Log In

Spoilers

Spoiler: Private Practice, o spin-off de Grey´s Anatomy

Pin it

Cena de The Other Side of This Life

Na última quinta feira, a rede americana ABC apresentou um episódio especial de Grey´s Anatomy, que também serve como piloto para um spin-off da série, chamado Private Practice, e que será protagonizado pela Dra. Addison Montgomery. O projeto em potencial é estrelado por Kate Walsh e mostra sua personagem tirando uma licença do Seattle Grace após seus catastróficos casos amorosos e partindo para a Califórnia. Lá, ela reencontra seus antigos amigos de faculdade, Naomi (Merrin Dungey, Alias) e Jackson (Taye Diggs, Kevin Hill), um casal que julga ser perfeito. Os dois são proprietários de uma clínica de saúde, mas Addison logo descobre que os dois, assim como o resto da equipe do local, são tão problemáticos quanto ela. O elenco é completado por Amy Brenneman (A Juíza), Paul Adelstein (Prison Break), Chris Lowell (Veronica Mars) e Tim Daly (The Nine).

A criadora Shonda Rhimes e a rede ABC fizeram muito mistério sobre o projeto, levando o público a acreditar que o novo seriado estaria ao nível de Grey´s. Após a sua exibição, o contrário ocorreu, já que a reação da maior parte dos fãs e da crítica foi negativa. Talvez o maior erro de Rhimes tenha sido mesclar cenas da série mãe com o novo piloto. Private Practice é uma série mais light, procurando ser mais divertida do que densa, e não estava em sintonia com o clima pesado de Grey´s Anatomy no episódio. A maior reclamação dos telespectadores foi que estavam muito mais interessados na história envolvendo a madrasta de Meredith do que com a apresentação dos novos personagens na série de Kate Walsh.

As mudanças na personagem de Addison também foram motivo de reclamações. Se antes ela era uma vilã que queria provocar Meredith, depois começando a se mostrar mais humana, como protagonista ela chega a ser uma quase cópia de Ally McBeal. Addison se mostra atrapalhada e saltitante, chegando a achar que está ouvindo vozes quando anda no elevador da clínica. Além disso, me pergunto o por quê dos produtores ainda insistirem em cenas de choro nos pilotos das novas séries. Em Private Practice, Addison tem pelo menos duas crises de choro. Recentemente, consigo me lembrar de Mary Louise Parker em Weeds, Patricia Arquette em Medium e Jennifer Garner em Alias. Acho válido aproveitar ao máximo a atuação das protagonistas para chamar a atenção dos votantes do Emmy, mas o truque já está ficando batido. Apesar disso, Kate Walsh acaba nos fazendo esquecer dos diálogos forçados e dos momentos vergonhosos no roteiro e se mostra uma protagonista muito mais interessante do que a fraca Meredith Grey de Ellen Pompeo. Só espero que, caso a série receba o sinal verde para a próxima temporada, os produtores a deixem um pouco mais durona como a antiga Addison.

Já o resto do elenco se mostra tão interessante quanto o elenco de Grey´s Anatomy. O maior destaque é Amy Brenneman, que como a frágil terapeuta Violet, não deixa dúvidas de que se tornará uma nova Sandra Oh, com boas chances de ser indicada a prêmios. Merrin Dungey mais uma vez interpreta a melhor amiga da protagonista e está bastante confortável no papel (experiência não lhe falta, já que ela fez o mesmo em Alias e Summerland). Paul Adelstein é Cooper, um pediatra que se envolve com prostitutas pela Internet, e Taye Diggs é…Taye Diggs, inexpressivo como sempre. Tim Daly como Pete é outro acerto da produção, já que sendo o interesse amoroso de Addison, mostra mais uma vez que tem química com Kate Walsh, o que já foi mostrado na série Eyes. E para os fãs de Alias, temos ainda a presença de David Anders, o Sark, em um papel pequeno.

Analisando o piloto como um todo, as críticas a ele acabam sendo exageradas. Não é bom, mas também não chega a ser um desastre. Os casos da semana são interessantes e têm finais satisfatórios. A ABC confirmou que a série busca uma fórmula diferente de Grey´s Anatomy, mas não percebeu que ao exibir Private Practice dentro da série que a originou acabou gerando uma competição entre as duas antes mesmo de o novo seriado ser exibido como algo à parte. Se Shonda Rhimes quiser recuperar a confiança do público, terá que fazer mudanças, e não são poucas.

