Log In

Reviews

Smash – The Cost of Art

Pin it

Série: Smash
Episódio: The Cost of Art
Número do Episódio: 1x04
Datas de Exibição nos EUA: 27/02/2012

Com direito a Jonas Brothers – tá, foi um brother só, mas eu chamo os três pelo nome do grupo. Igual gente que fala Sandy & Junior, filhos de Chitãozinho e Xororó – e aumento na audiência, Smash continuou mantendo sua qualidade. Talvez o único problema possa ter sido a utilização de um hit entre os números musicais coisa que deixa muita gente irritada. Para mim não influenciou em nada. Nem negativa, nem positivamente.

Ivy: Eu só quero me sentir segura.

Derek: Então volta para o coral. Não há nada seguro em ser uma estrela.

O diálogo acima é um bom resumo do que foi esse episódio. Karen e Ivy precisam lidar com suas inseguranças e em como lidar com a nova posição de cada uma. A primeira está lidando com a oportunidade de finalmente participar de uma montagem da Broadway e a segunda após anos e anos como corista enfrenta a primeira oportunidade como protagonista.

Derek deixou claro no episódio passado que muitas coisas podem mudar até a estréia e parece que a escolha da Ivy não é definitiva. Apostaria que, caso a série continue, veremos as duas revezando no papel. Ivy fisicamente falando é a Marilyn mas Karen, como fizeram questão de mostrar, apesar de mais “verde” para o papel se bem treinada poderia surpreender. Não é coincidência sempre alguém frisar que ela é uma estrela.

Outro ponto interessante foi mostrar que a rivalidade não se resume apenas as duas protagonistas. Karen teve que enfrentar a rivalidade e o preconceito dos seus companheiros de coral. E ao mesmo tempo se adaptar a realidade que ela precisa aprender a ser mais “invisível”.

Ivy além do comportamento de diva demonstrou uma insegurança que pode vir a ser preocupante. Ao mesmo tempo que chegou a posição que sempre sonhou está enfrentando dificuldades de lidar com sua nova posição. Além de estar incomodada demais com Karen. O relacionamento dela com Derek também parece estar a prejudicando mais que ajudando.

Eileen continua precisando de dinheiro para conseguir bancar o workshop e para complicar os bens que ela possui com o futuro ex-marido estão bloqueados. Ela tenta vender um quadro valioso mas como está no nome do ex, ela não consegue. Aí é que entra o Jonas Brothers na história. Nick Jonas faz o papel de Lyle West, ator que chegou ao estrelato pelas mãos de Derek, Tom e Eileen. Ela tem a ideia de vender o quadro para ele. Aparentemente teve sucesso mas como não vemos a conclusão da transação resta esperar o próximo episódio.

Tom, Julia e Ellis não tiveram tanto destaque nesse episódio. Sabemos que ela continua tendo que lidar com a presença de Michael e a atração que parece não ter desaparecido. Tom teve um encontro arranjado pela mãe que surpreendentemente parece ter dado certo. E Ellis está ali sendo chato a cada segundo que aparece.

Os musicais desse episódio mantiveram a qualidade de sempre e até mesmo Karen e os novos amigos cantando Adele foi bem feitinho. Fica a critério de cada um se vale ou não colocar música pop dentro da história. Para mim acontecendo muito de vez em quando e com o propósito de mostrar as pessoas fora do ambiente do teatro, não me incomoda mas não gostaria que isso virasse recorrente.

E eu preciso dizer que gostei muito da Karen nesse episódio. O desabafo dela ao perceber que Ivy estava a boicotando foi excelente. E mesmo que ainda acreditando – a não ser que Derek fale com todas as letras o contrário – que Ivy estar transando com o diretor tenha influenciado na escolha, compreendo que todo mundo pense o contrário. E isso é mais uma coisa que Ivy precisará lidar. Porque ela mesma tem dúvidas. Isso fica claro com a insegurança dela.

Séries citadas:

Pós-graduada em História Contemporânea, pretende fazer mestrado usando séries como fonte. Seriados fazem parte da sua vida desde sempre. Magnum, Casal 20, Macgyver, Super Vicky são alguns deles. Assiste aproximadamente 40 séries (incluindo algumas já canceladas). Está aprendendo a abandonar séries mas sempre acaba colocando outras no lugar.

5 Comments

  1. Mariela Assmann

    Curti bastante o episódio. Os ataques da Ivy me deixaram pensando “that bitch”, mas depois entendi a insegurança. E concordo que a relação com Derek tá atrapalhando. Aliás, pra mim, esse foi o 1° episódio no qual ela usou o sexo para “se beneficiar”, já que estava tomando bronca pelo ataque de ciúme. Achei legal o desabafo de Karen també, e mais legal ainda que ela aceitou na boa que precisa aparecer menos, e arrumou alguns “aliados”. E gostei de Rumor has it. Especialmente por que eles cantaram só o finalzinho, usaram a música pra coreografia do coro.

  2. Rafael Ruiz

    Gostei de Rumor Has It, mas teria gostado mais se só tivesse sido usada para a coreografia do grupo. Achei legal o desabafo da Karen, mas não gosto muito quando as pessoas ficam de “coitadas”.
    Além da música da Adele ainda teve o Jonas Brothers cantando Haven’t Met You Yet do Michael Bublé, que detestei.
    Foi um bom episódio no geral, e dei uma olhada no sneak peak, neste próximo episódio as coisas vão esquentar!
    Alguém sabe os números da audiência de Smash?

  3. Mariela Assmann

     A audiência começou na casa dos 11 milhões. Nos dois últimos episódios, ficou na casa dos 6 milhões, mas a demo é boa. Os sites dos EUA dão como renovação provável.

  4. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 16/4 a 22/4

  5. Pingback: Nick Jonas confirma rumores sobre sua participação no ‘American Idol’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account