Log In

Reviews

Spoiler: o America’s Next Top Model visita o Brasil

Pin it
http://teleseries.com.br/wp-content/uploads/2009/04/antm.jpg

America's Next Top Model - The Amazing Model Race

Quando séries ou realities shows vem para o Brasil, é sempre complicado. Por mais que eu goste do show, dificilmente eu aprovo a abordagem. Eles geralmente tentam fazer um pacote com todos os atributos mais conhecidos de nosso país, e exageram totalmente nos estereótipos. E o episódio do America’s Next Top Model que foi ao ar nesta quarta-feira (22/4) nos Estados Unidos não foi exceção. Favela, Carmen Miranda, capoeira e até Helô Pinheiro e a música “Garota de Ipanema” foram todos abordados de cara.

E ainda teve uma pobre menina de classe média alta americana procurando pelo oceano da janela do hotel localizado no meio da cidade de São Paulo. É impossível não ficar incomodado, principalmente por causa da diversidade de lifestyles que torna impossível para alguns de nós (eu, por exemplo) se reconhecer dentro desses clichês.

America's Next Top Model - The Amazing Model Race

Porém, também não dá para ser muito dura com eles. Na Espanha eles vestiram as meninas de toureiras e as fotografaram em uma arena, na África elas tiveram que se vestir de animais, e na Tailândia, fotografaram com um elefante. E essas são só sessões de fotos que eu consegui lembrar de cabeça, de outros ciclos que assisti. O show sempre trabalha com estereótipos, provavelmente porque se eles não o fizessem, não teria muito sentido deslocar a produção do programa para outros países.

Não é que as cidades não teriam nada a oferecer, mas até mesmo por questões de experiência televisiva para os espectadores, não seria tão legal mostrar São Paulo como uma cidade cosmopolita, moderna e não tão distante do que Nova York é (é claro que são cidades diferentes, mas dependendo das atividades escolhidas, poderiam terminar por serem semelhantes demais). Eles precisam criar esse tipo de identidade única, precisam mostrar aquilo que só é preciso encontrar aqui e em nenhum outro espaço do globo, e por isso tivemos a capoeira, o samba (talvez o elemento mais desnecessário, competindo de perto com a banda no Jardim Botânico tocando “Garota de Ipanema”), as favelas, as cores fortes e a chatinha da Fernanda Motta.

Mas pelo menos a equipe do Jay veio toda junto. Eu não lembrava do Jay Manuel ter uma equipe fixa antigamente, mas é óbvio que ele está trabalhando com as mesmas pessoas, o que para mim é ótimo porque eu realmente amo o maquiador da equipe. Ele é super engraçado e até que fez um trabalho bem decente explicando para as garotas quem foi Carmen Miranda.

O photoshoot foi ruim, mas foi bom. Pelo menos a minha favorita Allison foi super bem nele, e acabou sendo escolhida como a melhor foto. A Celia, de quem eu também gosto muito, apesar da besteira que ela fez há alguns episódios atrás, teve uma foto péssima, mas eu acho que eles escolheram muito mal. Ela não foi brilhante, mas não é possível que ela não tivesse uma foto melhorzinha. A Natalie acabou saindo, apesar da Aminat ter conseguido ser mais medíocre que ela. Deveria ter aprendido, além do fato de que São Paulo não fica no litoral, que jogar a culpa de uma foto ruim no fotógrafo ou no Jay é ainda pior que falar mal da coleguinha, é carimbar o passaporte de volta para casa na hora.

Quem será que ganha? Eu adoro assistir o programa, mas sempre acho o resultado final injusto (ainda não superei a CariDee ganhando da Melrose no ciclo 7), mas isso é irrelevante, porquê eu nunca vi uma vencedora (tampouco uma finalista) virar uma super modelo.

America's Next Top Model - The Amazing Model Race

Texto publicado originalmente no weblog Séries Addict.

Séries citadas:

É estudante de comunicação. Não vive sem The Good Wife, Parks and Recreation e 30 Rock. Ah, e Gossip Girl, que apesar do bom senso, ainda nao conseguiu largar.

10 Comments

  1. Ana

    porquê eu nunca vi uma vencedora (tampouco uma finalista) virar uma super modelo.
    Eu acho que eles escolhem aquelas que não tem chance alguma.
    Nem assisto mais ANTM, mas confesso que esse episódio do Brasil me deixou curiosa… só que nem cheguei na metade. Fiquei uma vergonha alheia total.

