por outro usar como título o nome da nave faz parecer que a série só se resume a isso mesmo: naves. Mas quem acompanha a série, sabe que BSG é uma das metáforas políticas mais reais que a televisão já produziu. Dolorosamente real (Sorry, Aaron Sorkin. Nunca existiu e nunca existirá um presidente tão boa-praça quanto o seu Jed Bartlet).

Antes da terceira temporada propriamente dita, o site do Sci-Fi Channel disponibilizou 10 websiodes, que servem como introdução.

Alguns meses depois de Let Down Your Burdens, a resistência de Nova Caprica está tomando forma. Ela decide usar uma estratégia ousada: esconder armas dentro do templo de orações (o único lugar onde a polícia cylon não faz vigilância). Mas alguém vaza a informação e as torradeiras fazem uma limpeza lá dentro, matando todos. Isso inclui uma jovem mãe e seu filho. A partir de então somos apresentados a um novo personagem: o marido/pai das vítimas. Ele é recrutado pela resistência por Saul Tigh e pelo Ex-Chief.

E então começa a terceira temporada. O acampamento dos humanos em Nova Caprica continua com um visual tão desolador quanto na temporada passada – e sim, a ocupação Cylon é uma metáfora clara da invasão americana no Iraque.

Starbuck é vítima de uma experiência Cylon. Ela está vivendo com um deles, como esposa. Kara, obviamente, não gosta da idéia e numa das primeiras cenas do casal crava uma faca no pescoço da torradeira. Alguns minutos depois ele volta, dizendo que o que ela faz é perda de tempo, já que essa era a sexta vez que ela fazia isso.

Ainda sobre o assunto: em determinado momento, a torradeira-padre (Dean Stockwell) questiona se vale a pena ser descarregado repetidas vezes, já que a experiência torna-se cada vez desagradável. O preço pela suposta vida eterna é cada vez mais alto. Em outra reunião Cylon é discutido se vale a pena usar o terror como meio de persuasão para com os humanos.

Saul Tigh é o próprio Bin Laden. Líder da resistência em Nova Caprica, ele está dispostao a usar qualquer método para atrapalhar a administração Cylon (Baltar é apenas uma marionete). O que ele não sabe é que sua esposa anda dormindo com as torradeiras. Mas na verdade ela está fazendo isso para manter Tigh vivo (ele já perdeu um olho) e também entrega a eles informações sobre a resistência humana. As torradeiras estão formando uma polícia humana, a fim de tentar amenizar os ânimos, mas Tigh e a resistência não gostaram nada da idéia…

Adama está indeciso sobre quando retornar à Nova Caprica e comandar a operação de resgate do pessoal. Numa conversa maravilhosa entre ele e Boomer (que está sendo mantida prisioneira na nave), ele se convence que deve se arriscar. Ele inicia contato com a resistência e manda Boomer para o planeta, com o objetivo de ir mexendo os pauzinhos.

Por falar nela, lembra da criança híbrida, filha de Boomer e Helo? Xena (o nome da personagem de Lucy Lawless é D’Anna Biers, mas do meu jeito é mais simples) começa a ter pesadelos sobre o paradeiro do bebê. Ela então consulta uma vidente-umbandista e esta lhe diz que dentro de pouco ela o encontrará.

Lembra do viúvo dos webisodes? A última cena do primeiro episódio é ele invadindo a cerimônia de formatura da polícia-humana e explodindo tudo – incluindo ele mesmo. Sim, um homem bomba. Qualquer semelhança com o mundo real não é mera coincidência.

O “marido” de Starbuck chega em casa com uma surpresa: uma filha do casal (outra híbrida?). No início ela não gosta muito da idéia, mas depois ela desenvolve uma afeição pela criança.

Adamão discute com Apollo (que está quase tão gordo quanto o pai) sobre qual a melhor estratégia para executar a operação de resgate. Fica combinado o seguinte: A Galactica vai pular (teleportar) para perto de Nova Caprica para o combate direto, enquanto a Pegasus fica na retaguarda.

A esposa de Tigh tem de ser sacrificada em vista das traições cometidas por ela. O carrasco é o próprio Coronel. Cena maravilhosa. Michael Hogan é o destaque desse início de temporada.

