Log In

Spoilers

Spoiler: Melrose Place voltou!

Pin it

Melrose Place - Piloto

A palavra remake sempre me deixa apreensiva, principalmente quando é de algo recente. No entanto, bastou saber que Sydney estaria de volta, para a nova versão de Melrose Place atiçar minha curiosidade. Ela sempre foi uma das minhas prediletas e o fato da personagem ter morrido na quinta temporada da série original faz o seu retorno no mínimo inesperado e deixa entender que os enredos com explicações mirabolantes que estiveram presentes principalmente nas últimas temporadas de Melrose terão vez nessa nova versão. (Isso se a série não for cancelada antes).

Para quem não lembra nada de Melrose Place, um pequeno esclarecimento. A série era um spin-off de Beverly Hills 90210 (aka Barrados no Baile) e surgiu com a intenção de atrair o público de 20 e poucos anos. Era a história de um grupo de jovens recém-saídos de casa e/ou da universidade que resolvem tentar a vida em Los Angeles. E, claro, acabam todos morando no mesmo condomínio e fatalmente – até porque foram sete temporadas – um se envolvendo na vida (ou na cama) do outro.

Ah, e a série trazia um personagem gay que causou um certo reboliço na época mesmo não tendo praticamente nenhuma cena de intimidade. Hoje isso pode parecer até um pouco bobo, mas estamos falando década de 1990, seriado para público jovem não era comum. Principalmente seriado mostrando jovens com uma vida sexual pra lá de ativa (com exceção de Matt, o personagem gay). Foi um tiro no escuro que, assim como Barrados no Baile, acabou dando certo.

Voltando a 2009, escrevo que fiquei surpresa com o resultado do piloto que foi ao ar nesta terça-feira (8/9) nos Estados Unidos, porque eu estava esperando algo muito, muito ruim. Parte do elenco tem cara de adolescente. Se bem que acredito que são os adolescentes da TV que tem cara de mais velhos.

Pude notar que alguns atores, caso a série seja bem desenvolvida, possuem grandes chances de estampar as próximas capas de revistas, já outros precisam aprender a atuar com uma urgência absurda. Sei que ser bom ator/atriz está longe de ser garantia de sucesso. O fato é que o elenco é grande, e com uma trama aberta fica mais fácil retirar aqueles que não conseguirem criar empatia imediata.

Para quem tem a intenção de assistir o piloto, recomendo parar de ler por aqui porque não tenho como continuar sem soltar spoiler e confesso que teria aproveitado muito mais o episódio se não tivesse tanta informação do que aconteceria.

Os principais ganchos no primeiro episódio são: (1) quem matou Sidney (de novo) e como ela se tornou, ao que parece, a dona do condomínio? (2) David é filho de Michael, mas quem é a mãe dele? (3) Lauren Yung vai seguir os passos de Sidney no passado e virar garota de programa? (4) Auggie matou Sidney ou está encobrindo alguém? (5) Riley, Jonah e Ella serão o futuro triângulo amoroso da trama? (6) o que raios Sidney fez de tão errado que provocou a sua morte? (7) Ella está incomodada com o noivado de Riley e Jonah porque gosta de qual lado do casal?

Claro que aconteceram mais coisas, muitos clichês, mas esse pode ser justamente o ponto forte para evitar o cancelamento. Não tentar ser algo inovador sem ter um suporte pra isso. Afinal, estamos falando de uma nova série da emissora The CW, que parece preferir o caminho mais simples.

Outro ponto que chamou minha a atenção foi a participação de Thomas Calabro. Ele não lembrou nenhuma das personalidades que Dr. Mancini possuía. Ele justificando com o filho que não contou sobre seu passado porque a vida que ele levou naquele condomínio é algo que ele gostaria de esquecer chamou minha atenção.

Honestamente, para quem está procurando algo sensacional, não aconselho assistir a série. Agora, se como eu, está procurando algo para se distrair, a primeira impressão é de que Melrose Place possa ser um bom guilty pleasure.

Melrose Place - Piloto

Séries citadas:

Pós-graduada em História Contemporânea, pretende fazer mestrado usando séries como fonte. Seriados fazem parte da sua vida desde sempre. Magnum, Casal 20, Macgyver, Super Vicky são alguns deles. Assiste aproximadamente 40 séries (incluindo algumas já canceladas). Está aprendendo a abandonar séries mas sempre acaba colocando outras no lugar.

18 Comments

  1. Prue**

    Pra ser sincera, eu nao gostava antes e agora não me animei…só pelo seu texto eu acho q vou espiar….e vamos ver :0)

    O Remake de barrados nao me agradou em nada…:-(

  2. Cleide

    sobre a morte da Sidney vale lembrar que na própria Melrose tivemos “a volta dos mortos” com o personagem da Kimberley ( arghhh …), que pra mim foi muito dificil de engulir :p

    mas assim com 90210 e esse pseudo-remake não me fazem querer assistir, nem pra ser um guilty pleasure =p

  3. Olegas

    Olha, uma coisa que posso dizer é que os produtores acertaram em cheio e entregaram uma série nova, mas com toda a alma e energia do Melrose original.

    Gostei muito de alguns personagens [Ella, que tem a etiqueta ‘new Amanda’ estampada, foi a que mais me agradou], mas a Ashlee Simpson realmente não deu pra engolir. Não tenho absolutamente nada contra ela, mas quanta superficialidade, meu Deus.