  2. Aline

    “ainda não superei a CariDee ganhando da Melrose no ciclo 7”

    Assino embaixo! Achei essa a vitória mais injusta da história do ANTM. Não que a CariDee fosse péssima e horrorosa, mas pow, Melrose dava de 10 a 0 nela.

    Quando disseram que o ANTM viria ao Brasil eu decidi que iria ver os episódios pela net, mas não consegui e acho que vou esperar passar na Sony mesmo(daqui a 2 anos O.O)

  3. thiago machado

    Realmente, a vitória da CariDee no lugar da Melrose fi sem noção.

    Porém, não podemos esquecer que a vencedora vira garota propaganda de uma marca de cosméticos, então era meio lógico que uma garota com fama de “bitch” o programa inteiro, como a Melrose, não iria ganhar.

  4. Gonçalves

    Estes reality shows tem uma chance muito pequena de revelar uma supermodel. Para começar as candidatas tem que ter mais de 18 anos (para evitar polêmicas judiciais e na imprensa), ou seja, são em geral garotas que já tentaram ser modelo, fracassaram e agora estão “velhas” demais para um mercado, digamos, com tendências pedófilas. Durante o show não são treinadas de verdade, nem há tempo e nem grande professores. Lembrem que Tyra Banks nunca teve sucesso como modelo de moda, só como “swimsuit model” (ela culpa Naomi Campbell :)). Então no fim do concurso você tem garotas que tem fama para serem caras demais em comparação com as iniciantes, estão “velhas” demais para iniciantes, mas tem habilidade e experiência de iniciantes. Além do fato que por sua fama vir de um programa de TV muitos tem preconceito, outros não querem citar a concorrência e outros não citam a concorrência por medo de problemas legais.

    E a fama atrapalha até mesmo quem é boa. Note que modelos famosas quase não desfilam, os estilistas encheram de pagarem fortunas para verem uma foto no jornal de Cindy Crawford que nem menciona a marca da roupa. Por isso as chamadas “super models” são um grupo fechado que fez sucesso na década de 80 e nunca mais se repetiu. E antes que citem Gisele Bundchem lembrem que ela quase não desfila desde que ficou “super famosa” e nunca atingiu os níveis de grana das “super models” originais (Claudia Schiffer, Christy Turlington, Cindy Crawford, Naomi Campbell, Elle Macpherson e Linda Evangelista). Hoje os estilistas não querem nem pensar em repetir a experiência.

    Então só resta as vencedoras tentar faturar como ex-participante de reality show, o que pode gerar alguns comerciais e até seu próprio reality show, como a vencedora da primeira edição conseguiu.

  5. Rafael B.

    Como já tinha comentado antes, esse episódio foi tudo o que eu não queria num episódio no Brasil e o menor dos problemas foi o photoshoot. A pior parte foi toda a história com a Garota de Ipanema eu nem consigui assitir e pulei essa parte. Mas a Tyra ainda tem mais alguns episódios pra se redimir…

    PS: Também não superei a Melrose ser perdido!

  6. Cesar Adriano

    Desculpe, não quero ofender, mas não sei o porque do espanto dessa visão estereótipada do Brasil, vocês já viram por acaso o comercial brasileiro da sandália com a Gisele B. posando de “garota de ipanema”? O que mais reclamamos dos filmes nacionais hoje em dia? o excesso de favela, o excesso da mesma visão do nosso país, as novelas (o nosso grande produto cultural) só mostra para o mundo que o Brasil é RJ, SP e florestas. Qual a imagem que é vendida do Brasil para o exterior? terra do samba, futebol e praia.
    Portanto, a culpa é de quem?

  7. Cleverson dos Anjos

    Thais Afonso
    Veirei seu fã!!!!
    Por favor, poste mais reviews dos episódios de ANTM, aparentemente temos o mesmo gosto!
    Parabéns!!!

  8. Jorge Monteiro

    Pra mim a pior coisa foi ver a Fernanda Motta e Helô Pinheiro falando em inglês! Nossa, como eu fiquei com vergonha! Não é obrigatório ter a pronúncia corretíssima, mas para uma top model (que a Fernanda Motta se diz ser, para comandar o programa) é necessário ter clareza no que se diz em outro idioma e confesso que perdi muito do que ela falou! Tenho muita birra dela!

  9. superfashion_91@sapo.pt

    Cá para mim eu posso dizer que amei ter ganho a Caridee porque eu não gostava muito da Melrose e a Caridee era mais divertida. Mas também é o meu gosto….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account