Séries citadas:

30 Comments

  1. Eric Fernandes

    Thiago, excelente texto.
    É isso mesmo. Private Practice não é bom, mas também não é essa bomba que muitos estão falando. Um dos maiores erros foi isso que você disse, ser exibido em conjunto com a original. O roteiro desastroso de Shonda Rhimes (que quase superou o episódio catástrofe da balsa) na parte de Private Practice (a parte de Grey’s foi um pouco melhor e teve um final surpreendente!!!!), também ajudou.
    A excessiva aborgadem sobre sexo tornou a série bem menos interessante e esperável. Até o caso médico foi sobre o assunto! Kate Wash é muito boa, mas sua atuação foi no minimo boazinha. O curioso é que a a Addison fugiu de Seattle por causa de sua vida amarosa, mas ao invés dela se preservar, já beijou logo no piloto o personagem do Tim Daly !! Chega a ser irônico!

    Acho que não passa de 13 episódios!

  2. Simone Miletic

    Não assisti, mas como já sabem eu estou aqui com a campanha: Fica Addison no Grey’s Anatomy!

    Eu adoro ela, e adoro como ela funciona bem com o resto do time.

    Beijos

    Si

  3. Raphaela

    Thiago parabéns!!!!

    Acho que a nova série tem tudo pra dar certo , o erro foi misturar as duas já que tem a fórmula diferente mas a ABC quis surpreender e não conseguiu. O elenco é ótimo pra mim tirando Taye Diggs que não gosto sempre faz o mesmo papel em todas as séries: o dele mesmo. Vamos esperar pra ver

  4. Paulo Antunes

    O texto do Thiago me passou a nítida impressão que o que a ABC tentou fazer foi reprisar o trabalho (muito bem) feito de apresentar a série Justiça sem Limites em O Desafio. Mas lá havia uma grande diferença que era o fato de que O Desafio estava acabando, não havia motivo para comparação. Aqui existe uma legião de fãs de Grey´s Anatomy com o nariz torcido para a saída da Addison. Acho que não foi uma boa estratégia.

  5. Thiago

    Como que vai ser o negócio SE a série for cancelada? Walsh/Addison retorna pra Grey’s Anatomy com o rabo entre as pernas?

    O elenco já pareceu não ter ficado contente com essa saída/destaque dela. Eu acho uma aposta muito arriscada…

  6. andrelima

    Olá,
    Ufa! Ainda bem alguém comentou desse episódio para que eu possa comentar também. Estava louco pra falar sobre ele. Enfim, acho que você acertou em cheio! Realmente, ficou impossível não comparar as duas séries! E ser comparado a uma série que já tem personagens muito bem desenvolvidos com os quais os telespectadores já gostam ou odeiam é covardia. Sendo Grey’s então, que é um primor, é massacre total. Não tem piloto páreo. Tá, quem sabe o piloto de LOST. Mas, enfim, não vem ao caso.
    E mesmo que o piloto tivesse sido apresentado separadamente, achei beeeem mais ou menos. A Addison ficou meio superficial demais. Ela falando com aquele elevador beirou o ridículo. Quem estava bem era a ex-Alias. Ela sim pode dar pano pra manga, tem conflitos interessantes o suficientes para segurar a série com a Adisson.
    E aqueles casos da semana?! Todos os médicos na sala com apenas 1 caso, no máximo 2. O que é isso, House? Sei não, é complicado avaliar uma série pelo piloto, ela ainda tem tempo e espaço pra melhorar, espero que aconteça. Mas sei não, tem que mudar algumas coisinhas aí pra engranar.
    Bjos, andrelima

  7. Rô Floripa

    Eu torço por esta série pelo Tim Daly, o cara é tudo de bom!

  8. Julaino Cavalcante

    A Walsh tem claúsula contratual: se PP afundar, ela volta pra Grey’s.

  9. Alda

    Thiago:
    Achei ótima a sua análise dos novos capítulos.Eu, que sempre assisto correndo os novos episódios, comecei a ver e me desinteressei.

  10. João Nilson

    Meio chatinha essa daí, muito pior que a original.

    Só uma observação, vc falou de choro em pilotos e esqueceu de mencionar o piloto de Six Feet Under, onde fizeram questão de colocar alguem chorando em todas as cenas (menos as de “comercial”).

  11. Tatiana

    Thiago, vc sabe qdo irá passar esse episódio no brasil? Bom texto.

  12. Eric Fernandes

    Tatiana,
    Se a Sony passar todos os episódios certinhos, vai cair no dia 02 de Julho. O episódio é duplo e se o canal dividir em duas partes dai serão dia 02 e 09 de Julho.

  13. Paulo Fiaes

    Thiago,

    excelente texto.

    um spoiler que não estragou a surpresa do episódio. gostei muito. show de bola

    e bom, devido a inumeras pessoas falando bem de greys e por esta sendo um pé no saco de eric as vezes, estou tentando rever meus conceitos sobre GG e consequentemente sobre PP também. vou esperar para assistir esse ep. e dá uma opinião mais convicta.

