Log In

Spoilers

Spoiler: ER perde um importante personagem

Pin it
Elenco de ER

Em seu 13ª ano, o drama médico ER iniciou a temporada comemorando o aumento da audiência. mas recentemente vem derrapando nos números e agora acabar de sofre uma perda irreparável. Sim, tem médico saindo da série. Mas como aqui no TeleSéries respeitamos o leitor, fique a vontade para parar a leitura por aqui. Mas para quem quiser saber quem vai sair do County, o nome é…

…Kerry Weaver, interpretada pela atriz Laura Innes desde a premiere da segunda temporada, há 12 anos atrás.

Laura Innes  em cena de ER

No episódio Breach of Trust, exibido na semana passada nos EUA, cortes do orçamento forçam Kovac a ter que demitir um médico do PS. Como ele e Weaver são os profissionais com o maior salário do departamento, sobrou pra veterana de ER. Na vida real, segundo informações do TV.Guide, Laura Innes achou melhor encerrar sua participação na série, por achar que este seria o momento certo.

Ela pretendia continuar na série até o 14ª ano, mas a possível renovação do seriado após o aumento de audiência (que eu acho uma lorota!) fez ela pensar duas vezes e terminar agora. Tendo trabalhado como diretora em mais de 10 episódios da série, já se fala que Innes poderá dirigir um episódio de Studio 60 in the Sunset Strip, série de Aaron Sorkin. Ela já havia dirigido um episódio de The West Wing, outra criação de Aaron.

Pra uma temporada que se diz “renovada nos comentários por causa de John Stamos”, é estranho que sua saída tenha sido mantida sobre segredo e notíciada apenas após a demissão da personagem, já que ela não filma o seriado desde o dia 6 de dezembro. Sua saída deveria encerrar o fim da primeira parte da 13ª temporada se a série tivesse entrado em hiato (o plano original da NBC era exibir 13 episódios seguidos, parar a série por quatro meses e retomar a temporada com os 9 programas finais). As saídas de Romano, Elizabeth e Carter foram muito mais comentadas e Laura Innes meio que se arrependeu de ter mantido o segredo.

Com a perda de Weaver, o seriado fica apenas com mais dois personagens de apelo: Luka e Abby. E como se sair um, sai o outro, ER fica sem reservas pro futuro. E Goran Visnjic já disse ser difícil ir além do 13ª ano. Porque continuar com essa agonia num seriado com passado tão brilhante? Puxem logo o plug!

Séries citadas:

66 Comments

  1. Ana

    Concordo plenamente…
    Jah corriam boatos na internet e tal…
    Mas acho uma sacanagem… ela eh A melhor!!!

  2. Laís

    Ahh.. assim.. eu amo ela.. so que ela ja não tinha mais sentido na serie.. =/
    Saudades ficarão!

  3. Cesar

    Ela já tinha sido “deixada de lado” a algum tempo (não sei os motivos) e sua presença tinha rareado bastante na última temporada, voltando agora aos poucos.

    Apesar de gostar de ER, também acho que o seriado merece um final digno e brilhante. E que venha rápido. Arrastá-lo por muito mais tempo será uma grande bobagem.

  4. Diego Cardoso

    Bom, na minha opinião acho que ER pode continuar no ar por quanto tempo quiser. A série é facilmente renovável, afinal, o pano de fundo do programa é um hospital. Em hospitais, médicos vão e vem, vide Sherry Stringfield, que saiu na terceira temporada, retornou na 8ª e saiu novamente na 11ª temporada. O Elenco é facilmente renovável. A maior prova disso, é o aumento da audiência, com o novo fôlego trazido por John Stamos. Eu não vejo uma temporada de ER completa desde a saida do Carter, na 11ª temporada. Assisti alguns episódios da 12ª temporada e até o momento não assisti nenhum da 13ª, mas isso pq acompanho a série desde o começo. Eu era criança qdo comecei a assistir o programa, na Globo!!! Em 2004 assisti todos os episódios da série, da 1ª a 7ª temporada, nas reprises diárias da Warner, enquanto acompanhava a 8ª e 9ª (que veio logo na sequencia, encerrando com o hiato de temporadas da série no Brasil) no primetime.