Depois que o ataque começa, a situação da Galactica não poderia ser pior. Ela está sendo bombardeada por quatro cruzadores Cylon. Adama chega a se despedir de sua tripulação. E de repente…Pegasus surge! Ela bombardeia os cruzadores e começa a receber todo o poder de fogo do inimigo. Adaminha e sua tripulação evacuam a nave, que logo explode (!). Seus destroços destroem (!!) a artilharia inimiga.

O resgate foi bem sucedido. A frota estelar está no espaço novamente e todos aqueles que reclamaram do twist da temporada passada podem sossegar. Mas nem tudo são flores. Quando à nave com sua filha, Starbuck descobre que sua filha na verdade não é sua filha e a entrega para sua verdadeira mãe (a criança havia sido seqüestrada pelos cylons, pelo que parece).

Roslin retoma suas funções de presidente, pelo menos temporariamente. E Baltar foi deixado para trás, junto com os cylons. Por falar neles, Xena acabou encontrando a filha de Boomer e Helo (seria ela o anticristo?). Uma das últimas seqüências do quarto episódio (que encerra esse arco inicial) mostra a tripulação carregando o Almirante nos braços aos gritos de “Adama! Adama! Adama!”. Ele merece. Depois disso, vemos ele raspar o bigode. Pois almirantes também pagam promessas.

Séries citadas:

43 Comments

  1. Paulo Antunes

    Grande resenha Juliano. Eu que estava sem muito tesão por Galactica fiquei curioso pela nova temporada.

    Obviamente, nem era preciso escrever (mas já que estou com o dedo no teclado lá vai), a indiretinha pra The West Wing The Best Series Ever era completamente dispensável.

  2. Juliano Cavalca

    Eu adoro West Wing, Paulo (terminei de assistir essa semana). O idealismo dela nunca foi um defeito. Só botei a comparação pra destacar a opção de BSG em como contar suas histórias.

  3. Alessandro

    Battlestar Galactica é simplesmente a MELHOR série atualmente!

  4. Patricia E.

    Parabéns pela coluna, Juliano. Já estava me perguntando quando é que iriam comentar a respeito dessa temporada que até agora está arrasando com ação e drama na medida certa. Só aquela cena da 2ª parte de Exodus, com a Galactica saltando dentro da atmosfera logo depois daquela reentrada espetacular foi de cair o queixo. E as repercussões desse arco em Nova Caprica vão causar ainda mais polêmica mais pra frente. E tem gente que ainda fala que sci-fi é “alienante”, “fora da realidade”… Já disse isso e digo novamente: revejam seus conceitos.

  5. UAU! Que texto! Estou ansiosa para ver esta temporada. Adoro BSG, é a melhor atualmente em todos os gêneros. Mas, na minha opinião, The West Wing ainda é a melhor. E depois de TWW vem MASH. Dá para perceber que eu gosto de um viés político – hehe.

  6. Sim, Alan Alda é meu Golden God (parafraseando a Fer) e Hawkeye Pierce é meu personagem favorito de todas as séries que eu já vi. Mas a participação do Alan Alda em TWW foi só nas 2 últimas temporadas. E em algumas cenas memoráveis digamos, p.e. aquele em que ele e o josh engraxam os sapatos e aquela em que ele o e Bartlet tomam sorvete direto dos potes na cozinha da casa branca. Mas eu já era super fã de TWW desde a 1ª temporada. E ele não participou de BSG ainda pelo que eu sei, se isto acontecer seria a glória.

  7. Juliano Cavalca

    Essas duas cenas do Alda em WW são as minhas duas preferidas também. Isso que é trasmimento de pensação, hehe.

    Mas acho que ele nunca vai pintar em BSG. Ele é caro demais pra série de TV à Cabo. :(

  8. Eu acho estas cenas maravilhosas pela presença dos atores, não é o texto ou a fotografia, mas a presença deles é que dá a beleza da cena. Isto, para mim, mostra como TWW é superior, pois é o conjunto maravilhoso.

  9. Juliano Cavalca

    E os atores de BSG não tem presença? O Olmos e a MacDonnel já foram até indicados ao Oscar (que hoje em dia não significa muita coisa, mas que representa como eles são bem cotados)…

  10. Mas só os 2. O resto é coadjuvante. Não são fracos, mas não tem comparação com o elenco de TWW. E lembrando, o Olmos teve uma participação muito especial na 1ª temporada do TWW.