  14. Daniela

    Bom, eu sinceramente não gostei, adoro a Addison, acho q erraram em fazer um spin-off, até pq Gray’s Anatomy e House são dois seriados perfeitos, são dramas médicos, mas com propostas bem diferentes, ai vc acaba curtindo ambos, pq nem tem como vc compará-los.
    Agora, o spin-off é muito similar ao original, ai acaba perdendo a graça, é muito cheio de cliches, cenas forçadas, sei lá, não soa legal pq vc já sabe q é uma cópia, e q o original quando surgiu era algo diferente do q já estávamos acostumdos a ver, tem a narração no incio e fim, a Bilie q é uma mãe pros residentes, a relação da Cristina e do Burk q é muito interessante, como a própria Cristina, q é um dos personagens mais interessantes da série, sem falar da Meredith, q é a protagonista mais ? q já vi, e é isso q acho legal, ela é uma pessoa pra lá de comum, é é exatamnte isso q curto nela, o elenco todo é maravilhoso, eu queria q addison voltasse e que ela e o derek passassem a ter uma relação de amigos, confidentes, sei lá, eles não se amam mais, contudo poderiam vir a ter uma relação de amizade, pra dar mais folego a série.
    Sem contar, q o pior errro do spin-off na minha opinião é q mudaram a própria addison, ela é maravilhosa em gray’s, não tem por q vir a ser agora uma pessoa atrapalhada.

  15. Barbara

    Gostei do seu texto, Thiago e como a Simone, faço campanha Addisson em Grey’s! Poxa vida, já temos tantas séries pra assistir… mais uma… daqui a pouco, vou passar os findis em casa pra assistir aos episódios que não foram possíveis assistir… =)

  16. Aline

    Pra mim, a Kate é uma das melhores de GA e acho que ela tem capacidade de ser protagonista de uma série (vide o fato q ela entrou na 2ª temporada e muita gente a tem como preferida)… mas sei lá, eu já estava com o pé atrás em relação ao spin off… agora se o povo e a crítica estão reclamando dá-se a entender que a série não vingará, e isso pode vir a ser uma mancha na carreira da Walsh. Acho que ela brilha o suficiente como coadjuvante em Grey’s… ela deveria de ficar lá.

    Sem falar q em GA ela tem Derek, Alex e Mark… já tem muitos shippers dela com um dos 3, e acaba q ela não fica com nenhum…

    O Tim é bem gato, mas é pé frio :/ Hehe.

    Ah, o texto ficou ótimo ;)

  17. Mariana

    Honestamente gostei bastante do spin-off. É sim verdade que desviou as atenções do que se estava a passar em Seattle Grace mas acho que não haveria outra maneira de lançar o episódio piloto que não integrando-o no episódio da série mãe.

    Quanto ao estilo de série parece mais light que a Grey’s anatomy e menos médica ainda. Acho que Sonda Rhimes conseguir alcançar ali um registo distante da GA e que me captou. Lembrou qualquer coisa da Ally MC Beal,é verdade, mas dá vontade de ver o que dali vai sair.

    O casal principal entusiasmou-me bem mais que o casal Meredith/Derek já que Kate Walsh e Tim Daly são, na minha opiniao, melhores actores que Ellen Pompeo e Patrick Dempsey.

    Mas claro a Anatomia de Grey é a Anatomia de Grey e se este Private Practice não andar para a frente espero que não corram com a Addison do GA porque ela é demais!!!

    Ah, e eu nunca encarei a Adison como uma vilã. Antes pelo contrário.

    Será que Burke e Cristina casam? :D

  18. Jussara

    Nossa, q legal o texto, mto bom mesmo. Não vi esse piloto ainda, mas enfim, desde q sairam as noticias do spin-off eu ja vinha pensando nessa ideia de tirar a Addison. Ela é, p/ mim, a unica personagem realmente interessante em GA (essa é a MINHA opiniao ok). É uma mulher bem sucedida, bem resolvida (a maior parte do tempo), linda, inteligente, forte. Eu nem entendia como uma mulher tão assim q nem ela podia ficar chorando pelo Derek (eww), mas enfim. Realmente no inicio acho q a intençao era q ela fosse vilã, mas não p/ mim ela sempre pareceu mto mais humana e verdadeira do q a sem sal da Meredith (affff). Enfim, por eu gostar tanto assim da Addison acho q GA, p/ mim, fica sem graça sem ela. E fiquei feliz por ela ter uma série em q ela fosse a principal, pq acho q ela da conta disso, e mto bem. Agora, se os produtores erram, aí q é f*** né, pq acaba ficando ruim p/ a atriz tb q ta tentando fazer o melhor dela. Sinceramente eu tb achei má ideía colocar um piloto de série nova no meio de outra série q ja tem seu publico consolidado, cria uma competição desnecessaria e, por isso mesmo, ridicula. Exatamente por ser uma idéia nova e q ja tinha gerado tantas opinioes antes mesmo de estar pronta, é q eles deveriam ter exibido o piloto sozinho. Uma série, em todos os momentos, mas principalmente qdo esta assim, em teste, tem q ter seu espaço p/ brilhar sozinha. Espero q possamos ver mais de Private Practice, só dela, para aí sim analisarmos de maneira mais imparcial, longe de GA.

