Log In

Spoilers

Spoiler: The O.C., The End’s Not Near, It’s Here

Pin it

Cena de The End's Not Near, It's Here

The O.C. é indiscutivelmente a série teen mais importante da década. Ela surgiu num momento onde o telespectador ainda sofria com o término de outra grande série teen: Dawson’s Creek. Três meses após o final de Dawson’s, fomos introduzidos ao drama de Ryan Atwood de maneira excepcional por Josh Schwartz. Este pegou fórmulas saturadas e as reinventou, dando uma dinâmica moderna a série.

Ao longo das quatro temporadas, vimos toda a formação e amadurecimento dos personagens. Suas conquistas e perdas. Choramos, rimos, emocionamos e xingamos. O inicio da saga começou de maneira irresistível. Possuía uma qualidade matadora e também a capacidade única de irritar um certo tipo de telespectador. Ou você era tragado para o mundo de Orange County ou odiava desde o episódio piloto. Com The O.C. não tem meio termo: ou ama ou odeia.

Nos minutos finais do episódio final da série, exibida no dia 22 de fevereiro nos EUA, não resisti a chorei igual a uma criança. Impossível não ficar abalado. Assisti a todos os episódios da série e por mais que não queria aceitar que algum dia ela terminaria, não pensei que seria tão cedo. Quatro temporadas não é um tempo curto, nem longo. Em apenas quatro temporadas, The O.C. nos mostrou porque ficará nas lembranças de todos.

Para os que amam e estão morrendo de vontade de saber o que acontece no episódio mais esperado do ano é só continuar a leitura. Se quiser esperar um pouco mais para descobrir o desfecho da série, não tem problema. A Warner transmitirá o episódio no dia 12 de Abril.

Não quis me aprofundar muito em analisar o episódio, pois não sou nenhum expert na série. Deixa essa tarefa para Heitor Albernaz. Podem esperar uma crítica a altura para essa series finale.

Antes de ir pra finale propriamente dita, vamos recapitular acontecimentos relevantes dos últimos episódios, para entendermos o episódio:

• Kirsten aparenta mal estar, tudo indicaria que ela estaria com uma grave doença, mas não, a surpresa é que ela está grávida.

• Summer vai a uma cartomante, que fala que está enxergando um nome de um homem muito importante na vida dela: GEORGE. Para surpresa e desespero do Cohen. Mas acabamos descobrindo que GEORGE nada mais é que uma grande organização de defesa dos direitos ambientais.

• Uma divertida disputa entre Ryan (pró Frank) e Kaitlin (pró Bullit) é iniciada pra ver com quem a Julie fica. Já que apesar dela gostar do Frank, está disposta a ficar com o Bullit, pela sua filha. No final a mini-Cooper reconhece que sua mãe gosta do Frank e tudo fica resolvido. Será?

• Um forte terremoto atinge Newport e muita coisa muda após isso. O principal, a casa dos Cohen, que fica inabitável.

O episódio final começa seis meses após o terremoto que deixou Newport em caos. Sem sua querida casa, os Cohen estão vivendo junto com Julie na casa do Dr. Roberts. Eles decidem comprar outro lugar, mas ficam completamente frustrados já que nenhuma das casas os agrada. Sandy demonstra toda sua paixão pela sua antiga casa, em Berkeley. Ryan então decide com a ajuda de Seth ir até Berkeley para tentar comprar de volta o verdadeiro lar dos Cohen.

Chegando lá, eles encontram uma dura resistência de um casal de gays que vivem na residência. Eles obviamente não conseguem o que querem e decidem chamar seus pais para ajudar na negociação. Quando chegam lá, eles apelam para a nostalgia de suas vidas quando moravam na casa, mas mesmo assim não abalam o emocional dos atuais donos. Kirsten pergunta se pode utilizar o banheiro, mas não consegue chegar, pois a pequenina Shophie Cohen está prestes a nascer. Por fim, os donos da casa decidem vender a casa para seus verdadeiros proprietários.