    Pra mim, ER terminaria na 14ª temporada, era certo, afinal, a audiência era baixa e o programa aparentemente não tinha mais fôlego desde que Noah Wyle saiu. Mas agora, com John Stamos um novo gás entra em ER. Pouco conheci do personagem dele, somente o que vi na temporada passada, qdo ele estava apenas fazendo participações (aliás, foi assim tb que Laura Innes começou, com pontas na segunda temporada. Ela somente foi efetivada na terceira temporada, quando ela passou a aparecer nos créditos de abertura).

    Portanto, discordo com vc Thiago, não acho que ER esteja agonizando, pelo menos não nesta temporada. Já esteve, na temporada passada, mas não nesta. A audiência subiu, o que deu um novo gás ao programa. Não acho que deve durar muito, mas talvez renda ate a 15ª ou 16ª temporada. Se for assim, que venham novas temporadas!!!

  5. Diego, é certo que num ambiente de hospital, ou delegacia, ou escola, ou hotel, etc, a rotatividade é grande, ainda mais ao longo de 12 anos, mas o problema é que gostamos dos personagens/atores e não queremos que eles saiam. E ER não tem conseguido, quando acontecem as mudanças de elenco, manter o nível de empatia com público. Eu também comecei a assistir ER em 1994 na Globo, mas para mim ela já deveria ter acabado há muito tempo. Concordo com o Thiago, desligem os aparelhos, deixem ER acabar com dignidade.

  6. Thiago Sampaio

    Diego, o episódio da semana passada (não sei dos números do de ontem) teve 10,8milhões de expectadores. Significa uma perda de 3milhões em relação à temporada passada. A entrada de Stamos não tem porcaria nenhuma a ver com o novo gáz! O cara é conhecido pela série das gêmeas Olsen, for God saks! O negócio foi a season finale com um baita gancho e a saída de Without a Trace na CBS. E Shark já tá vencendo ER…

    A audiência não subiu: ela caiu! E ER continuar depois da 14ªtemp é ridículo, porque não tem mais reservas. Quando Susan saiu no 3ªano, tinhamos Doug, Mark, Carol, Carter, Weaver, Benton, Romano… todos de grande apelo. Na saída de Carter, os de apelo eram Abby, Kovac e Weaver, já que Susan saiu pelas portas dos fundos. E é isso!

    Sem Weaver, fica difícil segurar Abby e Kovac mais pra frente. Morris e Pratt ficaram ótimos personagens nessa temporada, mas insuficientes pra liderar o show com a saída dos veteranos.

    E o personagem de Stamos é um dos maiores erros do seriado. Descaracterizou Neela, trouxe falsa atenção… meio mundo de gente acha q a audiência subiu. É mentira, pô. E se a série ainda fosse boa, VC veria todos os episódios atuais como via os de antigamente.

    Mas é coisa de séries Drama, q nunca conseguem terminar por cima. Todas são canceladas ao invés de se programar tipo: “chegamos ao máximo. vamos terminar por cima”. O dinheiro sempre fala mais alto. Vide ‘O Desafio’, ‘Third Watch’, ‘Arquivos X’, ‘The OC’…

  7. Cesar

    Thiago,

    Acho que Third Watch e The OC tiveram/terão um final digno. Ainda que menos empolgante, as últimas temporadas de TW foram boas e The OC, se não tivesse escorregado na 3ª temporada, ainda teria fôlego para uma quinta. Pelo menos é o que eu vejo.

    Aliás, uma curiosidade: uma vez, falando com um analista que cobre mídia nos EUA e que estava analisando o mercado brasileiro, ele comentou que achava “estranho” o conceito das novelas no Brasil, pois acabam sempre com audiências nas alturas. Nos EUA, o conceito é explorar um bom produto até o limite do que se pode tirar dele. Por isso, muitas séries se arrastam, como você citou. De fato, é o dinheiro.

