Log In

Spoilers

Spoiler: Tudo, absolutamente tudo, sobre o final de Surface

Pin it
cena do episódio 15 de Surface

Então, em meio à correria por essas bandas, o editor me pediu para escrever alguma coisa sobre Surface, contar um pouco sobre o final de Nimrod e companhia e respeitar o pessoal que assiste essa série bacana aqui no Brasil, mesmo sabendo que a mesma teve apenas uma temporada com 15 episódios e nada mais.

Só pra deixar claro, minha intenção sempre foi fazer uma Spoiler Zone toda sobre Surface pouco antes de me afastar da coluna. Porém, acabei não conseguindo. Cheguei até a combinar com o editor, mas nesse processo todo de mudança, infelizmente não consegui cumprir minha palavra e fiquei devendo uma; que cá estou, para pagar. Enfim, considerem esta como uma mini Spoiler Zone.

Surface foi sem dúvida para mim a série mais original dessa leva “Ei!-Lost-foi-um-sucesso-vamos-fazer-uma-série-de-mistério-também!”. Diferente de Ghost Whisperer que parece série de emocore com todo mundo chorando, diferente de Invasion que beira o trash dos anos 80, diferente de Killer Instinct que mais parece um encontro de produtores de Arquivo X desempregados, diferente de Threshold que não fedia nem cheirava e diferente de Bones que é mais chata do que as participações do Seth Green em Buffy (vocês sentiram saudade dos meus comentários babacas, falem a verdade!), esta série criada por Jonas e Josh Pate reuniu tudo que os apreciadores de mistério, sci-fi e investigação (pra não dizer biologia marinha) gostam de ver.

Assim que surgiu, o programa era chamado de uma mistura do filme O Segredo do Abismo com – com licença – Arquivo X, a série mais revolucionária de todos os tempos (não encham meu saco! Eu não falei que é a melhor série!). Por alto, era isso mesmo. Surface misturava a dupla porra-louca de Arquivo X e suas investigações (Mulder e Scully = Daughtery e Rich) com os segredos que há debaixo d’água e uma forma de vida desconhecida pelo homem assim como em O Segredo do Abismo.

Porém, com o tempo, a série criou uma personalidade própria e original que talvez lhe prometesse um futuro promissor, não fosse o horário historicamente finado em que a NBC a encaixou. Por que historicamente? Pois nenhuma série nos últimos anos que foi ao ar nas segundas-feiras de noite (8pm) conseguiu sobreviver por muito tempo devido a forte concorrência do Monday Night Football. Então eu ‘tô dizendo que a série não sobreviveu apenas devido a concorrência? Não exatamente. O rompimento prematuro de contrato ainda com meia dúzia de episódios de um dos principais atores do elenco (o excelente Rade Serbedzija – resultando na morte de seu personagem no seriado) certamente há de ter influenciado a queda na audiência além de outros fatores como os roteiros totalmente surreais discípulos das tramas corriqueiras de Sidney Bristow e família.

Mas enfim, foi bom enquanto durou. Vou pular logo para o que vocês querem tanto saber…

No penúltimo episódio da série, Rich e Daughtery descobrem a empresa farmacêutica por trás das clonagens, mas Daughtery abandona Rich e o cara vai sozinho pro meio do nada em uma cena que lembra muito Arquivo X, quando o Mulder ficava escondido na floresta observando o movimento de bases governamentais. É bem isso que acontece aqui, mas quando Rich tenta invadir o local ele acaba sendo preso.

Já o Miles arrumou uma briga na escola e com seus mais recentes poderes adquiridos de Nimrod queima o rosto de um garoto. A cidade toda então vai tirar satisfação com o moleque e sua família fica desesperada. No meio do tumulto, acontece o ápice da série: um policial se intromete e manda todo muito ir embora urgentemente após todos ouvirem na escuta policial o que acaba de ser confirmado: um Tsunami está para atingir toda a costa da Califórnia, já tendo atingido algumas cidades como San Jose.

Para quem não consegue ligar um fato ao outro, o motivo do Tsunami acontecer no final da série se deve ao fato de que as criaturas marinhas estarem saindo de seus casulos no fundo do mar, que nada mais são do que vulcões submersos que ao entrar em erupção desequilibram o meio-ambiente.