    E com toda a certeza esse remake é superior ao de 90210 e me pegou desde o 1º episódio. Continuarei assistindo!

  4. Camila

    Comentaristas americanos estão falando muito bem da série, o Ausiello disse que o segundo episódio é ainda melhor. Fiquei curiosa! Definitivamente a série não é para gente chata que acha que Lost é uma obra prima.
    Quanto a Sid, alguns dizem que ela não morreu, será? :)

  5. Camila

    Bem como 90% do que eu assito é guilty pleasure, já conferi e gostei dessa versão de Melrose. Lembro muito pouco do original e o que eu lembro é por ter visto as reprises da Sony

    mas o que me deixou mais encucada foi a personagem da Asheley que deveria ser a protagonista, mas que apareceu em umas 5 cenas e tem mais mistoria do que qualquer outra.

  6. Dan Artimos

    Ashley é rasa como um pires, mas parece que muita história irá focar nela, vamos ver no que dará…

    Adorei o episódio e espero que o próximo seja ótimo… pelo o que eu li é fantástico :D

  7. Claudemir Antonio Zamproni

    Ainda não assisti, mas pretendo fazer em breve, sim. Assisti a toda a boa e velha “Melrose…” original e vou assistir agora, também. Acho que, se estiverem sobrando clichês e esterótipos, tanto faz, desde que a trama esteja bem amarrada. Assisti a nova “90210”, re-feita do antigo “Barrados no Baile” e acho que ela não ofendeu a ninguém. Diante de um batalhão de super-séries que se acham e, no fundo são ocas (“Grey’s…”, “House”, “Nip/Tuck”, “Gossip…”, etc), não há do que reclamara destas outras, num outro escalão, que cumprem só o que prometem, e nada mais. Vou assistir, sim.

  8. douglas

    achei legal a serie. melhor q 90210. bem q podia rolar um encontro de gossip e esses dois remakes. rs

  9. silvinha

    O personagem gay da série antiga é o marido da Linette em desperate e tem 50 milhões de filhos agora. A Sidney deve ter morrido porque era uma safada de marca maior e vivia sacaneando a irmã.

  10. Tati Leite

    Muito obrigada a todos pelos comentários. Algumas respostas:

    Prue: acredito que o segredo é justamente assistir não esperando a melhor coisa do mundo.

    Cleide: E teve o sócio da Jane que a Sidney acredita que matou. Ela e a irmã enterram o cara e no final do episódio a mão dele sai da terra.

    Camila: Apesar de não achar uma obra-prima, eu gosto muito de Lost. E não consigo sequer pensar numa comparação com Melrose porque são séries completamente diferentes.

    Silvinha: Doug Savant, o ator que fazia Matt, o personagem na 1ª versão, é casado com a Laura Leighton, a atriz que faz a Sidney. Eles tem 1 casal de filhos juntos. E ele tem 2 filhas do 1º casamento.

  11. Pedro Paulo

    VOU ASSITIR!!!!!!!!!!!!!! Pois não é todo dia que se elogia TANTO uma produção “daquele” canal.

    E TBL? Não achei nem a audiência da premiere. Será que prestou? Essa eu tenho M-E-D-O.

  12. Camila Oliveira

    Apesar de todas as críticas positivas, ainda não vou assistir, não por enquanto. Mas, até que fiquei feliz pelo resultado e por tantas pessoas terem gostado.

    Eu só acho uma chatice certas pessoas ofenderem séries que não gostam para parecer que as que gostam são boas. O fato de algumas séries “serem ocas” nunca fez com que outras fossem menos ruins, é só o que digo.

  13. Pedro Paulo

    Esse negócio de sempre implicar com Greys e House principalmente, falando que se acham, beira o ridículo. Lost é uma série prepotente, mas pode SER Assim. Greys pode ser clichê, e às vezes me dá vergonha, mas é uma grande série e em 90% das vezes mostra qualidade muito boa de roteiro e interpretações. House não assisto, mas é um dos personagens mais bem construídos que já vi.

    O que eu não aguento é ficarem falando que quem não entende MAD MEN, Breaking Bad, Damages, True Blood, Dexter e o diabo é burro, é que me mata. Ninguém é obrigado a ver uma série pra provar que é inteligente.

    M lembra a história da roupa invisível do Rei. Aqui cai como uma luva.

  14. maria

    g-sus,pq não fazem séries novas VÃO REMEXER EM SÉRIES BIZARRAS COMO ESSA!!!falta de criatividade
    não gosto de séries q insultam a inteligencia alheia e no caso de melrose place isso é bem comum,tomara q seja cancelada,não assisti enem pretendotoh criticando msm sem ver,a antiga era uma bomba a nova não pode ser diferente,assisti um episodio onde explodem o lugar foi o melhor.

  15. alessandro

    série inteligente… mostra que nem todos os jovens de vinte e poucos são anjos!!!

    acerto da CW!

  16. André

    triângulo amoroso em Melrose Place?

    eu lembro de quadrados, pentágonos amorosos…

  17. Suzana Medeiros

    Eu adorei de verdade a série. Cada personagem e cada história conseguiu me envolover! Espero ansiosa pela segunda temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account