  8. Guilherme France

    PS: falar que o Stamos está trazendo novo folego pra ER é locura!Ele acabou com o possível casal Neela/Ray que tinha tudo para ficar interessante, e esta história de médico Indiana Jones já deu o que tinha que dar (lembrar do Pratt e daquele que matopu um paciente junto com a Chen, e chamou a Weaver de sapatona nazista, cujo nome me escapa)
    “Matar” a Weaver deste jeito foi no minimo ridiculo….que ela fosse como a Corday foi, ou tivesse que se mudar por causa do filho dela (que alias podia ter sido mais bem explorado na série).

    ER vem esquecendo velhas formulas de relacionamento que costumavam dar certo nas temporadas passadas, como o relacionamento Médico-pupilo(interno….vide Carter-Benton, Carter-Lucy), médico-enfermeira (a Sam caiu muito pra mim depois dessa troca de filhos), ER-OR (não tm ninguém verdadeiramente agradavel na Cirurgia…Dubenko não me desce a garganta, o residente-chefe é mau demais para ser real, e a Neela era melhor no ER).

    O que ainda segura o ER é o casal Lubby e as cenas de medicina…

    A realidade é que a rotatividade pode ser feita mesmo nesses ambientes, no entanto eles tem que colocar personagens que nós possamos gostar. Nesta temporada não entrou ninguem bom mesmo…aquela médica religiosa é um porre, e nem preciso falar do Tio Jesse…

    No fundo acho que ou eles dão um golpe de sorte e numa reformulada botam muita gente boa, ou acabam logo com o sofrimento, pq se o Lubby sair acabou pra mim!!

  9. Leandro Henrique

    Pois é. Acho que os produtores precisam ter consciencia e acabar com os programas na hora certa.
    Neste ponto acho que o estilo das novelas e mini series brasileiras melhor, permite ao autor trabalhar melhor o programa, os textos, etc.
    Mesmo assim já vimos várias novelas serem esticadas em algumas semanas e meses porque estão fazendo sucesso, e igual as séries americanas quem paga o pato é a qualidade.

  10. Leonardo

    Acho que acabar com chave de ouro já não dá mais tempo. A série podia ter acabado na 8ª temporada com a saída de Mark. Aí sim seria um final digno de uma série com o status de ER. Na 12ª temporada fiquei com o nariz torcido quando vi que Goran Visnjic iria comandar o seriado. E pior ainda quando soube que Sherry Stringfield havia saído, assim, do nada.

    Concordo com alguém aí em cima que o carisma dos novos personagens não é o suficiente para fazer a série ir tão longe assim. A relação entre eles, que acredito que seja o fator máximo do sucesso, não foi bem explorada nessas últimas temporadas.

    Agora falar que John Stamos deu novo gás a série é pretensão demais. Só uma atençãozinha da mídia no início da temporada fez o ator incher o peito… Ficou claro que seu personagem não é nem um pouco bem quisto.

  11. Ana

    John Stamos naum eh Doug Ross e mto menos John Carter.
    O Stamos p/ mim eh uma grande porcaria ¬¬

    E q E.R acabe qndo o casal Lubby sair!!!

  12. Joelma

    finalmente alguem falou a verdade sobre ER! meu !sse John Stamos não tá com nada, ele com a Neela nada a ver!
    concordo plenamente, puxem o plug logo!