Seth e Summer se encontram numa situação bastante confortável. A perspectiva do futuro sempre martelada por ambos é esquecida. Eles enfrentam todo um drama psicológico sobre os rumos de suas vidas. Seth tenta se conformar com a idéia de deixar Summer seguir seu próprio caminho. Eles discutem o que é melhor pra ela no momento e o casal se separa temporariamente. Antes de se juntar aos protestantes do GEORGE ela diz para o amado:

Você é meu destino, Cohen.

O avanço de seis meses mudou drasticamente a vida de Julie. Como vimos anteriormente, sua relação com Frank ia caminhando muito bem. Mas de repente, somos introduzidos a uma Julie noiva de Bullit (!) e grávida de Frank (!!). Depois de idas e vindas, Frank percebe o erro que cometeu e tenta desesperadamente consertá-lo. Ele consegue impedir o casamento, mas no final das contas Julie decide que vai ficar sozinha por enquanto.

O avanço no tempo também serviu para fazer Ryan e Taylor repensarem sobre seus sentimentos. E a conclusão que tiveram é que se amam e querem ficar juntos.

Os primeiros vinte minutos correm normalmente e você nem se dá conta que em alguns minutos a série realmente termina. Mas é aos trinta e cinco minutos que percebemos que o fim está próximo quando os Cohen se despedem de sua casa em Newport.

Ryan é o mais emocionado. Após Sandy e Kirsten seguirem para Berkeley e Seth para a faculdade em Providence, Ryan entra pela ultima vez no local onde foi acolhido com todo amor e carinho. A cada cômodo que passa, ele se lembra de cada momento que viveu naquela casa. Esse momento nostálgico é algo realmente emocionante.

Os anos se passam e estamos em 2012 e vemos quais os rumos que cada personagem tomou. Ryan se formou e agora é um arquiteto. Seth realiza o que é seu sonho desde o primeiro episódio: se casar com Summer. Julie cria seu filho com Frank e agora possui diploma de ensino superior. Summer é uma engajada protetora das causas sociais. Sandy volta a lecionar e se torna o mais novo professor de direto da faculdade de Berkeley. Bullit se tornou uma pessoa presente na vida de Julie. Taylor termina a série com seu grande amor. Tudo isso com “Life is a Song” de Patrick Park como trilha.

The O.C. encerra sua saga com Ryan saindo de um local em obras e perto dele está um garoto sentando todo cabisbaixo. Ele fica abalado com a cena e se lembra que já se encontrou na mesma situação. A cena é emocionante. Ele vira para o menino e diz:

Ei, garoto! Precisa de ajuda?

A história recomeça.

Séries citadas:

35 Comments

  1. Maikon Rafael

    Eu já assisti o episódio e gostei do final. Eu e minha namorada também choaramos no final. É emocionante. A cena final com o Ryan é demais.
    Na parte do casamento da Summer senti a falta do Dr. Roberts levando a filha ao altar. Foi muitop estranho, mas o resto foi bom.

    Gostei muito do texto. Tá bem pessoal e consegue passar toda angustia e emoção que foi á finale. Muito bom.

  2. Rodolfo Milet

    Gostaria de parabenizar o Teleséries pela conduta de não mostrar spoilers na íntegra na capa do site. São atitudes como essa que fazem o site ser o melhor da categoria , na minha opinião.
    Eu não assisto OC, mas é bom saber que se respeita os fãs que não querem saber o que vai acontecer, só quando for assistir na TV paga; separando o link do spoiler para quem quiser saber é só clicar e pronto. É assim que tem que ser.
    Parabéns!!! :)

  3. Ricardo Vigato

    Excelente texto.

    The OC é uma das séries que mais me emocionou na vida. Só por esse motivo já estou satisfeito. O episódio final foi emocionante. Foi o término de uma era. A emoção nos minutos finais foi matadora. Vou sentir muita falta da série!! Muita.

  4. Diego Cardoso

    Eric, parabéns pelo excelente texto.