Quando comecei a ver o episódio a minha maior dúvida e torcida, era: Será que finalmente o Miles vai conhecer o Rich e a Daughtery? Afinal, os três não são os protagonistas da série? Sim, sim, eles vão se conhecer, mas não era bem o que eu esperava, e bem, não foi nada demais. Aliás, não esperem muito dos minutos finais da série; Aquela história de cliffhanger e tudo mais, o episódio simplesmente termina sem nenhuma cara não só de season finale como de series finale. Provavelmente porque os produtores não tinham certeza do futuro da série e o cancelamento da mesma não era algo tão certo assim, que poderia sim, muito bem ser renovada.

A família de Miles então se prepara para deixar a cidade. Como vocês sabem, o moleque ‘tá namorando aquela menina chatinha com cara de pirulito lambido. Ele tenta desesperadamente ligar no celular dela, sem sucesso. Enquanto isso, ela tenta o mesmo, mas sem sucesso. Evidente que numa situação dessas de emergências e estado de calamidade, ninguém consegue falar com ninguém. Mas claro que quando o Rich é preso, de uma maneira ou de outra, ele arruma um celular e consegue ligar pra Daughtery, ah sim, isso é super normal…

Já o pai da garota, aquele cientista pentelho que estudava o Nimrod, manda ela pegar a motinho wannabe Honda Biz dela e ir em direção a balsa, pois é assim que pretendem deixar a cidade, igual aos pais de Miles. Porém, a garota vai sim embora, mas não para a balsa e sim para a casa de Miles. Mas é tarde demais e sua família já foi embora. Quem está por sua vez lá na casa é um garoto esquisito qualquer que quando ela sai da moto para ir atrás de Miles na casa, rouba a mesma e foge. Ela ainda sofre um acidente batendo a cabeça no meio fio, ficando inconsciente. Vale lembrar que enquanto tudo isso acontece, Miles não faz a menor idéia de onde Nim está.

Já Daughtery se arrepende de ter deixado Rich sozinho, ainda mais depois que ela fica sabendo do Tsunami, e resolve ir atrás dele para salvá-lo. Claro que antes ela liga pro filhinho que está com o ex-marido para dizer o quanto ela o ama e todo aquele clichê de “caso essa seja a ultima vez que você ouça minha voz”. Então ela fura um bloqueio na estrada e volta para a cidade, já totalmente abandonada.

Quando a família de Miles junto com o garoto chega na balsa e encontram Dr. Bloom, o pai de Caitlin, sua namorada, o cara diz pro menino que ela não está com ele pois ela foi até a casa do garoto procurá-lo. Miles então se desespera e ao olhar pra fora da balsa, ele e o Dr. avistam a moto dela sendo dirigida pelo garoto maluco que a roubou.

Miles o confronta e o mesmo diz que roubou de uma garota e então Miles em uma cena bem louca, pra não dizer engraçada, pula da balsa em movimento e nada até não poder mais, voltando debaixo d’água para salvar a namorada-pirulito. Sim, exatamente, ele agora tem o poder de nadar igual o Nim.

Voltando pra Rich e Daughtery, Rich também liga pra sua família e deixa um recado dizendo o quanto ama sua mulher e suas filhas. Logo em seguida ele liga para Daughtery e ela então diz que está indo buscá-lo na farmacêutica e o cara não acredita que ela fez isso por ele, ficando então eufórico.

Chegando de volta em sua casa, Miles encontra Caitlin desmaiada e a acorda. Os dois pegam um outro carro do pai de Miles e fogem dali.

Enquanto isso, Daughtery chega na farmacêutica mas tem dificuldades para encontrar Rich, que através do celular vai guiando-a, tentando lembrar todo o caminho que fez. Ela acaba então na sala de segurança do lugar e através de uma das câmeras vê Rich preso em uma cela. Ela consegue acessar o sistema do local e através dele, desabilita todas as portas, soltando Rich. Antes disso, em uma cena muito bacana, ela enxerga através de uma das TVs, um sistema de monorails do local de trens que levam passageiros para… o fundo da terra (ou do mar). Os dois se encontram no elevador e fogem dali.