  13. Pablo

    É… aos poucos ER vai acabando e os atores caindo fora! Depois que o George Clooney saiu, percebeu que não ia demorar muito para os outros saírem atrás dele… Eriq La Salle, Ming-Na, Noah Wyle, Sherry Stringfield, Anthony Edwards, Julianna Marguilies, Paul McCrane, entre outros nomes de peso já cairam fora da série… Não sei, mas ER não será o mesmo nunca mais! =(

  14. Lucas Barreto Gomes Leal

    Thiago Sampaio
    só discordo de vc pq acho que tem um drama que terminou de certa forma por cima…mas foi devido ao cancelamento prematuro caso contrario a situação citada por vc tb teria acontecido (o drama a que me refiro é Everwood!)
    quanto as alegações de folego de E.R é simples todas elas já foram desmontadas aqui pelo pessoal deixando clara a queda na audiencia…então não a que se falar em folego!
    Claro poderia se salvar o programa com entrada de outros personagens e etc…sim…mas qual a graça de um programa?não é vc ter identificação com os personagens que a mto tempo vc acompanha?se é pra ficar entrando um monte de gente e saindo acaba E.R e faz um outro drama médico com outros personagens com historias contadas desde o começo pra que o publico possa ser cativado e acompanhe o programa com mais carinho!
    o problema é que a “marca” E.R ainda rende “boa” audiencia(10 milhoes de espectadores não é um numero pra se desprezar!) e DEVE ainda render bom $ pra eles…logo eles vão prolongar o maximo possivel acredito eu até a série ser cancelada como bem disse o Thiago

  15. Daniel

    Acho que o Luka é um personagem unico da série!
    Ele não pode sair!

  16. Morgana

    aaaaaah!!
    odeiee a saidaaa de kerry!!
    huahauha..
    e odieiii naum darem destaque pra ela na midiaa!
    poxa!essa mulher merece!o personagem merece e a grande atriz merece!!pena naum terem esplorado ela maix em ER!!pena pena pena…cara eu tbm axu q a salvação de ER num é porcaria nenhuma de stamos!!até agora naum entendooo a aposta q fizeram nele!!!o personagem dle é xatuuu,arrogante e ganha maix destaque q merece!!maixx..tbm agora naum adiante!!kerry saiuu…e gates ta aiii!!com direito a stamos apresentar o globo de ouro e tddd…aiiin q nojooo!!hihhihihi…concordooo q se deve acabar o show quando esta por cima!!carregar ER por maix tempo sem kovac e abby…é…pq duvidoo q eles fikem por muitxo tempo!!pra mim é uma grande erro!!mix vamus ver onde issu td vai dar!!!

    ;*

  17. Regiane

    Sinceramente, o seriado foi criado para contar a vida e o dia-a-dia de médicos, enfermeiros e a área de emergência de um grande CENTRO. Tudo isso, com a história de um estudante, residente que teria suas dúvidas, seus problemas e cresceria na carreira…pois ele tinha nascido pra ser médico – seu dom. Se o CARTER saiu…acabou o espírito e a base principal da história. Outros apareceram e deram continuidade, mas a essência era O CARTER! O interessante da série, até hoje, é seu texto sempre atual. Mais de uma década mostrando as mudanças de uma grande cidade americana através do atendimento de um Pronto – Socorro. ALém de colocar sempre a mistura de raças entre os funcionários e pacientes. Essa ferramente sempre foi muito bem utilizada. Através da série vimos as mudanças raciais nos EUA.
    Enfim, amo E.R.. Gostaria que a série continuasse, mas com o Carter e sua história para passar aos novatos agora que ele já era chefe! Sem ele, a idéia central morre, consequentemente a série também e o que vamos assistindo é uma sequência de capítulos sem o alinhavo que trazia aquela vontade de saber o que aconteceria depois!

  18. Vanessa

    Gostei da despedida entre Kerry e Abby… Até pq são superamigas na vida real. Li no Tv Guide que Weaver era a personagem favorita de ER, segundo uma pesquisa feita pela NBC.

  19. renan

    por favor qual e a muscia q toca na chamada da warner, que a samantha atira no ex marido???obrigado

  20. julia teles

    ahhahhhhhh…fala serio os melhores estão saindo
    o q vai ser de Er? Kerry Weaver pow q triste…..
    E se o Lubby sair aiiiii acabou
    E verdade alguém sabe dizer se Er acaba na 14°temporada? por favor qual e a muscia q toca na chamada da warner, que a samantha atira no ex marido??? se alguem souber por favor me add no msn ai juliateles_15@hotmail.com

  21. erica Faggello

    Respondendo a pergunta do Renan e da Julia , a música é: “Open Your Eyes” do “Snow Patrol”.