    Eu fui fã instantâneo de The O.C.! Qdo assisti o piloto, tive a certeza que estava assistindo o começo do que seria a melhor série jovem desta década. Infelizmente, pra mim, OC terminou ali, naquela primeira temporada… a série, depois de uma excelente e meteórica temporada de estréia, decaiu aos clichês das demais séries teen no ar… Pensei, “pra que assistir Barrados no Baile, versão 2003?” Simplesmente parei de assistir após 6 episódios da segunda temporada. Da terceira temporada, somente assisti ao final do final de temporada, apenas a morte de Marissa. Voltei a acompanhar, sem muita regularidade, a atual temporada. Pretento assistir ao final efetivo, apesar de que, de coração, OC terminou pra mim a três temporadas.

    Mas parabenizo aos fãs fiéis, que resistiram até o fim, acompanhando OC até agora, apoiando o programa, torcendo por sua renovação. Meus sentimentos, aos fãs fiéis de The O.C.!

  5. Patricia

    Parabéns primeiramente pelo site, acesso todos os dias religiosamente.
    Amava e ainda amo FRIENDS.
    Vejo e gosto muito apesar de estar me desagradando as vezes; The OC, Smallville.
    Gostaria de fazer uma pergunta, o Ryan fica com a Taylor no final???
    É só…
    Adoroooooooo o SITEEEEEEEE!!!!!!!

  6. Malu

    Não Fica com a Taylor,a gente subentende q eles ate tem um caso mas acabar felizes para sempre não.Essa pergunta foi boa pq era o q eu ia falar foi a unica coisa que nao gostei no episodio .
    valeu the oc!!

  7. Lucas Barreto Gomes Leal

    mto bom o texto até eu que não gosto de The O.C (e obviamente não assisto) comecei a ler por curiosidade e acabei lendo inteiro…séries quando chegam ao fim sempre deixam saudades nos fãs mas pra isso existe os DVDs pra gente ver de novo as nossas séries prediletas!
    parabens pelo texto e parece que o ultimo episodio agradou as fãs mesmo

  8. Patricia

    Obrigada Malu!!!
    Sabe, meu unico desafeto com a serie é o Ryan nao acabar com a Marissa, como assim matar a personagem principal da serie?!!
    É como matar a Rachel em Friends ou mesmo o Clark em Smallville!!!
    Fora isso (q matouuuu a serie), valeuuuu THE OC!!!!

  9. Ana

    Bom, eu também assisti o episódio.
    E preciso dizer que me agradou muito, principalmente o final.
    Ao contrário de muitos, acho que a série terminou na hora certa.

  10. Ricardo Vigato

    Gostei do Ryan e da Taylor terem terminados juntos. Os dois combinam muito. Foi muito bom. Que Ryan e Marissa o que…….

  11. Bernardo

    Matar a Marissa ñ equivale a matar o Clark, que isso, The O.C. nem era sobre ela e sim sobre o Ryan e os Cohens. Marissa foi sim parte importante da vida dele (como a Lana é pro Clark) e talvez ele e a Taylor ñ terem ficado juntos no afterlife da série se deva por isso.

    Já nos tiraram Everwood, agora The O.C. … apostas p/ as próximas? Veronica Mars?

  12. Eric Fernandes

    É isso mesmo que o Bernardo disse. Muito infeliz sua comparação, Patrícia.

    Acho que Gilmore Girls e Veronica Mars estão bem arriscadas. One Tree Hill e Friday Night Lights estão logo atrás.

  13. Patricia

    Numa boa, respeito a opinião de vcs, mas não mudo a minha!
    Gostava sim, e muito de ver os dois atuando juntos…tipo q era um daqueles casais q nasceram pra ficar juntos!
    Acho q a baixa audiencia ja diz tudo!
    É claro…com toda certeza devem ter tido outros motivos e esse é sim um deles,(mata-la).
    Por q sera q friends durou 10 anos, Smallville ta durando acho q 6 ou 7 anos nao sei….e The OC ja vai acabar,por que será???
    Nas primeiras temporadas, eu podia jurar q essa seria mais uma serie “martir”, como foi friends.
    Bom, qnto a minha comparaçao…pra mim ela era sim a principal, nao como o Ryan, mas tanto qnto os Cohens.
    Mas respeito a opinião de vcs.
    Bjo a tdos

  14. Eric Fernandes

    Por que sera que a partir da 9ª temporada, Friends estava super esgotada? Por que será que essas últimas temporadas de Smallville a qualidade está sofrível (de acordos com os fãns)?