  11. Eric Fernandes

    Muito bom texto.

    Eu não gostei muito da premiere pelos rumos que a série tomou em Let Down Your Burdens. Mas minhas esperanças voltaram em Exodus 2. Parece que voltará a ser como era antes. Ah, e que cena espetacular da Galactica entrando na atmosfera de Nova Caprica e depois saltando, heim? UAU!

  12. Luis Fernando

    BSG sem dúvidas é uma das melhores séries atuais! E essa temporada confirma isso, o 4º episódio é simplesmente sensacional, tanto em termos de drama quanto em efeitos especiais (como já disseram, a cena da Galactica na atmosfera de New Caprica é espetacular); e acho que ainda vem muita coisa boa por aí. Vida longa a BSG!

  13. Alex

    Pessoal, alguém tem alguma notícia de quando a 3a temporada estréia no Brasil???? Não consigo encontrar isso em nenhum lugar.

  14. Leonidas

    Michael Hogan detonou nos 4 primeiros episódios da 3a. temporada, mas não foi só ele… E este é o segredo da série, roteiros consistentes, antenados com a realidade, com ótimos atores… As cenas de batalha em terra e no espaço, estão entre as melhores que assisti nos últimos tempos… E quem diria que aquela que ja foi no passado uma “reles clone” de Star Wars, seria em seu remake a melhor série de SCI-FI do momento!!! Parabéns pela resenha, nota 1.000…

  15. Michel Crotman

    BSG é a melhor série de sci-fi atual e provavelmente uma das melhores de todos os tempos.

    Se esquecermos o lado sci-fi, a série é altamente polêmica nos assuntos políticos e quebra diversos paradigmas. Star Trek original colocou diversas questões de moralidade no ar, como racismo e trabalho feminino, mas o ambiente era asséptico e disciplinado. Star Wars não trouxe polêmicas de moralidade, mas trouxe o conceito de futuro “sujo” com máquinas antigas e enferrujadas.

    Em BSG tem as naves velhas de Star Wars, as polêmicas de Star Trek e um ingrediente novo. Não existe mais a linha clara entre o bom e o mau.

    Têm um episódio que Apollo aponta uma arma para um traficante e o traficante diz algo como você não vai atirar porque você é mocinho, para em seguida tomar uma bala no meio da cabeça.

    BSG mostra tráfico de drogas e crianças na frota, prostituição, mostra homens-bomba atuando do lado dos “mocinhos” …

    BSG mostra a humanidade vil, egoísta, manipulável. Mostra um lado deplorável do ser humano e ao mesmo tempo mostra como um grupo de líderes tenta reverter este quadro. E mesmo estes líderes têm seus pecados.

    Têm uma conversa entre Adama e a Sharon na qual ela pergunta a ele se a humanidade merece mesmo viver, ter uma segunda chance…

  16. Alexsandro

    Adorei a resenha, infelizmente só comecei a assistir BSG na 2° temporada mas já sou um grande fã da serie.
    Mal posso espera pra ver essa 3° temporada.

  17. Pingback: TeleSéries » Destaques do dia: Sábado, 3/3/2007

  18. Alessandra

    O que me deixou intrigada nessa terceira temporada é a morte de Starbuck. Quem já viu o episódio 17 fica surpreso em ver a Viper dela simplismente virá fogos de artifício no espaço. Sinceramente, eu acho que ela sabia o que estava fazendo. E se ela voltar mesmo na quarta temporada como muitos andam dizendo, então eu vou acreditar que ela também é uma cylon! Então que o pessoal da série deem uma boa explicação para aquela explosão!

  19. Alessandra

    Sobre a morte da STARBUCK

    Que já viu a série até o final sabe que nos ultimos minutos do ultimo episódio aparece a Starbuck na Viper e Lee a ver. Ela fala com ele e diz que encontrou a terra e que vai os levar até lá! Nunha entrevista que li recentemente num site alemão, ela disse que ele (Lee) não teve uma visão mas que a viu mesmo!!! Em outra entrevista ela diz que não teria problemas em gravar as duas séries. Mas não confirmou que ficaria na BG até o final da 4ª temporada. Ou seja…eu acho que ela terá uma participação na quarta temporada, curta, mas que deixará todos satisfeitos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account