  22. Soraya

    pra mim ela era a melhor personagem… com certeza eh uma grande perda da serie!!
    e desde q Carter saiu nao sei como a serie ta sobrevivendo…
    to achando o enredo dessa temporada muito chatinho… assim como na temporada passada…
    mas eh esperar pra ver!

  23. anayansi

    me gustaria que estubiera carter aunque sea en un capitulo y que abby y luka le dieran más importancia en la serie y que er tubiera mas fuertes con los dramas

  24. Charlene

    GOSTARIA DE SABER SE ALGUEM CONHECE UM SITE OFICIAL DO E.R QUE TEM CAPITULOS ETC… TUDO… MUITO OBRIGADA\!!

  25. deisy lozano

    hola, soy colombiana y fiel seguidora de ER, no me parece que saquen personajes, ojala que no acaben con la relación de abby y luka, seria bueno que se mostrara, que en ese pais, también hay relaciones que duran, ojala regrese el Dr. Carter, y tengan muchiiiiiiiiiiiiisimas temporadas mas. gracias por series como esta, chao

  26. Patrícia

    Adoro ER, e assisto desde a primeira temporada, tenho que concordar com quem diz que está na hora de terminar, ainda mais com a saída da Kerry. Alias, acho que desde o fim da nona temporada, tudo vem piorando. Não dava para suportar o relacionamento do Carter com Makemba, e concordo que ele era a alma do seriado, ele era a própria história da série, que começou no dia que chegou como estudante.
    Acho que todas as saídas de personagens prejudicaram a série, Susan, Doug, Mark, Peter, Romano, Elizabeth, Lucy, Debby, Gallant, Carter e agora Kerry, a série vai ficando sem memória, até as enfermeiras estão indo embora, só sobrou Halley. E não acho que sozinhos Abby e Luka consigam segura – la sozinhos, e antes que eles saiam também,deveriam termina-la, os outros personagens, não tem carisma, são chatos. Em nada a série lembra os momentos maravilhosos das temporadas anteriores.
    Adorei a reprise voltar para o quinto ano, e voltei a assistir, mas não estou gostando nada da 13ª temporada.

  27. ADRIANE PALUDETTO

    GOSTO MUITO DE ASSISTIR ER, MEUS PERSONAGENS FAVORITOS SÃO A ABBY E O LUCA, PENA Q VÃO SAIR MAS A SÉRIE É INTELIGENTE E FOGE DE TANTA VIOLENCIA COMO NOS OUTROS SERIADOS QUE SO FALAM EM MATAR E MORRER. PARTE DE SITUAÇÕES REAIS QUE MUITOS DE NÓS JÁ PASSAMOS OU VAMOS PASSAR AINDA, FATOS DA VIDA…. BEIJO A TODOS…. DEUS ABENÇÕE…

  28. rafael

    por acaso alguem ai conhece a musica da chamada mais nova de er da warner?agradeço desde ja

  29. Renata

    Oi… Já faz quase uma semana que eu tô procurando qual a música que toca na chamada de ER, em que a Neela tem problemas com a família do namorado… Se alguém souber, por favor, me diga porque já tô ficando impaciente! … Obrigada!

  30. Leandro

    Caramba eu tambem procurei e não achei nada sobre a musica nova da chamada do ER…alguem ai pode dizer qual é o nome da musica e banda
    valeu!!

  31. Akasha Designer

    Essa é uma das melhores séries que eu já assisti. Acompanhei desde quando a Globo começou a exibir mas perdi muitas temporadas ou parte delas! Apesar de saber que chega uma hora em que é preciso praticar a autanásia criativa da série, vou lamentar muito.
    A música da chamada da 14.ª temporada é Read Mu Mind – The Killers.

    Beijinhos,

    Akasha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account