    The OC encerrou sua saga com qualidade e isso é mais importante que tudo.

  15. Patricia

    Eric, nossa… de friends nao posso concorda com vc naum… O ultimo episodio passou no Times Square, a audiencia bateu a final de futebol americano…q ate entao só tinha perdido pra seinfeld.
    Os seis atores principais em sua ultima temporada, cada um ganhava 1 milhão por episodio!!! Esgotada, sera mesmo?
    Agora concordo sim com vc, em relação a Smallville vc ate tem razão, mas ainda sim 6 anos ta bem né!
    Na minha opinião, se o final de Marissa fosse outro, acho q a serie nao estaria se despedindo tão cedo!!!
    Ela era muitooo boa mesmo, pra acabar já!!!
    Não sei se vc acompanha o canal E, o proprio Josh sei lá do que(o autor), admitiu q se equivocou em sua decisão…e q tudo poderia ser diferente hoje! Palavras dele ok.

    Bom,mas é a sua opinião né!!!
    Estou ansiosa pra ver o ultimo episodio,pelo q eu li, foi emocionante!!!

    Bjo

  16. Patricia

    Boa pergunta!!!
    Só sei o final pelo q eu li em alguns sites, mas dela ou me passou despercebido ou nao falou nda! Alguém sabe?
    bjo

  17. Se a Marissa fosse a protagonista, seria o 1o rosto q apareceria na abertura, e n o Ryan.

    A Marissa e seus dramas repetidos era oq estava desgastando a série, q perdia qualidade nas tramas cada vez mais. Ou alguém realmente acha q Johnny e Volchok foram personagens interessantes q geraram tramas interessantes?

    A série sempre foi sobre Ryan e os Cohen, a distribuidora da série deixa isso bem claro ao vender O.C ao SBT com o subtítulo de “Um Estranho no Paraíso” (n, o subtítulo n é culpa do SBT.). Quem percebe isso aprecia essa 4a temporada, que está sabendo dosar comédia e drama, ao contrário da 3a, que foi muito dramática (até se n considerar a morte da Marissa).

    Mas, como o Eric disse, O.C terminou sua saga com qualidade. Já Smallville, eu desisti de acompanhar, e Friends, só revejo os episódios das 1as temporadas.

  18. Anderson Vidoni

    Meu comentário acima é sobre a Kaitlin.

    Caramba, o pessoal não gosta de Friends, hein? O que uma coisa tem a ver com a outra? Não acho que Friends ficou ruim no final, a série decaiu um pouco, o que é normal. Mas deixa eu parar de falar de Friends e falar de OC.

    Concordo com a morte da Marissa. Sei que tinha gente que gostava, mas após a primeira temporada, ela perdeu seu uso na série. Tudo foi piorando na série e tudo que piorou, tava ela lá. E após a morte dela, a série melhora, não é só coincidencia.

    Mas voltando mais especificamente ao texto. Sim, foi um belo e emocionante final. Tudo ótimo. O casamento da Summer e do Seth, a insinuação do Ryan com a Taylor. Belo fim.