  19. Thiago

    Talvez eu tenha sido a única pessoa nesse site que gostou do episódio.
    Foi muito bom mesclar as duas séries, não para compara-las, mas para ver o Outro Lado da Vida e nesse caso da Addison.
    Tem algumas semelhanças? Tem. Mas aos poucos vai pegando sua própria identidade, vejamos os casos de CSI, temos mais duas séries identicas, mas cada uma tem a suas caracteristicas.
    Addison se mostrava durona no Seatle Grace, ao sair de lá pode relaxar e mostrar quem ela realmente é, em Seatle sempre era conhecida como a má que tomou Derek de Meredith, com seus amigos não tem essa bagagem e foi muito legal ela ouvindo vozes no elevador…

  20. Pingback: TeleSéries » Destaques do dia: Segunda-feira, 9/7/2007

  21. daniela

    Olha, eu detestei o spin-off, a hora q vi o cara chegando com a prancha no serviço, aff, fala sério neh?
    Adoro a kate, acho q ela vai fazer muita falta em grey’s anatomy, a idéia de uma série só pra ela é legal, soh acho q não souberam ultilizá-la, o q eh uma pena, acabaram exagerando muito!!!

  22. Carolina

    Achei razoável, mas a Kate é realmente ótima…Greys também já está perdendo a graça, ainda mais agora que demitiram o Dr. Burke!!

    Sem Adison e Burke, o negócio começa a ficar feio.

  23. Guibarranco

    Confesso que não gostei do spin-off… Talvez minha percepção tenha sido um pouco rigorosa, quem sabe por preconceito ou por não querer a saída da Kate de Grey’s, mas o fato é que achei a série muito parecida com Grey’s.
    O lance do elevador da Addison com o galã da série nova, dela flertando com ele sem saber quem ele era, e depois vendo que ele era médico do lugar onde ela vai trabalhar teve muita semelhança entre o lance do Derek e da Meredith no primeiro episódio de Grey’s. Além disso, é muito parecido o caso da amiga da Addison que é uma puta especialista em fertilidade mas perde a família com o caso do chief Richard. Outra semelhança é a relação de amizade da tal Violet com o outro médico que teve o carro roubado pela garota da internete, que ficou bem parecida com a relação O’Malley-Stevens. Enfim, achei que teve semelhanças demais, e acho que a série só vai decolar se eles conseguirem mostrar algo bem diferente da proposta de Grey’s…

  24. Pingback: TeleSéries » Review: Grey’s Anatomy - The Other Side of This Life - Partes 1 e 2

  25. Pingback: A voz do povo é a voz de Deus? « Private Practice Brasil

  26. maria julia

    eu vi no youtube e gostei muitoo da série!!!!!
    acho que nao teria como nao misturar com a série grey’s anatomy,porque a adson saiu de lá!!
    mas private practice vai ser melhor que GA principalmente porque Kate Walsh é muito melhor atriz que Ellen Pompeo !!!
    vcs sabem quando pivate practice começa no Brasil?
    obrigada,beijoss

  27. maria julia

    eu vi no youtube e gostei muitoo da série!!!!!
    acho que nao teria como nao misturar com a série grey’s anatomy,porque a adson saiu de lá!!
    mas private practice vai ser melhor que GA principalmente porque Kate Walsh é muito melhor atriz que Ellen Pompeo !!!
    vcs sabem quando pivate practice começa no Brasil?
    obrigada,beijoss

  28. karolina

    A Kate é a MELHOR.A Ellen Pompeo nao chega nem perto da Kate …….Sinceramente odiei quando vi que a Addison e o Burk nao estariam mas no Ga.Mas agora estou adorando saber sobre o SPIN-OFF,ja que a Addison e´a protagonista,ela é muitoooooooooooo melhor que a Grey (acho a Grey muito infantil e imatura e sem sal sou mais a Addison uma mulher perto da Grey).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account