Outra coisa muito curiosa é que quando Rich é preso ele enxerga em uma outra cela Jackson, também preso. Para quem não lembra, Jackson é o amigo de Daughtery que os ajudou a construir aquele submarino. Jackson estava desaparecido desde então.

cena do episódio 15 de Surface

Eis que antes de sair de casa com a namorada, Miles reencontra Nim (que aparece por lá pra fazer uma visita) e então os três fogem no carro do pai de Miles. Enquanto isso, Rich e Daughtery estão a pé no meio da rua, procurando um carro ou uma carona. E eis que assim, faltando oito (!) minutos para terminar a série, os três se conhecem quando eles avistam um carro vindo em sua direção, o mesmo pára, e sim, dentro dele estão Miles, Caitlin e… Nimrod.

E eis então os minutos finais de Surface: enquanto dirigem de carro tentando se afastar cada vez mais da onda gigante que se aproxima da cidade, Rich, Daughtery, Miles, Caitlin e Nimrod ouvem no rádio a noticia de que o Tsunami já devastou dezenas de cidades e que está prestes a devastar a cidade deles. Logo depois Daughtery olha para trás e finalmente percebe que Miles está com uma das criaturas e ele então explica que é de estimação, pois achou o ovo e resolveu criar. Daughtery fica fascinada.

E quando tudo parecia bem, eis que acaba a gasolina do carro e Miles se toca de que tirou boa parte da mesma para abastecer o outro carro de seu pai antes de deixarem a casa. Rich fica furioso e todos ficam a pé, correndo desesperados da onda (cinematográfica) que já pode ser vista vinda na direção deles a olho nu. Esse é o maior clímax do episodio, você realmente não acredita que eles vão escapar daquela onda já bizarramente próxima. Mas eles não desistem e correm o máximo possível se abrigando no sótão de uma igreja, um lugar bem alto. Para se ter uma idéia de quão próximos estavam da onda, no momento em que fecham a porta do sótão eis que a onda já devasta a cidade, mas não os atinge no topo da Igreja.

cena do episódio 15 de Surface

Miles então se anima e diz que tudo acabou, mas Daughtery o desmente e diz que não, pois Tsunamis vêem em etapas, vários de tempos em tempos e não apenas um de uma vez. Essa conversa especifica provavelmente seria o ponto de partida para a próxima temporada, onde acredito eu, começaria do mesmo lugar onde parou esta, com todos ainda fugindo das ondas gigantes. Mas enfim, eles conseguem então, através de uma porta no teto, saírem do sótão e irem para o telhado da Igreja, um lugar extremamente alto onde ficam seguros lá. Todos se jogam no chão e uma segunda onda passa por eles, devastando ainda mais a região.

A mesma passa e agora quem aparece é Nimrod, para a alegria de todos. Eles um a um se levantam, o lugar onde estão se revela uma torre bem alta da igreja e a câmera vai se distanciando mostrando que não existe mais nada no mundo em que eles conheciam, tudo foi totalmente devastado. Daughtery então diz:

It is a new world.

E Surface encerra sua pequena jornada no coração dos espectadores.

Uma série que não vai ficar no Top 3 de melhores séries de ninguém, mas uma que sem dúvida, cumpriu seu papel, foi fiel consigo mesma e porque não dizer que inovou, afinal, me diz que outra série você viu sobre criaturas marinhas do tamanho de prédios de 30 andares que causaram um desequilíbrio na natureza? É isso.

Séries citadas:

58 Comments

  1. Gabriel

    tem jente que nao sabe apreciar inovaçao como surface e prefer ficar vendo series idiotas por isso surface caiu
    que continuasse

    eu quero 1 nimrod

    pra quem naum sabe surface esta passando na tv fechada na rede brasil
    quem puder ver! boa diversao!

  2. Jefferson

    Eu gostei muinto desta serie e gostaria que ela continuasse, pois eu nunca vi em outra seria uma trama bem bolada como a de Surface,mais chou que não vai da né.
    valeu pessoal, serie muinto bem bolada e deveria esta entre as melhores do mundo.

  3. cosme pereira de jesus

    sacanagem! uma serie tão esplendida não ter contnuação,deveriam rodar pelo menos um filme.

  4. Fabricio_btos

    que bosta fiquei frustrado de saber que não tem continuidade pois quando loquei e compiei os dvds achei que a série era completa, na verdade foi feita pelas coxa…tinha tudo p/a dar certo!!!

  5. Matheus Cavarlho

    a melho serie que eu ja vi sobre esse tema,queria que tivesse mua sugunda temporada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account