  19. Patricia

    Má… eu nao disse q ela (a Marissa), era na serie mais importante q Ryan, disse q PRA MIM ela era tão importante qnto os Cohens.
    Mas galera, opinião minha!! :)
    Acho q tenho q pedir desculpas por ter odiado a saída da Marissa da serie!!! hehehe
    Q bom q gostaram,fora isso(a morte dela) tb amei a serie, é uma pena q ta terminando!
    O Ryan é lindoo!!!
    Mas q venham outras “THE OCS”. hehe
    E q nao haja morte!!!!!! hauhauhau

    Bjo a todos

  20. Lenita

    Estou ansiosa para assistir ao final! Sobre a discussão sobre a Marissa, tenho algo a dizer:

    A Marissa é sim parte importante da história, e tê-la matado só mostra o que eu já tinha concluído a muito tempo, que os roteiristas da séria não sabiam o que fazer com ela e o seu romance com Ryan. Basta dizer que toda vez que eles se separavam, achavam alguém legal pro Ryan namorar e um pé-no-saco pra Marissa…

    Ahhhh, se tivessem mantido a Marissa da 1ª temporada… A cada episódio eu me perguntava, como assim se envolver com Volchok??? Como assim achar que estava apaixonada pelo Johny (ou dar moral pra ele??)???? Como assim ser atacada pelo irmão do Ryan???? Como assim ser quase lésbica???? Como assim ter um caso (efêmero) com o limpador de piscina????

    Tentando me fazer mais clara: eu gosto da Marissa e acho que ela faz falta pra série (me desculpem os que gostaram de Ryan e Taylor, mas pra mim falta alguma coisa ali), mas admito que não souberam desenvolvê-la na história. Se tivessem concentrado no relacionamente dela e do Ryan que dezenas de vezes ficou pra escanteio, como fazem entre a Summer e o Seth, talvez a história fosse outra.

  21. Patricia

    FINALMENTE ALGUÉM Q CONCORDA COMIGO!!!
    LENITA, ESTOU COM VC!!!
    TALVEZ NAO TENHA SIDO CLARA, E FAÇO DE SUAS PALAVRAS AS MINHAS PALAVRAS.
    1 TEMPORADA FOI A MELHOR…
    E MATAR A MARISSA (PRA MIM), MATOU A SERIE!!!
    MAS AINDA SIM GOSTO DE THE OC.
    FÂ É FÂ… INCONDICIONAL,NOS BONS E MAUS MOMENTOS.
    ESTOU CONTANTO OS DIAS PRA VER O ULTIMO EPISODIO, PELO Q FALAM, FOI EMOCIONANTE,ESTOU AGUARDANDO!!!

    BJO A TODOS EM ESPECIAL A LENITA!!
    É ISSO AÍ GAROTA!

  22. Maurício

    Oi! Gostei muito dessa série The OC. Mas da primeira temporada. O próprio criador da série admite que se perdeu no decorrer da mesma. O que mais odiei, dentre todas as furadas foi terem colocado Senhora Cohen de alcolatra. Para mim foi o que aconteceu de piór.

    A série melhorou muito na sua quarta e última temporada. Não estava mais gostando da Marissa, achava ela muito cheia de não me toques e só criava problemas. É claro que a série tem de ter problemas, mas os autores poderiam ter sido mais imaginativos na minha humilde opinião.

    O que acho mais bacana em The OC é a forma como retratam a adolescência. Bem diferente dos complexo e e3xageradamente cultos adolescentes de Dawnson’s Creek. Odiei aquela série. Eles não éram adolescentes, eram mini adultos de 50 anos.

    Concordo plenamente que a série está acabando no momento certo. Acho que nada deve durar demais. Todas as séries que duraram muitas e muitas temporadas se perderam, desgastaram e tiveram personagens descaracterizados. Pensem bem: se a série durasse mais três, quatro temporadas poderiamos ter um Ryan pai de família, plenamente adaptado ao mundo que habita. Acabaria a premissa do personagem. Talvez eles tivessem que criar um novo Ryan. Seria outra série.

    Smallville, para mim, é um grande exemplo de série estagnada e desgastada na qual os personagens acabaram sendo descaracterizados. Acho que Smallville deveria ter durado apenas três ou quatro temporadas. Como The OC.

    Resumindo: EXCELENTE primeira temporada, razoável segunda temporada, PÉSSIMA terceira temporada e boa quarta temporada para The OC. Prefiro que deixe saudades do que se transmutar em outra coisa ou virar uma sombra do que já foi. A única coisa que lamento é ela ter tido uma decadência nas 2 e 3 temporadas. De resto: que descanse em paz!

  23. Concordo com a Lenita. Os produtores perderam a noção do q fazer com a Marissa, mas ela teve as tramas tão desgastadas, que a própria intérprete pediu pra deixar a série (tá certo q a Mischa preferiu investir na carreira no cinema, mas isso deve ter influenciado um pouco). No ponto em q as coisas entre ela e o Ryan estavam, outra volta ia ser ridícula, pq eventualmente eles iam acabar. Além do mais, os fãs n aceitariam o Ryan ter um relacionamento sério e duradouro com outra garota enquanto a Marissa estivesse por perto, pq todo mundo torcia pros dois ficarem juntos. Ela morreu, e mesmo assim tem mnt gente q n gosta do Ryan com a Taylor, imagina se a Marissa tivesse viva?

    Mas eu entendo seu ponto de vista, Patricia. Ryan e Marissa formaram um casal com carisma e q conquistou o público na 1a temporada de OC.

  24. Édio

    O episódio foi mesmo emocionante. Aqueles flashbacks da Marissa na esquina, me arrepiaram…A Julie pegando o diploma e a Kaitlin vibrando (Julie com sua graça de sempre)…Summer e Seth casando, a Sophie…Foi de chorar mesmo! Ainda mais que The O.C. foi a primeira série assisti, acompanhando (hoje assisto várias). Vida longa em nossas memórias, Orange County!

  25. Mariana

    Não vejo a hora de assistir esse episódio. Pelo que li, vai ser lindo. Eu não costumo chorar por qualquer coisa, mas quando eu assistir esse episódio, com certeza, lágrimas vão rolar. Acho que a morte da Marissa abalou as estruturas, mas mesmo assim, acho que o Ryan, Seph e Summer consegiuram seguir com suas vidas, isso é o mais importante.

  26. Anderson

    Parabéns! Adorei este site! E quanto a série… o fim é maravilhoso! Esta série estará pra sempre na minha memória e creio, na memória de todos que curtiram e amaram ver THE O.C. nas 4 temporadas.

  27. Olá pessoas eu sou apaixonada por The OC o ultimo episódio foi perfeito ou quase perfeito!!!Marissa ter morrido que BIZARRO e Ryan e Taylor juntos e felizes para sempre?! Nao!!!!nao que eu nao goste dela é ilaria.Mas Ryan e Marissa eram e ainda sao tudo para mim……Mas respeito a opiniao de todos voces.

  28. camila

    the oc sempre sera a malhor serie de todas, ela é perfeita. Mas a 4ª temporada sinceramente foi uma tremenda porcaria. Eu ñ sei o q deu na cabeça daquele diretor p/ tirar Marissa do seriado. Qdo ela morreu passei uma semana chorando. Na ultima temporada ele substituiu Marissa por taylor q ficou melhor amiga de summer e namorada de Ryan.
    THE OC SEM MARISSA Ñ È THE OC
    O casal perfeito pra mim sempre será MARISSA E RYAN.
    Eu sou toalmente louca por THE OC!!!!!!!!!!!!

    BJS!!!!!!!!!

  29. camila

    o criador se perdeu e ñ soube terminar a série the oc. o q pra mim foi uma tremenda sdesgraça

  30. roger murillo alves da silva

    the oc foi a serie q + me emocionou na vida…
    chorei no ultimo episodio(isso nunka tinha acontecido)
    e assisti todos os episodios..foi d fato emocionante,pra min a morte de Marissa foi o q matou a serie, mas,gente ,força.
    outras viram..outros sonhos tbm…
    t+

  31. wauster cassaro

    nosso sonho e ser feliz o.c. mostro um pouco da dessa felizidade mais tambem tristesa que fortaleceu um grande amor .
    nesse mundo onde so tem morte pessoas matando outra por nada.
    o.c. mostro que a pessoas pod mudar isso aconteceu com migo .
    agradeço muito o seriado .
    tomara que possa volta pq tem muita pessoas precissando de uma mudaça na vida fim ….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account